.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Sábado, 7 de Junho de 2014

Reflexão: Ajuda espiritual…

 

Caríssimos,

     O universo é composto por inúmeras coisas, mas constitui-se essencialmente por energia. A energia é o que está presente em todo e qualquer lugar, nos espaços, objectos e seres. Se a visão do Ser humano tivesse capacidade de ver a energia, tinha-mos literalmente a sensação de viver como um peixe (rodeado por água), com a diferença que estávamos rodeados de energia. Assim sendo toda a humanidade compreendia que estamos todos inter-ligados uns aos outros, através de uma rede energética, como se toda a humanidade vivesse sob um manto energético invisível.

     Este é um pequeno e simples exemplo em como o mundo dos vivos (almas) e dos mortos (espíritos) “coabitam” no mesmo espaço, mas vibram em densidades diferentes. Todos os seres humanos têm alma, o que lhes confere capacidade de comunicar com os espíritos, pois alma e espírito são a mesma coisa, apenas estão em estados diferentes. Passo a explicar melhor, chama-se “alma” a todo e qualquer “espírito” que esteja ligado a um corpo físico (matéria) enquanto de definir como ser vivo e que, após a morte do corpo e da sua libertação desse invólucro carnal (corpo), entra directamente no mundo espiritual (manto energético).

     Se você é uma daquelas pessoas que acha que a vida na dimensão humana é complicada, imagine quem vive nas duas dimensões, humana e espiritual.

     Peço desculpa, mas para um melhor entendimento do que se segue achei por bem este pequeno esclarecimento inicial. Muitos dos problemas e/ou doenças que os seres humanos têm podem estar ligados ao mundo espiritual, por influência desses. A evolução dos seres humanos faz com que as suas crenças se alterem e, em muitos casos só depois de recorrerem a uma data de locais para lhes resolver o problema (sem sucesso) é que recorrem à ajuda espiritual. Por vezes quando recorrem a essa ajuda as pessoas chegam num estado “lastimável”, cheias de dúvidas e por vezes com pouca fé e uma notória descrença, como se diz na gíria popular: “estão pior que o chapéu de um pobre”.

     Para todos aqueles que procurarem ajuda espiritual, vou-lhes dar umas dicas para a sua escolha: 1º Informe-se acerca das opções que pode ter perto de si; 2º Analise se o que lhe dizem encaixa na sua consciência; 3º Quem trabalha na espiritualidade aceita apenas donativos; 4º Verifique se tem empatia com a pessoa; Entre outros cuidados que ache por bem ter para não cair no conto do vigário.

     Ao dispor da humanidade, hoje e sempre em prol do seu Eu superior.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

Anjos...

     O Universo encontra-se em constante movimento (mudanças) e nós como passageiros neste comboio da vida, mesmo estando parados o planeta prossegue a sua marcha. O planeta é de uma enorme diversidade de culturas, mentalidades e crenças, pois cada Ser é “moldado” consoante a sua família directa, amigos e vivências, contudo houve sempre ao longo dos tempos quem se destacasse dos ditos parâmetros da normalidade generalista. Uns destacaram-se pela sua inteligência, outros pela sua obra, outros pela sua vida e outros pelo seu trabalho, porém muitos há que desenvolvem trabalhos e/ou projectos de substancial importância, mas que acabam por passar despercebidos. Todos esses Seres são magníficos Anjos encarnados no plano terrestre, que vieram cumprir uma mui nobre e humilde missão, quer tenham tido merecido reconhecimento em vida que lhes irá servir de teste ao ego inexistente nesses Seres.

