.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Reflexão: O Reiki

Caros leitores,

     Hoje vou falar e reflectir um pouco sobre o Reiki. É claro que todos os que se interessam por esta temática já leram imensas coisas sobre Reiki, em revistas, nas redes sociais e aqui na internet (sites e blogues). O Reiki além de uma terapia vibracional energética é também uma filosofia (estilo) de vida. Quando uma pessoa decide fazer essa aprendizagem através de uma formação (curso de iniciação), o primeiro passo á a escolha de um mestre de Reiki (devidamente habilitado), com o qual irá fazer a sua entrada no universo reikiano. Pela experiência que tenho, cada vez mais verifico que esta formação é um marco na vida de qualquer Ser. Marca sem dúvida o inicio de um novo percurso de vida, provocando alterações em cada um de nós, mudanças que se dão de dentro para fora, pois permite-nos descobrir interiormente, facetas da nossa personalidade que até então estavam bem escondidas dentro do nosso Ser.

     O Reiki é vulgarmente conhecido pela terapia do AMOR INCONDICIONAL e há também quem o defina como “terapia vibratória energética integrativa”. Ambos os termos estão correctos mas têm significados diferentes. O Reiki tem por base o respeito integral da vontade do semelhante e o amor universal, como tal pode-se definir como “terapia do amor incondicional” pois é a energia do Amor Incondicional que o terapeuta capta do universo e canaliza para o receptor. Contudo se o definirem como “terapia vibratória energética integrativa” também está correcto, pois é uma terapia que funciona através da energia canalizada, energia essa que vai provocar vibrações (ao nível físico) do receptor e complementa todo o tipo de tratamentos médicos convencionais e/ou natural, o que faz com que seja integrativa.

     Pessoalmente digo-lhes que o Reiki mudou de uma forma muito positiva a minha vida, e pelos relatos que tenho ouvido ao longo do tempo, também provocou mudanças positivas a muitas outras pessoas, o que sem dúvida me deixa satisfeito, por isso se diz também que o Reiki é uma filosofia de vida. Esta filosofia (estilo) de vida tem como base os 5 princípios do Reiki, e a sua aplicação na vida quotidiana, em cada momento, palavra e pensamento do Ser humano. Devido ao contexto actual, a sua aplicabilidade carece de um esforço, dedicação e controlo mental quase permanente, que com a prática diária se vai tornando cada vez mais simples.

     Termino deixando-lhes uma recomendação: “Se acha que a sua vida está menos bem, pondere e tome uma atitude de mudança, sem nunca se esquecer que qualquer mudança na sua vida começa sempre por Si. Seja Positivo, seja Feliz”.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:00
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

A Felicidade... reflexão

     É sem sombra de dúvida um tema controverso, que ao longo dos tempos tem gerado inúmeros diálogos, debates e imensas opiniões. As definições de felicidade são inúmeras e tão diversas que posso dizer que são tantas quanto o número de habitantes no planeta. Humildemente vou partilhar com todos vocês a minha visão/opinião sobre este assunto, após esta pequena nota introdutória ao tema.

     A felicidade é algo que existe e cada um de nós pode-a encontrar, mas é uma tarefa com um elevado grau de dificuldade. Para que seja possível alcançá-la temos em primeiro lugar de ter consciência do que é real (possível alcançar) e do que é imaginário (sonhos e coisas praticamente impossíveis de alcançar). É claro que podemos sonhar e almejarmos isto ou aquilo, mas apenas qb (quanto baste) de forma a mantermos o nosso equilíbrio evitando o facto de nos tornarmos escravos da nossa própria mente. A felicidade é algo que tem de ser construído por cada um de nós.

     Em minha opinião a felicidade constrói-se através dos seguintes passos:

     1º Devemo-nos amar para encontrarmos o nosso equilíbrio interior;

     2º Devemos estar de bem com tudo o que nos rodeia;

     3º Encontrar alguém para amar;

     4º Encontrar a felicidade conjuntamente com a pessoa amada;

     5º Praticar todos os gestos com amor.

     Assim podemos ser e viver felizes. Alcançar este ponto é uma tarefa árdua mas possível de se encontrar, como tal nunca devemos perder a esperança e devemos acreditar sempre, porque nada é impossível.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:25
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Para ti…

Irmão,

      Estas palavras são dirigidas a ti. Sim, não estejas admirado por estar a falar contigo, mas sinto que tenho de me dirigir a ti. Desculpa dirigir-me assim a ti, mas como companheiros de jornada sinto que tenho de te dedicar estas palavras em prol do teu bem-estar.

      Desde a tua chegada/nascimento, foste sendo moldado por aqueles que te educaram e ensinaram, pelos amigos, conhecidos, enfim, por todos aqueles com quem cruzas-te nos trilhos da tua vida. Ao longo desse percurso deambulas-te entre caminhos bons e outros mais ruins. Nos bons caminhos sentias-te forte, bem, saudável, com enorme auto-estima, cheio de amor e energia para seguires o teu caminho e nos momentos menos bons a tristeza, melancolia, dor, desmotivação, culpabilização, irritação e mau estar. De certo porém que não gosta de passar por esses maus momentos, e esperas que alguém te dê a fórmula para ultrapassares estas situações e dessa forma ter uma vida melhor, mas humilde, com mais luz, amor, saúde, harmonia e felicidade. Pensas e sentes muitas vezes que não estas bem, surge dentro de ti uma vontade de mudar a tua vida definindo novos rumos, novos horizontes. Experimentas a Luz que resplandece no teu Ser harmonizando a tua essência, como uma Luz cristalina que surge no crepúsculo, fazendo vibrar em ti a essência do verdadeiro sentido do Amor universal divino.

