.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 26 de Junho de 2014

Reflexão: Casamento, um drama de vida…

Caríssimos,

     Todo o Ser humano ao longo da sua vida gosta de estar acompanhado e tem imenso receio da solidão e, derivado a essa sensação, procura estar sempre acompanhado. Faço uma pequena ressalva ao aspecto “solidão” que é diferente de estar só, pois podermos estar só sem sentirmos “solidão” e podemos estar no meio de uma multidão e sentirmos “solidão”. No decorrer da vida o Ser Humano procura constituir família para viver dentro dos parâmetros da sociedade na qual está inserido. Ao longo da sua juventude faz as suas escolhas através do que se chama “namoro”, de forma a conhecer a outra pessoa e assim poder chegar à conclusão se é “aquela pessoa”, com a qual pretende compartilhar a sua vida. Depois chegam a certo momento no qual pretendem contrair matrimónio, com aquela que foi a nossa escolha, sim “sua escolha”, escolha essa que é da nossa inteira responsabilidade.

     Segundo a ordem natural das coisas e da vida, o “casamento” deveria ser uma história de amor feliz, na qual reinasse a harmonia, carinho, ternura e muito amor entre ambos. Mas infelizmente, na maioria dos casos que na generalidade temos conhecimento, a verdade é bem diferente dos padrões mencionados na frase anterior. Em inúmeros matrimónios o Amor é algo que existe apenas durante os primeiros tempos, pois sendo o Amor como um Jardim carece de uma constante manutenção para que as flores estejam sempre viçosas e as ervas daninhas eliminadas. Quando esse jardim é “abandonado” perde a sua beleza tornando-se num “pedaço” de terreno selvagem, o que expressa bem o comportamento de um casal que vivem matrimonialmente sem que exista Amor. [Façam uma pausa na leitura e através de um exercício de consciência vejam em que grupo se enquadra o seu matrimónio]

     Depois de alguns tempos casados, com filhos, com encargos económicos que assumiram e outras coisas mais, iniciam a uma nova etapa nas suas vidas, com a pessoa que escolheram. O tempo vai passando e, eis que a certa altura, o jardim se converte em terreno “selvagem”, no qual existe todo o tipo de vegetação mas que nada tem a ver com o viçoso jardim outrora cultivado através do amor. A partir desse momento, uma nuvem negra abatesse sobre cada um, preenchendo as pessoas e os espaços em que habitam, com uma intensa energia negativa que lhes provoca todos os tipos de sintomas, problemas e pensamentos negativos. É então que, a partir de esse momento, aquilo que deveria ser uma bonita história de Amor, transforma-se numa história dramática [podendo mesmo chegar a ser um filme de terror], onde os personagens deixam de ter um papel de Amor passando a ter um papel de Drama. É claro que ninguém quer que a sua vida seja um filma Dramático, todos querem que seja um filme de Amor, mas a verdade é essa. A verdade torna-se mentira, o amor torna-se ódio, a confiança torna-se desconfiança, o respeito torna-se desrespeito, a tolerância torna-se em impaciência, o carinho torna-se repúdio, enfim, tantas coisas negativas que se apoderam de nós e nos destroem interiormente.

     A partir desse momento o mal-estar generalizado que se apodera das pessoas, dá origem ao surgimento da vontade de mudar de vida, pois não deseja continuar a ser personagem daquele filme dramático. Mas conjuntamente com a vontade de mudar, surgem muitos medos, tais como o medo de não conseguir ter suporte económico para se sustentar na vida, o medo de ser rejeitado pelos filhos, medo de que o companheiro(a) lhe possam fazer a vida negra, entre muitas outras coisas. Isto também acontece, sobretudo no sexo feminino, porque a maioria das pessoas não se acham a pessoa mais importante das suas vidas, achando que os mais importantes são os filhos. Por estas e outras razões as pessoas acabam por ter casamentos de fachada, onde se enganam a eles mesmos, casamentos de conveniência, por medo de não conseguirem enfrentar a vida sozinha(o), entre outras coisas, acabem por manter um casamento de fachada, no qual a chama do Amor já há algum tempo se encontra extinta.

