Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

OS PODERES PSÍQUICOS DOS CHAKRAS

O desenvolvimento e a actividade dos centros psíquicos são responsáveis pela aquisição dos poderes de mesma natureza. Algumas palavras tornam-se, pois, necessárias em razão dos perigos que tais poderes podem criar.


Os poderes ocultos têm sido uma das grandes motivações que têm levado mais de um aspirante ao ascetismo e às práticas ocultas. O poder foi e permanece ainda um importante tema de preocupação, e não basta repetir que ele não é um fim em si mesmo ou que sua obtenção não prova, de nenhum modo, um avanço espiritual; o fato permanece actual e hoje, como outrora, numerosos aspirantes nessa senda têm sido profundamente perturbados pelos fenómenos auditivos ou visuais resultantes da prática mística.


É preciso, entretanto, reconhecer que a atracção pelos poderes é uma coisa natural, não somente pelo fato de que eles são uma consequência da evolução, mas ainda porque eles são (ou supõe-se serem), o símbolo de uma superioridade, à qual todos nós aspiramos. Por outro lado, os poderes psíquicos e espirituais têm fortemente chocado o espírito daqueles que, ignorantes da natureza das leis colocadas em ação, os consideram conto verdadeiros milagres, o que certamente eles não são.


Todos os grandes seres do passado têm sabido utilizar e manifestar estas possibilidades psíquicas e espirituais. É necessário reconhecer, entretanto, que o fim não era o de exibir sua ciência, mas o de aplicar as leis universais do cosmos, e os poderes que eles possuíam não eram, eu o repito, mais do que a consequência de sua evolução espiritual e não eram utilizados mais do que como simples, porém maravilhosos instrumentos a serviço de sua missão sobre a Terra. Zoroastro, Orfreu, Gautama Buddha ou seres como Apolônio de Tiana, o mestre Phillipe de Lyon, Cagliostro, ou simplesmente os misteriosos Rosa-Cruzes, todos, sem exceção, foram detentores de uma grande sabedoria, mas igualmente de grandes poderes, demonstrando, desta maneira, que eles tinham transcendido uma parte importante de sua natureza humana. Nos casos citados acima, trata-se de poderes espirituais como expressão direta da alma, poderes que continuam a ser prerrogativa dos seres elevados. É unicamente a estes poderes que se referia o Cristo quando prometeu a seus discípulos, admirados dos milagres por ele executados, que um dia eles os fariam ainda bem maiores.


Os poderes psíquicos inferiores ou superiores constituem, segundo a opinião esclarecida dos mestres da sabedoria, obstáculos ao estado espiritual mais elevado e o simples fato de interessar-se por eles indicaria, no estudante, uma falta evidente de progresso, porque os poderes não podem ser utilizados sem perigo, senão depois ao abandono total de todo o desejo e paixão terrenos. Sendo assim, no momento em que o discípulo é capaz de pensar em termos de consciência de grupo e de viver profundamente de maneira fraterna e quase inteiramente despolarizado de si mesmo, tendo como desígnio imediato o serviço desinteressado, nesse caso unicamente, os poderes tornam-se instrumentos dóceis e úteis ao serviço projectado.


Os perigos da aquisição de poderes a serviço de seus próprios interesses tem sido claramente demonstrado por intermédio do grande yogue Milarepa que havia utilizado (alegoricamente) duas formas de poder. Pimeiramente aqueles de natureza inferior, na primeira parte de sua vida, e aqueles de natureza superior na segunda parte. Explicamos a diferença: os poderes inferiores são resultantes unicamente das forças e energias (animamundi) de todas as formas, nos três mundos e em todos os corpos, nos quatro reinos da natureza. Estes poderes são a expressão dos centros psíquicos localizados sobre o diafragma.

 

Os poderes superiores resultam da consciência não mais individual, mas coletiva; eles englobam os poderes interiores e colocam cada vez mais o homem em comunhão com as formas de vida que se encontram nos planos superiores da consciência (o reino dos céus). Os efeitos destes poderes superiores são chamados de diversos modos, mas exprimem, de modo justo, sua natureza, como por exemplo: percepção intuitiva, compreensão espiritual, conhecimento direto.