     Uns foram considerados heróis, outros santos enfim, tantos foram aqueles que ao longo do tempo se foram destacando nas mais variadas áreas, mas que sempre tiveram de percorrer caminhos conturbados. Os Anjos e todos os Seres que tentam percorrer o caminho da Luz são constantemente tentados pelas obscuridade, mas portadores da soberba energia do Amor, iluminam o seu caminho e daqueles que estão em seu redor, além de terem a capacidade de fazer brotar a luz interior, mesmo de aqueles que foram cobertos com o manto das trevas. Esses mantos por vezes são removidos com a energia impregnada na força do verbo, pois os Anjos são a voz e as mãos de Deus no plano terrestre. Eles podem ser encontrados na terra, nos mais diversos locais, encarnados nos mais variados tipo de pessoas, de estratos e camadas sociais completamente diferentes. Mesmo os Anjos, enquanto seres humanos têm de passar por um sem fim de provações, tal qual todos os habitantes do planeta, nunca esquecendo que transportam a tocha da luz divina e a sua ferramenta o Amor, com o qual suportam e agem perante a humanidade.

     Anjos encarnados, vamos conjuntamente unir as nossas energias, amor e luz, para assim podermos ajudar a iluminar caminhos, promover a ascensão dos Seres e do planeta, para a dimensão da paz, felicidade, amor e por fim harmonia.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz e Repleto de Energia...
Música: M80
Publicado por Viktor às 17:17
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011

Diagnóstico...

Caros Irmãos de Luz,

      Aquilo que na generalidade o Ser humano define como doença, é um anormal funcionamento de uma ou várias partes do corpo. De facto lembramo-nos que temos de cuidar de nós, quando sentimos qualquer tipo de manifestação no corpo físico (dor, picadas, formigueiro, pontada, etc.) o que na verdade não chega. Em tempos já aqui expliquei o processo criativo da doença, mas caso não tenha lido esse texto e para um melhor entendimento seguidamente vou esquematizar:

Processo criativo da doença: Plano Espiritual -> Plano Mental -> Plano Emocional -> Plano Físico.

      Podem assim observar através do esquema, todo o processo da doença, desde a sua origem até ao seu ponto de manifestação física. Como se pode observar, tudo tem origem no plano espiritual, fonte suprema do nosso conhecimento e da nossa verdadeira essência. Encontrando-se aí a dita “doença”, permanecerá por lá durante um período de tempo mais ou menos longo, que varia consoante alguns factores externos bem como com o nosso próprio Plano Mental, e daí deriva a importância do controlo mental de cada Ser.

      Todo e qualquer Ser que não tem domínio sobre a sua própria mente sofre de escravatura mental (p.ex. doentes hipocondríacos) que impõe a si próprio, o que em abono da verdade, não contribui em rigorosamente nada para a sua harmonia e bem-estar global. O plano mental tem mais capacidade do que a maioria das pessoas pensam, por exemplo, reparem na complexa estrutura que compõe o nosso organismo (nervos, músculos, ossos, veias, artérias, pulmões, etc.) e que o nosso cérebro comanda sem necessitar da nossa intervenção, já pensaram nisso? A nossa mente, quer dizer parte dela (estudos científicos dizem que o ser humano apenas tem acesso a 10% da sua capacidade) é capaz de coordenar isso tudo descontraidamente, então vamos através dela também providenciar o nosso bem-estar e saúde, em vez de atrair-mos coisas menos positivas, através da energia que emanamos através do pensamento. Nesta altura do “campeonato” a tal “doença” que já tinha saído do plano espiritual acaba de atravessar o plano mental, e eis que se aloja no plano emocional.

      Neste plano provoca alterações do bem-estar geral, ou seja, mau humor, mau estar, indisposição, irritação, excesso de sensibilidade, variações contínuas do estado de humor e tendências para o isolamento. Este tipo de situação faz com que fiquemos mais negativistas, o que por sua vez faz também baixar a nossa vibração energética. Assim sendo, a energia que emanamos certamente que não é positiva, e desta feita acabamos por afastar as pessoas, porque essa energia negativa as incomoda, e naturalmente afastam-se, ou será que você gosta de estar com quem não se sente bem? Quando diz: “…os meus amigos afastam-se de mim…”,não é porque não gostam de si, mas pelas razões que na frase anterior mencionei, como tal pense na forma como está a agir e na energia que está a emanar que os faz afastarem-se de si. Eis então que chegamos à última etapa da “doença”, o plano físico.