      Se esteve a ler e chegou até aqui, talvez queira ir um pouco mais longe. Ir mais longe é dar o passo, tomar a atitude, ter a coragem de enveredar pelo caminho de Luz, com todas as suas virtudes e contrariedades. Contrariedades? Sim, contrariedades, ou acha que o caminho da Luz, é apenas devoção, dedicação, amor, bem-estar e felicidade? Pode ser um pouco isso, mas ao entrar nesse caminho o seu nível de consciência eleva-se, fazendo-o observar tudo o que o rodeia de forma diferente, mais humilde, com mais amor e respeito pelas leis divinas cósmicas universais. Observar a paisagem do topo da montanha é diferente de observa-la do meio da encosta. Estar no caminho da luz dá-lhe certamente mais tolerância e compreensão para muitas das situações que até então nem sequer tinham resposta, mas por outro lado passa a ser “atormentado” ou incomodado pelas incoerências sociais e ingratidão que paira no seio da raça humana. Consciente de que a energia do Amor existe em abundância em todo o universo, tem também a consciência que a energia do mal (negativa) existe em oposição à anterior, usando métodos idênticos ou por vezes de uma forma encapotada, para praticar o mal prejudicando o próximo. Sem dúvida que isto não é nada bom, ou será que esses Seres não sabem que existe a Lei universal do retorno e que um dia toda essa energia que emanaram direccionada a outros lhe será devolvida pelo próprio universo. Não pretendo com isto afasta-los do caminho da Luz, mas apenas esclarece-los sobre a verdade do mesmo, muitas vezes ocultada mesmo por aqueles que percorrem o caminho da Luz. Em verdade lhes digo que o caminho da Luz é lindo, agradável e gratificante, apesar de se encontrar ao longo dele inúmeras contrariedades em muitas vezes proporcionadas pela ingenuidade humana relativamente à essência do Ser Humano. Termino deixando um apelo a todos os irmãos de Luz que continuem esse maravilhoso trabalho como “pequenas” estrelas solares que irradiam os seus raios energéticos em todas as direcções, e emanando um enorme fluxo de Amor Incondicional dos vossos corações divinos.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Grato por partilhar...
Música: RFM
Publicado por Viktor às 12:43
Link | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 7 de Setembro de 2010

Reflexão

Caros leitores,

O Ser sofre pelas mais variadas razões e motivos, perda, solidão e eutanásia. Muitos Seres sofrem porque perderam a casa, o computador, um amigo ou até mesmo um familiar, até aqui tudo bem, mas vamos lá ver porque sofrem? Sofrem devido ao apego (já aqui abordei este tema) que deriva da educação individual e colectiva das pessoas, pois teimam em viver “agarradas” aos paradigmas da sociedade e das velhas crenças que cada vez mais se encontram ultrapassadas. Lembrem-se de quando nasceram, o que trouxeram convosco? Nada! Logo, não esperem levar nada de cá, pois nada lhes pertence, a não ser as vivências e aprendizagens de cada momento que têm na vida, pois os momentos são únicos. Assim sendo tenham presente que nada é eternamente vosso e tudo aquilo que diz ter é apenas temporariamente seu, porque amanhã poderá já não ser e quando partir tudo ficará cá, ou espera ser enterrado como os faraós?

A Solidão pode ser sentida das mais diversas formas e feitios. O Ser pode-se sentir só estando realmente sozinho, no meio de uma multidão ou até mesmo fazendo uma vida normal. Sente-se só porque as outras pessoas não dão valor ao seu trabalho, porque é incompreendido, porque não o convidam para as festas, porque se sente “posto de parte”, porque sabe que poderia ser útil e não lhe pedem, enfim pelos mais variados motivos. Não se sinta assim, pois o mal não é seu mas sim de todos aqueles que não reconhecem o benefício da sua obra, pois o valor de qualquer “obra” ou “projecto” é “medido” consoante o objectivo e a finalidade com que o mesmo é executado e não pela sua grandeza física ou pela quantidade de participantes que tem.

Eutanásia é uma palavra que tem suscitado inúmeros comentários e opiniões no meio científico. Esta é apenas uma palavra para “encapotar” uma ordem de Morte. Mas quem é o Ser humano para definir segundo os seus paradigmas e conceitos, quem e quando deve morrer? Agora pergunto eu, quem é que disse àquelas pessoas para virem ao planeta Terra? Se não são donos do fenómeno da vida, porque querem ser donos da hora da partida (morte)? Nestes casos o Ser humano deve agir como age com qualquer pessoa que necessita de cuidados médicos, e assim tentar por todos os meios possíveis manter a pessoa neste planeta ou não será esta a função dos médicos? Respeitemos o próximo mesmo não concordando com as suas ideias, situação fundamental para se conseguir viver harmoniosamente em sociedade.

Saudações Holísticas

NAMAS

Música: M80
Publicado por Viktor às 11:39
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Conversas com a Alma

Perguntas da Terra (mente): Será que sigo o caminho correcto? Fiz alguma coisa de mal? Como não compreendem a simplicidade da minha pessoa, será que sou incompreendido? Como não gosto de criar ambientes tensos, será que não me levam a sério? Tenho um projecto social em prol do meu semelhante e nem a instituição que é ajudada divulga, porquê? Porque é que as pessoas aparecem e desaparecem da minha vida? Porque é que me dizem uma coisa e fazem outra? Será útil ter um blogue? Tenho de ouvir e compreender todos os desabafos e ninguém me ouve? Porque a solidão teima em me acompanhar?