As tradições orientais têm arrolado, com extrema precisão, os diferentes poderes. A lista dos poderes de natureza inferior seria muito longa, por isso consignaremos somente os oito poderes de natureza superior. Aquele que dominou, de modo integral, os oito poderes superiores recebe o titulo de Siddha, mas convém ser muito prudente e circunspecto no que concerne aos adeptos cuja a vida é aquela dos Siddhas. Poucos dentre eles (sobretudo entre aqueles conhecidos na Europa) têm sabido associar um desenvolvimento espiritual paralelo.

 

Descrevemos agora estes oito poderes:

1) ANIMA (exigüidade). Esta é a faculdade que possui o iniciado de fazer-se tão pequeno quanto um átomo, ou, melhor dizendo, identificar-se com a essência da menor parte do universo de que é ele mesmo constituído. Segundo Leadbeater, este órgão de visão é formado de um pequeno tubo flexível de matéria etérica terminado por uma intumescência em forma de olho, e é este olho que, dilatando-se ou contraindo-se, permite ver o infinitamente grande (Mahima) ou, ao contrário, o infinitamente pequeno (Anima).


2) MAHIMA (magnitude). Este é o poder de aumentar de volume, quer dizer, de alargar o círculo de sua consciência e de alcançar a plenitude do conhecimento do infinitamente grande.

 

3) GARIMA (gravitação). Isto é relativo ao peso e à massa, e se aplica à lei de gravitação que é um dos aspectos da lei de atracção. Um mestre japonês de artes marciais conhece bem esta técnica ao ponto de que ele pode tornar-se tão pesado que um agressor muitas vezes superior em peso e em força não poderá movê-lo nem um milímetro. Este fenómeno tem igualmente sido observado nos yogues em estado de Samadhi.


4) LAGHIMA (levitação). Esta é a possibilidade que tem o adepto de tornar-se mais leve que o ar, afastando a força de atracção da Terra, e de desligar-se dele. O exemplo mais belo que foi manifestado aos homens é aquele do mestre Jesus Cristo andando sobre as águas.


5) PRAPTI (realizar o objectivo). Aquele que possui este poder tem a capacidade de atingir seus fins projectando sua consciência em todos os lugares que ele julga necessários, quer estejam sobre o plano físico ou sobre o plano cósmico. Este poder foi sempre muito utilizado pelos místicos do mundo inteiro. Este é o poder que utilizou Jesus para ensinar seus discípulos depois da crucificação: “À tarde deste mesmo dia, o primeiro da semana, estando todas as portas fechadas por temor dos judeus, no lugar onde se encontravam os discípulos, Jesus vem e coloca-se no meio deles. Ele lhe diz: “Paz seja convosco.” (Evangelho de São João 20:19). Prapti desenvolve também a clarividência, clariaudiência e telepatia. Ele permite compreender a linguagem da natureza e possuir o dom das línguas, como o receberam os apóstolos de Jesus Cristo.


6) PRAKAMYA (a vontade irresistível). Este poder confere ao adepto a possibilidade de ver realizarem-se todos os seus desejos pela força da vontade divina, quando esta vontade substitui, em parte, a vontade pessoal e seus desejos estão em perfeita harmonia com o plano divino. A perfeição deste poder tem sido atingida pelo mestre Jesus, quando, no momento de beber a taça amarga, exclamou para o Pai: “Que a Tua vontade seja feita, e não a minha”. Segundo Sivananda, o yogue provido deste poder é capaz de permanecer sob a água durante o tempo que ele deseje. É também este poder que permite ao yogue penetrar no corpo de um outro homem e deste modo animá-lo. É isto que fez, se bem que em um grau altamente superior, o Cristo, quando animou o seu discípulo Jesus.


7) VASITVA (o poder de comandar). É o poder de tornar-se mestre das forças elementares da natureza, utilizando o poder do som criador ou mantra. Pela palavra sagrada, as vibrações são produzidas no éter e as diversas formas podem ser produzidas. A gente se recordará da transformação da água em vinho pelo mestre Jesus, do mesmo modo que da multiplicação dos pães. Segundo os yogues, este poder permite igualmente tornar dóceis os animais selvagens, bem como exercer um ascendente sobre o espírito dos seres e das coisas.


