.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 25 de Outubro de 2015

Reflexão: A Essência do Reiki

Caríssimos,

     Hoje senti vontade de fazer uma reflexão sobre a essência do Reiki, o que é na sua verdadeira essência e dimensão. Qualquer cidadão pode entrar no universo do Reiki, tornando-se assim num reikiano, apenas o devendo fazer se tal vontade seja uma manifestação no seu interior. A partir do momento que essa vontade desperta dentro de si, surge agora uma importante passo a dar, a escolha do mestre que, em meu entendimento, é a escolha mais importante que temos de fazer e com o qual devemos ter empatia energética. Depois de escolhido o mestre, através do curso, onde será sintonizado, dá-se a sua entrada no maravilhoso universo energético da terapia do Amor Incondicional, o Reiki.

     A partir desse momento passa a ser mais um reikiano, neste universo em constante crescimento, entrando no universo reikiano que continua dia apos dia a crescer. Contudo, é insuficiente apenas tirar a formação, pois o Reiki vai muito além de um simples curso, é uma Filosofia de Vida, através dos cinco princípios que Mikao Usui adaptou ao Reiki, criados pelo Imperador Meiji. Claro está que, para que tal seja possível, todo o “candidato” a reikiano deverá estar ciente se de facto, pretende dar um Novo Rumo à sua Vida. Quando queremos essa mudança ou novo rumo, devemos sentir esse desejo a florescer dentro de nós, dar inicio a uma transmutação da nossa mente, desligando-se de “velhos” paradigmas (dogmas e crenças) e estar recetivo à aprendizagem das novas matrizes universais.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Todas estas mudanças devem ser feitas por cada um de nós, com ou sem auxílio de outros, demoram um certo tempo e como tal devemos ser pacientes e fazermos essa mudança, cada um a seu ritmo. É um trabalho moroso, no qual muitas vezes nos sentimos de tal maneira sós, que chegamos a pensar que temos o mundo contra nós. Recorde-se que sendo este um trabalho interior, é e será sempre da Sua Inteira Responsabilidade, pelo que, quem o rodeia, quer compreenda ou não, certamente irá emitir opiniões menos positivas, opiniões essas que não passam de pensamentos ou conclusões, as quais deverá desvalorizar, para que não interfiram no seu processo. Dependendo de pessoa para pessoa, este processo pode demorar meses ou anos, pois uma pessoa antes de ser reikiano, vive inserido numa família, sociedade e país, que em inúmeros casos são intolerantes à mudança individual e intelectual do Ser, tornando-se adversários à mudança do nosso Eu Sou Interior. Talvez sejam por estas razões, além do facto de atualmente o Ser Humano querer tudo para “ontem”, que a determinada altura, no decorrer desse processo, as pessoas desistam daquilo que alcançaram até ao momento, deitando a “perder” o que já tinham alcançado. Humildemente lhe digo: “Jamais desista, porque a pessoa mais importante da sua vida é você, e a felicidade está dentro de si, dê a si mesmo o amor que transmite aos outros”.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Para terminar, pois esta reflexão já vai extensa, esclareço que tudo aquilo que aqui escrevi está intimamente ligado à minha visão e pensamento sobre o Reiki, tentando sempre transmitir a verdade, pois ao longo dos tempos será esse o aspeto que irá perdurar. Grato pelo tempo dispensado nesta leitura e faça o favor de ser feliz.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:05
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2015

Agenda de Maio

     Para os católicos este é o mês de Maria, também conhecido por epoca mariana, no qual o amor de mãe deve ser ainda mais enaldecido. Reiki também é conhecido pela terapia do Amor Incondicional, aquele que transmitimos ao nosso semelhante pelo prazer interior que nos dá a prática desse gesto tão nobre. Nesse sentido, dando continuidade ao trabalho que tenho desenvolvido, esta vai ser a agenda das actividades que vou desenvolver ao longo do mês:

  Dia 16: Curso de Reiki nível 2, em Vila Real de Santo António;

    Dia 19: Chá com Reiki em Albufeira, às 21h (entrada gratuita);

      Dia 23: Curso de iniciação ao Reiki em Albufeira;

        Dia 30: Curso de Mestrado de Reiki, em Vila Real de Santo António;

  Dia 10 de Junho: Curso de Iniciação ao Reiki, em Vila Real de Santo António;

    Dia 21 de Junho: Curso de Karuna nível 2, em Vila Real de Santo António.

