.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 8 de Outubro de 2017

Reflexão: A mesquinhez humana…

Caríssimos,

     A vida é para cada ser humano um desafio no qual está constantemente a ser colocado à prova nas mais diversas situações e ocasiões. Mas ao longo dos tempos o ser humano tem mudado bastante, na sua forma de ser, na maneira de encarar o mundo e até mesmo pelo respeito ou desrespeito que tem vindo a nutrir por todos os seus semelhantes. Há uma verdadeira crise de valores que tem sido revelada pelas últimas gerações (de 80 e 90), pois a falta de humildade, respeito, compaixão, educação e valores morais parece que se revela cada vez mais. Diariamente surgem noticias sobre agressões aos próprios pais, dos pais aos filhos, de pedofilia, de burlas, corrupção instalada nos mais diversos sectores da sociedade, idosos vitimas de burlas e agressões, pessoas que fingem ter doenças e outras que metem baixa sem sequer estarem doentes, enfim, este é o retrato aproximado da sociedade em que vivemos. Por estas e outras razões eu por vezes questiono, mas onde estão os valores moraís e cívicos destas pessoas?

     A vida de cada um de nós tem mais ou menos dificuldades, consoante as escolhas que fazemos. Se fazemos escolhas menos acertadas porque se queixam? Afinal, a culpa é nossa, tal como foi a escolha e como tal não devemos apontar o dedo aos outros, pois no preciso momento em que o fazemos, teremos 3 dedos a apontar para nós mesmos. Nem sempre a vida é fácil, mas devemos tentar superar as dificuldades, mantendo sempre a nossa consciência tranquila e preservando os valores morais e cívicos, bem como respeitando sempre o nosso semelhante. Haveria muito mais a dizer sobre este tema, mas por agora fico-me por aqui, desejando-lhes uma boa reflexão sobre este tema. Façam favor de ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:25
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 23 de Março de 2015

Reflexão: Impacto do Reiki na Sociedade…

Caríssimos,

     Cada Ser humano é único, com as suas virtudes e os seus defeitos, pois cada um à sua maneira procura a sua perfeição à sua maneira. Uma das missões que temos em comum é a de vivermos em sociedade, o que nos coloca diariamente à prova, principalmente as nossas emoções e sentimentos. Além do que acabei de escrever, somos também “bombardeados”, quase constantemente, por notícias de índole negativa, por parte dos meios de comunicação social, que também interferem bastante no nosso equilíbrio mental/psicológico. Mas na realidade aquilo que efectivamente pode fazer mais moça, ao ponto de nos deixar desorientados, é as relações inter-pessoais com os nossos semelhantes, pois além de nos poderem afectar psicologicamente, podem perturbar as nossas emoções. Conjuntamente devo salientar que todo o ser humano tem uma grande capacidade imaginativa, o que faz com que a nossa mente comece a promover histórias especulativas, que originam sentimentos menos positivos sobre o seu semelhante. Isso não é nada bom, pois pensamentos negativos sobre outra pessoa é como estar a enviar energia negativa sobre a mesma.

     Aquilo que lhes disse no parágrafo anterior certamente não é novo para si, mas penso ser necessário para um melhor entendimento do que se segue. O Reiki além de uma terapia, é uma filosofia de vida, desde que consiga aplicar no seu dia-a-dia os 5 princípios que lhe são ensinados quando se inicia no universo do Reiki. Através do Reiki aprende a canalizar a energia universal do Amor Incondicional, e sendo essa energia inteligente, irá provocar alterações dentro de si. Essas alterações são feitas principalmente no período da purificação interior, ou seja, nos 21 dias seguintes após a sintonização que o mestre lhe faz no dia do curso. Contudo, essas modificações continuam a ser feitas depois desse período, mas com uma menor intensidade. Através dessas alterações e também na mudança do nosso paradigma de pensamento, vamos conseguir alcançar o tão desejado equilíbrio interior, conseguindo assim ter um melhor controlo mental, bem como um melhor controlo sobre as nossas emoções/sentimentos. São sem dúvida, essas capacidades alcançadas com o Reiki, que nos dão uma maravilhosa ajuda no nosso equilíbrio e controlo, evitando assim dissabores e desentendimentos muitas vezes desnecessários, que apenas e só contribuem para o nosso mal-estar pessoal.

