.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014

Reflexão: O Materialismo e o Ser

Caríssimos,

     O nosso planeta é composto por inúmeros Seres vivos de várias raças, cores e espécies, mas esta reflexão tem a ver mais propriamente com o Ser Humano. Ao longo do tempo tenho conhecido imensas pessoas, todas elas diferentes, cada uma com as suas virtudes e seus defeitos, tal como eu mesmo. Há aquelas pessoas que se cruzam na nossa vida por acaso, outras por força das circunstâncias e por outras coisas mais, mas na verdade tenho consciência que todos os Seres que cruzam o meu caminho, são “fruto” da vibração energética que tenho “naquele” momento. Todos esses seres “trazem” algum conhecimento ou provação pela qual tenho de passar, para que eu possa ter consciência da minha “evolução” enquanto Ser Espiritual a viver uma experiência terrestre. Desculpem este pequeno parágrafo, mas interpretem como uma introdução à reflexão que se segue.

     Através de conversas que vou tendo, das frases escritas que leio e das notícias que ouço, constato que o Ser Humano continua muito agarrado aos bens materiais. Certo dia, um Ser conhecido (que agora não me recordo) disse uma frase que se tornou iria perpetuar no tempo: “A religião é o ópio do povo”; Em meu entender está correcto pois referia-se ao Deus Criador do Universo, mas na verdade a fé da maioria das pessoas tem venerado deus e não Deus. Talvez não tenha compreendido o que acabei de dizer, mas vou dizer por outras palavras, a maioria dos Seres venera o “deus dinheiro” em detrimento do verdadeiro “Deus Criador”. Mais uma vez acabei por divagar um pouco, mas vou agora abordar o tema em causa.

     O Ser humano, na sua generalidade, continua a viver em função do Ter relegando para último plano o Ser. Ao longo dos tempos outros, tal como eu agora, tentam elucidá-los que essa não é a melhor forma de viver nem de aproveitarem da melhor forma esta vida. A maioria das pessoas vive constantemente preocupada com o Ter (dinheiro, bens materiais, etc.) e acabam por provocar stress a si mesmas devido ao número de coisas que devem fazer (porque se meteram nessas coisas?), dão cabo da saúde para ganhar mais uns tostões, ocupam a sua mente com preocupações desnecessárias porque dão importância a mais às coisas, criam irritações e aborrecimentos porque valorizam demais as outras pessoas e, no final de todas estas coisas chega-se à conclusão que se esqueceram do mais importante, que são eles mesmos. Sim, cada Ser é a pessoa mais importante da sua vida, não se esqueça disto. Nem os filhos, marido, família ou amigos devem ser mais importantes para nós do que nós mesmos, porque se não se amar, dificilmente os outros nos amam. A generalidade dos seres deixam-se levar pelas tendências tentações “perversas” desta sociedade de consumo, na qual o bem-estar de uns é alcançado através da escravatura de outros, o que é uma injustiça. O Materialismo é um dos maiores “virús” da sociedade, e sabem porquê? Porque o materialista cria Apego às coisas, e o Apego é a maior fonte de sofrimento na Terra. [Pare e pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Como certamente concluiu, esse Apego que nós próprios criamos futuramente vai acabar em sofrimento, quer seja apego a bens materiais, animais, pessoas ou ideias. A generalidade dos Seres gosta muito de apontar o dedo aos outros, mas reparem bem que muitas vezes somos nós mesmos os causadores do nosso mal-estar, já pensaram nisso? Bem, por agora nada mais irei escrever, pois penso que o que leram é um bom tónico para reflectirem um pouco sobre vocês mesmos, sobre a essência do Ser, libertando-se um pouco do Ter, o que acha? Despeço-me pedindo desculpa por tão longo texto, mas agradeço a sua leitura e desejo-lhes tudo de bom, esperando tê-los ajudado de certa forma e façam o favor de ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 19:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 26 de Agosto de 2014

M&A: Uma combinação explosiva…

Caríssimos,

     Para que possam entender melhor a reflexão que segue, desde já lhes digo que M&A quer dizer: “Materialismo e Apego”. Se apenas e só uma delas é má, quanto mais as duas em conjunto, isso sim resulta numa combinação completamente explosiva que pode destruir um Ser humano. Infelizmente a auto-destruição que o Ser humano provoca a si mesmo, exerce uma reacção em cadeia que afecta aqueles que estão mais juntos dele (família e amigos).

