Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

REIKI: História em Poesia

Caros leitores,

Nasceu no dia 15 de Agosto,

Mais precisamente no Japão,

Este Ser de luz maravilhoso,

Que foi para nós uma bênção;

         Ser de grande humildade,

         Deparou-se com muitas dificuldades,

         Mas com grande vontade de aprender,

         Estudou em várias cidades;

Procurava respostas e explicações,

Para as fantásticas histórias que ouvia,

Assim acreditando verdadeiramente,

Nas curas que Buda fazia;

         Esteve em muitos locais,

         Do oriente ao ocidente,

         Gostava de experienciar o que aprendia,

         Pois era bastante persistente;

Mesmo com variados estudos,

A nenhuma conclusão chegou,

Mas foram de grande importância,

Para o que mais tarde “encontrou”;

         Então pensou e decidiu,

         Fazer 21 dias de meditação,

         Pode-lhe parecer estranho,

         Mas é uma prática usual no Japão;

Informou a família sobre a decisão,

Levou uns sutras, uma garrafa de água,

E um saco com 21 pedrinhas,

Para contar os dias sem nenhuma mágoa;

         Foi nos últimos dias de retiro,

         Que recebeu essa informação divina,

         Provocando tamanha transformação nele,

         Que a sua vida passou a ser peregrina;

Sentiu uma enorme vontade,

Em partilhar o seu conhecimento,

Começando nos subúrbios de Tóquio,

Para aos sem-abrigo dar alento;

         Através do Reiki dava-lhes esperança,

         Mas ao fim de 3 dias voltavam para ali,

         Foi então que adaptou ao Reiki,

         Os princípios do Imperador Meiji;

Foi no ano de 1922,

Que tudo isto aconteceu,

As descobertas dele deixam-nos felizes,

Por podermos continuar o legado que nos deu;

         Chegou a ter uma clínica em Tóquio,

         Onde aplicou os primeiros tratamentos,

         Também iniciou muitas pessoas,

         Ensinando o Reiki e os seus fundamentos;

Aplicava reiki a todas as pessoas,

Mesmo a quem não tinha ordenado,

Iniciando-os depois no reiki,

E “pagando” com voluntariado;

         Os anos foram passando,

         E o Reiki tinha de continuar,

         Foram apenas 16 os mestres,

         Que o Usui acabou por formar;

Foi o Dr. Chujiro Hayashi,

Aquele que mais se destacou,

Acompanhou o Usui nos seus últimos anos,

Para melhor continuar o trabalho que ele iniciou;

         O Hayashi tinha formação médica,

         Era reformado da marinha imperial,

         Dedicando-se de alma e coração ao Reiki,

         Para não deixar o seu mestre mal;

Tal era a importância que davam ao Reiki,

Que era visto como um tesouro do Japão,

Durante vários anos só foi aplicado e ensinado,

Aos naturais daquela nação;

         Implementou o Reiki na sua clínica,

         Onde ajudou muita gente,

         Tratava-os todos de igual forma,

         Fosse qual fosse o estado do doente;

Deu um grande contributo,

Assumindo o seu papel com grande responsabilidade,

Rejeitou quando foi chamado para um conflito,

Em prol do amor incondicional pela humanidade;

         Mas esta bonita e humana história,

         Estava prestes a ser de grande dimensão,

         Deixando de estar apenas nas terras do oriente,

         Para chegar ao ocidente para grande expansão;

Falo da senhora Hawayo Takata,

Que vivia nos Estados Unidos,

Que em 1934 ficou viúva com 2 filhos,

Fazendo com que se sentissem perdidos;

         Isso fê-los regressar ao Japão,

         Sua linda ilha e terra natal,

         Mas com o turbilhão de acontecimentos,

         Chegou a casa dos pais um pouco mal;

Como viram que a filha não estava bem,

Levaram-na ao hospital de Maeda para ser observada,

Foram-lhe diagnosticados vários problemas,

Ao ponto de ter de ser operada;

