.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2015

Reflexão: A Humanidade…

 

Caríssimos,

     No decorrer da minha jornada, conheci pessoas de várias cores, origens, religiões, e de tantas outras coisas que as podem caracterizar, pois cada Ser é único, com as suas particularidades, conhecimentos e capacidades.

     Observando o que se passa no mundo, verificamos que há milhares de “guerras” a serem travadas pela humanidade, pelos mais variados motivos e razões. Estas podem ser de grande ou pequena escala, consoante o número de intervenientes e o objectivo das mesmas. Quase me arriscava a dizer que cada Ser Humano é um potencial foco de guerra, além de ter as suas pequenas “guerras”, originadas por ele mesmo ou até mesmo pelo seu semelhante. Ninguém neste mundo está a salvo, nem sequer aqueles que dedicam toda uma vida a auxiliar os seus semelhantes, pois acabam também por ser alvos de críticas, por uma sociedade cada vez mais intolerante. Pois, na minha humilde opinião, verifico que a Humanidade está “doente”, padece de falta de tolerância, respeito, valores e educação, de uns para com os outros, o que em abono da verdade, nada contribui para o bem-estar colectivo da sociedade. Quer acredite ou não que o Universo é composto por energia que se move livremente proporcionando o funcionamento das galáxias e tudo o que delas faz parte, e cada um de nós tem dentro de si mesmo um pouco dessa energia, o que lhe permite ser um Ser vivo. Essa energia pode ser manipulada por cada um de nós, consoante a nossa vontade, por isso se diz na gíria popular que há pessoas boas e más. Concordo parcialmente com esta afirmação, contudo devo esclarecer que cada um de nós pode ser uma pessoa boa ou má, consoante a vibração energética que enviamos através dos pensamentos e das palavras que dizemos. É sobre este aspecto que devemos ter bastante cuidado, pois sendo o Universo justo, vai-nos devolver, na mesma frequência, a vibração energética que enviamos para os outros, porque na verdade cada um de nós é uma fonte de energia, agora cabe a cada um de nós a responsabilidade da vibração que queremos enviar.

     Esta pequena reflexão talvez não lhe diga absolutamente nada de novo, mas se conseguir interiorizar a mensagem que vai nas entrelinhas já valeu a pena o tempo que perdeu a ler este texto, pois em meu entender o primeiro passo para podermos mudar interiormente é a consciencialização. Jamais se esqueça que toda a mudança começa sempre por Si e dentro de Si mesmo. Sejam felizes e vamos fazer deste um mundo melhor, pois no dia em que mudarmos o “nosso” mundo, o mundo à volta também mudará.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 11:15
Link | Comentar | favorito (1)
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2012

Os Vários Níveis de Reiki

Caros leitores,

     Outras dúvidas que emergem no seio da sociedade diz respeito aos níveis de ensino, porque é que uns fazem de uma maneira e outros de outra, enfim, o Ser humano é exímio em “complicar” as coisas. De certa forma é compreensível, pois todo o Ser humano é curioso e além do mais tem todo o direito de saber o que vai ser dado/ensinado em cada um dos níveis, pois um Mestre, mais do que outra pessoa pelo conhecimento que detém, deve respeitar o livre arbítrio e as escolhas feitas pelo seu semelhante, além de que esta é a regra número 1 do Reiki. Assim sendo e para os devidos efeitos, aqui lhes dou as explicações dos vários níveis de Reiki (em meu entendimento), para vosso esclarecimento.