     Se pretender informações e/ou esclarecimentos, solicite através do seguinte e-mail: mestreviktor@gmail.com .

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 22:27
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014

Reflexão: Espelhos da vida…

Caros leitores,

     Ao longo da nossa caminhada, vamos construindo algumas coisas e destruindo outras, é o processo natural do desenvolvimento do ser humano. Conforme vamos tendo mais idade é natural que cada vez mais construímos e cada vez menos destruímos, segundo a natural lei e ordem da evolução da espécie. Mas na realidade a nossa vida é repleta de espelhos e até de simbologias associadas a espelhos, em várias décadas e pontos do globo. Veja-se neste pequeno texto extraído da edição on-line da Porto Editora:

“O espelho é um símbolo da pureza, da verdade e de sinceridade. Traduz o verdadeiro conteúdo dos corações dos homens e também o da sua consciência. O espelho é também um sinal de sabedoria, conhecimento e iluminação nas tradições orientais…

O espelho é utilizado no julgamento das almas dos mortos na tradição indo-budista. Nas lendas e histórias de fadas, os espelhos mágicos têm uma função adivinhatória de prever o futuro… A tradição dos espelhos mágicos é muito antiga e remonta muito provavelmente à antiga Pérsia. Dizia-se que Pitágoras sabia ver o futuro através dos espelhos. Na Ásia, os espelhos são utilizados nos rituais de feitiçaria para adivinhação, virando-os para o Sol ou para a Lua para ler o futuro. Na tradição hinduísta e budista, o espelho tanto é associado ao Kharma, à lei universal, como ao Dharma, a lei dos homens. No budismo praticado no Tibete, o espelho demonstra a verdade suprema e a inutilidade do mundo das formas, traduzindo a verdadeira natureza de Buda. Na tradição mitológica do Japão, o espelho espalha a luz divina sobre o mundo. Na Índia de tradição védica, o espelho assume todas as formas através de uma miragem proporcionada pela luz solar e exprime a sua natureza mutável e perene. O espelho é um símbolo solar, na medida em que reflete a inteligência suprema, mas também é um símbolo lunar, porque a lua funciona como um espelho da luz do Sol. Na China, para além de lunar e feminino, o espelho é o símbolo da rainha, da harmonia e da união conjugal. Platão comparava a alma a um espelho, no que foi seguido por alguns padres da Igreja. Entre os sufis do Islão, o espelho exprime o medo que os seres humanos têm de se conhecerem a si próprios. O termo especular, que resultou do latim speculum, começou por significar a observação do céu e dos movimentos dos astros com a ajuda de um espelho. Nos jardins árabes, os lagos eram comparados a espelhos.”

