Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

11
Mar14

A essência do Perdão

Viktor

Caríssimos,

     Este é sem dúvida um assunto que suscita grandes dúvidas, pois através de diálogos que tenho com outras pessoas, várias vezes chego à conclusão que as pessoas dizem: “…Eu perdoei essa pessoa…”; “…mas não consigo esquecer…”; “…quando penso na situação sinto-me mal…”; entre muitas outras coisas. Muitas vezes acabamos por falar nisso numa conversa sobre esse assunto ou até mesmo numa mera conversa de circunstância.

     Se em determinadas alturas da sua vida, em meras conversas de circunstância, surge frequentemente um certo assunto sobre determinada pessoa, é o Universo a dar-lhe a seguinte informação: “Essa pessoa magoou-te mas tens de a perdoar”. Isso é sem dúvida uma grande verdade, mas a qual muitas pessoas têm dificuldade em acreditar e mais ainda em superar. Além do mais deixem que lhes recorde algo, o Perdão não se exerce apenas para com os outros, mas também para connosco mesmo, pois certamente ao longo da sua vida já tomou atitudes e disse coisas das quais posteriormente se veio a arrepender, certo? Será que se arrependeu de tais coisas? Será que já se perdoou a si mesmo pelo que fez? (faça uma pausa na leitura e uma pequena reflexão sobre o que acabou de ler)

     Quando somos incapazes de nos perdoar a nós mesmos por algo que fizemos menos correcto, jamais seremos capazes de perdoar outra pessoa, tal como quem não se ama a si mesmo também jamais conseguirá nutrir sentimentos de amor verdadeiro pelos outros. Ao longo do tempo tenho-me apercebido que muitas pessoas dizem: “…eu já o/a perdoei…” mas tento dúvidas que seja bem assim, porque a par da expressão anteriormente citada, as pessoas também dizem: “…posso perdoar mas nunca esquecerei…”, expressões que se contradizem. O Perdão é algo que além de estar ligado à mente, está directamente ligado à nossa “inteligência emocional”, porque além de seres racionais, somos também seres emocionais e aprendermos a controlar as nossas emoções é uma tarefa mais difícil do que controlar a nossa mente. Já tinham pensado nisto?

     Depois de lhes explicar o mecanismo que envolve o Perdão, vou-lhes dar umas dicas sobre a prática do Perdão. Faça uma retrospectiva da sua vida anotando num bloco todas as situações negativas, onde tenha estado envolvido apenas você ou também outras pessoas, desde a sua infância até ao momento presente. Depois relaxe, colocando-se em posição de meditação, feche os olhos e projecte-se nesses momentos. Quando se estiver a projectar-se nesse momento e se no mesmo estiverem envolvidas uma ou mais pessoas, verifique quais os tipos de sentimentos que surgem à tona relativamente às pessoas. Se vierem à “flor da pele” qualquer tipo de sentimento sem ser apenas o sentimento de Compaixão, significa que ainda tem trabalho para fazer, pois o processo de Perdão não foi concluído com êxito.

     Uma das técnicas que os pode ajudar no processo de Perdão é o Ho’oponopono (que já expliquei noutros textos), mas sem dúvida que a melhor maneira é encher-se de amor e compaixão, emanando pensamentos positivos e acima de tudo dissolver os sentimentos menos positivos tornando-os em pura compaixão e amor incondicional. Termino deixando uma célebre frase de Jesus: “Perdoa e serás perdoado”.

NAMASTÊ

25
Fev10

Estado de Alma

Viktor

Caros leitores,

Hoje, já reequilibrado do momento menos positivo de ontem, impõe-se que vos dê uma explicação para evitar interpretações erradas, para todos aqueles que o universo das energias e espiritualidade são ainda um tema Tabu.

Ontem aquilo que escrevi foi um desabafo, devido à reunião de um certo conjunto de factores que me deitaram um pouco abaixo. Mas, ao ler mais atentamente o que escrevi e depois de ter falado com algumas pessoas, achei por bem vir aqui esclarecer os leitores.

Ser Mestre de Reiki, Karuna, terapeuta, conhecer e praticar vários outros sistemas holísticos, não faz de mim um Ser Superior relativamente a vocês, porque tal como vós sou um ser vivo que habita o planeta terra. A única diferença que há entre nós é a interpretação das coisas e que quando estou menos bem, posso utilizar as ferramentas e conhecimentos que tenho para me auxiliar e assim com mais celeridade poder-me harmonizar e restabelecer nos níveis físico, emocional, mental e espiritual.

A utilização de ferramentas tais como: Amor Incondicional (Reiki), Compaixão (Karuna), Zen (Samadhi), Equilíbrio (Ordem de Sefirath), Perdão (Ho’oponopono), Bem-estar (eft) e Coração Diamante permitiu que conseguisse alcançar o tão almejado bem-estar de uma forma mais eficaz e rápida.

Porque ir abaixo não significa só coisas más, porque ao longo da nossa vida, no nosso caminho de aprendizagem, por vezes necessitamos de aprender da forma mais difícil, porque de certo porem que depois de ultrapassar a situação já não somos os mesmos… amadurecemos… aprendemos… enriquecemo-nos… enfim, esta é a escola da vida e lembrem-se que há sempre uma luz ao fundo do túnel.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D