8) ISATVA (o poder criador). Isatva se refere ao poder que tem o adepto de dispor dos elementos em suas cinco formas e de ressuscitar a vida no plano físico, como fez Jesus Cristo com Lázaro. Muitos outros mestres têm conseguido este grande poder espiritual, tais como, TomoGershè Rimpoché, Babaji, para não citar outros.


Como vamos agora constatar, cada centro desenvolve certos poderes particulares. Isto é o resultado de exercícios místicos tais como o TRATAKA, isto, é a fixação do olhar sobre um objecto. Entretanto, os poderes resultam, sobretudo, de um triângulo constituído da concentração (DHARANA), da meditação (DHYANA), e do êxtase contemplativo (SAMADHI), estado resultante da subida de Kundalini. Estes três estados são chamados de SAMYAMA. Existem, bem entendido, vias mais específicas que insistem no desenvolvimento dos centros psíquicos como o LAYA YOGA ou KUNDALINI YOGA; ambas incluídas, por outro lado, na prática das técnicas tântricas. Eis aqui, resumidamente, a qualidade dos poderes inerentes a cada centro psíquico:


1) O CHAKRA COCCÍGEO (básico) confere, segundo sua própria natureza, poderes excepcionais sobre a energia da matéria e, sobretudo, sobre seu aspecto negativo. Ele é, pois, muito perigoso para aqueles que não alcançaram uma pureza moral absoluta, pureza moral que de resto é a essência mesma de todos os ramos do Yoga. O poder de levitação, o controle mental e o do sopro, o conhecimento do passado e do futuro, o domínio do líquido seminal, tudo isso resulta da actividade normal do centro coccígeo.


2) O CHAKRA SAGRADO (genésico) - A ciência oriental explica que dois nádis ligam diretamente o centro sagrado a um outro centro secundário, o BODHAKA, localizado na abóbada palatina (céu da boca), e toda ação realizada sobre ele influencia automaticamente o outro. O centro sagrado confere o poder de controlar a energia subtil da água e de dominar os desejos do corpo. Para alcançar isto é necessário que o estudante aprenda a combater fortemente a ilusão, a aversão, a luxúria, a suspeita e a indiferença (com compaixão).


3) O CHAKRA SOLAR (umbilical ou gástrico) confere o poder de controlar toda a vida vegetativa e de colocar à vontade o corpo físico em profunda letargia. Pela actividade do centro solar, a saúde se desenvolve e se mantém. Tendo o iniciado conseguido o controle deste centro, presume-se que não mais tema o fogo. É de resto este centro que permite aos Yamabushis, ascetas japoneses, marcharem de pés descalços sobre as brasas ardentes sem sofrer qualquer dor ou queimadura. Obtém-se o domínio do centro solar pela purificação das imperfeições, como o apego, o orgulho, o ciúme, a cólera, a indolência e o medo.


4) O CHAKRA CARDÍACO dá o poder de ler o coração aberto no espírito dos outros e de conhecer todos os pensamentos. Ele confere a possibilidade de ver seus desejos e directrizes realizadas. Ele permite ouvir o som sagrado no interior do coração. O fato de poder controlar o elemento ar significa que o adepto pode projectar sua consciência na direcção de todas as partes do mundo, para um lugar onde uma pessoa se encontra, e operar, à distância, sem ter de deslocar seu corpo físico.

 

Purificando-se do egoísmo, da vaidade, da cupidez, da indecisão, desenvolvendo depois o sentido fraternal, a caridade, o amor e o discernimento, obter-se-á, sem dúvida, alguma uma actividade normal do centro cardíaco.


5) O CHAKRA LARÍNGEO confere um grande poder sobre a energia vital do espaço e sobre o controle da transição. Permite, além disso, o desenvolvimento da clariaudiência e do conhecimento do passado, do presente e do futuro. Desenvolve a memória psíquica e dá a faculdade da profecia.


