.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Da Suposição à Constatação...

Se os terapeutas e médicos trabalharem juntos, é possível aproveitar a melhor tecnologia e a melhor atenção pessoal disponível para cada caso. Observemos como é que esta interacção pode ser feita.

Os terapeutas estão aptos a ajudar os médicos de três formas: dar uma visão mais ampla dos factores responsáveis pela doença; proporcionar informações que não podem ser obtidas pelos actuais métodos padronizados ou que não podem ser obtidas por esses métodos no prazo requerido; e proporcionar a imposição de mãos para equilibrar o sistema de energia do paciente e acentuar e acelerar a cura. Muitas vezes esse último esforço ajuda o paciente a ganhar a força necessária para salvar a própria vida.

Na prática, o terapeuta pode trabalhar directamente com o médico e o paciente, fazendo o primeiro diagnóstico para localizar com precisão o problema, fornecer uma visão global do desequilíbrio do sistema de energia (e, dessa maneira, da gravidade do problema), proporcionar uma visão mais ampla dos factores causativos envolvidos e trabalhar com o paciente sobre o significado que a doença tem a sua vida.

O terapeuta pode receber recomendações por intermédio da Alta Percepção Sensorial acerca das espécies e quantidades de drogas específicas que devem ser tomadas, das técnicas complementares de tratamento, dieta, suplementos alimentares e exercícios. O terapeuta acompanha o caso com o médico e, novamente, graças à Alta Percepção Sensorial, faz recomendações sobre a dosagem e outros suplementos que precisam ser mudados semana a semana, dia-a-dia, ou até de hora em hora. Dessa maneira, o terapeuta e o médico, juntos, podem alcançar um nível de “sintonia fina” nos cuidados dispensados ao paciente nunca antes imaginado. O terapeuta observa o campo energético do paciente e diz como a droga ou outros métodos de tratamento o estão a afectar no seu todo.

Um terapeuta, Mietek Wirkus, que trabalhou três anos com médicos numa clínica afiliada à Sociedade Médica “IZICS” de Varsóvia, na Polónia, instituída especificamente para realizar esse trabalho. Muito bem-sucedida, a clínica continua em laboração. Registos feitos por ela mostram que a imposição de mãos, chamada terapia bioenergética. é mais eficaz em doenças do sistema nervoso e nas doenças provenientes de enxaqueca, no tratamento da asma brônquica, das moléstias nervosas, das enfermidades psicossomáticas, da úlcera gástrica, de alguns tipos de alergia, da eliminação de quistos ovarianos, de tumores benignos, da esterilidade, das dores artríticas e de outras espécies de dores. A terapia bioenergética ajuda a aliviar a dor causada pelo cancro e diminui a quantidade de medicamentos analgésicos ou tranquilizantes tomados pelo paciente. Observaram-se também bons efeitos no tratamento de crianças surdas. Em quase todos os casos, os médicos descobriram que, após o tratamento pela terapia bioenergética, os pacientes se tornaram mais calmos e relaxados, a dor desapareceu ou foi aliviada, e o processo de reabilitação (sobretudo depois de uma cirurgia ou de uma infecção) acelerou-se. Neste país, não conheço terapeutas a trabalhar com médicos. Há já alguns anos, a dra. Dolores Krieger apresentou a imposição das mãos às enfermeiras do Centro Médico de Nova York, que a praticam no hospital. Rosalyn Bruyere, directora do Healing Light Center de Glendale, na Califórnia, tem acesso a muitos hospitais para fazer o tratamento e está envolvida em diversos projectos de pesquisa visando determinar a eficiência da imposição de mãos em vários tipos de doenças.

Com o uso da Alta Percepção Sensorial, o terapeuta indica, dentre os muitos métodos holísticos de tratamento, o mais aconselhável para cada paciente pela observação do seu efeito sobre a aura. Com a recomendação, feita ao paciente, para focalizar os métodos mais eficazes no seu caso, a cura será acelerada. Por causa do tremendo poder das potências mais elevadas, sempre se aconselha aos jovens praticantes começarem com as potências mais baixas (corpos de energia inferior), e depois trabalharem os corpos mais altos, quando então se encontra o remédio correcto. No processo da imposição de mãos, muitos terapeutas são capazes de escolher o corpo que vão trabalhar. O mesmo vale para a meditação auto curativa, quando se podem trabalhar todos os corpos.

Os médicos deste país concentraram-se principalmente no corpo físico e tornaram-se peritos nesse campo, sobretudo em problemas específicos de órgãos e sistemas de órgãos. Os principais métodos aplicados são as drogas e a cirurgia. Um dos maiores problemas provocados pelo uso das drogas e da cirurgia são os tremendos efeitos colaterais que eles criam muito amiúde. As drogas são prescritas a partir do conhecimento do funcionamento do corpo físico, mas elas também contêm energias nas esferas superiores que, naturalmente, afectam os corpos superiores. Os efeitos dessas drogas sobre os corpos superiores não têm sido estudados directamente quando se testam as drogas para serem usadas. Ao contrário, só se percebem os efeitos das energias mais elevadas quando elas são finalmente lançadas no corpo físico. Tenho visto o pós-efeito das drogas persistir na aura durante períodos de até dez anos após a sua ingestão. Uma droga, por exemplo, usada antigamente para curar hepatite, passou a causar, cinco anos mais tarde, deficiências imunológicas. Um corante vermelho, colocado na coluna espinhal com finalidades exploratórias, passou a inibir a cura de nervos espinhais dez anos depois.

Saudações Estelares

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:48
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Da Suposição à Constataçã...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007