         Quando estava quase a ser operada,

         Ouviu uma voz dizer que não necessitava,

         Ficou admirada mas disse ao médico,

         Sem sequer imaginar o que a esperava;

Então o médico recomendou-lhe,

A clínica do Dr. Hayashi para a tratar,

Pois através da medicina convencional,

Teriam sempre de a operar;

         Foi então para a clínica do Hayashi,

         Onde permaneceu 4 meses internada,

         Depois de muitos tratamentos de Reiki,

         Estava feliz e completamente curada;

Isso despertou dentro dela,

Uma enorme vontade de aprender,

Pois o Reiki foi para ela um milagre,

Que lhe permitiu continuar a viver;

         Quando os pacientes do Hayashi,

         Não podiam pagar o seu tratamento,

         Sintonizava-os para em voluntariado,

         Fazerem o seu pagamento;

Takata não tinha dinheiro para pagar,

Pediu ao Hayashi para a sintonizar,

Mas o pedido foi recusado,

Pois o Reiki só no Japão devia ficar;

         Era guardado como um segredo de estado,

         Apenas ensinado aos residentes no Japão,

         A Takata era japonesa,

         Mas residia noutra nação;

Mas Takata foi persistente invocando,

Que nos EUA podia auxiliar a comunidade japonesa,

Assim o Dr. Hayashi deu-lhe a iniciação ao Reiki,

E com os 5 princípios caminhou com firmeza;

         Passou um ano na clínica do Hayashi,

         A aplicar Reiki em regime de voluntariado,

         Estava muito feliz por poder aplicar,

         Demonstrando assim o seu aprendizado;

Mais tarde voltou aos Estados Unidos,

Indo para lá trabalhar,

Dando a conhecer o Reiki,

Que logo se começou a espalhar;

         Era uma grande novidade no ocidente,

         Nunca ninguém tinha ouvido falar,

         Isso fez com que muitos a procurassem,

         Pois queriam sentir e experimentar;

Quando o Reiki chegou aos Estados Unidos,

Começou uma grande fase de expansão,

Espalhou-se por diversos continentes,

Praticado por fiéis de qualquer religião;

         Acabou por chegar cá,

         A este pequeno país conservador,

         Para o beneficio de todos nós,

         Ajuda preciosa para eliminar a dor;

Assim termina a história do Reiki,

Que acabei de escrever em poesia,

Despeço-me agradecendo a vossa leitura,

Desejando a todos um bom dia.

Autor: Mestre Viktor (protegido por copyrigth)

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:40
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

A Visão Tibetana do Renascimento

     Cremos sim, que o que estabelece a continuidade entre as vidas não é uma entidade, mas antes o mais subtil e último dos níveis de consciência.

     O modo exacto como o renascimento ocorre foi bem ilustrado com o seguinte exemplo:

Numa série de renascimentos, as sucessivas existências não são como as perlas de um colar, seguras por um fio – a «alma» - que passe através de todas as pérolas, são mais como dados empilhados em cima uns dos outros. Cada dado é independente, mas suporta o que está por cima dele, com o qual está funcionalmente ligado. Entre os dados não existe uma identidade, mas sim uma condicionalidade”.

     Nas escrituras budistas há um relato muito claro sobre este processo de condicionalidade. O sábio budista Nagasena explicou-a ao rei Milinda num conjunto de respostas às perguntas que este lhe fez, respostas essas que ficaram famosas.

Milinda perguntou a Nagasena: «Quando uma pessoa renasce, é a mesma que morreu ou é diferente?»

Nagasena respondeu: «Nem é a mesma, nem é diferente… Diz-me, se um homem acendesse uma candeia, poderia esta fornecer luz durante toda a noite?»

«Sim.»

«E a chama que arde na primeira parte da noite é a mesma que arde na segunda… ou na última?»

«Não.»

»Isso quer dizer que há uma candeia na primeira parte da noite, outra na segunda e ainda outra na terceira?»

«Não. É por causa de uma só candeia que a luz brilha durante toda a noite.»

«O renascimento é semelhante: quando nasce um fenómeno, o outro termina ao mesmo tempo. Assim, o primeiro acto da consciência na nova existência não é o mesmo da existência prévia, nem é diferente.»