Nível 1:

     Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta e Acordar do Curador Interior”. Este curso está essencialmente centrado no plano físico, de modo a poder acordar e descobrir o curador interior que existe dentro de cada um. Podem, progressivamente, ocorrer algumas transformações do foro psicológico e comportamental, bem como a descoberta de facetas de personalidade das quais não tinha memória, motivada pela descoberta do Ser Supremo Interior, o seu Eu Sou. É um importante passo na vida das pessoas, pois o mesmo vai acelerar processos de transformação e ascensão no iniciado. Além da abertura dos canais energéticos que é feita no curso (sintonização), nos 21 dias seguintes o iniciado terá de passar por um processo de purificação interior. Este é um maravilhoso processo que liberta e exterioriza a nossa essência, tornando-nos pessoas diferentes e melhores, com uma visão diferente sobre si próprios, o seu semelhante e o universo. Neste nível o iniciado irá aprender a história do Reiki, o nosso sistema de chakras e as suas particularidades. Aprendem a fazer auto-aplicação de Reiki através de um conjunto de sequências de imposições de mãos e também aplicações a terceiros. Moralmente fica o iniciado “incumbido” de aplicar os 5 princípios no seu dia-a-dia e de ser mais um pólo de difusão desta prática, se de facto abraçar esta causa na sua plenitude e com todo o Amor.

Nível 2:

     Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta do Infinito Universal”. Esta formação centra-se essencialmente no plano universal da unidade, onde vai descobrir a sua enorme potencialidade curadora potenciada pelos símbolos e seus ensinamentos energéticos e morais. Vai agora estabelecer contacto com os primeiros 3 símbolos deste sistema, e as potencialidades de actuação dos mesmos. Vai aprender a fazer envios de Reiki à distância, eliminando a barreira espaço/tempo, programação de tratamentos, limpezas de espaços, e outros tipos de tratamentos mais profundos mais ligados ao plano emocional e mental. Tal como explicado no nível anterior, o iniciado terá também de cumprir com os 21 dias de auto-tratamento correspondente ao período de purificação interior. Moralmente este nível “atribui” uma grande responsabilidade ao reikiano, pois cada um dos símbolos tem um ensinamento moral além do ensinamento global da formação.

Nível 3:

     Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta e o Acordar do Mestre Interior”. Este é o nível de Professor, Terapeuta e Mestre de Reiki. Tal como em cada um dos anteriores haverá um significativo aumento da ligação à fonte energética, a permanência dessa ligação ou estado dependerá única e exclusivamente de si. Cabe ao Mestre agir de forma equilibrada em todos os aspectos da sua vida, demonstrando nos seus actos um profundo respeito por todos os seres vivos (incluindo o próprio) e pela natureza, vivenciando o sentimento de amor incondicional e plena compaixão por todos, podendo assim manter activa a forte ligação com a fonte mãe. O III nível de Reiki não é uma finalização da aprendizagem do sistema, mas antes, um novo começo, pois a aquisição de conhecimentos contínua infinitamente e ela só se torna possível com a prática diária de Reiki, permitindo que ele integre a nossa vida preenchendo-a com amor, paz, despreocupação, honestidade, integridade, saúde e felicidade. Depois de alcançar este nível, ou até depois do nível anterior (2), sentindo vontade interior de continuar e querer aprender mais, então poderá iniciar-se no Karuna, que em termos académicos podemos definir assim: Reiki (bacharelato) Karuna (licenciatura). Já agora a título meramente informativo, o primeiro nível de Karuna define-se como: “A Construção do Jardim da Alma”. Moralmente este é o nível de Reiki onde nos é atribuído uma enorme responsabilidade, pois passando a ser portador do maravilhoso legado de Mikao Usui, passa a ter uma enorme responsabilidade para consigo mesmo e perante o universo. Como tal e sendo este nível de responsabilidade elevada, todos os que o tirem não devem logo de seguida dedicar-se ao ensino, pois podem ter dissabores algo inconvenientes e como tal apenas e só deverá dar esse passo quando interiormente sentir essa capacidade, pois tem neste momento certamente capacidade de ouvir e analisar a sua voz interior, o seu Eu Sou. Todos podem lá chegar como seres divinos de luz e eternos que são, mas não tenham pressa, pois eu próprio demorei 6 anos a chegar lá (leia-se apenas o que disse como conselho e/ou exemplo pois cada um é e será sempre o responsável pelos seus actos).

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:54
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Iniciação ao Reiki, porquê?