     Como podem verificar, a importância e utilidade dada aos espelhos difere de zona para zona ou de região para região. Mas na realidade a minha reflexão prende-se com outro tipo de espelhos, aqueles que deram origem à célebre expressão: “As costas dos outros são os nossos espelhos”. Sem dúvida que esta expressão é muito verdadeira, pois todos os seres humanos têm uma tendência inata para julgar e criticar o próximo, o que não passa de uma manobra psicológica, fazendo com que foquemos os pensamentos na “dita” pessoa. Aproveito para lhes relatar um caso que se passou comigo: Um certo dia, no meu local de trabalho estavam 2 pessoas no fundo do corredor a falar, sendo que uma delas estava a criticar (ou cortar na casaca) de outra pessoa e eu ia ouvindo a conversa até que passei junto dessas duas pessoas. Achando incorrecto aquilo que estavam a fazer parei (entretanto a pessoa que estava a falar calou-se) e eu disse a essa pessoa: “Nunca te ouvi falar tão bem de ti mesma. Parabéns pela tua coragem ao estares a partilhar os teus defeitos com outra pessoa”; A pessoa ficou estática a olhar para mim, despedi-me dizendo: “até logo” e segui o meu caminho. Enfim, o ser humano é mesmo assim, como manobra de defesa psicológica o ser humano aponta (além de ser feio apontar, quando o fazemos temos 3 dedos a apontar para nós) para outros com o receio de lhe “descobrirem a careca” pois todas as pessoas querem mostrar só as suas boas coisas, ocultando as menos boas que acabam por apontar aos outros. É difícil superarmos as coisas menos boas em nós, mas conseguimos se formos persistentes e acreditarmos que vamos conseguir. Na verdade por mais que tente esconder essas coisas, no dia da sua partida (morte) perante o seu “juízo final”, terá de enfrentar todas essas questões menos positivas que você tão bem conhece, que jamais poderá ocultar do Criador (Deus). Seja mais positivo, aceite-se como é com as suas virtudes e defeitos, e tente ajudar-se a si mesmo, deixando de andar por ai armado em Juiz e carrasco dos outros, porque isso já você o é, mas apenas e só de si mesmo. Assuma uma atitude mais positiva deixando de criticar negativamente, para passar a criticar de forma positiva e construtiva, e repare como vai mudar o mundo à sua volta. Termino deixando-os em paz, harmonia e com muito amor incondicional.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:28
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Julho de 2013

O que somos?

     Todo o universo é constituído por energia, fonte de vida para todos os seres vivos que coabitam à face da terra. Sem energia a terra não girava, o vento não soprava, nem sequer havia vida no universo e o mesmo era como se fosse uma tela com uma imagem estática. Tudo no universo é composto por energia e necessita da mesma para se manter neste plano, veja-se o que acontece ao ser humano quando perde toda a sua energia? Como diz o povo: “vai desta para melhor”, ou seja, chegou a hora da sua partida para o plano espiritual, a sua morte na Terra.

     O parágrafo anterior serve de introdução ao texto que se segue. Todo o Ser humano é composto por 4 níveis ou planos [físico, emocional, mental e espiritual] os quais se encontram intimamente ligados. Essa ligação é unicamente energética que funciona mediante impulsos que muitas vezes se reflectem fisicamente em sintomas ou dores que surgem, sem motivo aparente para o comum dos mortais. Isto para os alertar que devemos zelar constantemente os nossos pensamentos, pois a energia por eles emanada pode-nos provocar danos no plano físico (corpo), porque nós somos sem dúvida seres energéticos. Assim sendo devemos de estar sempre atentos, no que diz respeito às energias corporais, bem como a dores corporais, pois a dor não é apenas um “mau estar” é também um diálogo ou alerta para nós mesmos, porque o nosso corpo fala connosco através da linguagem corporal, à qual devemos dar a devida atenção. Quero com isto dizer-lhes que cada um de nós deve ser o principal interessado em promover o seu bem-estar e equilíbrio energético, em prol da sua paz e harmonia interior, mas a sua mente está certamente a questionar-se de como fazer isso, certo?

     Há várias coisas que podem fazer e promover em prol do vosso bem-estar tais como caminhadas, meditação e alguns exercícios respiratórios. Relativamente à meditação, recomendo-lhe que comece por meditações guiadas para “orientação” e quando já se sentir à vontade então comece a meditar sozinho. Pode fazer caminhadas pelo campo, à beira rio ou à beira mar, apreciando a beleza das paisagens naturais em plena harmonia com a natureza. Além destas práticas, há outras coisas que podem aprender, mas isso já exige que participe numa formação, tais como Reiki, Karuna, Tai-Chi e outras técnicas, onde lhes é dado a conhecer o funcionamento das energias corporais, irá aprender os vários sistemas de energias universais e também irá a aprender a utiliza-las em seu benefício e daqueles que o rodeiam. É sem dúvida um conhecimento valioso, uma grande mais-valia que vai mudar muito positivamente a nossa vida, forma de estar e de encarar o universo. Valorize-se e dê uma oportunidade a si mesmo e verá que uma auto aplicação por dia nem sabe o bem que lhe fazia.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:00
Link | Comentar | favorito
Sábado, 19 de Maio de 2012