Respostas do Eu Sou: [Será que sigo o caminho correcto?] Segues pelo caminho que escolhes-te em consciência, que a tua intuição te diz que apesar de o percorreres muitas vezes só, consegues encontrar de quando a quando momentos de felicidade interior que te servem de combustível. [Fiz alguma coisa de mal?] Desde que ajas em consciência em prol do teu semelhante e isso vai-se reflectir na tua pessoa. [Como não compreendem a simplicidade da minha pessoa, será que sou incompreendido?] Vitor, as pessoas quando têm um certo “título” são vistas como diferentes, sérias, ponderadas com um certo ar de “superioridade” e como tu não és nada disso, sendo uma pessoa simples, brincalhona, sempre disposto a ajudar e não gostando de criar distâncias/barreiras enfim, igual aos que te procuram em prol do teu conhecimento e ajuda, e isso gera confusão nas mentes deles. [Como não gosto de criar ambientes tensos, será que não me levam a sério?] Como já te tinha alertado, acho que dás “demasiada” liberdade às pessoas e depois Elas abusam porque se acham nesse direito, não respeitando o espaço nem o momento que é teu, pois elas pensam só nelas (alimentando o seu ego) e depois é que vêm os outros. [Tenho um projecto social em prol do meu semelhante e nem a instituição que é ajudada divulga, porquê?] Vitor, sabes muito bem que perante uma atitude de violência o Ser responde com outra atitude de violência imediatamente, o que já não se passa quando praticas um acto de Amor Incondicional para com o teu semelhante, pois recebem de braços abertos mas dizer “Obrigado” ou simplesmente lembrarem-se de ti futuramente esquece porque o Ser Humano ainda não conseguiu abolir a ingratidão, pois está difícil terem consciência das mudanças planetárias que os “obrigam” cada vez mais a pensar nos benefícios colectivos em detrimento dos individuais. [Porque é que as pessoas aparecem e desaparecem da minha vida?] Realmente isso tem sido uma constante na tua vida e irá continuar a ser até ao teu último dia, pois elas aproximam-se de ti quando têm algo a aprender ou para te ensinar e depois das suas “missões contigo” cumpridas simplesmente seguem os caminhos que definem através do seu livre arbítrio. [Porque é que me dizem uma coisa e fazem outra?] Vitor, isso acontece porque as pessoas querem ser simpáticas para contigo e até podem querer ir ter contigo, pelos mais variados motivos, mas sabes que a Luz e as Trevas estão constantemente em “luta”, o que dificulta a vida das pessoas, pois quando procuram a Luz, as Trevas tentam sempre impedir a acção. [Será útil ter um blogue?] Essa é uma das formas de transmitires as tuas mensagens e ensinamentos de forma a despertar consciências para que saibam, mas é claro que apenas esporadicamente sabes que as pessoas lêem o que escreves porque te dizem, pois vão lá e nada dizem ou comentam. Estas a escrever um livro que também não saberás se vai ser aceite ou lido. Foca-te apenas no objectivo maior que é o “auxílio ao semelhante” e o resto o universo dir-te-á. [Tenho de ouvir e compreender todos os desabafos e ninguém me ouve?] Vitor, diariamente a maioria das pessoas que te rodeiam são pessoas muito terrenas e que pouca ou nenhuma importância dão à espiritualidade, por isso como nessa perspectiva pouco entendem do que lhes possas dizer e por sua vez também não te podem ser mais úteis, pois as observações e opiniões delas são norteadas pelas leis terrenas e não universais. [Porque a solidão teima em me acompanhar?] Vitor, cada um segue o seu caminho de ascensão e como “tens a mania” que és um “pescador de almas”, baixas um pouco a tua vibração energética para andares a ajudar os outros a elevarem-se. Podes estar só fisicamente, mas sabes e tens consciência de que nunca estás só, pois tens uns seres que te acompanham para onde vais e sempre ao teu dispor para te auxiliarem nas tuas intenções.

Saudações Holísticas

NAMAS

Estado de Espiríto: Em Reflexão...
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:28
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Transformação e Responsabilidade Própria

Você e só você, é o responsável pela sua saúde. Se tiver um problema a nível físico, necessita de decidir qual o tratamento a seguir. Adopte-o mas com todos os cuidados inerentes. Para tal terá de escolher, dentro de uma vasta variedade, o auxílio que acha que está ao seu alcance e que melhor o servirá. Durante quanto tempo seguirá um tratamento quando se apercebe que não está a ter efeito? Em quem confia? Essas e outras questões só podem ser respondidas depois de você efectuar uma procura interior profunda do que lhe convém.

Se não confia num diagnóstico, não há mal nenhum em solicitar uma segunda ou terceira opinião, ou mesmo experimentar uma técnica completamente distinta. Se acha que está confuso a respeito do que lhe disseram acerca do seu problema, faça mais perguntas, consulte livros, procure conhecer aquilo em que está envolvido. Cuide da sua saúde através do Reiki. Acima de tudo, não se deixe envolver por um prognóstico negativo do se estado de saúde.

Considere antes uma sessão de Reiki que lhe recomendará um olhar mais atentamente para si e mais amplamente para os métodos alternativos disponíveis. Ficará admirado com a quantidade de coisas que pode aprender a respeito de si mesmo e da sua saúde. Essa procura vai modificar a sua vida de uma maneira como nunca esperou encontrar. Conheço pessoas cuja doença acabou por lhes trazer grande alegria, compreensão e apreciação profundas pela vida e realizações que não tinham sido capazes de levar a cabo antes de ficarem doentes.

Se pudéssemos, ao menos, mudar a nossa atitude relativamente à doença, passando a uma atitude de aceitação e compreensão de que esta nada mais é do que uma mensagem destinada a ensinar-nos, aliviava-nos boa parte do medo que lhe depositamos, não somente ao nível pessoal, mas também à escala nacional ou global.

Acima de tudo, porém, você precisa de amor para conservar a saúde. O seu amor próprio, o incondicional dos terapeutas que requer uma prática diária bem como um elevado pensamento.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 03:15
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Reiki para crianças…

Reiki para crianças? Como assim? Não acha estranho?

Estas são algumas das perguntas que, por vezes me são colocadas, e às quais pretendo responder aqui no blogue, para assim poder também satisfazer a dúvida de aqueles que na internet procuram algumas respostas.

O Reiki pode ser também praticado por crianças, pois pense no seguinte. Se o Reiki deve ser sempre praticado com todo o amor incondicional, sem pensamentos errados, acha que uma criança com 7 anos faz isso? Com certeza que não pois o seu amor é puro.