      Neste plano dão-se todo o tipo de manifestações físicas (p.ex: dores, hematomas, quistos, etc.). É normalmente neste plano que o Ser Humano tem plena consciência que realmente tem um problema para ultrapassar ou uma “doença” para curar. Muitas vezes isto não é mais do que mais uma aprendizagem ou lição de vida que temos de aprender, de uma forma mais dura. A vida é uma constante aprendizagem, e até mesmo aquilo que se define como doença é uma aprendizagem, que nos vai moldando na nossa forma de estar e pensar ao longo da nossa caminhada.

      Com isto pretendo-lhes dizer o seguinte, não basta diariamente tratar da vossa higiene física e oral, vestir roupa lavada, estar apresentável, cheirar bem, quando na verdade nos estamos a “baldar” para a nossa essência e apenas vivemos na aparência. Vamos tratar da nossa alma, purificarmo-nos, tratar bem da nossa essência sem nos concentrarmos exclusivamente no plano físico, mas também lhes digo que este (corpo) fala, e muitas vezes basta mudar algumas atitudes, comportamentos e até pensamentos, para que se notem melhorias no plano físico. Numa consulta holística, o paciente é visto como um todo, onde cada um dos seus 4 planos (físico, emocional, mental e espiritual) será tido em linha de conta, para que assim se possa fazer um estudo do paciente na sua globalidade, de forma a poder restabelecer com a máxima brevidade, o bem-estar, harmonia e saúde do mesmo. Dê a si mesmo uma oportunidade de voltar a sentir-se bem, através de uma sessão terapêutica ou mesmo de uma orientação dada por um conselheiro espiritual.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Publicado por Viktor às 15:17
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

No Momento da Partida

Caros Irmãos,

         Vivi entre vocês nesse mundo de dualidade. Mesmo quando possuía 100% das minhas faculdades enquanto Ser humano terrestre, estava bastante limitado, podendo mesmo comparar essa limitação à explicação científica de que o Ser humano apenas usa 10% das suas capacidades mentais. Mas uma coisa lhes digo, o vosso pensamento é como as nuvens, quanto mais pensam mais nublado se torna o céu e menos capacidade de visualizar o fantástico universo em que estão inseridos. Para que possam entender eu vou-lhes contar brevemente a minha história.

         Nasci em 1932 animando o corpo de uma mulher. Fui crescendo e desde muito cedo comecei a trabalhar. Tive 4 filhos fantásticos, muito diferentes e muito amigos de se ajudarem uns aos outros, até ao fatídico dia em que terceiros fizeram “vingar” a sua vontade no seio da família, levando à desunião gradual da mesma. Naquele momento o meu envoltório carnal (corpo) já sofria de alguns problemas de circulação sanguínea e cardíacos associados também ao excesso de peso que tinha, e com o acontecimento de outras e mais esta situação, as quais em vida não tinha consciência de que ia passar e que eram provações, um dia eis que uma trombose atira comigo para o hospital. Mesmo apesar de ter a minha saúde algo debilitada, nunca fui pessoa de estar parada. A trombose que se repetiu 3 vezes, o que me fez ficar amarrada a uma cama, com o lado direito do corpo completamente imobilizado, sem conseguir falar correctamente apenas emitindo sons desconcertantes, e 100% dependente de terceiros para a minha restante estadia nesse plano terrestre. Quando digo restante estadia, refiro-me aos meus últimos 7 anos de vida. No primeiro ano, vivi numa grande revolta, porque agora estava ainda mais condicionada na minha, e até então já restrita liberdade, pois não andava, não me lavava e não falava, apesar de ter plena consciência do que se estava a passar, ver e ouvir sem poder falar era para mim bastante penoso. Por vezes nem tinham certas conversas à minha frente, mas isso era o que achavam que ser melhor para mim, mas tive sempre o apoio daqueles que me estavam mais chegados, nunca me abandonando. Mas eis que um dia, os meus intestinos resolveram atrapalhar um pouco mais o meu estado débil de saúde. Então, necessitando de cuidados mais especializados fui transportada para um hospital, onde ao fim de pouco tempo acabei por me libertar daquele envoltório carnal (corpo). Lembro-me que momentos antes de partir comecei a ver uma luz intensa, que brilhava mas não feria a vista (já tinha perdido a visão). Emocionalmente tive um grande sentimento de paz e tranquilidade que me proporcionou um agradável momento satisfação que me fez esboçar um ligeiro sorriso (desprendimento parcial do corpo). Por fim perdi a audição, neste meu ultimo sopro de vida. Agora sim, nesta dimensão já me sinto quase completamente livre. Digo isto devido ao facto de o perispirito ou “cordão umbilical” necessitar de cerca de 72 horas para se separar completamente com meu corpo. Por isso, tenho pleno conhecimento do que me fizeram, do velório bem como do local onde depositaram o meu corpo. Por falar em velório, houve uma coisa que me deixou feliz, foi o facto de ver todos os meus filhos reunidos novamente, ainda que fosse pela última vez. Mas nesse local, oh que choros, quantas lágrimas, quanta dor, quanta tristeza… não havia necessidade, pois naquele momento eu já não estava ali dentro daquele corpo, já era novamente livre, mas a tradição faz as pessoas praticarem rituais que já não têm sentido. Mas houve algo no velório que me despertou a atenção, o meu neto estava com ar satisfeito e feliz, não porque estava a gostar do que via, mas porque tinha a consciência da felicidade que tive ao libertar-me daquele corpo.