Missão dos Terapeutas… e Mestres…

     Nenhum ser humano vem à Terra em vão, cada um vem reaprender adquirindo conhecimento, para o seu caminho de evolução e ascensão. Ser terapeuta exige um enorme esforço e dedicação, pois passar horas a ouvir lamentos, desabafos, histórias, frustrações e tantas outras coisas sem que nos deixemos emocional e mentalmente afectar exige do terapeuta uma boa preparação psicológica e estabilidade emocional e mental.

     O Mestre pode ser ou não ser Terapeuta, mas ao fazer essa escolha assumiu um importante papel perante a humanidade, com uma responsabilidade elevada pois tem a nobre missão de passar conhecimento para que quem o procura possa encontrar o equilíbrio e seguir o seu caminho por si mesmo, tal como Jesus, Buda e outros foram fazendo ao longo dos tempos. Jamais se deve criar na mente dos pacientes uma ideia de dependência do terapeuta ou mestre, pois muitas vezes isso são apenas manobras para alimentar o ego (do terapeuta ou mestre) e/ou “extorquir” mais dinheiro aos que procuram auxílio. Esses e outros gestos definem quem verdadeiramente trabalha com amor à causa e quem “comercializa” literalmente a causa.

     Ao longo de séculos, o Ser humano tem sido privado de muitos conhecimentos, os sistemas de ensino incutem na mente das crianças as ideias/convicções que querem que elas defendam não lhes dando a permissão para pensarem por elas mesmas, ou seja, a humanidade tem vindo a ser comandada ao longo dos tempos através do plano mental. Os tempos são de mudança e uma nova luz está a preencher o planeta, elevando a consciência da humanidade, e os mestres e terapeutas têm nesse campo um papel importante, servindo de luz para os seres perdidos nos caminhos e encruzilhadas. Essa luz deve ser partilhada, dando a cada ser humano um pouco da luz para que se consiga orientar livremente com o seu livre arbítrio, e esse deve ser o papel do mestre, começando por lhe dar um pouco da sua luz para que consiga fazer renascer a luz de quem o procura e assim esse ser poder prosseguir o seu caminho.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 03:00
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Iniciação ao Reiki, porquê?

Caros Irmãos,

      O universo encontra-se em desenvolvimento constante e tal como o tempo não volta para trás. O mesmo se processa com tudo na nossa vida, pois o tempo é algo sempre presente formando parte integrante de tudo. O mesmo acontece com a energia que está presente em todos os objectos, seres e universo, ocupando-o e dando vida a toda esta engrenagem imensa de interligações e interdependências. Para que o Ser Humano entenda realmente esta “complexa” malha de ligações energéticas, não só das energias cósmicas universais, bem como das energias planetárias e principalmente das energias afectas a cada um dos seres vivos, é necessário efectuar o caminho inverso ao que mencionei, partindo do ponto base ou individual (energia afecta aos seres vivos) para depois se compreender o ponto avançado ou colectivo (energia planetária e cósmica universal), pois para entender o cosmos temos de começar por entender os microcosmos (conjunto de elementos que o formam).

      Ao longo dos anos tenho-me dedicado ao auxílio do meu semelhante (os que me procuram e os que comigo se cruzam) compartilhando com o universo o meu conhecimento e experiências (nos meus blogues e no facebook). Faço-o de coração tendo a noção que não sou dono e senhor da sabedoria absoluta, pois a minha humildade revela-me que diariamente aprendo constantemente com todos os que de alguma forma se cruzam na minha vida, pois todos me trazem sempre algum conhecimento, experiência ou até mesmo uma mensagem. Contudo tenho-me apercebido que na globalidade existe ainda uma certa incompreensão acerca do que é bem como de tudo o que envolve uma formação de iniciação ao Reiki. Assim sendo, segue-se uma explicação sem complexidades sobre esta matéria, de forma a elucidar as pessoas de uma forma global.

