.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

Esclarecimentos sobre Reiki…

     O caminho do Reiki é uma constante aprendizagem na qual muitas vezes nos deparamos com algumas dúvidas e nem sempre está alguém “à mão” para os esclarecer. É no sentido de continuar o trabalho de divulgação desta prática terapêutica que vou responder a algumas dúvidas que surgem, principalmente nos reikianos que entraram neste universo energético há pouco tempo.

P: Posso fazer o curso de iniciação ao Reiki estando grávida?

R: Sim pode, desde que sinta essa vontade e estando a gerar outro Ser dentro de si, o Reiki será também uma boa ferramenta para auxiliar o bem-estar de ambos.

P: O que devo fazer para me sentir mais preparado no dia do curso?

R: Fisicamente (corpo) deve, principalmente na véspera do curso, evitar beber bebidas alcoólicas e comer carnes vermelhas, evitar ambientes energeticamente carregados e/ou negativos, deve comer saladas e beber líquidos, deve levar roupas confortáveis e não levar metais (fios, pulseiras e anéis).

P: Para se ser reikiano temos de ter um dom?

R: Para ser reikiano é preciso termos amor, o que todo o ser humano tem dentro de si, basta envolver-se nele e deixar que se expanda para o seu semelhante.

P: Ao entrar no universo do Reiki tornamo-nos vegetarianos?

R: Ser vegetariano é uma opção de cada um, não uma obrigação. Cada um tem as suas opções consoante as necessidades e gostos pessoais.

P: Se eu passar a ser Reikiano tenho de deixar de beber álcool?

R: Para ser reikiano não necessita de ser abstémico, pode beber um copo à refeição mas sempre com moderação, mas não sendo algo necessário para a sobrevivência do Ser humano, é natural que vá perdendo a vontade de beber.

P: Como escolho um mestre de reiki?

R: Essa é das coisas mais importantes, e o método de escolha mais eficaz é através da empatia energética que dá a indicação necessária à nossa intuição para escolher este ou aquele mestre.

P: Quando devo receber ou fazer auto-aplicação de Reiki?

R: Faça sempre que lhe seja possível, porque não tem contra-indicações, promove o seu bem-estar e saúde, em prol da sua harmonia e bem-estar.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 12:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Dúvidas Frequentes

Ao fazer a Iniciação ao Reiki, o que irei “ganhar” com isso?

R: Bem, fazer um curso de Reiki ou Karuna não é como um qualquer curso que se pode fazer num iefp ou escola pública. As terapias incidem na totalidade e integridade do nosso Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Assim, uma formação destas provoca alterações profundas no Ser, fazendo da mesma um marco na vida de todos aqueles que abraçam a causa, tornando-os pessoas melhores, mais humanas, humildes, calmas e afectuosas irradiando assim o seu Amor Incondicional para com o seu semelhante. Mas para que tal aconteça deverá o formando compreender, entender, interiorizar e depois passar a exteriorizar os verdadeiros ensinamentos morais desta prática.

Quando aplicam Reiki normalmente pedem ajuda ou auxílio divino para o vosso trabalho, isto significa que esta terapia está associada a alguma religião?

R: O Reiki não está associado a nenhuma crença, dogma ou ideologia religiosa, pois há praticantes desta terapêutica que são hindus (religião mais antiga do mundo, com cerca de 4500 anos), budistas, Judeus, Católicos e ortodoxos. Assim pode-se constatar que nada existe no Reiki que o ligue a esta ou aquela religião, o que faz desta uma prática universal (não condicionada).

Porque é que se fizer uma pesquisa encontro para o curso de iniciação os mais variados preços?

R: Sim, não existe uma tabela nacional que determine limites de valores, o que faz com que cada Mestre atribua às suas formações o valor que entender, determinado pelos seus próprios critérios. Mas independentemente do valor pedido pela formação, há um aspecto que eu considero fundamental que é a empatia energética.

Empatia energética, o que é isso?

R: Ora, deixa lá ver como te vou explicar isso! Nunca estives-te a falar com alguém que, depois de terminada a conversa te sintas extremamente cansado? Nesse caso não existiu empatia energética. Quando estás com uma pessoa durante 15 minutos ou algum tempo e te sentes bem, gostas de estar e sentes uma vibração agradável que por vezes te dá a sensação de que conheces aquela pessoa há séculos (gíria popular), aí sim, constatamos que existe de facto uma verdadeira e real empatia energética que deve ser tida em linha de conta aquando da escolha daquele que eventualmente irá ser o seu Mestre de Reiki.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:29
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Reflexão...