6) O CHAKRA FRONTAL, confere um poder espiritual imenso: o de ser um membro da fraternidade dos homens e mulheres tornados “perfeitos”. Ele destrói todo elemento de natureza kármica (negativa) e atribui ao yogue a totalidade dos oito poderes maiores e os 32 menores. É por intermédio dele que serão percebidos a “luz na cabeça”, assim como o “OM” sagrado em sua mais esplêndida realidade.


7) O CHAKRA CORONÁRIO dá ao adepto a totalidade de todos os poderes, assim como o de não mais ter necessidade de operar no triplo mundo inferior dos homens. O centro coronário normalmente activo permite ao iniciado deixar em plena consciência o invólucro físico. Além disso, este centro é frontispício da completa libertação, da aquisição de um poder divino de natureza intraduzível e inexprimível.


Convém, depois deste breve resumo, não cometer o erro de crer que só um centro permite alcançar as faculdades enumeradas, quando os poderes não funcionam senão por intermédio de muitos centros simultaneamente. Por outra parte, os efeitos engendrados no mundo fenomenal não oferecem mais que um valor relativo e limitado se se acredita nas afirmações dos maiores mestres, cujo único fim era a reintegração final no seio da divindade. Assim, por conseguinte, antes de prestar atenção excessiva sobre a obtenção dos poderes psíquicos, não esqueçamos as sábias palavras do Senhor Cristo: “Buscai antes o reino de Deus e a sua justiça e tudo o mais vos será dado de acréscimo”. (Les Çakras: L’anotomic occulte de 1’homme de M. Coquet. Paris, Dervy-livres, 1982).
(Michel Coquet)
Publicado por Viktor às 17:25
Link | Comentar | favorito
Sábado, 25 de Agosto de 2007

CHAKRA LARÍNGEO

Em sânscrito, denomina-se Vishudda, palavra derivada de shuddhi, que significa purificar. Situa-se na base e atrás da garganta, na nuca, na junção da espinha dorsal e da medula espinhal alongada, no Sushumna nádi. Corresponde à glândula tiróide e estende-se até a medula alongada, envolvendo a glândula carótida, indo na direcção das omoplatas, relacionando-se, ainda, com os plexos nervosos da faringe e da laringe.


Possui dezasseis pétalas na periferia, nas quais, segundo Leadbeater, “embora haja bastante do azul em sua cor, o tom predominante é o prateado brilhante, parecido com o fulgor da luz da lua quando roça o mar. Em seus raios predominam alternativamente o azul e o verde.” (p. 28). Powell indica-lhe o prateado brilhante com muito azul. Aurobindo, cinza; Satyananda, cinza-violeta; Schat-chakra-Nipurana, purpúreo escuro; o Siva Samhita, ouro brilhante; o Garuda Purana, prateado.


É representado por um lótus transparente com dezasseis pétalas de cor cinza fumaça (violeta-cinza). No pericárdio se encontra um círculo de cor branca (Yantra) envolvido por um triângulo; no centro está o bija mantra "Ham". O animal é o elefante.


O centro laríngeo tem a função de purificar o corpo, eliminando os venenos provenientes do exterior. A glândula tiróide, que corresponde ao centro laríngeo, tem uma função antitóxica. Além disto, a consciência criadora reside neste centro. É, segundo Aurobindo, “a mente física, a consciência externalizadora expressiva” (op. cit., p. 203).

 

A expressão da verdade, através do pensamento, da palavra e da ação é feita através do centro laríngeo. Para isto é necessária a harmonia do centro criador ou sagrado com o laríngeo, pois é necessário que as forças daquele tenham sido elevadas ao outro centro criador, o laríngeo (Coquet).


O centro laríngeo é o responsável pela recepção das ondas telepáticas. Dali são transmitidas a outros centros. O reconhecimento consciente pode ocorrer nestes últimos, e por isso o indivíduo pode sentir como se os pensamentos de outros estivessem sendo registados à altura do centro umbilical ou de outros centros.

 

A respeito, ensina Powell: “O despertar do centro astral correspondente dá a faculdade de ouvir os sons do plano astral, isto é, a faculdade que no mundo astral produz efeito semelhante ao que denominamos audição do mundo físico.