         Não me vou alongar mais, dizendo-lhes apenas que quando um dia voltar a estar entre vós, na hora da minha partida façam uma festa e não sofram, por isso treinem o desapego, porque ninguém é de ninguém e amar não é prender mas sim dar liberdade.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 09:34
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

Eu Amo-me e Tu?

- Gostas de ti?

- Amas-te?

- Aceitas-te?

- Acreditas em ti?

- Acreditas no teu valor?

- Tens tempo para ti?

- Fazes aquilo que gostas?

- Sentes-te bem nessa situação?

- Porque te anulas?

- Que valor dás à vida?

- Tens tempo para dedicar a projectos de voluntariado social?

- Gostas de ajudar?

- Consegues auxiliar desinteressadamente?

Estas e muitas outras perguntas poderia aqui colocar para vos petrificar a olharem para o ecrã e a pensar nas respostas. Então vou apresentar as explicações acerca das questões supracitadas.

* Se não gostares de ti, quem gostará? Aceita o teu Eu Sou.

* Se não te amas assim como és, como poderás dizer que amas alguém? Para tal terás de aprender a amar-te primeiro.

* Se não acreditamos em nós, isso leva-nos à insegurança que por sua vez acarreta um turbilhão de pensamentos negativos que se propagam como ondas hertzianas, baixando o nosso nível vibratório energético o que nos faz atrair, inconscientemente, aquelas coisas menos positivas.

* Achares que não tens valor é como passares um certificado de inadaptação à tua própria pessoa.

* Viver 24h por dia, dia após dia, mês após mês e ano após ano em função daqueles que nos rodeiam é semelhante a um sistema de escravatura. Que eu saiba, essa foi abolida há mais de 500 anos, então porque é que insistes em fazer vida de escravo? É isso que queres para ti?

* Se não gostas do que fazes, porque o insistem em fazer mesmo contra a tua vontade? Não te martirizes e tenta encontrar alternativa para não te desgastares mais rapidamente.

* Vivo com outra pessoa com a qual já não me identifico, por isso não me sinto bem assim. Então porque não mudas e aguardas pacientemente e em sofrimento interior que seja o outro lado a tomar a decisão. Falta a Coragem.

* Como qualquer outra pessoa tens o teu valor e o teu enorme potencial que está escondido algures dentro de ti. Procura-o e verás o quão maravilhosa és. Não procures fora o que está dentro.