Caros Irmãos,

      O universo encontra-se em desenvolvimento constante e tal como o tempo não volta para trás. O mesmo se processa com tudo na nossa vida, pois o tempo é algo sempre presente formando parte integrante de tudo. O mesmo acontece com a energia que está presente em todos os objectos, seres e universo, ocupando-o e dando vida a toda esta engrenagem imensa de interligações e interdependências. Para que o Ser Humano entenda realmente esta “complexa” malha de ligações energéticas, não só das energias cósmicas universais, bem como das energias planetárias e principalmente das energias afectas a cada um dos seres vivos, é necessário efectuar o caminho inverso ao que mencionei, partindo do ponto base ou individual (energia afecta aos seres vivos) para depois se compreender o ponto avançado ou colectivo (energia planetária e cósmica universal), pois para entender o cosmos temos de começar por entender os microcosmos (conjunto de elementos que o formam).

      Ao longo dos anos tenho-me dedicado ao auxílio do meu semelhante (os que me procuram e os que comigo se cruzam) compartilhando com o universo o meu conhecimento e experiências (nos meus blogues e no facebook). Faço-o de coração tendo a noção que não sou dono e senhor da sabedoria absoluta, pois a minha humildade revela-me que diariamente aprendo constantemente com todos os que de alguma forma se cruzam na minha vida, pois todos me trazem sempre algum conhecimento, experiência ou até mesmo uma mensagem. Contudo tenho-me apercebido que na globalidade existe ainda uma certa incompreensão acerca do que é bem como de tudo o que envolve uma formação de iniciação ao Reiki. Assim sendo, segue-se uma explicação sem complexidades sobre esta matéria, de forma a elucidar as pessoas de uma forma global.

      Antes de aprofundar o assunto deixe que lhe diga que esta formação em nada se assemelha com qualquer um dos cursos da ceac, do iefp ou escola pública. Esta formação tem uma duração de 22 ou 23 dias, subdivididos da seguinte forma: 1 ou 2 dias com o Mestre e 21 dias sozinhos ou acompanhados. A formação presencial com o Mestre pode ter uma duração de um ou dois dias, mediante os métodos e técnicas pedagógicas adoptadas pelo mesmo. Nesta formação vão aprender o sistema energético universal e pessoal, a história e origem do Reiki, os valores e ensinamentos morais desta prática, as leis e ética universais, o sistema energético do ser humano, chakras (características e funções), nádis, método/forma de imposição de mãos, auto-aplicação, aplicação a terceiros, gassho, meditação, situações onde pode usar esta terapia, sintonização, prática aplicada. A sintonização é o momento mais sagrado e místico de toda a formação, pois é o momento onde o mestre e o formando se fundem num todo onde o Mestre faz a abertura dos canais energéticos do formando que se torna iniciado após concluída a sintonização ou iniciação. Para cada um dos níveis é necessário uma sintonização, e as pessoas apenas são sintonizadas um vez na vida, ou seja, se uma pessoa foi iniciada/sintonizada com 40 anos e se viver mais 30 anos, essa será a validade da sua sintonização, tal como por exemplo acontece aos cristãos quando são baptizados apenas são uma vez na vida. Isto significa que se definiu um marco na vida do agora iniciado, tornando-o uma pessoa mais calma, mais tranquila, mais serena, mais coerente, mais humilde, mais social enfim, opera uma profunda transformação na integridade do ser. Por isso venho também sentindo a satisfação de ao longo do tempo ouvir comentários do tipo: “Desde que me iniciei fiquei muito mais calma”; “Havia uma certa pessoa que me incomodava só com a presença e deixou de me incomodar”; “Tornei-me uma pessoa melhor”; “A minha vida mudou”; “Deixei de ter ataques de pânico”; “Sinto que deixei de ter conflitos frequentemente com outras pessoas”; enfim, um sem número de frases e citações. Assim, algo que se define como um marco histórico na vida de uma pessoa é muito mais do que uma simples formação, é um ponto onde o Ser define uma nova rota no seu caminho de ascensão, redescobrindo o ser angelical que é.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:55
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