     Depois de ler este texto acha que se enquadra nele? É esse o “tipo” de vida que sonhou para si? Certamente sonhou com outro tipo de vida, em estar acompanhado mas feliz (onde reine a magia do amor). Você merece ser feliz, viver com quem o compreenda, respeite, ame, com quem esteja ao seu lado principalmente nos momentos menos bons e lembre-se sempre que Você é a Pessoa Mais Importante da Sua Vida.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:41
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Maio de 2013

Reflexão: As ciladas da vida

Caríssimos,

     Ao longo da nossa vida vamos encontrando variados obstáculos, uns surgem com o tempo, outros colocados por terceiros e ainda há aqueles que surgem colocados por nós mesmos. A vida é mesmo assim, e são esses “obstáculos” que nos fazem crescer e amadurecer, fazendo de nós aquilo que somos.

     As armadilhas que surgem no caminho de cada um, podem ser das mais variadas formas e surgir dos mais variados locais, pois parece que o ser humano é uma “peça” de um jogo de poder. Esses jogos, para “infelicidade colectiva” da humanidade, verifico que a inteligência humana é usada maioritariamente com o intuito de ludibriar os mais incautos. Alerto-os que os piores embustes contra o ser humano, são aqueles que são executados sobre o plano mental, ao nível psicológico, tais como falsas crenças, dogmas, falsas verdades, entre muitas outras coisas. Pensem no seguinte: Quem age com amor em todos os seus actos pode entrar nestes jogos de poder? Certamente sabe que tal é impossível, pois quem age com amor partilha, esclarece e ajuda o seu semelhante, sem esperar benefícios económicos, pois observa o “outro” como um ser igual a si mesmo.

     Ouve-se falar de evolução científica, evolução da espécie, evolução de gerações, evolução de consciência e de tantas outras coisas mas, na generalidade vemos que anda mais de metade da humanidade a tentar enganar a “restante” humanidade. Ao longo da nossa vida todos nós temos momentos nos quais nos encontramos mais em baixo, momentos em que estamos mais vulneráveis, psicologicamente abatidos, com falta de auto-estima e nesses momentos temos uma certa “mania” de procurar fora (ou nos outros) uma saída ou orientação que nos “sirva” para ultrapassarmos aquele momento difícil. É nessas alturas que o nosso Ser se encontra mais vulnerável àqueles, que por artimanha (gestos, palavras, textos, etc…) tentam vender gato por lebre, e devido ao nosso estado débil, acabamos por cair na “esparrela” ou “conto do vigário”. Para o seu bem-estar, se estiver num momento menos bom procure as respostas dentro de si mesmo e/ou peça auxílio apenas a alguém que o(a) saiba ouvir, compreenda e que sobretudo não seja alguém que aborde logo as questões monetárias sobretudo quando se tratam de valores algo avultados, pois quem ajuda por bem e com amor incondicional sente que o bem-estar do paciente vale mais do que um determinado valor monetário.

     Termino deixando um alerta, dizendo que independentemente de como se sente (mais ou menos bem) paute-se sempre com a sua consciência não aceitando como 100% verdadeiro tudo aquilo que lhe dizem, analisando tudo em consciência e aceitando apenas aquilo que tem sentido para si mesmo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:24
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013

Palavras Soltas

     Apetece-me escrever não sei o quê, algo mais ou menos profundo, com a intensidade e o significado que cada um lhe quiser atribuir. Por vezes escrevo frases soltas, outras vezes um simples parágrafo e noutras textos completos.

     Do muito que se pode escrever, por vezes fico com a sensação que quase nada escrevi. Cada palavra vale aquilo que vale, e quando encadeadas numa deterninada sequência formam ideias, conceitos, mensagens ou simples expressões daquilo que nos vai na alma naquele momento.

     Escrevo partilhando um pouco de mim, para uns não é nada, mas para outros pode significar algo. Em momentos diferentes vislumbramos cenários e personagens diferentes, mas com situações tão semelhantes que nos levam à conclusão de que todos temos de passar por experiências idênticas.

     Por vezes sentimo-nos fortes, repletos de energia, cheios de amor, impregnados de luz e tantas outras coisas que nos fazem sentir bem. Nesses momentos sorrimos, brincamos, dançamos, cantamos, é como se o mundo parasse è nossa volta, mas esses momentos parecem ser tão pequenos. Nesses dias o dia tem 24h tal como nos outros, aquilo que chamamos de “estado de espírito” é que está diferente e assim o tempo parece que passa mais depressa.