Quando o centro etérico está desperto, o homem, em sua consciência física, ouve vozes que às vezes lhe fazem todas as espécies de sugestões. Pode ouvir música, ou outros sons menos agradáveis.


"Quando funciona plenamente, o homem se torna clariaudiente nos planos etérico e astral" (Duplo Etérico, p. 63).
Publicado por Viktor às 11:15
Link | Comentar | favorito
Sábado, 21 de Julho de 2007

Pedras Mais Usadas Em Terapia:

Ágatas

Morganita

Água Marinha

Obsidiana

Ametista.     

Ônix

Cristais de quartzo (todas as cores).       

Pedra da Lua

Esmeralda

Pirita

Fluorita

Rodocrosita

Granada

Sodalita

Hematita

Topázio

Kunzita

Turmalinas (todas as cores)

Lápis lazuli

Turquesa

Malaquita;

Publicado por Viktor às 23:19
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

Reiki nos Hospitais

Paula Maia

O hospital de S. Marcos foi premiado com nova acreditação pelo Instituto da Qualidade da Saúde (HQS), uma entidade inglesa acreditante.
Este reconhecimento é válido por três anos a contar do fim do mês da auditoria global (ocorrida em Março de 2006), ou seja, até 31 de Março de 2009
O hospital S. Marcos obteve a acreditação inicial em Fevereiro de 2004, após três anos de introdução de melhorias de qualidade, sendo o primeiro hospital português a conseguir a Acreditação Total pelo HQS à primeira tentativa. O hospital bracarense é também o terceiro hospital nacional a ser reacreditado por aquela entidade acreditadora.
Ao todo, são 13 os hospitais portugueses que obtiveram uma primera acreditação pela HQS.

A reacreditação surge na sequência de um processo de cerca de 18 meses, onde o  hospital S. Marcos teve de se adaptar os seus procedimentos ao novo manual internacional do HQS, para cumprimento de 1 512 critérios obrigatórios, contra 1 132 do anterior processo. “Esta nova acreditação obrigou a um esforço bastante intenso para cumprir o novo manual, que têm mais cerca de 30 % de critérios relativamente ao anterior, critérios mais exigentes”, refere o presidente do Conselho de Admnistração. Sendo o processo da acreditação, um processo consolidado neste hospital, Lino Mesquita Machado quer mantê-lo, “seja qual for o processo de construção do novo hospital”.
Apesar do reconhecimento, o responsável refere que o percurso não termina aqui, adiantando que o hospital vai desenhar um calendário, com vista a traçar um rumo, que tem como objectivo principal melhorar ainda mais a qualidade dos seus serviços, levando a cabo um conjunto de intervenções que não passam somente por obras e equipamentos.

Grávidas: técnicas de relaxamento

O Hospital de S. Marcos está a levar a cabo, desde o passado mês de Janeiro, um projecto inovador, dirigido especialmente às grávidas, onde as futuras mães podem usufruir de uma série de serviços ou tratamentos.
Neste projecto de preparação para a maternidade, as grávidas podem fazer preparação para o parto, e , principalmente, colocar em prática exercícios de relaxamento, nomedamente o Ioga e Reiki.
“Todos sabemos que é muito importante a grávida estar preparada para a maternidade, estar relaxada e saber com o que vai contar quando entrar no Serviço de Obstetrícia para ter o seu filho” referiu  Amélia Silva, Enfermeira-Chefe do Bloco de Partos do Hospital, que ontem participou nas IV Jornadas de Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia, subordinadas ao tema ‘Maternidade - Um Desafio...’
Segundo a responsável, o projecto é, nesta fase incial, dirigida somente às gravidas provenientes das Consultas Externas, posteriormente, “vamos ver o que conseguimos”, refere Amélia Silva.


Fonte: Correio do Minho
Publicado por Viktor às 00:19
Link | Comentar | ver comentários (7) | favorito
Quinta-feira, 12 de Julho de 2007

O que é o Reiki? What is Reiki? Quel est Reiki? Quale è Reiki? Welches ist Reiki? Que es Reiki?

O que é o Reiki?
 