     Estas mudanças que se dão dentro de cada um de nós são fruto da elevação de consciência que cada um dos níveis nos provoca, pois, tal como em anteriores textos referi, por vezes nós somos os principais causadores dos nossos próprios problemas, chatices e aborrecimentos, entre outras coisas, pois permitimos que os outros interfiram no nosso equilíbrio, perturbando assim a nossa paz e bem-estar. Nunca se esqueça que você é a pessoa mais importante da sua vida e façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:10
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2013

A melhor forma de Viver

     Um homem muito rico procurou um mestre e lhe pediu que o ensinasse a viver a vida da melhor forma possí­vel. Ele queria aproveitar o máximo a vida e ser feliz. O mestre respondeu:

     - Infelizmente isso não será possível, pois tive uma vi­são de que o senhor irá morrer amanhã à noite.

     O homem ficou assustadíssimo com essa  notícia. Saiu de lá rapidamente, e foi ver a sua família. Encontrou sua esposa e filhos, e lhes disse:

     - Meus amores, um sábio me disse, pela sua vidência, que tenho apenas um dia de vida. Queria dizer que amo muito vocês, e que vamos passar este dia todos juntos, em total harmonia, para que na eternidade fi­que registrado o quanto eu sempre os amei. Mas antes, preciso falar com algumas pessoas amanha durante o dia.

     Assim que amanheceu, o homem saiu da casa e foi encontrar-se com seu vi­zinho que, há algum tempo, havia tido um briga bem séria. Pediu perdão ao vizinho por tudo, disse que se arrependia do mal que havia lhe causado e saiu de lá.

     Depois disso, o homem foi encontrar sua mãe, que sendo muito velhinha, havia colocado numa casa dis­tante e estava tendo de se virar sozinha. Assim que viu a mãe, disse:

     - Mãe, perdoe-me por ter me afastado de você. Eu es­tava muito autocentrado e só conseguia ver meu pró­prio umbigo. Estou morrendo e quero que fique co­nnosco agora no  meu último dia de vida.

     O homem foi então perdoando as ofensas das pessoas, ajudando aqueles que antes havia prejudicado, e cada coisa que fazia procurava estar totalmente presente, pois sabia que seria a última vez.

     O dia passou bem rápido, mas foi o dia mais libertador de sua vida. Voltou para casa, reencontrou toda a sua família, e viu a noite cair. Jantaram juntos, ficaram todos abraçados, e o homem esperava o fatídico mo­mento de sua morte.

     O tempo passou, passou, e ele não morreu. Veio o dia seguinte, e o homem ainda estava sentindo-se muito bem, sem nenhum sinal de que estava próximo à morte. Ao contrário de tempos passados, o homem sentia-se maravilhosamente tranquilo e feliz, muito melhor do que qualquer época em toda a sua vida.

     Resolveu então retornar e falar novamente com o sá­bio. Assim que o encontrou, questionou:

     - Mestre, anteontem o senhor me disse que eu morreria ontem, mas veja que hoje continuo saudável e nada me ocorreu. Pelo jeito sua previsão falhou, pois me sinto feliz e bem leve.

     O mestre respondeu:

     - Não falhou, pois não houve nenhuma visão do futuro. Você me perguntou como era possível vi­ver a vida da melhor forma possível. O que você fez neste último dia, acreditando que iria morrer, senão viver intensamente cada momento? Você ficou mais próximo de sua família, perdoou ofensas, arrependeu-se de brigas, aproximou-se de pessoas que ama, e disse a sua família o quanto você a amava, além de ter fi­cado bem próximo a eles. Portanto, este é o ensinamento que deixo a você. Viva cada dia como se fosse o último. Trate as pessoas sem cultivar mágoas, pois um dia tudo isso passa. Sinta-se liberto dessa vida sa­bendo que um dia você não mais estará presente. De­clare seu amor aberta e calorosamente, como se fosse a última vez. Liberte-se das preocupações, das tensões e das culpas, como se elas fossem passar e dissolver-se com o fim de tudo. O que dá sentindo a vida, é o sentido que é dado quando sentimos que tudo está próximo de encerrar. Quando tomamos consciência de nossa mortalidade e da pe­quenez da existência humana, nos libertamos de qualquer prisão, e vivemos de forma leve e feliz.

Autor: Hugo Lapa

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 9 de Julho de 2013

Reflexão: O Caminho...

Caros leitores,

     Ao longo do tempo muito se lê e se ouve acerca do “caminho”, “ascensão”, “missão” e outros termos de certa forma idênticos aos anteriormente mencionados. Cada Ser humano tem o seu próprio caminho, que vai sendo construído por ele mesmo minuto a minuto, dia após dia, ano após ano. Esse caminho pode ser trilhado sozinho ou acompanhado, com mais ou menos fé, com maior ou menos convicção, enfim, uma enorme variedade de circunstâncias que faz com que o caminho de cada um seja verdadeiramente singular, pessoal.