     Quantas vezes nos sentimos completamente sós, nos deixamos abater por atitudes incompreendidas, palavras negativas, acusações sem fundamento ou gestos menos próprios? Tantas, quantas as vezes que damos demasiada importância à situação ou até mesmo à pessoa que nos tentou “ferir”. Isto acontece porque desde tenra idade apenas nos ensinaram a pensar, não a comandar e domesticar a nossa mente. Em verdade lhes digo que o dia que conseguirem dominar a vossa mente (pensamentos) serão os vossos próprios mestres e podem assim viver mais em paz e harmonia com o universo. Vivam na Paz e no Amor e ai serão Felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:40
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2012

A Perfeição do Plano Divino

 

MESTRA ROWENA

Canalizada por Maria Silvia Orlovas

Transcrição: Patrícia Viégas

05/09/2012

     Há uma vida de perfeição, de luz, de amor, de bem aventurança, pra cada um de vocês, há um plano perfeito.

     É importante o homem acreditar que é merecedor da Graça de Deus.

    Vocês, ainda têm a mente muito pequena, focada no pecado, nas restrições, na culpa e nas manipulações. Infelizmente, meus filhos, constantemente vocês se cobram, infelizmente constantemente vocês olham os seus erros e se apegam a eles, limitando toda e qualquer bênção, limitando, toda e qualquer graça.

     A graça, não é como os peixes que o pescador lança a sua isca e no escuro do rio espera que possa ser atendido. A graça é como uma gota de chuva, que se derrama no solo e pela mão Divina, pela sua imensa sabedoria, sabe para onde dirigir o líquido e fazer brotar a semente.

     Há uma luz, há uma condução em tudo, mesmo quando você não vê.

     É preciso se desapegar do sofrimento.

     É preciso se desapegar do condicionamento de dor, de culpa.

     No momento em que vocês conseguirem olhar os seus erros e se perdoarem e caminharem para frente, desejosos de fazer o bem e de agir para o bem, sem apego e sem egoísmo, o seu mundo vai sendo transformado pelas suas atitudes e conexão.

     Há uma abertura no coração.

     Essa abertura, cada um de vocês pode fazer por si mesmo.

Abram, expandam, permitam.

     O plano perfeito, aquele que Deus traçou pra cada um de vocês, não quer dizer que sejam planos sem desafios ou possíveis sofrimentos. Mas a intensidade desse sofrimento é totalmente transformada, quando há a luz da consciência. E sempre, em todos os momentos, podem aparecer anjos de luz na sua vida, que ajudarão a atravessar o percurso da escuridão.

     O plano é perfeito quando faz vocês se elevarem, se transformarem, se modificarem.

     O plano é perfeito, quando os obriga a mudar, a sair do comodismo.

     O plano é perfeito quando ativa o amor e possibilita que vocês olhem melhor para as pessoas que estão ao seu lado.

     O plano é perfeito quando há amor.

     Façam a profunda conexão com o amor.

     Não julgue mal as pessoas, aprendam a ouvi-las e liberá-las.

     Não julgue mal a si mesmos, se permitam manifestar a cada dia, algo a mais da perfeição que Deus os criou.

   Vocês moldam o seu destino, limitam ou abrem as suas vidas.

      Façam através do profundo amor.

     É o tempo do amor.

     Agora, é o tempo do amor.

     Em sintonia com a Chama Rosa, Eu Sou Mestra Rowena e abençôo vocês.

     Sigam na paz, sigam no caminho do amor.

     E não se cobrem em ter todas as respostas.

     Às vezes, é muito saudável, vocês oferecem á Deus e ao próximo, o espaço para perguntas, o espaço para dúvidas, o espaço para questionamentos, porque é aí neste espaço que muitas transformações podem se manifestar.

     Quando vocês não sabem tudo, vocês permitem que novas coisas, novas verdades e novos sentimentos se manifestem em suas vidas.

     O plano perfeito de Deus é assim, sujeito a mudanças, alterações, aberturas e transformações, porque o amor é assim. O amor permite que as coisas vão acontecendo. O amor de Deus é tão perfeito e tão profundo por vocês, que ele lhes permite ir se arrumando, se transformando, se moldando a aquilo que é bom, a aquilo que é melhor.

     Deus oferece à vocês a vida, para que em todos os momentos, vocês possam recriá-la, com amor.

     Recebam as nossas bênçãos e a nossa luz e cultivem essa energia. Façam do amor, o cuidado que teriam com uma flor; todos os dias amar, todos os dias oferecer o seu melhor.