* Vida? Estou farto dela! Não digas isso, pois a culpa dela é única e exclusivamente tua, por isso não tentes imputar a culpar aos outros do que a ti te pertence. Vive cada momento da tua vida, porque o valor está na intensidade com que o vives e não no tempo em que ele dura.

* Não me sobra tempo para nada! Isso reflecte o sintoma de que não pensas em ti e vives em função dos outros. Então onde está o teu tempo? Será que não o mereces? Tu também és um Ser humano, não te esqueças de ti.

* Gostava de ajudar, mas falta-me o tempo! Pois, dizer só da boca para fora não serve, há que por isso em prática, passar para a acção, porque a vida social é tão ou mais importante que a vida estudantil. Faz-te à vida, faz algo por ti.

* Ajudar sem receber nada em troca para mim não dá! Pois, continuas agarrado às energias da 3ª dimensão, onde não há lugar para as dádivas desinteressadas e onde o ego e outras coisas mais continuam a dominar a mente do ser humano.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:33
Link | Comentar | ver comentários (12) | favorito
Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Lidar com o Tempo

A fé deu-me uma importante ajuda para lidar com uma coisa que, no meu percurso de vida, muitas vezes me criou alguns embaraços: fazer as coisas a tempo.

Numa reflexão sobre o problema obtive a seguinte resposta: “Sempre que quero alguma coisa, quero-a na hora”.

Assim, compreendendo o sentimento despertado por essa vontade, fui aprendendo a ter cada vez mais paciência e calma, pois afinal esta é também para mim mais uma lição de vida que tenho de aprender. Então aqui lhes deixo uma ideia para o vosso controlo mental da situação, que pode resultar bem com vocês: Ter paciência é uma declaração directa de fé no plano divino. Isto é simplesmente a aceitação de que tudo está correcto para si, tal como agora, pois foi você é quem cria a sua realidade. O que quer dizer também que você pode mudar o que existe pelos seus próprios esforços de transformação. A impaciência significa que você não se acha capaz de criar o que pretende. Significa falta de fé no seu Plano Divino. O que você deseja no plano físico leva algum tempo para se manifestar. Para me auxiliar a aceitar esta realidade, posso utilizar a seguinte afirmação: “Desejo honrar o meu compromisso com o facto de estar no plano físico honrando o tempo necessário para a realização das tarefas aqui”. A lentidão “aparente” entre a causa e o efeito construída neste plano, tem sempre uma razão de ser. É necessário serem capazes de ver claramente as conexões de causa/efeito nas relações que não compreendemos. Essas relações, em última análise, existem entre partes de nós mesmos que ainda não estão unificadas.

O Tempo é apenas uma unidade de medida temporal, utilizada pelo ser encarnado no plano terrestre, dentro da imensidão temporal cósmica, onde o tempo (tal como por nós conhecido) não existe.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:10
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

A transição de Índigo para Cristal

A Crise Transicional de Índigo para Cristal

Por Celia Fenn

O arcanjo Miguel pediu-me para escrever este artigo de modo a ajudar as muitas pessoas que passam por a experiência de uma mudança rápida para uma consciência multi-dimensional, ou uma mudança do estado de consciência Índigo para o estado de consciência Cristal.

Existem pessoas que fazem a transição de uma maneira relativamente gentil, mas há muitas que entram em crise quando isto acontece. Estas são as pessoas que geralmente se abrem às dimensões superiores. Esta escolha não é feita logicamente pela mente racional, mas é antes uma escolha feita pela alma em resposta às energias transicionais que estão disponíveis pela própria Terra. Por isso, ás vezes uma pessoa é impulsionada para mudanças psicológicas, emocionais e físicas para as quais não encontra explicação. Isto pode causar uma crise. A minha experiência diz-me que doutores e psicólogos ortodoxos não podem ajudar muito pois não percebem o que a pessoa está a passar. Quando Os testes vêm de Volta e Os resultados são negativos, a pessoa é frequentemente considerada histérica, não embasada ou até esquizofrénica.