     Cada um de nós é um Ser único com as suas características mais particulares (humor, amor, compaixão, fé, espiritualidade, crenças, dogmas, etc…) moldado pela sociedade em que vive, pela educação que lhe foi transmitida, enfim, um por um variado leque de informações que recebe diariamente pela família, amigos, pelos órgãos de comunicação social, pela internet, pelos livros e por outras formas de comunicação. Há alguns ditados da sabedoria popular que nos dão um conjunto algumas indicações nesse sentido, tais como: “Quem semeia ventos colhe tempestades”, “Com as pedras que encontro no meu caminho construo o meu castelo”, “Os cães ladram e a caravana passa”, “Muito riso pouco siso”, “Quem boa cama fizer nela se deitará”, “Vozes de burro não chegam ao céu”, “Cão que ladra não morde”, de entre outros que neste momento não estou recordado. Todos eles, de certa forma (directa ou metaforicamente) tentam passar algumas sugestões para a nossa caminhada, para que a possamos tornar mais proveitosa e simples possível em prol do nosso bem-estar e de todos aqueles que nos rodeiam, pois quando estamos bem irradiamos esse bem-estar e luz para quem connosco se cruza.

     Se acham que o caminho de cada um é uma tarefa simples e para o percorrer basta estar vivo, em verdade lhes digo que isso é muito mais do que isso. Durante o nosso caminho encontramos inúmeros obstáculos, provas e pessoas. Todas as coisas que ao longo do tempo surgem e cruzam o nosso caminho são da mais variada ordem, e todas essas coisas nos trazem ensinamentos e/ou aprendizagens. Por vezes são mesmo “testes” à nossa evolução enquanto seres espirituais a viver uma experiência terrestre, que vão servir para nossa posterior reflexão e assim podemos concluir se houve em nós evolução ou estagnação. Compreendo que para a maioria das pessoas o que acabei de dizer são apenas lindas palavras, pois o Ser humano tem uma tendência, diria inata, de analisar as coisas sempre pelo lado menos positivo. Termino deixando-lhe uma recomendação: Tentem ver sempre o lado mais positivo das coisas, e se não o encontrarem peçam ajuda mas evitem pensamentos menos positivos e não fiquem parados à espera de uma solução, façam algo por vocês mesmos amando-se acima de tudo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:47
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

Reflexão do dia

Caros leitores,

     O Ser Humano é muito mais do que aquilo que se vê, pois apenas vemos a sua parte física (1/4), pois a sua parte emocional, mental e espiritual (3/4) é invisível à vista do Ser Humano. A visão holística do Ser Humano engloba estas 4 componentes, observando-o como um todo. Hoje em dia muitas pessoas sobrevalorizam a sua componente física, preocupando-se excessivamente com a sua aparência exterior (física), descorando os outros aspectos (emocional, mental e espiritual). Pensem no seguinte:

- Se você for uma pessoal muito emocional, que diariamente é afectado pelos mais variados acontecimentos, acha que isso não tem influência no seu corpo?

- Se você tiver algum tipo de perturbação mental, acha que não se vai reflectir no seu estado físico (corpo)?

- Se você está insatisfeito e observa passivamente a destruição do seu corpo, não acha que o seu espírito está desligado do seu corpo?

     Neste momento pare de ler este texto e pense em cada uma das três questões anteriormente colocadas e depois retome a leitura.

     Talvez tenha chegado o momento de redistribuir a sua preocupação e atenção pelos 4 níveis (físico, emocional, mental e espiritual), de olhar para si como um todo e não como uma parte. Uma das coisas fundamentais que devemos aprender é a Aceitação, pois a “não-aceitação” de algo pode ser o princípio de uma barreira, por nós criada (no plano mental), a qual pretendemos ultrapassar, mas que se torna extremamente difícil devido à altura (dimensão) que lhe atribuímos. Por esta e outras razões devemos de aprender a “Aceitação” pois isso facilita-nos imenso o nosso bem-estar e por sua vez a nossa paz interior.

     Deixo-lhes a seguinte sugestão para vossa reflexão: As pessoas e os problemas têm a importância e a dimensão que lhe quisermos dar”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Março de 2012

Juiz e Carrasco…

Caros leitores,

     A nossa vida é repleta de acontecimentos, sentimentos e emoções, que devemos observar como “testes” à nossa aprendizagem e evolução interior, os quais tentarei explicar para que possam entender melhor o que lhes pretendo dizer.