Caros leitores,

Hoje vou fazer uma pequena reflexão sobre o trabalho que tenho desenvolvido como Reikiano e como Delegado Regional do Algarve da Associação Portuguesa de Reiki “Monte Kurama”. Para uma melhor compreensão das palavras que vou escrever quero deixar claro que o que faço particularmente como Mestre de Reiki não tem nenhuma ligação com o trabalho desenvolvido como Delegado Regional do Algarve, pois sãopapeisdistintos e não pretendo usar qualquer tipo estatuto em meu beneficio, porque como bem sabem aqueles que me conhecem, já várias vezes me ouviram dizer: “Sou como sou, gosto de ser assim, não sou mais que ninguém, quem pretender partilhar comigo a sua entrada no universo do Reiki pode fazê-lo, quem optar por outra pessoa tudo bem na mesma pois somos donos do nosso livre-arbitrio”.

Como Reikiano tenho feito alguns cursos de nível um e dois e sessões de Reiki àqueles que me procuram para lhes aplicar enquanto Terapeuta. Aqui no blogue diariamente vou colocando informações, reflexões, textos e noticias, relacionadas com o Reiki & Espiritualidades. Na minha vida do dia-a-dia através de conversas com amigos, conhecidos e outros, tento também, sempre que possível, divulgar este maravilhoso legado que nos foi deixado pelo Sensei Mikao Usui. Através dos Encontros/Convívio Reikianos que tenho organizado pretendo divulgar esta terapêutica, bem como reunir pessoas de várias escolas de Reiki para se irem conhecendo, trocando ideias, partilhar experiências e conhecimento, pois a verdadeira dádiva está na partilha e não na retenção do conhecimento.

Como Delegado Regional do Algarve da APR “Monte Kurama” pretendo divulgar junto das Associações e Municípios, “manter” os associados em contacto, apregoar e divulgar a filosofia Reiki, esclarecer dúvidas e partilhar o meu conhecimento, prestar cuidados paliativos junto das entidades que reconheçam esta terapêutica e avançar com propostas de reconhecimento do Reiki como terapêutica não convencional. Estes objectivos são os da APR e também meus enquanto Delegado.

Fazendo um pequeno a parte do que até aqui tenho dito, gostava de colocar algumas questões, e para as quais gostava de obter uma resposta. Porque é que nos encontros Reikianos, aqui no Algarve, as pessoas não aderem muito? Preferem a praia? Será que o erro é meu? Porque é que as pessoas numa conversa formal dizem que são Reikianas e quando se promovem encontros não aparecem? Será que têm medo de partilhar? Quem pretender responder a alguma destas questões faça o favor de o fazer comentando o post.

Despeço-me desejando a todos os leitores um dia repleto de luz, paz, amor, equilíbrio e harmonia nas mais diversas áreas da vida.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:13
Link | Comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Perguntas Frequentes???

O meu filho tem 8 anos e gostava de o iniciar no Reiki, posso?

R: Sim pode, pois qualquer pessoa pode iniciar-se no Reiki desde que essa seja a sua vontade e não por imposição. Com essa idade já sabe ler e sendo o Reiki uma constante aprendizagem, pode dar assim dar continuidade à aquisição de conhecimento. Receber Reiki de uma criança é maravilhoso, pois o amor e bondade nela existente são misericordiosos e é deles o reino de Deus.

Gostava de me iniciar no Reiki, mas como estou grávida será que posso?

R: Pode, pois o Reiki é uma terapia recomendada a grávidas. Em alguns hospitais nos EUA, Japão, China, Inglaterra e Brasil, é utilizado no acompanhamento das grávidas e na preparação para o parto, pois mantém a mulher mais relaxada e auxilia energeticamente o bom desenvolvimento fetal. Aplicado na semana do parto é um precioso auxílio ao deslocamento do osso da bacia, bem como permite que o feto tome a posição ideal para o momento do nascimento. Fazer uma iniciação ao Reiki durante o período de gestação é uma preciosa ajuda para o mesmo, pois vai permitir uma harmonia entre as energias corporais e coloca ao dispor da grávida uma preciosa ferramenta de auxílio em futuras situações de dor provocadas por força das circunstâncias.

Reiki, o que é isso? É algum tipo de bruxaria?