      Antes de aprofundar o assunto deixe que lhe diga que esta formação em nada se assemelha com qualquer um dos cursos da ceac, do iefp ou escola pública. Esta formação tem uma duração de 22 ou 23 dias, subdivididos da seguinte forma: 1 ou 2 dias com o Mestre e 21 dias sozinhos ou acompanhados. A formação presencial com o Mestre pode ter uma duração de um ou dois dias, mediante os métodos e técnicas pedagógicas adoptadas pelo mesmo. Nesta formação vão aprender o sistema energético universal e pessoal, a história e origem do Reiki, os valores e ensinamentos morais desta prática, as leis e ética universais, o sistema energético do ser humano, chakras (características e funções), nádis, método/forma de imposição de mãos, auto-aplicação, aplicação a terceiros, gassho, meditação, situações onde pode usar esta terapia, sintonização, prática aplicada. A sintonização é o momento mais sagrado e místico de toda a formação, pois é o momento onde o mestre e o formando se fundem num todo onde o Mestre faz a abertura dos canais energéticos do formando que se torna iniciado após concluída a sintonização ou iniciação. Para cada um dos níveis é necessário uma sintonização, e as pessoas apenas são sintonizadas um vez na vida, ou seja, se uma pessoa foi iniciada/sintonizada com 40 anos e se viver mais 30 anos, essa será a validade da sua sintonização, tal como por exemplo acontece aos cristãos quando são baptizados apenas são uma vez na vida. Isto significa que se definiu um marco na vida do agora iniciado, tornando-o uma pessoa mais calma, mais tranquila, mais serena, mais coerente, mais humilde, mais social enfim, opera uma profunda transformação na integridade do ser. Por isso venho também sentindo a satisfação de ao longo do tempo ouvir comentários do tipo: “Desde que me iniciei fiquei muito mais calma”; “Havia uma certa pessoa que me incomodava só com a presença e deixou de me incomodar”; “Tornei-me uma pessoa melhor”; “A minha vida mudou”; “Deixei de ter ataques de pânico”; “Sinto que deixei de ter conflitos frequentemente com outras pessoas”; enfim, um sem número de frases e citações. Assim, algo que se define como um marco histórico na vida de uma pessoa é muito mais do que uma simples formação, é um ponto onde o Ser define uma nova rota no seu caminho de ascensão, redescobrindo o ser angelical que é.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:55
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 6 de Agosto de 2010

Reflexão sobre este Espaço...

     Caros leitores,

     É com imenso prazer que pretendo partilhar algumas coisas com vocês. Este espaço ter já alcançado os 189.300 visitantes nos seus 3 anos e quatro meses de vida é sem dúvida algo que gera dentro de mim um sintoma de felicidade. Sendo o objectivo do mesmo informar, esclarecer e partilhar as minhas experiências e vivências dentro desta área.

     Apesar dos visitantes não serem muito comentadores, vou obtendo algumas opiniões através de conversas, por telefone ou por e-mail, o que me deixa satisfeito, pois assim constato que o objectivo principal deste espaço está a ser cumprido, que é o de partilhar o meu conhecimento com o planeta, em prol do bem-estar supremo universal.

     O universo da blogoesfera não tem regras de controlo de conteúdo, ou seja, cada um escreve o que quer, manifestando assim as suas mais diversas opiniões, quer seja mais ou menos válido. Uma das regras por mim imposta à minha pessoa é apenas escrever a verdade, transmitindo os meus conhecimentos na sua verdadeira essência dos seus ensinamentos morais, sem truques, pois quando não sei responder tenho a humildade de admitir que não sei.