Não é em nada estranho recebermos Reiki de uma criança, bem pelo contrário, é uma maravilha receber aquela energia imensamente pura que por eles é transmitida.

No meu entender, a idade mínima que uma criança deve de ter para se iniciar no Reiki são sete anos. Isto porque, uma pessoa quando se inicia no mundo do Reiki, não basta aprender as bases do Reiki e passar pelo processo iniciático. Como exige além da prática um estudo continuado, uma criança que não sabe ler não pode fazer esse estudo.

Pensando nas crianças que são o futuro do mundo, estou neste momento a elaborar um manual, especialmente vocacionado para o ensino infantil desta terapia milenar. Ensinar Reiki a crianças acho que é uma mais valia para a sociedade, pois aprenderem a proporcionar o bem-estar a todos os que as rodeiam e procuram, dando um contributo muito válido para o bem-estar comum da sociedade.

Para que esse contributo possa ser ainda mais eficaz, o Reiki terá de ser aceite como terapia alternativa (holística) pelas entidades governamentais. Nesse sentido estou a coordenar dois projectos, de âmbito nacional, para apresentar ao governo, nesse sentido. Já aqui o fiz uma vez, mas neste post não é o local indicado para o fazer, mas noutro dia, publicando um post alusivo a esse tema, voltarei a solicitar a vosso contribuição para tal, para o bem-estar comum de todos os portugueses.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:08
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

REIKI: A Multi-funcionalidade e Papel Social

Caros Reikianos, Amigos e Leitores;

O Reiki tem uma enorme variedade de aplicações, Pode ser aplicado no plano humano, vegetal e animal.

No plano humano pode ser aplicado a qualquer pessoa, desde que previamente autorizado pela mesma.

No plano vegetal pode ser aplicado às árvores, flores, ou seja, todas as plantas do reino vegetal.

No plano animal pose ser aplicado aos animais domésticos e não domésticos, estes com alguma dificuldade.

O Reiki pode também fazer limpezas de divisões ou casas, mas para fazer este tipo de trabalho só reikianos do nível dois ou três.

O mundo está em constante mutação e desenvolvimento, a esperança de vida vai aumentando, a medicina vai evoluindo e a baixa taxa de natalidade em Portugal faz com que o país fique envelhecido. É com estas pessoas que nos devemos preocupar através de políticas sociais eficazes que promovam o bem-estar de aqueles que já terminaram a sua vida activa. Para estes, o Reiki é muito eficaz, não só como terapia alternativa, mas também como terapia complementar, proporcionando assim um melhor bem-estar a todos os que dele usufruem. Apostar nos cuidados paliativos sejam eles proporcionados por entidades governamentais ou associações, é um desafio a ter em conta num futuro próximo, isto para não dizer já.

Este ano apresentei um projecto de cariz social nesta área, o qual, devido a circunstâncias que na minha opinião aqui não devo mencionar, não foi “aprovado” por quem de direito, mas à posteriori houve quem aproveitasse o meu projecto para com uma adaptação o adoptar noutra área. Não concordo e condeno veementemente este tipo de atitude que, na minha opinião, é tomada por pessoas sem ideias próprias e sem capacidade de inovação e empreendedorismo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Bem estar Comum
Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Anúncio do Fórum...

Caros amigos e leitores,

Informo-os que foi criado um fórum para colocação de questões e dúvidas que surjam no dia-a-dia, relacionadas com o Reiki e outras coisas.

Para aceder ao mesmo pode clicar aqui ou então usar o link para o mesmo na secção de link's do blog.

Espero a vossa participação, pois estarei ao dispor para tirar qualquer dúvida que possam ter relacionada com o Reiki.

Desejo um óptimo dia a todos.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Com muita energia...
Publicado por Viktor às 11:12
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Se você sonhou com...[P]...então!!

- Ver uma pá: amigos vão dar ajuda financeira. Usar uma pá: conte com seu bom senso para decisões importantes. Sorte: coelho.

PADARIA - Ver uma padaria: riqueza. Estar em uma padaria: terá um bom ano. Sorte: gato.

PADRASTO - Tente recomeçar algo que você acha que não está dando certo. Sorte: leão.

PADRE - sonhar que se é padre: elevação espiritual. Ver padre celebrando missa dos mortos: fim de amizade ou relação amorosa. Sorte. Carneiro.

PADRINHO - Pessoa amiga fala mal de você. Sorte: macaco.

PAGAR - Pagar divida: ganhos financeiros. Pagar conta que não devia: sentirá culpada(o) por tolice. Sorte: gato.

PAGODE - Estar em um pagode: boas notícias. Muitas pessoas no pagode: mudança de cidade. Sorte: cobra.

PAI - Se ele estiver sorrindo ou falando: não tema nada, vá em frente. Calado: seja prudente. Sorte: cavalo.

PAISAGEM - Uma bela paisagem: acontecimentos felizes. Escura: dificuldades e obstáculos. Sorte: pavão.

PAIXÃO - Estar apaixonada(o): prosperidade. Outra pessoa apaixonada: poucas honrarias. Sorte: borboleta.

PALHA - Sinal de desgosto íntimo. Cama de palha: seus negócios precisam ser vigiados de perto. Sorte: galo.

PALHAÇO - Vê-lo: você é espirituosa(o). Fazer palhaçadas: ciúme de amigos ou perda de amizades. Sorte: macaco.

PAPA - Ver o Papa: outras pessoas lhe farão favores. Morte de um Papa: espere para realizar seus planos. Receber bênção: pessoa amiga lhe ajudará. Sorte: coelho.

PAPAGAIO - Ouvirá revelação gravíssima. Sorte: águia.

PAPEL - De carta: boas notícias. De negócio: processos. Pintado: mudança em breve. Consulte também Cores. Sorte: águia.

PAPOULAS - Seu bom temperamento atrairá grande quantidade de amigos. Receberá notícias de jovem bonita(o), mas ingênua(o) e com uma instrução medíocre. Sorte: porco.