     Observo que na generalidade o Ser humano tem mais facilidade em apontar o dedo aos outros, em vez de reconhecer o que em si está mal e assim fazer o seu trabalho de casa (as costas dos outros são os nossos espelhos). Apontado e/ou julgando estamos a ser juízes e carrascos, pois atribuímos uma determinada “sentença” e quem somos nós para julgar os outros? Serei eu alguém sem defeitos? O papel de Juíz e Carrasco cabe ao divino quando fizer a análise desta nossa estadia (vida) na Terra, e o Ser humano nunca deve conotar as pessoas dizendo que são isto e aquilo, pois até mesmo os Seres humanos mais puros por vezes também têm os seus momentos mais fracos (veja-se a “Madre Teresa de Calcutá” que em determinada altura pôs em causa a existência divina de Deus). Com isto quero-lhe dizer que, mesmo aqueles seres que definem como “pessoas boas” podem determinada altura dizer ou ter uma atitude menos própria ou coerente, mas eu pergunto quem nunca errou na vida? É claro que podemos divergir desta ou aquela atitude ou palavra que certa pessoa disse, mas isso não significa que seja uma pessoa de má índole.

     Agora dirigindo-me a si mesmo, vamo-nos centrar no seu “Eu Sou Interior”. É precisamente aí que reside a sua essência, a qual é julgada e punida pela sua mente (juiz e carrasco), através de todos os condicionalismos que constantemente impõe a si mesmo. Condicionamos a nossa evolução, através dos medos, dos pensamentos negativos, pela falta de auto confiança entre muitas outras coisas e o atrapalham em todas as circunstâncias da vida. Faça o favor de tratar bem de si e de ser feliz.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz e Repleto de Energia...
Publicado por Viktor às 17:50
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Atitudes...

Queridos irmãos,

     Em todos os momentos da nossa existência, todos os seres agem e reagem através das atitudes. As mesmas podem ser verbais, gestuais ou comportamentais. Por vezes somos incompreendidos ou mal interpretados nas nossas palavras ou gestos, o que acaba por nos provocar algum aborrecimento. Sabe porque razão este feedback menos positivo lhe provoca esses sentimentos? Porque todo o Ser Humano tem por hábito ver os outros à sua imagem e semelhança, logo cada um tem formas de reagir diferentes, pois até perante a mesma situação a atitude varia consoante o “estado de espírito” que a pessoa se encontra naquele momento.

     Mais uma vez podemos constatar a importância do controlo mental nas nossas atitudes. Uma pessoa tendencialmente negativa observa e transmuta todas as palavras positivas que lhe dizemos em palavras negativas, o que em muitos casos gera uma interpretação errada das sugestões positivas que lhe são feitas (digo sugestões, porque o livre arbítrio da pessoa é quem sempre decide a atitude a tomar).

     Vamos todos ter uma atitude positiva sobre a vida e tudo o que nos rodeia, pois essa forma de estar permite-lhe elevar a sua vibração energética, o que o faz irradiar boas energias o que faz com que atraia para si coisas mais positivas também. Seja positivo e deixe de se lamentar tanto, pois cada um de nós é o principal arguido no julgamento da sua vida.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Gratidão

Caros Irmãos;

      Ao fim de todos estes anos, onde fui evoluindo como ser, passei por bons e menos bons momentos, surpresas e desilusões, enfim, tanta coisa passou. Conheci muitas pessoas, com umas tive mais empatia e com outras menos, tal como qualquer ser humano neste plano, mas afinal de contas a vida é uma aprendizagem onde cada um aprende ao seu ritmo, definindo assim o seu caminho.

      Deram-me conhecimento, luz, carinho, ternura, respostas e amor, e por isso lhes estou grato, pois tudo isso contribuiu para o meu conhecimento, crescimento e para ser o que sou, por isso tudo humildemente agradeço. Não sendo um Ser perfeito procuro ao longo da minha vida, colher uma boa aprendizagem em todos os gestos, atitudes e acções. Sou um ser que se vai libertando das “amarras” colocadas desde o primeiro momento (nascimento), através do estudo, leitura e de outros seres que cruzaram o meu caminho que me passaram conhecimento, me deram respostas, me auxiliaram a por em prática a Aceitação, que permitiram que com Eles partilhasse o meu Amor, que me deram conforto, que me estenderam a mão nos momentos mais difíceis. Agradeço aqueles que me apoiaram nesta minha caminhada e também aos que não o fizeram pois também me conseguiram dar ainda mais força para seguir o meu caminho, pois com as pedras que vou encontrando nele irei construir o meu “castelo”.

      Mas há duas pessoas, melhor 3, os meus pais e a minha irmã, aos quais tenho de agradecer, uns porque foram o meu “passaporte” de vinda à Terra que me aturaram durante alguns anos e ainda me aturam de vez em quando, a minha irmã que também teve de me aturar durante uns anos. Contudo estou-lhes grato por isso e por tudo o que me puderam proporcionar.