     O rei pediu outro exemplo para explicar a natureza precisa dessa dependência, e Nagasena comparou-a ao leite: «O coalho, manteiga ou queijo, podem ser feitos do leite, nunca são o leite, mas dependem inteiramente dele para a sua existência.»

     A seguir Milinda perguntou:

«Se não há um ser que passe de corpo para corpo, então porque não estamos todos livres das acções negativas que cometemos em vidas passadas?»

     Nagasena deu-lhe este exemplo:

«Um homem rouba as mangas de alguém, mas elas não são exactamente as mesmas que a outra pessoa originalmente possuíra e plantara. Nesse caso, por que motivo há de ser merecedor de castigo?» «Merece-o», explicou Nagasena, «apenas porque as mangas que ele roubou cresceram a partir daquelas que o seu proprietário plantou. É por isso que as nossas acções numa vida, sejam elas puras ou impuras, estão ligadas a outra vida, e por isso não nos podemos libertar das suas consequências.»

Sogyal Rinpoche

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:41
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Termos Reikianos

Denju

“Iniciação” – o processo de sintonização na corrente ocidental de Reiki usado por Takata Sensei. Denju refere-se a “iniciação” no pleno sentido da palavra – incluindo a “sintonização” energética e também os ensinamentos que a acompanham.

Gassho

Ritual de gestos composto pela colocação das mãos em posição de oração, frente à boca, as pontas dos dedos imediatamente abaixo do nariz. “Gasso” implica reconhecimento da unicidade com todos os seres. Este gesto é usado igualmente para mostrar reverência aos Budas, Bodhisattvas, Patriarcas e Professores.

Hatsu-rei-Ho

Gerar [invocar] (Hatsu), Espírito (Rei), Método (Ho) – conjunto de técnicas Ki-jutsu primárias que se diz que Usui Sensei terá ensinado como forma de auto-ajuda no desenvolvimento pessoal. Contudo, há uma boa possibilidade de que Hatsurei-Ho tenha sido, inicialmente, criado para ser usado unicamente como um ritual durante o qual o aluno recebia Reiju.

Independent Reiki Masters - Mestres de Reiki Independentes

Termo originalmente criado para designar os Mestres que não pertenciam nem à Aliança de Reiki, nem à Associação Americana de Reiki, Inc., antes pretendiam “seguir o seu próprio caminho”.

Reiki Master - Mestre de Reiki

Mais propriamente, “Professor de Reiki” – alguém que não só recebeu a sintonização no Grau de Mestre e sabe como conduzir o processo de sintonização para os três níveis, mas também ensina pelo menos um grupo e, consequentemente, sintonizou pelo menos um aluno.

Tecnicamente, refere-se a alguém que faz parte da relação Professor – Estudante (Mentor – Estudante).

Sensei

Forma honorífica de se dirigir a alguém – como em “Usui Sensei”, “Hayashi Sensei”, etc. Frequentemente traduzida como “mestre” ou “doutor” mas mais propriamente “professor”. A pessoa nunca deve acrescentar “Sensei” ao seu nome quando se apresenta ou fala de si própria.

Tanden

“Centro” ou área de energia, percebida por uns como sendo do tamanho de uma uva. Tanden é o termo japonês equivalente ao termo chinês: Tan Tien ou “campo do elixir”. Enquanto as disciplinas tradicionais japonesas – marciais, espirituais ou artísticas – tendem a falar de um só tanden, localizado dentro da hara (barriga/abdómen), no Japão há também várias disciplinas – quer de origem chinesa, ou grandemente influenciadas pela filosofia chinesa Chi Gung – que referem dois tanden: um, no interior do peito aproximadamente ao nível do coração, e outro no centro da cabeça entre os olhos.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 14:59
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Reflexão do dia…