Esta transição frequentemente acontece a pessoas que têm estado em caminhos espirituais, e que estão melhor equipadas para lidar com estas mudanças. Mas, na minha experiência, as crianças Índigos também, não importa o seu estado de consciência, são particularmente vulneráveis à experiência espontânea de transição para a consciência das dimensões superiores. Também tenho de acrescentar que o uso de qualquer tipo de drogas, que é bastante comum nos adolescentes Índigos, muito frequentemente precipita esta crise transicional antes que a pessoa esteja realmente preparada para enfrentar as consequências.

Em baixo, está uma lista de sintomas sentidos neste processo de crise ou revelação:

         Sensibilidade extrema repentina às pessoas e ambientes. Uma pessoa que antes era sociável e activa, de repente vê-se a não poder estar em centros comerciais ou em ambientes de multidão tal como restaurantes.

         Um aumento de habilidade psíquica e de consciência. Isto frequentemente manifesta-se em uma habilidade para "ouvir" Os pensamentos e sentimentos interiores de outros. Isto pode ser um pouco desconcertante se a pessoa imaginar que as outras pessoas todas também lhe podem ouvir Os pensamentos e sentimentos. Também uma sensibilidade extrema para energia negativa em certos ambientes ou pessoas, incluindo uma incapacidade de tolerar certas pessoas que antes lhe eram próximas.

         Esta sensibilidade aumentada pode levar a ataques de pânico e de ansiedade. Estes podem acontecer a qualquer altura, até quando a pessoa acorda à noite. Frequentemente não há razão válida para o ataque, embora a pessoa procure com frequência encontrar uma razão.

         A pessoa também pode sentir-se com a cabeça no AR por longos períodos, apenas querendo se sentar e estar quieta. Isto pode ser irritante para alguém que dantes era bastante energético e activo. Isto é apenas um ajusto consciente para passar mais tempo nas dimensões superiores e menos tempo na terceira e quarta dimensões. Relacionado a isto há a necessidade de descansar e dormir por muito mais tempo do que o costume, e de uma desaceleração geral.

Ansiedades obsessivas de humanos serem destruídos (por poluição, falta de recursos, extra-terrestres, tecnologia, etc). Isto acontece porque uma consciência multi-dimensional pode aceder a todos Os níveis da mente de grupo, incluindo aquela parte que se agarra aos medos e às ansiedades sobre o modo de sobrevivência da espécie humana. Como a pessoa frequentemente se preocupa com a sua própria sobrevivência, elas tendem a estar em sintonia com esta parte da mente de grupo ou campo morfogenético.

         Uma necessidade obsessiva de perceber o que está a acontecer, levando a mente a ficar hiper-activa e a pessoa a ficar com medo que está a ficar maluca ou a sofrer de desgaste. Também um medo de ficar maluca e de ser incapaz de lidar com a vida mundana no futuro. De novo, psicólogos e doutores parecem oferecer muita pouca ajuda.

         Depressão sem qualquer razão, ou relacionado com o estado de crise. Isto é frequentemente apenas a consciência a tirar camadas velhas de energia que precisam de ser liberadas. Não é necessário "processar" ou reviver a experiência, apenas permita ao seu corpo liberar essa energia. Tem paciência com o processo e entende que vai passar.

         Padrões de sono interrompidos, geralmente acordando três vezes à noite, ou mais ou menos às três da manhã. De novo, isto é apenas a consciência a adaptar-se a novos ciclos de actividade. A consciência superior está geralmente mais activa à noite porque as dimensões inferiores estão mais paradas nesta altura.

         Sentir estranha energia eléctrica pelo corpo. O corpo cristal é extremamente sensível, e sente ondas solares, lunares, cósmicas, e energias do centro galáctico. Frequentemente estas energias estão a assistir no processo de "renovação eléctrica" do corpo para poder carregar com estas energias superiores. Pela minha experiência, eu sei que isto pode ser desconfortável. Mas o corpo eventualmente aclimatiza-se a lidar com estas ondas de energia. Tu provavelmente acharás estas energias mais intensas por Volta da Lua Cheia. A melhor maneira que eu achei de lidar com este fenómeno é ir lá para for a e pôr-se descalço na terra e imaginar a energia correndo pelo teu corpo e para dentro DA terra.