     Quando aqui partilho com vocês certas experiências ou casos que comigo se passaram, faço-o apenas com o intuito de partilhar e nunca para me vangloriar, porque quem me conhece pessoalmente sabe bem que estou apenas a partilhar. Afinal de contas quando ensinamos não estamos também a partilhar o nosso conhecimento? Penso que sim. E já agora, comentem dando a vossa opinião.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Energéticamente bem...
Música: M80
Publicado por Viktor às 14:20
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

Um papel Importante...

Actualmente o planeta está a passar por tempos conturbados, que geram inúmeras dúvidas nas pessoas. A minha experiência de vida diz-me que nada acontece por acaso, acontece quando tem que ser. O que está a acontecer a uma escala global vai levar a mudanças de comportamentos e mentais, e é neste campo que vão entrar em cena as crianças Índigo e Cristal. Viver em sobressalto sem certezas laborais e sociais, multiplica os casos de mau estar, ansiedade, depressão, stress, problemas musculares, ortopédicos e psicológicos ou até mesmo tumores podem surgir com mais frequência, pois o equilíbrio do Ser como um todo está desarmonizado. Já anteriormente aqui disse que, qualquer tipo de problema físico que apareça, antes que seja detectado, o mesmo ultrapassa a parte espiritual, depois a mental, depois a emocional e repercute-se aí (campos áureos). Neste campo o Reiki pode desempenhar um importante papel na sociedade, promovendo a saúde e o bem-estar (nos níveis físico, emocional, mental e espiritual) às pessoas das mais variadas idades, harmonizando os seus campos energéticos para o equilíbrio do Ser. O Reiki tem uma multiplicidade de aplicações, podendo ser aplicado nos hospitais, lares, clínicas, pediatrias e ipss proporcionando uma melhor qualidade de vida aos utentes. É com alguma pena que verifico que o Reiki ainda não se encontra muito divulgado e assim sendo, há ainda um longo caminho e um árduo trabalho a fazer, por forma a que seja difundido nos quatro cantos do país, bem como para que seja devidamente reconhecido pelas entidades governamentais. Quando aplico Reiki a quem me procura, a minha maior felicidade não é o valor que despendem mas a felicidade e bem-estar que lhe posso proporcionar, porque o bem-estar do paciente é a minha felicidade.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:39
Link | Comentar | favorito
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Aprender Reiki, para quê?

Esta é uma das inúmeras questões que surgem na mente de qualquer pessoa antes de tomar a decisão de tirar um curso de Reiki. Actualmente as pessoas ainda têm um certo receio de falar em coisas que desconhecem criando um certo “tabu”, e como vulgarmente utilizam a internet à procura das suas respostas, vou aqui responder a esta pergunta, tal qual já fiz com outras também. O Reiki é uma maravilhosa caixa de primeiros socorros para inúmeras situações. Qualquer indivíduo pode ser iniciado no Reiki por um Mestre através de um ritual iniciático. A partir desse momento dão-se alterações internas no iniciado, reflectindo-se na sua forma de estar, pensar e na personalidade. Desta forma, iniciar-se no Reiki é apostar na saúde e no seu próprio bem-estar nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Além de ser benéfico para o próprio, pode também auxiliar os familiares ou amigos através das sessões de Reiki que lhe podem fazer. Este pode ser aplicado nos planos humano, animal e vegetal, ou seja, podemos aplicar numa pessoa, num cão ou numa planta. Em níveis mais avançados, podemos enviar Reiki à distância para uma situação, um doente internado, uma pessoa que está do outro lado do mundo, uma multidão, um conflito, para as vidas passadas, para o planeta ou para o universo. Pode ser aplicado para todo o tipo de problemas, através de variadas técnicas de aplicação, inclusivamente para pessoas medicamente acompanhadas. Esta terapia pode ser aplicada a grávidas, permitindo assim um relaxamento à mãe e ao feto, aplicado uns dias antes do parto facilita a abertura do osso da bacia e ao feto alcançar a posição de saída ideal. O Reiki não é somente uma Terapia mas também uma Filosofia de vida. Muitas outros aspectos podia acrescentar a este “post”, mas como não os quero maçar com leituras extensas, por ora fico-me por aqui.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 00:11
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Brilhando na arte de pensar