A

 vida é uma constante aprendizagem. Diariamente aprendemos uns com os outros, vocês comigo e eu com vocês. É este ciclo vicioso que nos absorve diariamente numa enorme diversidade de situações, sensações e emoções. Viver para o trabalho e ocupar todo o tempo com as preocupações da família (marido, esposa, filhos) o que fazer para o jantar, tratar dos filhos, arrumar a casa, organizar as finanças, dar atenção aos filhos, ufff… é na realidade esta rotina diária que vai desgastando as pessoas que, por falta de vontade ou auto estima se deixam levar na corrente diária de casa trabalho e trabalho casa. Pense também um pouco em si e dedique algum desse tempo para si (nunca excluindo os outros). Dedique tempo para o seu bem-estar pois a fazê-lo está a elevar os seus índices de auto estima e estando bem consigo mesmo tem todas as condições para dar todo o seu amor aos outros. Neste campo o Reiki pode desempenhar um importante papel a vários níveis. Receber uma sessão de Reiki vai equilibrar os seus índices de auto estima, na medida em que lhe remove o stress, elimina os bloqueios energéticos provocados diariamente pelas mais vulgares trocas energéticas interpessoais, activa o seu sistema imunitário permitindo assim que o organismo responda combatendo as adversidades que nele se manifestam, permite-lhe um melhor controlo mental tendo um melhor discernimento sobre o que pensamos e nos permitimos pensar, além da atenuação ou remoção de dores físicas combatendo o problema na causa e não no efeito.

Dê uma oportunidade a si mesmo, à sua saúde e bem-estar. Informe-se aqui ou noutro lado acerca da terapia de Reiki e experimente uma sessão através desta terapia bioenergética oriunda do Ocidente (Japão/Tibete). Caso esteja a ser medicado e a efectuar algum tratamento não aguarde o final do mesmo pois o Reiki pode ser aplicado conjuntamente com qualquer tratamento biomédico, pois vai potenciar os efeitos benéficos da medicação e atenua ou mesmo elimina os efeitos secundários da mesma. Experimente e verifique por si mesmo as boas sensações e vibrações, bem como o relaxamento e bem-estar provocado por uma maravilhosa sessão de Reiki. A sua Felicidade e bem-estar é a minha satisfação e objectivo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Uma Luz no Horizonte...
Publicado por Viktor às 13:31
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Somos as Mãos de Deus...

Onde está Deus? Porque é que por vezes pensamos que nos abandonou? Isso não corresponde à verdade pois ele está sempre presente em qualquer lugar na mais ínfima partícula das coisas. Deus está presente e manifesta-se perto de nós através das mãos, pois uma mão que nos toca, acalma, protege, conquista, atrai, cativa e consola é algo poderoso que está ao nosso alcance. O nosso sentido do tacto é a primeira coisa que aparece após o nascimento e a última a desaparecer em qualquer ser humano. O toque é uma forma de comunicação muito íntima e energética. Tocar e ser tocado é um ritual mágico que encerra em si segredos ocultos difíceis de revelar ao ser humano. As próprias histórias de Amor e Paixão estão repletas de fenómenos provocados pelas mãos no percurso das paisagens corporais de ambos. A mão encontra a sua própria realização no momento em que se torna útil no auxílio ao semelhante através do toque. Mãos que amam são mãos que curam. As nossas vivências evidenciadas pelas mãos no toque ou cumprimento evidenciam o seu percurso e experiência àqueles que tocamos. As mãos de cada um de nós detêm um determinado poder que varia consoante a sua idade, sexo, classe social e acima de tudo do poder interior de cada um. As formas como as pessoas se tocam varia consoante o relacionamento entre as mesmas e consoante a forma de cada um amar. O toque pode ser utilizado para: chamar, cumprimentar, acolher, libertar, consolar, acalmar, aliviar, tratar, seduzir, implorar, transformar, sentir, saber, falar, ouvir, ver e provar. O toque tem um poder tal que chega a anular a impotência das palavras que não conquistam. O que se sente ao tocar nem sempre é aquilo que estava-mos à espera, mas a verdadeira sabedoria predomina no deleite único de cada toque. Através do toque eu transmito o que sinto e a outra pessoa dá-me a conhecer o que sente simultaneamente. Assim, sendo o toque um gesto de carinho, amor, compaixão e consolador, é aí que Deus manifesta a sua divindade para com a sua criação. Sente nas mãos do teu semelhante um gesto de Deus.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:38
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