Só por hoje, estou grato por todos os que se cruzaram no meu caminho, passando a fazer parte dele.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 09:17
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

Reflexão 2010

Caros amigos,

Mais um ano se passou, onde inúmeras coisas aconteceram.

Agradeço a todos aqueles que através de mim entraram no maravilhoso mundo do Reiki. Para eles desejo que tudo lhes corra bem no universo reikiano, e para qualquer dúvida façam o favor de me dizer, pois é esse também o meu papel, dar-lhe o apoio necessário e os devidos esclarecimentos.

Agradeço a todos os que me procuraram na rua, por telefone, por e-m@il, pelo msn ou pelo facebook, na busca de uma solução, explicação, esclarecimento ou iluminação, pois apesar do que por cada um deles consegui fazer, com eles também aprendi, pois aprendo diariamente com tudo e todos, mesmo com aqueles que em mente acham que nada têm para me ensinar.

Agradeço aos que vieram ao meu encontro para fazer uma sessão terapêutica para relaxar, para aliviar o stress, para remover uma dor, para ultrapassar problemas emocionais, para sair do fosso, para se libertarem de medos, para se livrar das insónias enfim, pelos mais variados motivos e razões, quero também deixar-lhes aqui o meu agradecimento pelo auxílio que me deram na minha evolução e amadurecimento de conhecimentos enquanto terapeuta holístico.

Agradeço também a todos os que ao longo deste ano participaram no Projecto Social REIsocialKI®, contribuindo para a sua evolução pessoal e espiritual e dando um valioso contributo para os mais carenciados e sem-abrigo, através dos donativos em género (roupas) e espécimen (alimentos) que puderam saciar alguma fome e dar algum conforto aos nossos irmãos mais desfavorecidos, no Algarve, Madeira, Lisboa, Odemira e em Famalicão. Aqui em Albufeira continuo a desenvolver este projecto muitas vezes só e algumas com apoios, mas vai continuar a funcionar semanalmente para a angariação de roupas e alimentos que têm como destino a cantina social.

Estou grato por tudo o que aprendi e por todo o conhecimento que consegui por à disposição do meu semelhante no meu blogue, como já fazia em anos transactos e agora também no facebook, disponibilizando o meu conhecimento em prol de toda a comunidade.

Mas como costumo dizer o passado é história (já fiz os devidos agradecimentos), o futuro é mistério (desejo e penso que tudo vai correr pelo melhor) e o presente é uma dádiva (viver intensamente o momento).

Neste momento, aqui e agora, manifesto a todos o meu muito obrigado pela vossa contribuição, por maior ou menor que tenha sido, que me proporcionaram no meu caminho de luz e ascensão.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:03
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Aceitação

Caros amigos,

ACEITAÇÃO, é uma coisa que está directamente ligada com o “Livre Arbítrio”. Este é um dos maiores males do Ser humano na sociedade actual, pois diariamente dizem ou pensam dezenas de vezes, “…olha-me este…”, “…olha o que aquele fez?”, “…Isto há com cada um…”, “…este tem a mania…”, “…ai se fosse comigo…”, “…estas pessoas não têm respeito nenhum…”, “…há com cada doido…”, “…no meu tempo não era nada disto…”, “…já não é como antigamente…”, etc., etc. .

Este tipo de situações acontece porque o Ser tem uma tendência geral para observar os comportamentos dos outros. Mas observar nada tem de mal, só que muitas vezes as pessoas não resistem, e não conseguindo ficar caladas, expressando sempre a sua opinião, ou como se diz na gíria popular “tem de mandar a boca”. Ao estarem a fazer isso estão constantemente a por em causa tudo o que é feito sem que saibam qual a razão ao fundamento para tal atitude porque se soubessem talvez mudassem de opinião. Fazer isto é estar a julgar os outros. Ah, lembrei-me de outra coisa, quando criticam os outros, na maior parte dos casos estão a colocar os vossos defeitos nos outros, pois as costas dos outros são os nossos espelhos, mas não era sobre isto que pretendia falar. Este tipo de atitude não é nada benéfico, pois sendo as palavras proferidas maioritariamente em sentido depreciativo, inconscientemente estamos a colocar energia menos positiva nas palavras, o que por sua vez se reflecte em nós, fazendo com que baixe o nosso nível vibratório energético, abrindo as portas às doenças. Vamos parar com isso! Vamos viver o nosso dia-a-dia em harmonia, ACEITANDO as pessoas e mundo como ele é, tendo sempre em mente o bem-estar comum universal. Não critiques o pescador porque não apanhou peixe (talvez não saiba) ensina-o a pescar e verás que disseminarás a semente do conhecimento. Aceitemos as atitudes dos outros (mesmo que não concordemos), as palavras (violência gera violência) as decisões (respeita o espaço deles, o seu livre arbitrio) e mesmo que não queira falar contigo dá-lhe tempo, porque o silêncio é a voz da Alma. No dia em que a sua mente dê espaço para que o subconsciente se liberte, então verá o quão divino é e mudará o seu comportamento perante os outros e o universo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:46
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 17 de Agosto de 2010