A arte de pensar é a manifestação mais sublime da inteligência. Todos pensamos, mas nem todos desenvolvemos qualitativamente a arte de pensar. Por isso, frequentemente não expandimos as funções mais importantes da inteligência, tais como aprender a interiorizar, a destilar sabedoria diante das dores, a trabalhar as perdas e frustrações com dignidade, a agregar ideias, a pensar com liberdade e consciência crítica, a romper as ditaduras intelectuais, a gerir com maturidade os pensamentos e emoções nos focos de tensão, a expandir a arte da contemplação do belo, a doar sem contrapartida (retorno), a colocarem-se no lugar do outro e considerar as suas dores e necessidades psicossociais.
Muitos Homens, ao longo da história, brilharam com as suas inteligências e desenvolveram algumas áreas importantes do pensamento. Sócrates foi um questionador do mundo. Platão foi um investigador das relações sociopolíticas. Hipócrates foi o pai da medicina. Confúcio foi um filósofo, mestre, teórico e político. Sáquia-Múni, o fundador do budismo, foi um pensador da procura interior. Moisés foi o grande mediador do processo de liberdade do povo de Israel, conduzindo-o até a terra de Canaã. Maomé, na sua peregrinação profética, foi o unificador do povo árabe, um povo que estava dividido e sem identidade. Há muitos outros homens que brilharam na inteligência, tais como Tomás de Aquino, Agostinho, Hume, Bacon, Spinoza, Kant, Descartes, Galileu, Voltaire, Rosseau, Shakespeare, Hegel, Marx, Newton, Max Well, Gandhi, Freud, Habermas, Heidegger, Curt Lewin, Einstein, Viktor Frankl etc.
A temporalidade da vida humana é muito curta. Em poucos anos encerramos o espectáculo da existência. Infelizmente, poucos investem na sabedoria durante esse breve espectáculo, por isso não se interiorizam, não se expandem. Se compararmos a lista dos homens que brilharam nas suas inteligências e investiram na sabedoria ao contingente de nossa espécie, ela torna-se muito pequena. Independente de qualquer julgamento que possamos fazer desses homens, o facto é que eles expandiram o mundo das ideias no campo científico, cultural, filosófico e espiritual. Alguns não se preocuparam com a notoriedade social, preferiram o anonimato, não se importaram em divulgar suas ideias e escrever seus nomes nos anais da história. Porém, suas ideias não puderam ser sepultadas. Elas germinaram como sementes na mente dos homens e enriqueceram a história da humanidade. Estudar a inteligência deles pode-nos ajudar muito a expandir nossas próprias inteligências.
Houve um homem que viveu há muitos séculos e que não apenas brilhou na sua inteligência, mas teve uma personalidade intrigante, misteriosa e fascinante. Ele conquistou uma fama indescritível. O mundo comemora seu nascimento. Todavia, em detrimento de sua enorme fama, algumas áreas fundamentais da sua inteligência são pouco conhecidas. Ele destilava sabedoria diante das suas dores e era íntimo da arte de pensar. Esse homem foi Jesus Cristo.
A história de Cristo teve particularidades em toda a sua trajectória: do seu nascimento à sua morte. Ele abalou os alicerces da história humana por intermédio da sua própria história. Seu viver e seus pensamentos atravessaram gerações, varreram os séculos, embora ele nunca tenha procurado status social e político.
Estado de Espiríto: Com os anjos...
Publicado por Viktor às 01:00
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Essência do R...

. Agenda de Maio

. Reflexão: Espelhos da vid...

. O que somos?

. Missão dos Terapeutas… e ...

. Iniciação ao Reiki, porqu...

. Reflexão sobre este Espaç...

. Um papel Importante...

. Aprender Reiki, para quê?

. Brilhando na arte de pens...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007