REIKI… Os Níveis…

Caros irmãos,

Algumas dúvidas que emergem no seio da sociedade diz respeito aos níveis de ensino, porque é que uns fazem de uma maneira e outros de outra, enfim, o Ser humano é exímio em “complicar” as coisas. De certa forma é compreensível, pois todo o Ser humano é curioso e além do mais tem todo o direito de saber o que vai ser dado/ensinado em cada um dos níveis, pois um Mestre, mais do que outra pessoa pelo conhecimento que detém, deve respeitar o livre arbítrio e as escolhas feitas pelo seu semelhante, além de que esta é a regra número 1 do Reiki. Assim sendo e para os devidos efeitos, aqui lhes dou as explicações dos vários níveis de Reiki, para vosso esclarecimento.

Nível 1,

Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta e Acordar do Curador Interior”. Este curso está essencialmente centrado no plano físico, de modo a poder acordar e descobrir o curador interior que existe dentro de cada um. Podem, progressivamente, ocorrer algumas transformações do foro psicológico e comportamental, bem como a descoberta de facetas de personalidade das quais não tinha memória, motivada pela descoberta do Ser Supremo Interior, o seu Eu Sou. É um importante passo na vida das pessoas, pois o mesmo vai acelerar processos de transformação e ascensão no iniciado. Além da abertura dos canais energéticos que é feita no curso (sintonização), nos 21 dias seguintes o iniciado terá de passar por um processo de purificação interior. Este é um maravilhoso processo que liberta e exterioriza a nossa essência, tornando-nos pessoas diferentes e melhores, com uma visão diferente sobre si próprios, o seu semelhante e o universo. Neste nível o iniciado irá aprender a história do Reiki, o nosso sistema de chakras e as suas particularidades. Aprendem a fazer auto-aplicação de Reiki através de um conjunto de sequências de imposições de mãos e também aplicações a terceiros. Moralmente fica o iniciado “incumbido” de aplicar os 5 princípios no seu dia-a-dia e de ser mais um pólo de difusão desta prática, se de facto abraçar esta causa na sua plenitude e com todo o Amor.

Nível 2,

Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta do Infinito Universal”. Esta formação centra-se essencialmente no plano universal da unidade, onde vai descobrir a sua enorme potencialidade curadora potenciada pelos símbolos e seus ensinamentos energéticos e morais. Vai agora estabelecer contacto com os primeiros 3 símbolos deste sistema, e as potencialidades de actuação dos mesmos. Vai aprender a fazer envios de Reiki à distância, eliminando a barreira espaço/tempo, programação de tratamentos, limpezas de espaços, e outros tipos de tratamentos mais profundos mais ligados ao plano emocional e mental. Tal como explicado no nível anterior, o iniciado terá também de cumprir com os 21 dias de auto-tratamento correspondente ao período de purificação interior. Moralmente este nível “atribui” uma grande responsabilidade ao reikiano, pois cada um dos símbolos tem um ensinamento moral além do ensinamento global da formação.