PAR - ver um par de qualquer coisa: indecisão a respeito de planos de casamento; par de sapatos: problemas em questões comerciais. Sorte: jacaré.

PARAÍSO - Gozará de felicidade e grande paz futuramente. Sorte: leão.

PARA-QUEDAS - Perigo será evitado ,graças a sua coragem. Vê-lo crescer: sucesso inesperado. Sorte: borboleta.

PAREDE - Felicidade: subir em uma: superará os obstáculos. Sorte: galo.

PARTEIRA - Descoberta de um segredo. Ser parteira: inimigo procura sua ruína; auxiliar parteira: felicidade. Sorte: gato.

PARTIR - Acontecimento infeliz. Partir com várias pessoas: afastamento de um inimigo. Sorte: avestruz.

PARTO - Assisti-lo: boa notícia. Auxiliar num parto: ajudará amigo. Dar à luz: esperança realizada em breve. Parto feliz: fim de sofrimento. Infeliz: aborrecimentos. Sorte: vaca.

PASSAGEIRO - Ser um passageiro: problemas com a família; passageiros que chegam: bons momentos; passageiros que partem: oportunidade de adquirir bens imóveis. Sorte: cabra.

PÁSSAROS - Vê-los ou ouvi-los: alegrias em família. Em liberdade: nova paixão. Na gaiola ou presos: desgostos. Sorte: águia.

PASSEIO - Passear com uma mulher: sofrimento de relações de amor. Com homem: separação por causa de mulher. Sozinha(o): benefícios inesperados. Sorte: borboleta.

PATO - Ouvirá confissão surpreendente sobre amiga(o). Sorte: pavão.

PAVÃO - Orgulho e vaidade, Você procura um novo caminho por não se contentar com a actual situação. Sorte: pavão.

PAZ - Normalmente, indica o contrario: briga. Namorados que fazem as pazes: bons resultados em seus interesses. Sorte: veado.

- Seu próprio pé: inveja ou ciúme; pé quebrado: perda de parente: pé sujo: perigo; pé descalço: infortúnio inesperado. Sorte: tigre.

PEDRA - Atirar pedras: ofensas. Receber pedradas: injustiças. Pedra preciosa: vaidade. Sorte: cobra.

PEIXES - Vê-los na água: alegrias. Pegá-los: herança. Comê-los: descoberta importante. Peixe morto: desenganos. Sorte: gato.

PELE - Muito branca: prazer. Escura: atenção com a saúde. Amarela: traições. Sorte: cobra.

PENAS - Vermelhas: relacionamento amoroso ardente. Verdes: esperançais. Pretas: aflições. Amarelas: cuidado com intrigas. Brancas: satisfações com dinheiro. Cinza: atrasos. Azul: aborrecimentos. Sorte: peru.

PENTEAR - Pentear alguém indica paciência. Pentear-se: seus negócios darão certo. Sorte: cabra.

Publicado por Viktor às 02:55
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

CRIANÇA ÍNDIGO

A criança índigo é um dos percursores, um dos mestres, uma das pessoas, um dos curadores que vêem alterar esta realidade. Esta realidade, não pode de maneira nenhuma continuar pelo caminho materialista, normalizado e saturado de tecnologia que leva. É precisa a criatividade. É preciso saber aproveitar cada vez mais do tempo livre que a tecnologia nos deixa. Quem é que nos vai ensinar? Os índigo, porque a frequência índigo, a frequência do chacra frontal é a que unifica o prático com o criativo. Porque esta sociedade e esta realidade, se não começarem a ser criativas com o seu tempo livre, e com os meios de que dispõem, se não começarem a relacionar-se com o próximo a partir do coração, vão explodir! Tanta tecnologia e tanto tempo livre em sociedades altamente culturizadas, altamente tecnológicas, como por exemplo a Suiça e a Suécia, resultaram num grande número de suicídios de crianças, de adolescentes e de adultos. Porquê? Porque há muito tempo, muito dinheiro, muita tecnologia, e não se sabe o que se há-de fazer deles, porque não há educação criativa! Que casualidade, não é verdade?

Às crianças índigo, a única motivação com que as podemos ajudar, a única via para que despertem e desenvolvam toda a potencialidade que têm em si mesmos, é através da criatividade. Eles não se sentem motivados, nem lhes interessa em absoluto que na sua escola haja um programa de aprendizagem que vá do primeiro ao último mês do ano escolar, nem com a aprendizagem dos adjectivos, das proposições e da tabuada do um ao nove, para dar um exemplo, e têm que se adaptar a cumprir esse programa, que é ditado por quem? pelo sistema educativo existente para o nosso melhor bem, e evidentemente dos nossos filhos também. Mas a criança índigo não se adapta ao método: necessita de um método que se adapte a ela. E a não ser que tenhamos a sorte de metê-lo numa escola Montessori, ou numa escola Waldorf, ou numa escola especial que não esteja massificada, na qual as pessoas que formam parte dessa escola tenham necessidade de expressar a sua vocação, amorosa e apaixonadamente, e não usem a sua profissão apenas como um meio de gerar dividendos no fim do mês...

Porque quer na docência, quer na medicina oficial, há muita gente que podemos definir como “funcionários”, pois não é a mesma coisa um professor que ame as crianças e ame a sua vocação, e um funcionário que estudou uma carreira fácil, curta, agradável, com aliciantes, com bastantes períodos de férias, paga pelos pais, e é tudo. Esse é um funcionário, esse não suporta as crianças, e se tem crianças índigo na sua aula, não está hoje aqui. Está a fazer uma massagem, ou um curso de inglês ou de dança, ou num bar a tomar café, porque sabe que o seu período de trabalho é remunerado, e quando acaba, “óptimo, pois estão a chegar os papás e as mamãs para levarem os monstrozinhos”... Em troca, as pessoas que estão aqui e que têm como vocação o amor às crianças e o amor ao ensino, sabem que têm índigos nas suas salas...Que fazemos com eles, que fazemos? Temos que recorrer ao engenho para continuar dentro do sistema, porque o sistema é um colosso tremendo e não podemos lutar contra ele, mas aumentando a criatividade e fazendo os possíveis por implicar os pais no processo.