REIJI-HO

Reiji quer dizer “indicação da energia Reiki” e Ho significa “método”. O Reiji-Ho é composto por três rituais antes de se iniciar um tratamento:

*     Coloque as mãos na posição Gassho e feche os olhos. Faça a invocação de sintonização. Independentemente do local do corpo onde a começa a sentir a fluir, deixe que ela comece a aumentar o fluxo gradualmente.

*     Faça uma oração solicitando o bem-estar a todos os níveis do paciente. Como não sabemos o que o paciente possa pensar acerca da mesma, então devemos de a fazer em silêncio, deixando que a recuperação e saúde sejam trabalhadas através do Reiki.

*     Ainda com as mãos na posição gassho, eleve-as até ao chakra do terceiro olho e solicite ao seu guia de Reiki que guie as suas mãos para os locais onde a energia é necessária.

Para muitos esta técnica pode parecer estranha pois vai contra os procedimentos de Reiki normais que aprendeu na formação. Todavia recomendo a sua execução em privado antes de a começar a utilizar em tratamentos. Pratique-a pois não se consegue entrar com facilidade em campos etéricos superiores. Por isso use o pêndulo para detectar as zonas mais bloqueadas e comece a utilizar o Reiji quando se sentir familiarizado com ele. Neste ritual o terapeuta deve ter sempre o pensamento elevado envolto em amor e com toda a atenção mostrando-lhe o caminho da cura e bem-estar do paciente.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:05
Link | Comentar | favorito
Sábado, 13 de Dezembro de 2008

Vantagens de Receber Reiki

No Oriente, existe um conceito de energia e factores como o stress e a má alimentação, afectam tudo e todos. Essa energia, flui também dentro do nosso corpo através de canais, nutrindo e limpando os órgãos, tecidos, células e regulando, dessa forma as nossas funções vitais. Qualquer tipo de problema, seja na captação, transformação ou trânsito dessa energia, pode gerar distúrbios físicos, mentais, emocionais ou espirituais. E para que isso aconteça, não é difícil.

Casos como o stress, má nutrição, pouco sono, respiração inadequada, entre outros, são capazes de interferir no fluxo energético e, com isso, desencadear distúrbios físicos. O Reiki vem justamente restabelecer o equilíbrio que necessitamos, já que consegue promover a livre circulação energética pelo corpo e, dessa forma, garantir a saúde e o bem-estar das pessoas, em prol do bem supremo comum universal.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:37
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

O que é a Iniciação ao Reiki?

Há pessoas em que, o Reiki tal como outras terapias alternativas, oriundas do oriente lhes desperta o interesse. Inicialmente as pessoas começam por questionar os amigos, depois pesquisam na internet, e no caso do Reiki, chegam mesmo a procurar quem lhe faça uma sessão, para assim poder constatar na primeira pessoa os efeitos benéficos que lhe podem ser proporcionados.

Por este ou outro tipo de razões, as pessoas despertam para o Reiki.

Quando tomam a decisão de entrar no maravilhoso mundo do Reiki através de um curso de iniciação ao mesmo, estão sem dúvida a tomar uma importante decisão na sua vida. Entrar no mundo do Reiki é como dar início a uma nova vida, forma de estar, observar e pensar tudo o que nos rodeia. Cada pessoa, ao ser iniciada no Reiki, através de um harmonioso ritual, onde um sem fim de reacções e emoções podem surgir, marca pessoalmente o início de uma nova etapa de vida. Sendo um pouco mais específico, se o iniciado abraçar por inteiro os fundamentos e princípios da prática, a vida dele não mais voltará a ser o que era, sofrendo algumas alterações positivas no seu todo. Inicialmente, enquanto se encontram na fase de maior aprendizagem, ou seja, no primeiro mês como iniciados, muitas coisas para as quais não têm resposta podem acontecer. Podem acontecer determinadas situações que, anteriormente, jamais lhes tenham passado pela cabeça, e agora estão ao alcance de uma imposição de mãos.