Nível 3,

Este tem a seguinte nomenclatura: “A Descoberta e o Acordar do Mestre Interior”. Este é o nível de Professor, Terapeuta e Mestre de Reiki. Tal como em cada um dos anteriores haverá um significativo aumento da ligação à fonte energética, a permanência dessa ligação ou estado dependerá única e exclusivamente de si. Cabe ao Mestre agir de forma equilibrada em todos os aspectos da sua vida, demonstrando nos seus actos um profundo respeito por todos os seres vivos (incluindo o próprio) e pela natureza, vivenciando o sentimento de amor incondicional e plena compaixão por todos, podendo assim manter activa a forte ligação com a fonte mãe. O III nível de Reiki não é uma finalização da aprendizagem do sistema, mas antes, um novo começo, poisa aquisição de conhecimentos contínua infinitamente e ela só se torna possível com a prática diária de Reiki, permitindo que ele integre a nossa vida preenchendo-a com amor, paz, despreocupação, honestidade, integridade, saúde e felicidade. Depois de alcançar este nível, ou até depois do nível anterior (2), sentindo vontade interior de continuar e querer aprender mais, então poderá iniciar-se no Karuna, que em termos académicos podemos definir assim: Reiki (bacharelato) Karuna (licenciatura). Já agora a título meramente informativo, o primeiro nível de Karuna define-se como: “A Construção do Jardim da Alma”. Moralmente este é o nível de Reiki onde nos é atribuído uma enorme responsabilidade, pois passando a ser portador do maravilhoso legado de Mikao Usui, passa a ter uma enorme responsabilidade para consigo mesmo e perante o universo. Como tal e sendo este nível de responsabilidade elevada, todos os que o tirem não devem logo de seguida dedicar-se ao ensino, pois podem ter dissabores algo inconvenientes e como tal apenas e só deverá dar esse passo quando interiormente sentir essa capacidade, pois tem neste momento certamente capacidade de ouvir e analisar a sua voz interior, o seu Eu Sou. Todos podem lá chegar como seres divinos de luz e eternos que são, mas não tenham pressa, pois eu próprio demorei 6 anos a chegar lá (leia-se apenas o que disse como conselho e/ou exemplo pois cada um é e será sempre o responsável pelos seus actos).

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Reflexão Moral...

Caros leitores,

O Reiki é uma terapia que não exige uma grande qualidade mental por parte do iniciante, o que o torna acessível a qualquer pessoa a entrada neste universo energético. Outras terapias de nível vibratório mais elevado já exigem por parte da pessoa, terapeuta ou não, um aperfeiçoamento mais elevado dos seus níveis de consciência mental. Desta forma, podemos considerar esta prática como um caminho seguro para todos aqueles que despertaram para novas realidades e pretendem dar início ao seu aperfeiçoamento espiritual, verdadeiro objectivo de qualquer ser vivo neste planeta. Para poder colocar esta terapia em funcionamento, inicialmente basta a sua boa vontade, mas como é claro não pode o iniciado ficar-se por aqui.

Não deve ficar por ali porque, de facto, essa não é a verdadeira essência do Reiki, mas sim, o conjunto de ensinamentos morais que nos vão sendo ensinados, por aquele que escolhemos para ser nosso Mestre, ao longo da nossa caminhada neste universo Reikiano. Estes sim, são os verdadeiros ensinamentos e fundamentos do Reiki com base no Amor Incondicional e humildade.

Os símbolos que se aprendem vão ajudá-los a potenciar a energia, mas também trazem com eles ensinamentos morais que devem ser adoptados pelo praticante, que dessa forma, incorpora a verdadeira essência deste legado.

Na antiguidade os livros e registos eram executados em folhas de palma, para que assim o conhecimento fosse transmitido de geração em geração. Mais tarde surgem os símbolos (yantras) em sânscrito, que combinados com rituais detinham também o objectivo de difundir os ensinamentos espirituais às gerações vindouras. Naquela época os símbolos eram objectos que permitiam que os alunos recordassem toda a sabedoria espiritual por eles transmitida. Dessa forma, cada símbolo do Reiki encontra-se intimamente relacionado com uma aprendizagem espiritual, que tem por base a seguinte relação: Amor -> Pensamento -> Acção. Praticar os ensinamentos morais provocam maior actividade e expansão no chacra correspondente ao ensinamento em causa e consequentemente a elevação do nível vibratório energético da pessoa.

Para terminar esta reflexão vou-lhes deixar uma frase para reflectirem um pouco: Vamos assim passar do Ter para a essência do Ser, pois Ter um curso de Reiki não é o mesmo que Ser Reikiano.

Saudações Holísticas

NAMAS

Música: M80
Publicado por Viktor às 12:06
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Humanidade…

. Os Vários Níveis de Reiki

. Iniciação ao Reiki, porqu...

. REIKI… Os Níveis…

. Reflexão Moral...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007