R: O Reiki é uma terapia holística alternativa reconhecida pela OMS e já implementada no serviço nacional de saúde em muitos países tanto no Ocidente como no Oriente. Assim sendo, não é, nunca foi e nem poderá estar associada a práticas ou rituais de bruxaria, pois o Reiki tem como base a transmissão do Amor Incondicional e apenas pode ser utilizado para praticar o bem. A energia do Reiki vai para além da capacidade humana e por isso não pode ser utilizada nem manipulada para praticar o mal a nenhum ser vivo.

Conheço uma pessoa que depois de se ter iniciado no Reiki mudou, é possível?

R: Sim, é possível que isso aconteça, pois após a iniciação ao Reiki e a aplicação na vida quotidiana dos 5 princípios, isso faz com que a pessoa seja diferente mudando as atitudes e comportamentos. Mas para que isto seja verificado, a pessoa terá realmente de adoptar a filosofia Reiki como estilo de vida (adaptado a cada um).

O curso de iniciação só demora um dia? Não será pouco tempo para se aprender?

R: Sim, a iniciação ao Reiki tem uma duração de um dia ou dois, dependendo do formador. Durante um curso de iniciação ao Reiki as pessoas aprendem a história do Reiki, as várias linhagens e diferenças e no final passam por um ritual iniciático. Após concluído o ritual iniciático, cada iniciado leva para sua casa um “trabalho de casa” que é o de fazerem auto-aplicações de Reiki diárias ininterruptas durante 21 dias. A este período de tempo dá-se o nome de “período de purificação interior”.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:29
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Progressão dos Espíritos

Os Espíritos são bons ou maus por natureza, ou são eles mesmos que se melhoram?

“São os próprios Espíritos que se melhoram e, melhorando-se, passam de uma ordem inferior para outra mais elevada.”

Dos Espíritos, uns terão sido criados bons e outros maus?

“Deus criou todos os Espíritos simples e ignorantes, isto é, sem saber. A cada um deu determinada missão, com o fim de esclarecê-los e de os fazer chegar progressivamente à perfeição, pelo conhecimento da verdade, para aproximá-los de si. Nesta perfeição é que neles encontram a pura e eterna felicidade. Passando pelas provas que Deus lhes impõe é que os Espíritos adquirem aquele conhecimento. Uns aceitam submissos essas provas e chegam mais depressa à meta que lhes foi assinada. Outros só a suportam murmurando e, pela falta em que desse modo incorrem, permanecem afastados da perfeição e da prometida felicidade.”

a) - Segundo o que acabais de dizer, os Espíritos, em sua origem, seriam como as crianças, ignorantes e inexperientes, só adquirindo pouco a pouco os conhecimentos de

que carecem com o percorrerem as diferentes fases da vida?

“Sim, a comparação é boa. A criança rebelde se conserva ignorante e imperfeita. Seu

aproveitamento depende da sua maior ou menor docilidade. Mas, a vida do homem tem

termo, ao passo que a dos Espíritos se prolonga ao infinito.”

Haverá Espíritos que se conservem eternamente nas ordens inferiores?

“Não; todos se tornarão perfeitos. Mudam de ordem, mas demoradamente, porquanto, como já doutra vez dissemos, um pai justo e misericordioso não pode banir seus filhos para sempre. Pretenderias que Deus, tão grande, tão bom, tão justo, fosse pior do que vós mesmos?”

Depende dos Espíritos o progredirem mais ou menos rapidamente para a perfeição?

“Certamente. Eles a alcançam mais ou menos rápido, conforme o desejo que têm de alcançá-la e a submissão que testemunham à vontade de Deus. Uma criança dócil não se instrui mais depressa do que outra recalcitrante?”

Podem os Espíritos degenerar?

“Não; à medida que avançam, compreendem o que os distanciava da perfeição.

Concluindo uma prova, o Espírito fica com a ciência que daí lhe veio e não a esquece. Pode permanecer estacionário, mas não retrógrada.”

Não podia Deus isentar os Espíritos das provas que lhes cumpre sofrer para chegarem à primeira ordem?

“Se Deus os houvesse criado perfeitos, nenhum mérito teriam para gozar dos benefícios dessa perfeição. Onde estaria o merecimento sem a luta? Demais, a desigualdade entre eles existente é necessária às suas personalidades. Acresce ainda que as missões que desempenham nos diferentes graus da escala estão nos desígnios da Providência, para a harmonia do Universo.”