É precisamente neste período que o Mestre que os iniciou, deverá estar particularmente disponível, para lhes retirar as dúvidas e explicar os acontecimentos. Eticamente jamais um Mestre deverá abandonar aqueles que, por ele foram iniciados, mas infelizmente ao longo do tempo vou tendo conhecimento de alguns casos, que lamentavelmente não era suposto acontecerem, pois dessa forma acabam por dar um contributo negativo aos por eles iniciados, bem como à comunidade em geral, através do descrédito.

Fazer uma iniciação ao Reiki não é como tirar um qualquer curso para “encher” curriculum, mas sim abraçar uma nobre causa, em prol do bem comum e do bem supremo de toda a humanidade. É passar a pautar a vida e a forma de estar, através dos 5 princípios, que muito honrosamente o Sensei (Mestre) Dr. Mikao Usui nos deixou. É divulgar a prática terapêutica do Reiki, difundindo a sua mensagem em todos os locais e a todas as pessoas, fazendo assim do Reiki uma prática universal, para o bem comum da Humanidade e do planeta.

Saudações Reikianas

 

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Paz e Luz para todos
Publicado por Viktor às 09:08
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Meditação...

Apesar de se praticar há milhares de anos, a meditação tornou-se mais popular nas últimas décadas. Nos dias de hoje chega mesmo a ser prescrita por psicólogos, médicos e psiquiatras. Os efeitos por ela produzidos no dia-a-dia de quem pratica são muito benéficos física e mentalmente. As pessoas vulgarmente esquecem-se que a mente comanda o corpo e assim sendo, através de exercícios de meditação, estimulam as capacidades mentais e físicas, chegando mesmo a retardar o processo de envelhecimento. Através dela, o ser humano, entende melhor o universo e sente-se em maior harmonia com o mesmo. Ajuda a ter uma visão real do que nos rodeia, permitindo estabelecer a diferença entre a realidade e a miragem. Ajuda a manter a calma em todas as situações. Encoraja o conhecimento profundo dos outros, desenvolve a intuição e capacidade de previsão ou antevisão dos acontecimentos. Ajuda a apurar o sentido da responsabilidade. Ensina a obter prazer físico e mental, ao mesmo tempo que apura o sentido estético. Estabelece a interligação perfeita entre todos os nossos sentidos, bem como entre o ser e o universo, permitindo alcançar a paz de espírito, num mundo conturbado e inconstante.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Calor de Verão...
Publicado por Viktor às 07:30
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Um dia Energeticamente Feliz

Ontem tive um dia particularmente agradável, que começou a meio da manhã com uma conversa muito espiritual que tive com uma amiga que precisa de um auxílio energético e espiritual. Como vi que estava perante uma pessoa que me estava a solicitar ajuda, e eu fiquei predisposto a ajudar. Assim depois quando chegou a hora de almoço, fui com ela almoçar. [Durante o almoço a equipe de médicos desencarnados que me acompanha iniciou o seu trabalho] Depois de ter terminado mais um normal dia de trabalho, fui tomar um cafezinho. Eis então que estando eu no café a dialogar com a dona do mesmo, ela me disse que estava com uma dor no topo da coluna e ombro direito. Então eu perguntei-lhe se Ela permitia que eu visse o que se passava e se me deixava trabalhar sobre o assunto. Ela respondeu que sim e eu comecei por lhe fazer um estiramento na coluna. Após uma breve meditação Gassho coloquei as minhas mãos sobre a coluna dela durante alguns minutos, terminando com as mãos colocadas no chakra coronário e frontal. Fiquei satisfeito pois Ela, após o meu trabalho, sentiu-se melhor e com vontade de experimentar uma sessão de Reiki completa, pois o que eu fiz foi uma aplicação de Reiki para Urgências. Mais tarde noutro local encontrei uma moça com um problema de curvatura no fundo da coluna, que muitas vezes lhe provocava dores na perna esquerda, falta de força e prendimento da mesma. O problema que ela tinha já vem desde os seus 13 anos, ou seja, há cerca de uns 11 anos atrás. Então eu tentei minimizar o problema sobre o qual estava a padecer eu fiz-lhe um estiramento da coluna, enquanto isso a mesma estalou várias vezes, provocando uma pequena dor. Após isso fiz uma imposição de mãos sobre a coluna dela, terminando no chakra frontal e coronário, com a aplicação dos símbolos. Depois de terminado o meu trabalho, após 3 ou 4 minutos, estava eu a tomar um café quando Ela me perguntou se eu era mágico! Ao qual eu respondi: Não, porquê? E ela respondeu: sinto-me mais leve e passou-me a dor da perna (com um ar meio intrigado). Ao ouvir estas palavras esbocei apenas um sorriso com o meu olhar sempre fixo no rosto dela.