O Reiki é uma energia cósmica, onde Rei significa Universo e Ki significa Energia. A mesma foi redescoberta pelo Dr. Micao Usui no séc. XIX no Japão. Foi redescoberta através de estudos e leituras de livros escritos em Sânscrito (Linguagem utilizada na zona na era antes de cristo) que se encontravam nas bibliotecas dos antigos templos budistas. O culminar desta descoberta fez-se quando ele se deslocou e permaneceu 21 dias no Monte Sinay unicamente em meditação e reflexão.

Nos dias de hoje esta é uma medicina alternativa que está em evolução sendo cada vez mais conhecida. O Reiki em si consiste na passagem de cargas positivas e fluidos vitais do terapeuta para o paciente, fazendo assim com que o paciente liberte as cargas negativas acumuladas no dia-a-dia, bem como o alinhamento dos Chakras e a energização dos mesmos. Jesus Cristo aquando da sua passagem pela terra também o fez quando curava com um simples toque nas pessoas. O Reiki não está particularmente ligado a nenhuma religião, quem o pratica deverá simplesmente fazê-lo em prol da Lei de Deus, a Lei da Providência, do Perdão, do Amor Incondicional, ou seja, por isso o Reiki pode ser feito a pessoas, plantas e animais. O Reiki é utilizado como terapia conjunta com a medicina tradicional. É aconselhado no pós-operatório, acamados de média e longa duração, pessoas psicologicamente desequilibradas e em grávidas. Em Nova York o Reiki é utilizado e praticado em vários hospitais públicos em complemento da medicina convencional.

 
 
What is Reiki?
 

Reiki is a cosmic energy, where Rei means Universe and Ki means Energy. The same was rediscovered by the Dr. Micao Usui in the séc. XIX in Japan. It was rediscovered through studies and readings of books written in Sânscrito (Language used in the area in the era before cristo) that were at the libraries of the old Buddhist temples. Culminating of this discovery was made when he moved and it only stayed 21 days in the hill sinay in meditation and reflection.

In the days of today this it is an alternative medicine that is in evolution being known more and more. Reiki in itself consists of the passage of positive loads and the therapist's vital fluids for the patient, doing like this with that the patient frees the accumulated negative loads in the day by day, as well as the alignment of Chakras and the energy of the same ones. Jesus Christ when of his passage for the earth also made him/it when it cured with a simple touch in the people. Reiki is not particularly linked the any religion, who practices him/it should simply do him/it on behalf of the Law of God, the Law of the Providence, of the Pardon, of the Unconditional Love, in other words, for that Reiki can be made to people, plants and animals. Reiki is used as united therapy with the traditional medicine. It is advised in the postoperative, bedridden of average and long duration, people unbalanced physiologic and in pregnant. In New York Reiki is used and practiced at several public hospitals in complement of the conventional medicine.

 
 
Quel est Reiki?
 

Reiki est une énergie cosmique où Rei veut dire l'Univers et Ki veut dire l'Énergie. Le même a été redécouvert par le Dr. Micao Usui dans le séc. XIX au Japon. Il a été redécouvert à travers études et lectures de livres écrites dans Sânscrito (la Langue a utilisé dans la région dans l'époque avant cristo) c'était aux bibliothèques des vieux temples bouddhistes. Culminer de cette découverte a été fait quand il a déplacé et il est resté seulement 21 jours dans le sinay de colline dans méditation et réflexion.

Dans les jours d'aujourd'hui ce c'est une médecine alternative qui est dans évolution qui est sue de plus en plus. Reiki lui-même consiste en le passage de charges positives et les fluides vitaux du thérapeute pour le malade, aime ceci avec que le malade libère les charges négatives accumulées dans le jour par jour, aussi bien que l'alignement de Chakras et l'énergie des mêmes. Jésus Christ quand de son passage pour le monde aussi a fait him/it quand il a guéri avec un toucher simple dans les gens. Reiki n'est pas lié en particulier l'en la religion qui pratique him/it devrait faire simplement him/it de la part de la Loi de Dieu, la Loi de la Providence, du Pardon, de l'Amour Inconditionnel, en d'autres termes, pour ce Reiki peut être faite aux gens, les plantes et les animaux. Reiki est utilisé comme thérapie unie avec la médecine traditionnelle. Il est recommandé dans le postopératoire, alité de moyenne et longue durée, les gens ont déséquilibré physiologic et dans enceinte. Dans New York Reiki est utilisé et expert à plusieurs hôpitaux publics dans complément de la médecine conventionnelle.