     Ser Materialista é querer ter cada vez mais coisas, nunca estando satisfeito com o que tem. São pessoas do tipo: “Se aquele tem eu também tenho de ter”; entre outro tipo de afirmações. Este tipo de pessoas muitas vezes acabam também, ainda que já tenham muitas coisas, emanar energia de Inveja para cima de outras pessoas que tenham coisas que eles não têm. Enfim, esta parece ser a mentalidade da sociedade em geral, mas depois como se não bastasse o “querer”, ainda querem as coisas “topo de gama” que são mais caras. Mas será que as coisas mais simples não são suficientes? Porquê essa ganância em viver do “ter”?

É claro que, depois do que acabei de dizer é fácil entender que os Materialistas têm Apego às coisas, certo?

     Tal como já lhes tinha dito noutros textos, o Apego é a maior fonte de sofrimento do Ser Humano, seja apego a bens materiais, a pessoas, a ideias, ou a outras coisas. Claro é que quando uma pessoa perde alguma coisa à qual tem muito Apego sofre quando a perde, mas não irei falar mais sobre este tema agora.

     No ocidente, mediante as “regras” impostas pelas sociedades, todos os seres humanos são educados valorizando os bens materiais, o que faz com que as pessoas gerem dentro de si mesmas a vontade de obter riqueza, custe o que custar. Esse tipo de “informação errada” que é colocada na mente das pessoas, faz com que muitos façam o que for preciso para alcançar poder e riqueza. Por causa disso surge a corrupção, compadrios, máfia, vinganças, favores e tantas outras coisas mais, através das quais o ser humano desrespeita o seu semelhante, afastando-se assim da simplicidade e humildade do Ser, na sua mais pura criação, na qual age sempre com Amor Incondicional.

     Certamente sabem que a vida é muito mais do que aquilo que apenas temos aqui no planeta Terra, certo? Sabes que depois desta vida regressarás ao plano espiritual, certo? Se em ambas as perguntas a tua resposta for positiva, do que está à espera para mudar? Liberte-se do Materialismo e do Apego, pois quando chegar o momento da sua partida, tudo ficará na Terra, incluindo o seu corpo, que foi concebido também neste planeta. Seja simples e humilde, e verá como a felicidade vai envolver o seu ser, podendo-a partilhar com quem o rodeia. Lembre-se sempre que as pessoas não se compram, conquistam-se através do amor e da humildade.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:57
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

Responsabilidades e Medos

     Cada Ser Humano define o seu percurso de vida norteado pelas responsabilidades e medos. Cada um de nós vai tendo ao longo do tempo as suas vivências e assim vai adquirindo algumas responsabilidades, umas em virtude da vida que temos e outras que surgem porque nos aventuramos. Há uma expressão bastante conhecida que diz: “O sonho comanda a vida”, concordo com a mesma, mas ainda assim há que ter certas cautelas porque outra expressão diz: “Quanto mais alto se sobe maior é o tombo”, e pensando que ficaram algo baralhados com esta associação passo a explicar de seguida. Se sonharmos muito alto, queremos alcançar esse patamar e caso consigamos lá chegar nada é eterno e podemos de um momento para o outro perder tudo aquilo que levou anos a construir, o que faz com que o tombo seja ainda maior. Devemos sonhar sim, mas com moderação, tendo sempre a consciência do que pode ou não ser alcançado, pois tal poderá ser a nossa ruína. Muitas vezes estas situações estão associadas a pessoas que norteiam a sua vida sob a ideologia do materialismo, do ter, das posses, do mostrar e de outras coisas mais. Neste tipo de vida as responsabilidades são muitas e os medos também existem e estão sempre presentes, pois o apego aos bens materiais gera conjuntamente o medo de os perder e/ou de ser roubado.

     Através desta pequena introdução ao tema, espero que tenham chegado à conclusão que somos os primeiros e principais responsáveis pela nossa vida e que muitos dos medos que temos são gerados, criados e alimentados pela nossa própria mente.

     Isto é sem dúvida o resultado de quem vive com base no Ter em vez do Ser. A essas pessoas eu pergunto de que lhes vai servir ter muitas coisas (grande parte delas desnecessariamente) se quando partirem deste mundo nada vão levar, com excepção do conhecimento e aprendizagens adquiridas ao longo da vida! Agora faça uma pausa na leitura reflectindo um pouco sobre o que acabou de ler.