Ou seja, senti-me um verdadeiro Mestre Usui, ajudando quem está a padecer usando todo o meu amor incondicional e por isso sinto-me particularmente orgulhoso comigo e com um sentimento de dever cumprido.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:43
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Reiki - Hospitais

Segundo a Mestre de Reiki e Enfermeira americana Pamela Miles, o Reiki já está a ser oferecido como tratamento co-adjuvante nos Estados Unidos e noutros países conjuntamente com uma série de especialidades médicas, incluindo: reabilitação, psiquiatria, geriatria, cirurgia, terapia intensiva, oncologia, obstetrícia e cuidados neonatais, doenças infecciosas, transplante de órgãos, e centros de cuidados paliativos.
A revisão bibliográfica de alguns trabalhos de pesquisa que colocam em evidência de forma objectiva a eficácia do
Reiki como terapia complementar na saúde:
Wardell D. W. & Engebretson J. (2001) avaliaram 23 indivíduos saudáveis e mediram os marcadores biológicos relacionados ao stress, incluindo o estado de ansiedade, os níveis de cortisol, os níveis de imunoglobulina A (IgA) na saliva, a pressão sanguínea, a tensão muscular, a resposta galvânica e a temperatura da pele. Os dados foram recolhidos antes, durante e imediatamente após a sessão de
Reiki. Os resultados evidenciam uma redução significativa do grau de ansiedade, da pressão sanguínea sistólica, e um aumento significativo de IgA na saliva, revelando uma activação do sistema imunológico. Os demais marcadores mostraram igualmente uma modificação em direcção ao relaxamento, embora de forma menos significativa.

Olson et al. publicaram 2 estudos relacionados ao uso do Reiki para aliviar a dor. (1997 e 2003)

No primeiro eles aplicaram Reiki em 20 indivíduos sofrendo de algum tipo de dor (incluindo pacientes com dores secundárias a processos neoplásicos). A dor foi medida pelas escalas Likert e VAS (visual analogue scale) imediatamente antes e depois da aplicação de Reiki. Eles observaram uma redução da dor altamente significativa depois do tratamento.

O segundo estudo comparou a dor, a qualidade de vida e o uso de analgésicos em 24 pacientes sofrendo de cancro e recebendo um tratamento opióide associado ao repouso, ou tratamento opióide associado ao Reiki. Os parâmetros levados em consideração foram a dor (medida pela escala VAS), a pressão sanguínea, a frequência de batimentos cardíacos e a frequência respiratória, antes e depois de cada período de repouso ou de aplicação de Reiki. Os indivíduos que receberam a aplicação de Reiki tiveram uma melhora significativa do controle da dor e uma melhora da qualidade de vida, quando comparados com aqueles que ficaram em repouso.

Pamela Miles (2003) realizou um estudo usando o Reiki com o objectivo de diminuir a dor e a ansiedade de pacientes com VIH Sida. Muitos pacientes foram motivados pela ideia de que a redução do stress contribui para melhorar as defesas imunológicas. Utilizou-se a escala STAI (State Trait Anxiety Inventory) para avaliar o grau de ansiedade e a escala VAS (Visual Analog Scale) para medir a dor dos pacientes antes e depois de uma breve (20 minutos) aplicação de Reiki. Tanto a ansiedade quanto a dor diminuiu em mais de 35%.