Expectativas…

Todos já as tiveram e geraram, relacionadas com pessoas, trabalho, família, filhos e até mesmo sobre acontecimentos que estão para acontecer, contudo há uma coisa para a qual vos pretendo alertar. Não criem expectativas para nada. E dizem vocês:

- Mas isso é impossível.

R: Não é não senhor. Impossível é uma palavra limitadora que além de os impedir de alcançar o objectivo, serve de esconderijo/refugio que o Ser humano utiliza quando na maior parte das vezes nem sequer tenta. Coloca a preguiça na gaveta e tenta fazer algo por ti em prol do teu bem-estar, em vez de passares o tempo a lamentares-te (do que não fazes). Criar Expectativas é idealizar a pessoa de uma determinada maneira ou feitio, que os acontecimentos vão desenvolver-se de determinada forma, determinar que as demais pessoas envolvidas no referido evento façam isto ou aquilo, idealizar o filho com um doutoramento, idealizar que o casamento do primo vai ser de uma determinada forma, etc, etc, é um erro quando essas expectativas são demasiado elevadas. Isso tudo pertence ao Futuro e esse a Deus pertence. Pensem apenas qb (quanto baste) moderadamente e sobretudo não se convençam que as coisas vão ser tal e qual vocês as idealizaram no vosso plano mental, porque assim sendo, diria que em 90% dos casos vão ficar desiludidos. A Desilusão não é nada benéfica, pois baixa a frequência vibratória energética o que os torna mais vulneráveis a alguns problemas de saúde e de certo porém que não é isso que querem. Então tentem não ir por esse caminho, porque se ficarem mal quem é que vos vai por bem? Ah pois, então não se aborreçam com essas coisas e não pensem demasiado porque senão vão ficar tristes, deprimidos e melancólicos. Aceitem simplesmente o mundo e as pessoas como são e vão ver como todo esse rol de preocupações mentais se dissipa promovendo em vós a alegria, paz, calma, equilíbrio e harmonia com a natureza e tudo o que nela está integrado. Aprendam a ACEITAR.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 11:05
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Nos dias de Hoje...

Caros Leitores,

     Nos dias de hoje há cada vez mais pessoas que se sentem baralhadas, inseguras, com a auto-estima bastante debilitada, tristes, sentem um vazio interior, têm sensações de não pertença a este planeta, muitas vezes parecem que “andam na lua”, não suportam locais com muitas pessoas, ao falar com certas pessoas parece que ficam sem energias, sente-se rejeitado pela família, não têm ninguém com quem possam falar destas coisas sem que lhes apontem o dedo e não só entre outras coisas mais, então não está louco. Está apenas num processo de despertar. Num despertar de consciência que lhe irá dar uma visão e um conhecimento diferente acerca de tudo o que se tem passado consigo no decorrer do seu caminho de ascensão. A estas pessoas, como a ciência médica convencional não tem resposta correcta, então são reencaminhados para a psiquiatria, psicologia, são-lhe diagnosticados estados depressivos, loucura e esquizofrenia e outras coisas mais.

     Estas pessoas não necessitam disso. Necessitam de alguém com conhecimentos de outro nível, no plano espiritual, que as possa ouvir, aconselhar e orientar, tal como um pai que no primeiro dia de escola leva o seu filho pela mão. Esta é uma realidade cada vez mais presente, a qual as pessoas têm enorme dificuldade de enfrentar devido ao facto de estarem “agarrados” aos paradigmas do passado, às velhas crenças, à educação que tiveram e ao próprio meio onde estão inseridos. Neste sentido tenho também sido requisitado, partilhando o meu conhecimento e auxiliando as pessoas a obterem respostas àquela panóplia de porquês que diariamente lhes surgem na mente. Não desespere porque nada acontece por acaso e certamente não foi por acaso que leu este esclarecimento. Não espere que façam tudo por si, seja você mesmo a tomar a iniciativa.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:58
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

APEGO

Caros leitores e amigos,

Apego como o próprio nome indica significa estar agarrado a algo. Até aqui nada de extraordinário, pois todos temos algum apego a certas coisas e sabemos a amargura que temos ao abrir mão dessa coisa. Mas há uma coisa que lhes quero dizer, o apego limita os vossos desejos e é também uma fonte de sofrimento, porque torna as pessoas mesquinhas e egoístas, pois deixam de seguir o fluxo da natureza universal.