 
 
Quale è Reiki?
 

Reiki è un'energia cosmica, dove Rei intende Universo e Ki intende Energia. Lo stesso fu riscoprito dal Dott. Micao Usui nel séc. XIX in Giappone. Fu riscoprito attraverso studi e letture di libri scritte in Sânscrito (Lingua usò nell'area nell'era di fronte a cristo) quell'era alle biblioteche dei vecchi tempi buddisti. Culminando di questa scoperta si fece quando lui si mosse e stette solamente 21 giorni nel sinay della collina in meditazione e riflessione.

Nei giorni di oggi questo è una medicina alternativa che è in evoluzione che è conosciuta sempre più. Reiki consiste in se stesso del passaggio di carichi positivi ed i fluidi vitali del terapeuta per il paziente, piace questo con che il paziente liberi i carichi negativi ed accumulati nel di giorno in giorno, così come l'allineamento di Chakras e l'energia degli stessi. Gesù Christ quando del suo passaggio per la terra anche fece him/it quando guarì con un semplice tocco nelle persone. Reiki non è collegato particolarmente l'alcuno religione che pratica him/it dovrebbe fare semplicemente him/it in favore della Legge di Dio, la Legge della Provvidenza, del Perdono dell'Amore Incondizionato, nelle altre parole per quel Reiki può essere fatta a persone, piante ed animali. Reiki è usato come terapia unita con la medicina tradizionale. È messo al corrente nel postoperatorio, costretto a letto di media e la durata lunga, persone non equilibrato fisiologico ed in incinta. In Reiki di New York è usato e praticato a molti ospedali pubblici in complemento della medicina convenzionale.

 
 
Welches ist Reiki?
 

Reiki ist eine Weltall Energie, wo Schuldig es versteht Universum und Ki, es versteht Energie. Das derselbe wurde vom wiederentdeckt Dr. Micao Usui in der séc. XIX in Japan. Es wurde durch Lernen und Lektüren von Büchern Aufschriften in Sânscrito (Sprache benutzte in der Fläche im Zeitalter gegenüber cristo) jener wiederentdeckt, es war zu den Bibliotheken von den alten buddhistischen Zeiten. Man machte, da gipfelte es von dieser Entdeckung, wenn es sich bewegte und es war nur 21 Tage im sinay des Hügels in Meditation und Überlegung.

In den Tagen von heute ist dieses eine abwechselnde Medizin, die in Entwicklung ist, die gekannt wird, immer mehr. Reiki besteht in sich selbst vom Durchgang von positiven Ladungen und den vitalen Flüssigkeiten des Therapeuten für den Patienten, das gefällt mit, daß der Patient Tag für Tag die negativen und aufgelaufenen Ladungen im befreit, so wie die Angleichung von Chakras und der Energie der derselbe. Jesus Christ, wenn von seinem Durchgang für die Erde auch him/it machte, wenn es mit einer einfachen Berührung in den Leuten heilte. Reiki wird nicht insbesondere das einige Religion verbunden, die him/it ausübt, es sollte einfach him/it zugunsten des Gesetzes Gottes das Gesetz von der Vorsehung, die Verzeihung der Bedingungslosen Liebe in den anderen Wörtern für jene Reiki machen, es kann Leuten, Pflanzen und Tieren gemacht werden. Reiki wird als vereinte Therapie mit der traditionellen Medizin benutzt. Es wird zu das fließenden ins postoperativen gezwungen zu Bett von Durchschnitt und der langen Dauer Leute nicht gleichgewichtig physiologisch gestellt und in schwangeres. Es wird in Reiki von New York benutzt und es wird zu vielen öffentlichen Krankenhäusern in Satzergänzung der konventionellen Medizin ausgeübt.

 
 
Que es Reiki?
 