Os pais devem ficar conscientes de que o seu filho é um ser especial como toda a criança, mas se além disso é um índigo, é uma responsabilidade ter um filho destes. Um filho índigo é o futuro profissional em que estaremos todos nós, porque todos os âmbitos da sociedade de amanhã, serão formados pelas crianças de agora. Que em cada um dos profissionais do nosso futuro, haja um índigo que tenha podido expressar as suas qualidades ou potencialidades, que tenha podido expressar-se a partir da criatividade, e que tenha podido descubrir o que mais o apaixona na vida, para que seja um profissional totalmente curador.

Porque a criança índigo é um terapeuta: veio para curar esta sociedade, como se disse anteriormente. Se uma criança índigo se apaixona por fazer pães, bolos, biscoitos, qualquer profissão que eleja, seja mecânico, seja médico, seja advogado, seja arquitecto, seja terapeuta holístico, seja cineasta, seja escritor, se fizer aquilo que o apaixona ( e só pode descobrir se se lhe permitir ser criativo com a sua aprendizagem), se descobrir o que o apaixona, dedique-se ao que se dedicar na vida, teremos e receberemos um amor, um nível de consciência que neste momento não temos, como devíamos e merecemos ter. A maioria dos profissionais da nossa sociedade, de qualquer sector, trabalha por dinheiro. A maioria, não todos. Quando podemos unir remuneração, profissão e vocação, é um presente do céu. E quem ama a sua profissão sabe isso. É isso que se pretende com as crianças índigo. Que a todos os níveis, quando forem adultos, em qualquer sector da sociedade em que trabalhem, onde se realizem profissionalmente, o façam através daquilo que os apaixona, e que não lhes tenha sido imposto. Mas para isso, precisam desde o início de se sentir amados, apoiados, compreendidos, e com um sistema de ensino e de aprendizagem que se adapte a eles, e não ao contrário.

Publicado por Viktor às 01:45
Link | Comentar | ver comentários (12) | favorito
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Novos Serviços Disponibilizados

Bom dia a todos,

A harmonia e o bem estar é um estado que todos pretendemos alcançar, para assim estarmos em sintonia com o Universo encontrando o nosso equilíbrio fisíco-mente.

Venho assim, por este meio disponibilizar a minha ajuda para envio de Reiki à Distância, para quem necessitar.

Caso pretenda receber, agradeço que me contacte via e-mail para à posterior se ver o pedido e se proceder em conformidade.

Este é mais um serviço que passamos a disponibilizar ao nossos leitores e "adeptos" de REIKI.

Saudações Reikianas - NAMASTÉ.

Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Agradecimento...

Cara amiga Joana;

Venho por este meio agradecer públicamente o prémio que me atribuiu, ao defenir este Blog como um Blog 5 Estrelas[*****].

Para quem não leu, reproduzo qui o motivo da minha nomeação:

     «Vicktor, que me fez despertar para lá do óbvio. Que me estimulou a quebrar a barreira do ceptiscimo e da teimosia e dar oportunidade a novos mundos

A mesma pode ser lida na íntegra clicando aqui.

Muito obrigado pela nomeação.

Podem comentar deixando as opiniões...

Saudações Reikianas - Namasté.

Publicado por Viktor às 11:45
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS

Fluído cósmico
 PLASMA DIVINOO fluído cósmico ê o plasma divi­no, poder do Criador ou força nervosa do Todo-Sábio.

Nesse elemento primordial, vibram e vivem constelações e sóis, mundos e seres, como peixes no oceano.

CO-CRIAÇÃO EM PLANO MAIORNessa substân­cia original, ao influxo do próprio Senhor Supremo, operam as Inteligências Divinas a Ele agregadas, em processo de comu­nhão indiscutível, os grandes Devas da teologia hindu ou os Arcanjos da interpretação de variados templos religiosos, ex­traindo desse hálito espiritual os celeiros da energia com que constroem os sistemas da Imensidade, em serviço de Co-criação em plano maior, de conformidade com os desígnios do Todo-Mi­sericordioso, que faz deles agentes orientadores da Criação Ex­celsa.

Essas Inteligências Gloriosas tomam o plasma divino e convertem-no em habitações cósmicas, de múltiplas expressões, radiantes ou obscuras, gaseificadas ou sólidas, obedecendo a leis predeterminadas, quais moradias que perduram por milé­nios e milénios, mas que se desgastam e se transformam, por fim, de vez que o Espírito Criado pode formar ou co-criar, mas só Deus é o Criador de Toda a Eternidade.

IMPÉRIOS ESTELARESDevido à actuação desses Arquitectos Maiores, surgem nas galáxias as organizações estela­res como vastos continentes do Universo em evolução e as nebulosas intragalácticas como imensos domínios do Universo, en­cerrando a evolução em estado potencial, todas gravitando ao redor de pontos atractivos, com admirável uniformidade coordenadora.

É aí, no seio dessas formações assombrosas, que se estruturam, inter-relacionados, a matéria, o espaço e o tempo, a se re­novarem constantes, oferecendo campos gigantescos ao pro­gresso do Espírito.

Cada galáxia quanto cada constelação guardam no cerne a força centrífuga própria, controlando a força gravítica, com de­terminado teor energético, apropriado a certos fins.

A Engenharia Celeste equilibra rotação e massa, harmoni­zando energia e movimento, e mantêm-se, desse modo, na vas­tidão sideral, magnificentes florestas de estrelas, cada qual transportando consigo os planetas constituídos e em formação, que se lhes vinculam magneticamente ao fulcro central, como os electrões se conjugam ao núcleo atómico, em trajectos perfeita­mente ordenados na órbita que se lhes assinala de início.