Reparem que a própria natureza é desapegada. De entre muitos vamos ver este exemplo: Um pássaro coloca um ovo, depois a mãe permanece presente até ao momento do nascimento do seu filhote. Depois ele cresce, cria força e defesas e então sai do ninho para se fazer à vida e seguir o seu caminho. Por sua vez a mãe fica no caminho dela, não se apegando ao filho que já é um adulto.

Existem inúmeras formas de apego, das quais nos podemos libertar para o nosso bem-estar. Para tal faça uma meditação interna e constate qual é o apego que possui e que o/a está a travar no percurso do seu caminho de libertação. Vejamos alguns TIPOS de APEGO:

Apego ao Ego: Este está intimamente ligado a ideias e pensamentos fixos, o que torna as pessoas menos compreensíveis e com muitos preconceitos. Pratique actividades na natureza que lhe vão transmitir paz interior, pois aí quase não existem conflitos de ego. Fazer um retiro espiritual é também benéfico, pois no mesmo não nos exigem o que não conseguimos, nem têm de provar isto ou aquilo. Na vida quotidiana passam o tempo a pensar em ter “o meu espaço”, o “meu trabalho”, “o meu tempo”, os “meus amigos”. Ao desprender-se disso vai dar oportunidade a que “os outros” entrem na nossa vida e assim criar laços de maior proximidade.

Apego a Opiniões Estreitas: Isto dá-se quando as pessoas estão agarradas a concepções que não funcionam, ou mesmo quando formulam uma opinião fixa relativamente à vida de outra pessoa. Constatamos isto quando vemos um casal exigir ao seu filho/a que siga uma determinada carreira por eles determinada e não pelo livre arbítrio e gosto do/a mesmo/a. São pessoas que regularmente projectam os seus desejos em cima dos outros, o que muitas vezes o receptor não gosta. Esta pessoa deverá fazer meditação ou Reiki para poder começar a libertar-se dessas ideias fixas, abrindo a sua mente a novas ideias e conceitos de vida.

Apego ao Princípio do Prazer e da Dor: Constata-se nas pessoas dependentes de bebidas, chocolates, vícios, relações que nunca resultam, família, etc. Para verificar este tipo de apego imaginem a seguinte situação: Perguntam a uma mulher se é feliz no seu casamento e Ela responde assim: “Eu acho que sim, apesar do meu marido me bater a mim e às crianças, é muito trabalhador e não deixa faltar nada em casa. Por acaso nunca tinha pensado nisso, mas estamos juntos à tanto tempo. Acho que me acostumei a isso e já não me vejo sem ele”. Este é um típico caso de apego ao sofrimento. Depois estão tão presos a essas rotinas familiares e de relacionamentos penosos que não sabem como se podem libertar deles, caminhando noutra direcção, mesmo constatando que isso é o melhor para ele/a.

Apego a Ritos e Rituais Vazios: Podemos verificar isso quando as pessoas se agarram a dogmas vazios, incapazes de abrirem a mente e de pensar por si mesmos, simplesmente porque acreditam em algo simples que lhes foi dito por uma pessoa ou porque leram num determinado livro.

Apego à Visão Limitada: Libertamo-nos deste apego quando expandimos a nossa auto-percepção, passamos a observar, ouvir e sentir o que nos rodeia de uma forma mais ampla. Podemos sentir a fragrância divina intuída de uma certa presença momentânea. Somos impelidos a aprender e amar, observando as nossas complexidades com mais profundidade, nos seus variados níveis, dimensões e formas.

Apego às Pessoas: Este tipo de apego muitas vezes tem um efeito contrário afastando as pessoas, porque quem tem este apego tornar-se chato, aborrecido, enfadonho e inoportuno. Não se agarre às pessoas. Deixe que elas sigam os seus caminhos, quer estejam ou não de acordo, porque a escolha é deles/as e temos de respeitar o livre arbítrio dos mesmos/as.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:07
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Missão

Esta é uma palavra interessante, que tem a origem do latim missio e que pode ter os seguintes significados:

1. Acto!Ato de enviar ou de ser enviado.

2. Encargo, incumbência, desempenho de um dever.

3. Negociação diplomática.

4.  Relig. catól. Sermão ou série de sermões destinados a avivar a fé.

5. Local onde se estabelecem missionários.

Mas o tema que aqui irei abordar refere-se à nossa missão na terra enquanto seres encarnados. Quem nunca perguntou a si mesmo: Mas o que é que eu cá vim fazer? Qual a minha missão aqui?