     Recebam as nossas bênçãos e a nossa luz.

     Estaremos atuando em vocês, no exercício da cura e do amor.

     Tenham paz, tenham paz.

MESTRA ROWENA

Fonte: Alpha Lux

Fonte: http://stelalecocq.blogspot.com.br/2012/09/mestra-rowena-perfeicao-...

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: R. Comercial
Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Gratidão

Caros Irmãos;

      Ao fim de todos estes anos, onde fui evoluindo como ser, passei por bons e menos bons momentos, surpresas e desilusões, enfim, tanta coisa passou. Conheci muitas pessoas, com umas tive mais empatia e com outras menos, tal como qualquer ser humano neste plano, mas afinal de contas a vida é uma aprendizagem onde cada um aprende ao seu ritmo, definindo assim o seu caminho.

      Deram-me conhecimento, luz, carinho, ternura, respostas e amor, e por isso lhes estou grato, pois tudo isso contribuiu para o meu conhecimento, crescimento e para ser o que sou, por isso tudo humildemente agradeço. Não sendo um Ser perfeito procuro ao longo da minha vida, colher uma boa aprendizagem em todos os gestos, atitudes e acções. Sou um ser que se vai libertando das “amarras” colocadas desde o primeiro momento (nascimento), através do estudo, leitura e de outros seres que cruzaram o meu caminho que me passaram conhecimento, me deram respostas, me auxiliaram a por em prática a Aceitação, que permitiram que com Eles partilhasse o meu Amor, que me deram conforto, que me estenderam a mão nos momentos mais difíceis. Agradeço aqueles que me apoiaram nesta minha caminhada e também aos que não o fizeram pois também me conseguiram dar ainda mais força para seguir o meu caminho, pois com as pedras que vou encontrando nele irei construir o meu “castelo”.

      Mas há duas pessoas, melhor 3, os meus pais e a minha irmã, aos quais tenho de agradecer, uns porque foram o meu “passaporte” de vinda à Terra que me aturaram durante alguns anos e ainda me aturam de vez em quando, a minha irmã que também teve de me aturar durante uns anos. Contudo estou-lhes grato por isso e por tudo o que me puderam proporcionar.

Só por hoje, estou grato por todos os que se cruzaram no meu caminho, passando a fazer parte dele.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 09:17
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Chek-In

Um homem morreu repentinamente.

Eis que então dá conta que se aproxima dele um ser especial, em nada parecido aos seres humanos deste planeta, transportando uma mala e disse-lhe:

- Bem amigo… É hora de irmos… Sou a Morte…

O homem atrapalhado perguntou à Morte:

- Já? Tinha tantos planos para breve

- Sinto muito amigo… Mas é a hora da tua partida.

- O que trazes nessa maleta? E a Morte responde:

- Os teus pertences..

- Os meus pertences! Porreiro, são as minhas roupas, as minhas coisas e o meu dinheiro?

- Não amigo… As coisas materiais que tinhas nunca te pertenceram… Eram da Terra.

- Trazes as minhas recordações?

- Não amigo… Essas não vêm contigo nem nunca foram tuas… Eram do Tempo.

- Trazes os meus talentos?

- Não amigo… Esses nunca te pertenceram… Eram das Circunstâncias.

- Trazes os meus amigos e/ou familiares?

- Não amigo… Eles nunca te pertenceram… Eram do Caminho.

- Trazes a minha mulher e os meus filhos?

- Não amigo… Eles nunca te pertenceram, eram do Coração.

- Trazes o meu corpo?

- Não amigo… Esse nunca te pertenceu, é propriedade da Terra.

- Então trazes a minha Alma?

- Não amigo… Ela nunca te pertenceu… Era do Universo.

Então o Homem apavorado com o medo retirou-lhe a mala e abriu-a… Foi então que reparou que estava vazia… Então entristecido e com uma lágrima a surgir no canto do olho perguntou à Morte: Nunca tive nada?

- Tiveste sim meu amigo… Cada um dos momentos que viveste foram só teus… A Vida é só um momento… Um momento só Teu. Aproveita-o na sua totalidade… Vive o AGORA, vive a TUA VIDA, e não te esqueças de ser FELIZ.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz...
Publicado por Viktor às 23:23
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Casamento, um d...

. Reflexão: As ciladas da v...

. Palavras Soltas

. A Perfeição do Plano Divi...

. Gratidão

. Chek-In

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007