Pois que, na vida social, todos os homens podem chegar às mais altas funções, seria o caso de perguntar-se por que o soberano de um país não faz de cada um de seus soldados um general; por que todos os empregados subalternos não são funcionários superiores; por que todos os colegiais não são mestres. Ora, entre a vida social e a espiritual há esta diferença: enquanto que a primeira é limitada e nem sempre permite que o homem suba todos os seus degraus, a segunda é indefinida e a todos oferece a possibilidade de se elevarem ao grau supremo.

Todos os Espíritos passam pela fieira do mal para chegar ao bem?

“Pela fieira do mal, não; pela fieira da ignorância.”

Por que é que alguns Espíritos seguiram o caminho do bem e outros o do mal?

“Não têm eles o livre-arbítrio? Deus não os criou maus; criou-os simples e ignorantes, isto é, tendo tanta aptidão para o bem quanta para o mal. Os que são maus, assim se tornaram por vontade própria.”

Como podem os Espíritos, em sua origem, quando ainda não têm consciência de si mesmos, gozar da liberdade de escolha entre o bem e o mal? Há neles algum princípio, qualquer tendência que os encaminhe para uma senda de preferência a outra?

“O livre-arbítrio se desenvolve à medida que o Espírito adquire a consciência de si mesmo. Já não haveria liberdade, desde que a escolha fosse determinada por uma 98 causa independente da vontade do Espírito. A causa não está nele, está fora dele, nas influências a que cede em virtude da sua livre vontade. É o que se contém na grande figura emblemática da queda do homem e do pecado original: uns cederam à tentação, outros resistiram.”

Donde vêm as influências que sobre ele se exercem?

“Dos Espíritos imperfeitos, que procuram apoderar-se dele, dominá-lo, e que rejubilam com o fazê-lo sucumbir. Foi isso o que se intentou simbolizar na figura de Satanás.”

b) Tal influência só se exerce sobre o Espírito em sua origem?

“Acompanha-o na sua vida de Espírito, até que haja conseguido tanto império sobre si mesmo, que os maus desistem de obsidiá-lo.”

Por que há Deus permitido que os Espíritos possam tomar o caminho do mal?

“Como ousais pedir a Deus contas de Seus actos? Supondes poder penetrar-lhe os desígnios? Podeis, todavia, dizer o seguinte: A sabedoria de Deus está na liberdade de escolher que Ele deixa a cada um, porquanto, assim, cada um tem o mérito de suas obras.”

Pois que há Espíritos que desde o princípio seguem o caminho do bem absoluto e outros o do mal absoluto, deve haver, sem dúvida, gradações entre esses dois extremos. não?

“Sim, certamente, e os que se acham nos graus intermediários constituem a maioria.”

Os Espíritos que enveredaram pela senda do mal poderão chegar ao mesmo grau de superioridade que os outros?

“Sim; mas as eternidades lhes serão mais longas.”

Por estas palavras - as eternidades - se deve entender a ideia que os Espíritos inferiores fazem da perpetuidade de seus sofrimentos, cujo termo não lhes é dado ver, ideia que revive todas as vezes que sucumbem numa prova.

Chegados ao grau supremo da perfeição, os Espíritos que andaram pelo caminho do mal têm, aos olhos de Deus, menos mérito do que os outros?

“Deus olha de igual maneira para os que se transviaram e para os outros e a todos ama com o mesmo coração. Aqueles são chamados maus, porque sucumbiram. Antes, não eram mais que simples Espíritos.”

Os Espíritos são criados iguais quanto às faculdades intelectuais?

“São criados iguais, porém, não sabendo donde vêm, preciso é que o livre-arbítrio siga seu curso. Eles progridem mais ou menos rapidamente em inteligência como em moralidade.”

Os espíritos que desde o princípio seguem o caminho do bem nem por isso são Espíritos perfeitos. Não têm, é certo, maus pendores, mas precisam adquirir a experiência e os conhecimentos indispensáveis para alcançar a perfeição. Podemos compará-los a crianças que, seja qual for a bondade de seus instintos naturais, necessitam de se desenvolver e esclarecer e que não passam, sem transição, da infância à madureza.

Simplesmente, assim como há homens que são bons e outros que são maus desde a infância, também há Espíritos que são bons ou maus desde a origem, com a diferença capital de que a criança tem instintos já inteiramente formados, enquanto que o Espírito, ao formar-se, não é nem bom, nem mau; tem todas as tendências e toma uma ou outra direcção, por efeito do seu livre-arbítrio.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:23
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Esclarecimentos sobre Rei...

. Dúvidas Frequentes

. Reflexão...

. Perguntas Frequentes???

. Progressão dos Espíritos

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007