Esses artigos, assim como outros trabalhos publicados, estão citados a seguir (alguns deles e outros estão disponíveis no site da Enfermeira Pamela Miles. (em inglês)

Estado de Espiríto: Com muita energia...
Publicado por Viktor às 22:30
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Março de 2008

SÍMBOLOGIA DE REIKI

Pergunta - Mas por que ao mentalizarmos um dos símbolos do Reiki, automaticamente, sentimos a energia fluindo e se dirigindo para o paciente? Esse fenômeno sensorial não seria um indício de que os símbolos funcionam?
Resposta Em momento algum disse que os símbolos não funcionam. O que disse é que não há necessidade de “sintonização” como vocês fazem nos cursos de Reiki, com tantos apetrechos esotéricos e rituais. No fundo, será sempre a vontade, o pensamento e o amor que estão agindo na movimentação da energia. A vontade, o pensamento e o amor antecedem o desenho do símbolo.
Vamos esclarecer como funciona a comunicação entre o espírito (mente) e o cérebro. Em primeiro lugar, vocês devem saber que o ser humano não pensa através de palavras. E, para se transmitir uma ideia, o ser humano necessita converter o seu pensamento num sistema de códigos. Este sistema pode ser na forma de sinais ou imagens simbólicas, como no caso do Reiki e de tantas outras práticas orientais, ou na forma de palavras, que também são símbolos.
Em qualquer um dos casos, para funcionar, é necessária a descodificação, ou seja, a interpretação da mensagem. É por isso que quem não conheça o símbolo e não saiba para que o mesmo funciona, não vai sentir nada, não vai enviar energia. Ele não tem ainda a chave para descodificar a mensagem. O seu cérebro e seu subconsciente não sabem descodificar o símbolo. Ao contrário, o “iniciado”, quando atingir determinados níveis, vai movimentar sua energia vital, a sua bio energia, porque associou ao símbolo, à imagem gráfica, uma função que passou a conhecer. Ou seja, ele sabe que ao desenhar um determinado símbolo ele deve dar um comando inconsciente para o seu duplo-etéreo liberar a energia. Ele está a substituir a palavra por um outro símbolo ou por uma imagem.
Pode acontecer também que a pessoa já tenha entrado em contacto com aquele símbolo noutra encarnação. Daí, apesar de não se lembrar, ele está gravado em seu perispírito. Assim, mesmo sem ter passado por um ritual iniciático, a energia será liberada quando desenhar o símbolo, pois sua mente inconsciente ou seu subconsciente aprendeu, no passado, como descodificar a mensagem. Agora, mesmo o iniciado no Reiki, que passou pelo “ritual iniciático”, que aprendeu os infinitos sistemas de Reiki, mas que desenha os símbolos sem se concentrar e sem vontade, não irá manipular nenhuma energia. Nada irá acontecer. A criação de símbolos é uma forma de codificação. E como o ser humano ainda não é capaz de viver sem símbolos para se comunicar, eles são muito úteis. Qualquer um pode criar um símbolo e, se for do tipo malandro, correrá para patentear e inventar uma história bem mistificadora para ganhar um bom dinheiro com o seu símbolo “sagrado”. Como já salientamos, no Oriente, esta sabedoria de como a comunicação funciona é milenar. E o homem ocidental descobriu isso, recentemente. Não se diz que uma imagem vale mais do que mil palavras? A descodificação de uma mensagem através de imagens costuma ser muito mais fácil e universal do que através de palavras.
Publicado por Viktor às 09:30
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. REIKI: História em Poesia

. A Visão Tibetana do Renas...

. Termos Reikianos

. Reflexão do dia…

. Somos as Mãos de Deus...

. REIJI-HO

. Vantagens de Receber Reik...

. O que é a Iniciação ao Re...

. Meditação...

. Um dia Energeticamente Fe...

. Reiki - Hospitais

. SÍMBOLOGIA DE REIKI

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007