Reiki es una energía cósmica, dónde Culpables entiende Universo y Ki entiende Energía. El mismo se hubo sido redescubierto por el Dr. Micao Usui en el séc. XIX en Japón. Se hubo redescubierto por estudios y lecturas de libros inscripciones en Sânscrito, Lengua usó en el área en la era frente a cristo, aquel estuvo en las bibliotecas de los viejos tiempos budistas. Culminando de este descubrimiento se hizo cuando él se movido y sólo estuvo 21 días en el sinay de la colina en meditación y reflexión.

En los días de hoy ésta es una medicina alternativa que está en evolución que es conocida cada vez más. Reiki le consiste en él mismo del paso de cargas positivas y los fluidos vitales del terapeuta para el paciente, gusta este con que el paciente libera los cargados negativos y acumulados de día en día en el, tal como la alineación de Chakras y la energía de los mismos. Jesús Christ cuando de su paso por la tierra también hizo him/it cuando curó con un simple toque en las personas. Reiki no es conectado particularmente el alguna religión que práctico him/it debería hacer sencillamente him/it en favor de la Ley de Dios, la Ley del Providencia, del Perdón del amor Incondicional, en las otras palabras por aquellos Reiki puede ser hecha a personas, plantas y animales. Reiki es usado como terapia unida con la medicina tradicional. Es puesto a lo corriente en lo posoperatorio, obligado a cama de media y a la duración larga, personas no equilibradas fisiológico y en embarazado. En Reiki de Nueva York es usado y practicado a muchos hospitales públicos en complemento de la medicina convencional.
Estado de Espiríto: Bem...
Publicado por Viktor às 23:25
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Que És REIKI...

Se suele traducir por "energía cósmica", pero yo prefiero que no olvidemos el aspecto de inteligencia que incorpora. "Ki" es el poder creador del universo, según la cultura japonesa. Todo es una expresión del Ki, o del Prana, del Chi, de la Shakti... para las diferentes tradiciones de India, China... Y "Rei" es la Luz, la conciencia que sustenta ese poder, el Chit, Shiva, el Ser... La inteligencia que vive dentro de todos y cada uno, y en cada partícula de materia/energía.

El Reiki es, pues, el poder inteligente del cosmos, sea que se manifieste a escala global o local. Y un practicante Reiki es aquella persona que está sintonizando conscientemente a esa fuerza universal y que por tanto se deja guiar por su sabiduría intuitiva. ...Dicho así no es diferente de la definición de cualquier practicante espiritual de casi cualquier tradición evolutiva.

De hecho, esto es porque el Reiki como sistema de sanación surge del contexto espiritual del Japón de principios de siglo, una tierra permeada por el Budismo, el Shinto, el Animismo...

Estado de Espiríto: Bem
Publicado por Viktor às 01:52
Link | Comentar | favorito
Sábado, 2 de Junho de 2007

Onde se faz REIKI...

Caros amigos e Leitores,

Aproveito para vos informar, que a partir do próximo dia 4 de Junho, e até ao final de Setembro, estarei às segundas à tarde e Sábados de manhã, no Clube Praia da Oura (CPO) em Albufeira a fazer sessões de Reiki.

Caso estejam interessados em tal, podem fazer a vossa inscrição na recepção do empreendimento.

As mesmas iram ser realizadas numa tenda, onde as pessoas poderão estar em consonância com a natureza, devido ao excelente espaço envolvente, além de ter uma vista maravilhosa sobre a costa algarvia.

Informo ainda que apesar de ser nas instalações do Clube Praia da Oura, outras pessoas de fora podem também usufruir desta terapia secular, fazendo a sua inscrição prévia na recepção do CPO.

O referido anteriormente encontra-se devidamente retratado e fundamentado na apresentação, como podem visualizar:

 
Estado de Espiríto: Bem disposto...
Música: Dazzling Thunderstorm
Publicado por Viktor às 19:03
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. OS PODERES PSÍQUICOS DOS ...

. CHAKRA LARÍNGEO

. Pedras Mais Usadas Em Ter...

. Reiki nos Hospitais

. O que é o Reiki? What is ...

. Que És REIKI...

. Onde se faz REIKI...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007