NOSSA GALÁXIAPara idealizarmos, de algum modo, a grandeza inconcebível da Criação, comparemos a nossa galáxia a grande cidade, perdida entre incontáveis grandes cidades de um país cuja extensão não conseguimos prever.

Tomando o Sol e os mundos nossos vizinhos como apar­tamentos de nosso edifício, reconheceremos que em redor reponham outros edifícios em todas as direcções.

Assestando instrumentos de longo alcance da nossa sala de estudo, perceberemos que nossa casa não é a mais humilde, mas que inúmeras outras lhe superam as expressões de magnitu­de e beleza.

Aprendemos que, além de nossa edificação, salientam-se palácios e arranha-céus como Betelgeuze, no distrito de Órion, Canópus, na região do Navio, Arctúrus, no conjunto do Boieiro, Antares, no centro do Escorpião, e outras muitas residências se­nhoriais, imponentes e belas, exibindo uma glória perante a qual todos os nossos valores se apagariam.

Por processos ópticos, verificamos que a nossa cidade apresenta em forma de espiral e que a onda de rádio, avançan­do com a velocidade da luz, gasta mil séculos terrenos para per­correr-lhe o diâmetro. Nela supreenderemos milhões de lares, nas mais diversas dimensões e feitios, instituídos de há muito, recém-organizados, envelhecidos ou em vias de instalação, nos quais a vida e a experiência emergem vitoriosas.

FORÇAS ATÓMICASToda essa riqueza de plasma­gem, nas linhas da Criação, ergue-se à base de corpúsculos sob irradiações da mente, corpúsculos e irradiações que, no estado atual dos nossos conhecimentos, embora estejamos fora do pla­no físico, não podemos definir em sua multiplicidade e configu­ração, porquanto a morte apenas dilata as nossas concepções e nos aclara a introspecção, iluminando-nos o senso moral, sem resolver, de maneira absoluta, os problemas que o Universo nos propõe a cada passo, com os seus espectáculos de grandeza.

Sob a orientação das Inteligências Superiores, congre­gam-se os átomos em colmeias imensas, e, sob a pressão, espiri­tualmente dirigida, de ondas electromagnéticas, são controladamente reduzidas as áreas espaciais intra-atómicas, sem perda de movimento, para que se transformem na massa nuclear adensa­da, de que se esculpem os planetas, em cujo seio as mônadas ce­lestes encontrarão adequado berço ao desenvolvimento.

Semelhantes mundos servem à finalidade a que se desti­nam, por longas eras consagradas à evolução do Espírito, até que, pela sobre-pressão sistemática, sofram o colapso atómico pelo qual se transmutam em astros cadaverizados. Essas esferas mortas, contudo, volvem a novas directrizes dos Agentes Divi­nos, que dispõem sobre a desintegração dos materiais de superfície, dando ensejo a que os elementos comprimidos se libertem através de explosão ordenada, surgindo novo acervo corpuscu­lar para a reconstrução das moradias celestes, nas quais a obra de Deus se estende e perpetua, em sua glória criativa.

        LUZ E CALOROs mundos ou campos de desenvolvi­mento da alma, com as suas diversas faixas de matéria em va­riada expressão vibratória, ao influxo ainda dos Tutores Espiri­tuais, são acalentados por irradiações luminosas e caloríficas, sem nos referirmos às forças de outra espécie que são arrojadas do Espaço Cósmico sobre a Terra e o homem, garantindo-lhes a estabilidade e a existéncia.

        Temos, assim, a luz e o calor, que teoricamente classifica­mos entre as irradiações nascidas dos átomos supridos de ener­gia. São estes que, excitados na Íntima estrutura, despedem as ondas electromagnéticas.

        Todavia, não obstante tocarmos com relativa segurança as realidades da matéria, definindo a natureza corpuscular do calor e da luz, e embora saibamos que outras oscilações electro­magnéticas se associam, insuspeitadas por nós, na vastidão uni­versal, aquém do infravermelho e além do ultravioleta, comple­tamente fora da zona de nossas percepções, confessamos com humildade que não sabemos ainda, principalmente no que se re­fere à elaboração da luz, qual seja a força que provoca a agita­ção inteligente dos átomos, compelindo-os a produzir irradiações capazes de lançar ondas no Universo com a velocidade de 300.000 quilómetros por segundo, preferindo reconhecer, em toda a parte, com a obrigação de estudarmos e progredirmos sempre, o hálito divino do Criador.

        CO-CRIAÇÃO EM PLANO MENOREm análogo alicerce, as Inteligências humanas que ombreiam conosco utili­zam o mesmo fluído cósmico, em permanente circulação no Universo, para a Co-criação em plano menor, assimilando os corpúsculos da matéria com a energia espiritual que lhes é pró­pria, formando assim o veículo fisiopsicossomático em que se exprimem ou cunhando as civilizações que abrangem no mundo a humanidade Encarnada e a Humanidade Desencarnada. Den­tro das mesmas bases, plasmam também os lugares entenebreci­dos pela purgação infernal, gerados pelas mentes desequilibra­das ou criminosas nos círculos inferiores e abismais, e que va­lem por aglutinações de duração breve, no microcosmo em que estagiam, sob o mesmo princípio de comando mental com que as Inteligências Maiores modelam as edificações macrocósmi­cas, que desafiam a passagem dos milênios.

        Cabe-nos assinalar, desse modo, que, na essência, toda a matéria é energia tornada visível e que toda a energia, origina­riamente, é força divina de que nos apropriamos para interpor os nossos propósitos aos propósitos da Criação, cujas leis nos conservam e prestigiam o bem praticado, constrangendo-nos a transformar o mal de nossa autoria no bem que devemos reali­zar, porque o Bem de Todos é o seu Eterno Princípio.

Compete-nos, pois, anotar que o fluído cósmico ou plas­ma divino é a força em que todos vivemos, nos ângulos varia­dos da Natureza, motivo pelo qual já se afirmou, e com toda a razão, que “em Deus nos movemos e existimos”. (2)

 Uberaba, 15/1/58.
 