     Reparou que pode ser mais feliz se viver no Ser em vez do Ter? Espero que o tenha ajudado a reflectir um pouco sobre si mesmo, e assim termino desejando-lhes tudo de bom e FAÇAM FAVOR DE SER FELIZES.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:49
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

Provações...

Caríssimos Amigos,

     Todos vocês são Seres de Luz, portadores da centelha divina, com enormes capacidades de co-criação que vão muito para além da generalizada compreensão mental do “comum dos mortais”. Enquanto habitantes deste planeta (terra) passam diariamente por inúmeras provações (testes), que têm de superar, em prol de vocês mesmos, enquanto caminham pelos conturbados trilhos da ascensão. Cada Ser, portador do seu livre arbítrio, define os seus caminhos, mediante um conjunto de circunstâncias e fatores. É um caminho com obstáculos (testes) que temos de superar, uns mais baixos e outros mais altos, mas acreditem que essas barreiras nunca são intransponíveis. Sim pois reparem no seguinte, se todos os “desafios” fossem de fácil resolução, gerava em nós desmotivação, apatia e melancolia, e dessa forma nunca seria capaz de sentir o prazer das conquistas que nos dão ânimo para continuar na persecução do nosso caminho de forma a tornarmo-nos Seres cada vez melhores e mais puros.

     Observem agora o comentário da psicóloga Maria do Carmo Oliveira, sobre o otimismo em Portugal:

Na opinião da psicóloga, o “medo da crise” que se sente poderá fazer as pessoas reagir, tornando-as mais ativas e empreendedoras. Os hábitos de poupança que as famílias têm vindo a desenvolver são um sinal positivo para a especialista, que constata e aplaude esta alteração de mentalidades: “Nos últimos anos verificou-se, em Portugal, uma escalada do consumismo. Havia uma tendência acentuada na valorização do outro pelo ‘ter’. As pessoas tinham imensa necessidade de ter um carro caro, uma boa casa, serem vistos nos restaurantes da moda, vestir roupas de marca … Quanto mais mostrava ter, mais valorizada a pessoa se sentia.” No entanto, relembra, a tais manifestações de riqueza não terá correspondido uma melhoria no nível de felicidade dos portugueses, sendo que o número de casos de depressão continuou a aumentar.

A necessidade de reduzir despesas deverá conduzir, sugere Maria do Carmo Oliveira, a uma desvalorização das aparências e do consumo: “As pessoas vão deixar de se preocupar tanto com o ‘ter’ para se concentrarem mais em ‘Ser’, olhando para as qualidades de cada um e não para os seus bens materiais.” Numa frase, a especialista em otimismo considera: “Vamos dar mais valor ao ser feliz apesar das circunstâncias, redescobrindo o prazer nas coisas simples.” Ainda assim, a psicóloga encara a incerteza e a angústia face ao futuro como normais, uma vez que as pessoas irão ter de abandonar as suas zonas de conforto.”

     Estas são as provações mais generalizadas que no ano seguinte vamos ter de passar, o que vem reforçar as ideias que lhes tenho tentado passar, tais como a felicidade tem de ser encontrada no seu interior, o apego ao materialismo é a maior fonte de sofrimento do Ser humano, emanar energia de inveja para com o semelhante só nos prejudica a nós mesmos, entre outras.

     Vamos ser otimistas, positivos, desapegados e gratos pelo que temos libertando-nos da ganância de querer sempre mais e mais, pois assim poderemos contribuir para uma sociedade mais justa, igualitária e social.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Será teu?

 

Caros Irmãos de Luz

      Neste planeta cada Ser é como uma gota de água, com as suas capacidades, a sua sabedoria e livre arbítrio. As gotas juntas formam lagos, ao se juntarem mais formam rios que seguem até ao ponto de união, o mar, tal qual como acontece com os Seres quando juntos formam um imenso conhecimento, pois todos somos Uno. Neste planeta a sede de poder, fez com que os Seres cometessem, ao longo dos tempos, actos de grande atrocidade, desrespeitando aquele que é composto da mesma matéria, o seu Irmão, pois todo o Ser deriva de Deus (criador).