Independentemente da especificidade da missão de cada um, há na mesma um denominador comum a todos nós: Viver em Comunidade.

Sim, afinal de contas há tanta gente à procura de saber qual a sua missão exacta nesta vida (encarnação) e afinal de contas têm imensas dificuldades em viver em comunidade. Vamos antes de mais conseguir viver em comunidade, que isto é afinal de contas o mais importante. Viver em comunidade é saber ouvir os outros, respeitá-los, ampará-los (quando solicitado), partilhar com eles, é trata-los da mesma forma como gostamos que nos tratem a nós. Porque afinal de conta todos somos iguais, todos vêm e vão para o mesmo local. Vamos partilhar as nossas coisas, o nosso conhecimento e a nossa experiência, enriquecendo o conhecimento do nosso semelhante, porque o desenvolvimento conjunto é melhor e mais benéfico para todos do que o desenvolvimento individual com uma perspectiva algo egocêntrica.

Não gosto de me vangloriar ou dizer sou melhor que este ou aquele. Quando relato casos de sucesso que comigo se passaram, a única coisa que pretendo é dar-lhes esse exemplo, pois quem sabe se não estão perante uma dessas situações e assim, em caso de dúvidas, podem-me perguntar e com todo o gosto os ajudarei a explicando como fiz o tratamento à pessoa. Isto é Partilhar com o nosso semelhante, em prol do bem-estar supremo universal.

Assim, deixo-lhes esta dica: vamos aprender a viver em comunidade, para depois pensarmos mais especificamente. Vamos fazer deste um mundo melhor, com muito Amor Incondicional e Compaixão.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:47
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Reflexão

Caros amigos,

A minha vida tem sido repleta de peripécias e altos e baixos.

Tive uma infância boa, com muito amor, amigos e uns pais maravilhosos.

Mas como o que é bom não dura sempre e aos 9 anos uma mudança radical foi operada na minha vida, que me “aprisionou” como um passarinho dentro de uma jaula. Durante os longos 6 anos que estive dentro dessa “jaula” perdi quase tudo, senti-me marginalizado, rejeitado, incompreendido, triste e . Assim a solidão passou a fazer parte de mim e assim aprendi a viver com ela da pior forma.

Adolescência, o que é isso? Nem me lembro… pois passou por mim num ápice que nem tive tempo de a saborear.

Foi então que já adulto comecei a voltar a ter “alguma” normalidade. Digo alguma, pois nem sempre as coisas estiveram bem, tal e qual como qualquer pessoa. Foi então em 2000 quase na viragem do século que descobri um novo rumo para a minha vida. Com esse novo rumo eu diria que a minha vida deu inicio a uma série de situações que apesar de me terem perturbado um pouco a vida, deram-me mais força para continuar pois muitas vezes consegui extrair as coisas positivas daquelas situações que a generalidade das pessoas acham negativas. Isto tudo deveu-se aos conhecimentos adquiridos e ao caminho que fui traçando para mim.

Agora, quando olho para trás e me sinto satisfeito com o trabalho que tenho feito, ensinado uns, auxiliando outros e desenvolvendo um trabalho social para os mais necessitados, eis que me apercebo que, não sei porquê, as pessoas vêem e vão. Mas se desaparecem é porque o meu “trabalho” com elas terminou, e por mais ou menos que me custe resta-me a conformação.

Em jeito de conclusão, pretendo assim demonstrar que nem sempre a vida dos outros é melhor que a nossa e muitas vezes para chegarem onde estão, as pessoas tiveram de passar muitos maus bocados. Desculpem, mas hoje tive necessidade de exteriorizar isto.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:23
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A mesquinhez hu...

. Reflexão: Impacto do Reik...

. A melhor forma de Viver

. Reflexão: O Caminho...

. Reflexão do dia

. Juiz e Carrasco…

. Atitudes...

. Gratidão

. Reflexão 2010

. Aceitação

. Expectativas…

. Nos dias de Hoje...

. APEGO

. Missão

. Reflexão

. O que é o Reiki?

. SHAMUNA - Uma mensagem pa...

. Cura do Nível Celestial (...

. Actividades em Curso e Ag...

. O Maior Evento Cósmico de...

. A Aura nas Sessões Terapê...

. Mensagem da Criança

. Ante os Outros

. A causa da Doença

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007