(2) Paulo de Tarso, em Atos, capítulo 17º, versículo 28. — (Nota do Autor espiritual)

Publicado por Viktor às 16:18
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

SEXO E RELIGIÃO

Pergunta - Como pode a alma, que não alcançou a perfeição durante a vida corpórea, acabar de depurar-se?

Resposta - Sofrendo a prova de uma nova existência.

Pergunta - Como realiza essa nova existência? Será pela sua transformação como Espírito?

Resposta - Depurando-se, a alma indubitavelmente experimenta uma transformação, mas para isso necessária lhe é a prova da vida corporal. Item n. 166, de"O Livro dos Espíritos.

Dar-se-á o fato de se isentar alguém dos impulsos e inquietações sexuais, simplesmente por haver assumido compromissos de natureza religiosa? Claro que a lógica responde no espírito de sequência da natureza. A criatura que abraça encargos dessa ordem está procurando ou aceitando para si mesma aguilhões regeneradores ou educativos, de vez que ordenações e providências de carácter externo não transfiguram milagrosamente o mundo íntimo. As realizações da fé, por isso mesmo, se concretizam à base de porfiadas lutas da alma, de si para consigo. Ninguém se burila de um dia para outro. De que modo alienar condições inerentes à própria vida do Espírito, acalentadas, no curso das eras, tão-somente em função de afirmativas verbais? E entendendo-se que as leis do Universo não destroem o instinto, mas transformam-no em razão e angelitude, na passagem dos evos, pelos mecanismos da sublimação, de que forma exigir a extinção dos estímulos genésicos em alguém, tão-só porque esse alguém se consagre ao Serviço Divino da Fé, quando esses mesmos estímulos são ingredientes da vida e da evolução, criados pela mesma Providência Divina para a sustentação e a elevação de todos os seres? Compreendida a inalienabilidade dos problemas sexuais nas individualidades representativas das ideias religiosas no mundo, é mais que razoável considerar que essas individualidades, em grande maioria, solicitaram para si próprias os controles de feição moral a que transitoriamente se vinculam, no tentame de extraírem deles o proveito máximo, a favor de si próprias. Efectivamente, Espíritos superiores e já erguidos a notáveis campos de elevação, unicamente por amor e sacrifício, tomam assento nas organizações religiosas da Terra, volvendo à reencarnação em actividades socorristas, nas quais impulsionam o progresso dos seus irmãos. Esses missionários devotamente vibram em faixas de amor sublime, quase sempre inacessível à compreensão dos seus contemporâneos. Não ocorrem análogas circunstâncias entre aqueles outros que renascem sob regime disciplinar, requisitados por eles contra eles mesmos, de vez que grande número desses obreiros das ideias religiosas, reencarnados em condições de prova, demonstram dificuldades e inibições múltiplas, no corpo e na mente, quando não sofrem exagerada tendência aos desvarios sexuais - tendência essa que habitualmente os mantém recolhidos ao medo de qualquer expansão afectiva. Temendo as manifestações do amor e bastas vezes condenando indebitamente os companheiros da Humanidade, pelo fato de se acomodarem a uniões respeitáveis e dignas, na generalidade receiam a si próprios e censuram os semelhantes, no impulso inconsciente de lhes copiar a independência e a

conduta. Daí surgem os incidentes menos felizes quantas vezes! – em que vemos expositores ardentes e apaixonados, dessa ou daquela ideia religiosa, tombando em experiências emotivas, muito mais complicadas e deploráveis do que aquelas outras que eles próprios reprovavam no caminho e na vida dos companheiros!... Aliás, registe-se que o fenómeno é mais que justo, porquanto, aceitando os distintivos de determinada seara religiosa, o Espírito impõe a si mesmo um factor de frenagem e autopoliciamento, sem que as marcas exteriores de fé signifiquem mais que um convite ou um desafio a que se aperfeiçoe, de acordo com os princípios de acrisolamento que abraça. Instruções religiosas exteriores não alteram, de improviso, os impulsos do coração, conquanto se erijam em fortaleza de luz, amparando a criatura que a elas se acolhe para o serviço de autoaprimoramento. Qualquer professor na Terra há-de se identificar com os alunos, no campo das experiências naturais do quotidiano, a fim de que se estabeleça, entre eles, o fio da compreensão mútua, unindo vanguarda e retaguarda do esforço para a escalada do grupo ao conhecimento. Um anjo e uma equipe de criaturas humanas não entrariam em relacionamento ideal para rendimento ideal do ensino. À vista disso, somos nós mesmos, Espíritos endividados ante as Leis do Universo, que nos enlaçamos uns com os outros, encarnados e desencarnados, aperfeiçoando gradativamente as qualidades próprias e aprendendo, à custa de trabalho e tempo, como alcançar a sublimação que demandamos, em marcha laboriosa para a conquista dos Valores Eternos.

EMMANUEL
Publicado por Viktor às 01:23
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: O Reiki

. A Felicidade... reflexão

. Para ti…

. Reflexão

. Conversas com a Alma

. Transformação e Responsab...

. Reiki para crianças…

. REIKI: A Multi-funcionali...

. Anúncio do Fórum...

. Se você sonhou com...[P]....

. CRIANÇA ÍNDIGO

. Novos Serviços Disponibil...

. Agradecimento...

. EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS

. SEXO E RELIGIÃO

. Última Hora

. CARGA ERÓTICA

. ABSTINÊNCIA E CELIBATO

. ADULTÉRIO E PROSTITUIÇÃO

. HOMOSSEXUALIDADE

. CONTROLE SEXUAL

. ABORTO

. Se você sonhou com...[O]....

. DIVÓRCIO

. Agradecimento PÚBLICO

. Se você sonhou com...[N]....

. ANTE O ALÉM

. OS PROBLEMAS DA EXISTÊNCI...

. Se você sonhou com...[I]....

. VOCÊ ESCOLHE A SUA VIDA.....

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007