      Todo e qualquer Ser, aquando da sua vinda à Terra, tem sempre o objectivo de progredir, de se tornar uma melhor pessoa, de evitar cometer erros, entre outras coisas que no fundo se resumem numa tentativa diária de ser cada vez mais uma pessoa melhor. Ser uma pessoa melhor é “trabalhar” o seu Eu interior, descobrindo dentro de si o enorme potencial que tem, inclusivamente facetas da sua personalidade que se encontram ocultas, derivado aos inúmeros chip’s e implantes que nos são mentalmente colocados, tanto por aqueles que nos são próximos como pela sociedade em geral, das mais diversas formas.

      Cada um de nós quando chegámos à Terra, o que trouxemos connosco? Trouxemos algum conhecimento e capacidades adquiridas noutras pré-existências (vidas passadas) através do espírito (alma quando anima um ser vivo) que se vem juntar à matéria (corpo) que se está a formar dentro do útero daquele ser que será a sua Mãe Terrestre. Deixem que faça aqui um pequeno aparte, os nossos pais foram por nós escolhidos no plano espiritual. Como podem constatar, matéria é algo que apenas e só existe aqui no planeta Terra, pois nem o nosso corpo vem do espaço, pois este é aqui criado/gerado e aqui também ficará (em decomposição) aquando do momento da nossa partida.

      Assim, como podem constatar, nada é nosso, à excepção da nossa essência, o nosso Eu Sou interior. Tudo o que são bens materiais, são e pertencem à terra, e destes, o único que é exclusivamente nosso e do qual temos de tratar é o nosso corpo, o mesmo que nos permite estar aqui nesta dimensão, no cumprimento dos nossos desígnios. Todos somos “iguais”, seres divinos, portadores de uma característica única, o livre arbítrio, e como tal, nós somos os responsáveis por tudo o que nos acontece e detemos plenos direitos em escolher o nosso caminho, bem como em podermos estar com quem entendermos e com quem nos sintamos bem. Ninguém é dono de ninguém, nem dos seus familiares, nem dos companheiros e nem sequer dos filhos. Quando escolhemos ser pais, nós somos o veículo/meio que permite a mais um Ser vir à Terra cumprir a sua missão, e assumimos a responsabilidade de os educar para a vida, para que Ele um dia siga também o seu caminho tal como todos os Seres. Aqui neste planeta podemos ser “donos” de alguns bens materiais temporariamente, porque aquilo que hoje dizemos ser nosso, amanhã pode já não ser. Além do mais gerar apego ao que quer que seja, apenas e só provoca sofrimento a si mesmo. Por isso irmãos, todos os Seres são livres e ninguém é dono de ninguém, nenhum Ser deve exercer o poder sobre outros Seres, tal como tem vindo acontecer ao longo de milénios, das mais variadas formas tais como: escravatura, ditaduras, violência psicológica e/ou física, repressão, injustiça, tortura e outras formas, de forma a exercer poder sobre o seu semelhante. Vamo-nos respeitar mutuamente, fazendo deste um mundo melhor.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: RFM
Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

O inicio da Extinção do Materialismo

Caros Irmãos,

     De repente, há coisas que acontecem e que nos mostram claramente que a Luz está a abrir todo o mundo para a verdade. Está a surgir de todos os lados, e as pessoas corajosas não se importam com as consequências de falar a verdade. Há pouco tempo o medo ter-se-ia apoderado delas, e teriam sentido relutância ao pensar nas repercussões de continuarem em frente seguindo o seu caminho de Luz. Não duvidem que, ao mínimo sinal, os que pertencem às trevas vão tentar impedir que a verdade surja. No entanto, todas essas tentativas são inúteis, porque o momentum das energias elevadas está muito poderoso. Por esta razão, podem esperar um jorro de informação, porque cada vez mais pessoas estão preparadas para revelar o que sabem. A verdade é muito mais espantosa do que muitos podem acreditar e também pode ser muito chocante. O velho padrão está a desaparecer de vista, e simplesmente, o novo paradigma está a ir para o seu lugar. Muitos já sabem para onde isto se vai encaminhar, e há muito que fazer antes que possam falar abertamente sobre a Ascensão. No entanto, tudo o que está a acontecer leva a esse acontecimento, num processo de evolução que está a avançar. Os reinos da Luz estão a aguardar a sua chegada, e irá ser uma ocasião da maior alegria e felicidade.

     Durante as semanas e os meses que se seguem, será visível que as mudanças são para o melhor interesse da Humanidade, embora, por vezes, possam parecer caóticas. Os que já estão iluminados vão ser uma influência calmante, pois irão reagir positivamente. Os ‘duvidosos’ vão necessitar de uma prova antes de deixarem a sua mentalidade rígida, e a Luz irá quebrar a sua resistência. É muito difícil voltarem as costas a isto, porque proporciona uma paz que se sente fortemente, e muitas almas deliciam-se por trazer isso para a vida delas. É como acender uma luz num quarto às escuras, e a iluminação surgir com um brilho súbito. A Luz é também a sua protecção, e por isso recomenda-se que fixem a aura pessoal para que envolva completamente o seu corpo físico. Vocês nunca tiveram, anteriormente, uma oportunidade tão maravilhosa como têm agora para experimentar a elevação.

     Finalmente, o lado materialista da vida tornar-se-á menos importante, porque as suas necessidades vão ser supridas e o seu tempo será ocupado a usufruir do lazer encontrado. Vão ter tempo de sobra para as suas actividades preferidas e para os seus passatempos, e o trabalho, tal como o conhecem agora, tornar-se-á finalmente desnecessário. Terá também tempo para o seu desenvolvimento e evolução espiritual. A cisma que existe, hoje em dia, entre as religiões irá desaparecer, e a verdade irá moldar as futuras crenças na aceitação comum de uma nova compreensão. Muito irá ser colocado perante os seus fiéis, e a prova vai acompanhar a verdade para que não haja dúvida da sua veracidade. Isso significa que os grupos religiosos vão ter acesso aos ensinamentos através desse padrão. Será inevitável uma aproximação de todos os grupos sendo isto desejável. Actualmente esses grupos têm medo da verdade, mas ela não virá destruir a sua compreensão, mas pelo contrário, vai alargá-la para que possam seguir em frente. De outro modo os grupos vão desintegrar-se, porque não podem estar à espera de fazer parte da Nova Onda da verdade permanecendo no mesmo lugar. Irá ser dada muita ajuda para assegurar que o avanço aconteça.

     O tempo que ainda resta e que irá conduzir à Ascensão, será usado para conseguir que o maior número de Almas possível se mova, para as dimensões mais altas. Ainda será da sua escolha o que aceitam, mas ninguém poderá dizer que não lhe foram dadas as mesmas oportunidades que foram dadas aos outros. Se algumas almas não estiverem prontas para ir, vão obviamente continuar a experimentar e vivenciar o que é normal na actual dimensão. No entanto, podem não fazer a escolha com o conhecimento mas, sim por se sentirem confortáveis e contra as mudanças nas circunstâncias actuais. Isto representa um voto para permanecerem onde estão actualmente. Dêem-lhes momentos de felicidade sem as pressionarem para que mudem, porque não necessitam sentir-se ‘culpadas’ ou ‘diferentes’ por causa disto. Tenham a certeza que indubitavelmente vocês também já passaram por essas experiências.

     Realmente vocês estão a vivenciar o momento, fazendo história, porque as coisas estão a agitar-se e algo vai mudar rapidamente. Estamos a pressionar os nossos aliados para concluírem os esforços neste sentido, porque queremos que os movimentos sejam vistos como sendo feitos por eles. No entanto, a meta final está a aproximar-se rapidamente, e vamos ser obrigados a forçar o assunto se tal for necessário. Queremos ver a divulgação surgir rapidamente, porque os programas da abundância também estão mais perto de se manifestarem. Estamos também extremamente felizes ao ver o aumento contínuo dos níveis de consciência, e isso mostra que todo o esforço levado a cabo pelos Trabalhadores da Luz trouxe a recompensa. Tenham em mente que o plano da sua iluminação começou há muito tempo e abrangeu um número crescente de almas avançadas de outros planetas para criar as condições para ele ser implantado. Por vezes, os níveis das trevas eram tão poderosos e esgotantes, que isso parecia estar longe de ser uma tarefa fácil.

     Foi feito o trabalho mais difícil, e agora a Luz comanda. Ela foi firmemente estabelecida na Terra, e vai continuar a crescer rapidamente. Os corações empedernidos estão a começar a abrandar, e o resultado é que mais almas estão a despertar. O potencial para se abrirem permanece em cada uma delas, e uma vez que anunciarem a intenção de seguir a Luz, vai-lhes ser dada ajuda. Não faltam almas preparadas para abdicar da beleza e da alegria da vida dos reinos mais altos, para servirem na Terra. Vocês nunca foram deixados sozinhos a travar as vossas lutas, e outras almas foram-vos acompanhando através de cada uma das suas vidas passadas. Muitas vezes são companheiros de viagem, que foram outrora seus familiares ou, simplesmente amigos, que partiram antes de vocês. O amor entre as almas mantém um laço entre elas que se prolonga por muitas vidas. Por isso, por favor, não se preocupem sobre o futuro dos que lhes são chegados, pois ireis encontrá-los sempre. De fato, nas dimensões mais altas podemos dizer, que “estão à distância de um pensamento”.

     Eu sou SaLuSa, de Sírius, e estou tão encorajado pela sua resolução em ganhar o dia e com a sua determinação de fazer mudanças! É o que gostamos de ver porque isso apressa o processo e a nossa reunião está a ficar cada vez mais próxima. Mantenham o foco sempre no que vêem como sendo o seu caminho para o futuro, e irradiem a vosa Luz e Amor o mais longe possível.

LINK: http://www.galacticfriends.com/

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Esclarecer o Semelhante
Música: M80
Publicado por Viktor às 17:00
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Herança…

Esta, como tantas outras, é uma palavra que pode ser um motivo de regozijo ou de tristeza. De regozijo quando falo do maravilhoso legado que nos foi deixado pelo Sensei Mikao Usui, Jesus Cristo, Sait Germain, Allan Kardec, Da Vinchi, e outros mais que aqui não mencionei mas que enquanto estiveram entre nós nos deixaram maravilhosos conhecimentos transmitidos pelas suas sábias palavras proferidas ou redigidas. Essas maravilhosas heranças perdurarão por tempos imemoriais, enriquecendo as mentes de aqueles que pretendem seguir o verdadeiro propósito da vida, ma sua evolução como cidadão terrestre e espiritual.

Por outro lado, esta palavra é entre os Homens muitas vezes sinónimo de tristeza pois a terra está neste momento a passar por um período conturbado onde acima de tudo, segundo o meu ponto de vista, terá de haver uma “revolução” moral mas, infelizmente, muitas vezes isso é uma coisa que pode demorar algumas gerações. Uma grande tristeza pois esta palavra costuma seguir de perto a palavra morte e, como muitas pessoas são invejosas, gananciosas, oportunistas e ruins, quando algum familiar morre atiram-se a essa coisa definida pela palavra herança, à semelhança dos povos de terceiro mundo que cheios de fome se tentam agarrar às camionetas de apoio humanitário, mas estes têm desculpa pois apenas querem “matar” a fome a si e aos seus e apenas agem pela necessidade corporal humana de sobrevivência. Entristece-me porque há pessoas que quando sabem que um familiar seu com certas possas falece, fazem tudo e mais alguma coisa para deitar a mão aos bens que ele tinha, mesmo que não se falassem há dezenas de anos (ganância e inveja). Outros colam-se ao lado de familiares que têm posses, mesmo aturando-os e tratando deles apenas com o objectivo de, após falecimento dos mesmos, deitar as mãos aos seus bens e terem uma vida melhor. Há ainda casos onde as partilhas de heranças geram desavenças familiares, chegando mesmo ao ponto de andarem aos tiros, tal qual como já tem acontecido. Pergunto: Há alguma necessidade disso? Precisam disso para viver? Penso que não, pois até então também viviam e se todos vivermos com o indispensável para o dia-a-dia temos uma comunidade mais sincera, tolerante, humilde e com uma grande capacidade de entreajuda mutua. Ajudem os familiares quando necessitam transmitindo-lhes todo o vosso Amor Incondicional e não pelo que podem vir a ter depois, pois perante o Divino isso define-se como pecado da gula e prisão ao materialismo. Por isso digo: Feliz de aquele que morre e nada deixa ou deixa tudo escrito, pois assim não vai deixar uma situação que pode vir a dar em confusão e problemas desnecessários devido ao materialismo humano.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 16:27
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: O Materialismo ...

. M&A: Uma combinação explo...

. Responsabilidades e Medos

. Provações...

. Será teu?

. O inicio da Extinção do M...

. Herança…

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007