         Uma gama inteira de sensações e experiências físicas, geralmente associadas com desintoxicação. O corpo Cristal não contem tóxicos, mas permite que tudo passe por ele. Na verdade, o truque eventual de ser um Cristal é de apenas deixar que tudo passe e não se agarrar a nada. O estado definitivo de liberdade de espírito. Mas neste estágio o corpo precisa de libertar anos de lixo tóxico, quer seja físico, emocional ou mental. A libertação é sempre pelo corpo físico, que apresenta sintomas, tais como fadiga intensa, dores de músculos e de articulações especialmente nas ancas e joelhos, dores de cabeça, especialmente na base do crânio, e dores de pescoço e ombros.

 Tonturas ou ficar "espacejada". Isto é porque estás em estados de consciência superiores. Tens de te habituar a estar nestes novos níveis e a manteres-te "ancorada". Estas sensações tendem também a aumentar durante fulgores solares e luas cheias.

 Aumento de apetite e engordar. Isto é porque o corpo precisa de quantias enormes de energia para propulsar este processo.

 A habilidade para ver alem dos véus. Isto quer dizer, de ficar consciente de espíritos, devas, ET’s e anjos como uma realidade, e comunicar com eles. Isto pode ser bastante assustador se uma pessoa não está habituada a este tipo de consciência dimensional.

Competências para enfrentar à Transição

O melhor conselho que posso dar é aceitarem o processo e não resistirem. A minha própria transição já continua à quase 18 meses. Eu descobri que a chave é aceitação. Eu continuei a esperar que um dia iria acordar e sentir-me "normal" de novo. Foi só quando eu aceitei que nunca mais eu me sentiria "normal", como eu sabia, que eu fui melhor capaz de sentir-me mais confortável no meu espaço e de enfrentar melhor a transição. Depois podes começar a explorar a aventura ou o lado positivo deste estado.

Aqui estão algumas dicas para lidar com esta crise transicional:

 Fica em paz com o que está a acontecer com o teu ser. Estás-te a tornar um Ser Cristal. Outro termo é um "Ser Cístico" que se refere a um ser multi-dimensional com acesso total a 9 dimensões, e talvez 13. A minha experiência até agora é que algumas pessoas só se abrem para a 5D, outras vão para a 6D. Se conseguires atingir a 6D, então conseguirás provavelmente alcançar ainda nesta vida a consciência total da 9D, talvez até num futuro próximo. Que privilégio e bênção!!

 Sê bondoso para ti próprio e cuida de ti. Lembra-te que como ser Cristal, tu carregas uma harmonia igual da energia "mãe" e da energia "pai". A mãe diz, cuida de ti como se fosses um bebé recém-nascido, porque de facto é isso que tu és. Precisarás de tempo para desenvolveres força e aprender as competências novas do teu novo ambiente. Confiança é muito importante aqui. Eu fiz a transição como uma individual ganhando a minha vida com o meu próprio negócio e muito poucos recursos. Estava apavorada que a minha condição física não deixasse-me ganhar o suficiente para sobreviver. Mas fui "segurada" através do processo, e ainda tenho a minha casa e tive sempre o suficiente embora tenha havido algumas situações apertadas.

 Não tomes drogas de qualquer espécie se puderes. Obviamente se estás a tomar medicação para a tua saúde então precisas de continuar. Mas não tomes drogas recreativas de qualquer espécie, porque elas vão agravar o processo e podes te perder "além" nas dimensões superiores. Tenta também enfrentar a vida sem tomar anti-depressivos ou tranquilizantes, embora se estás a tomá-los, vais precisar de conselho médico e não deves parar de repente. O melhor caminho a tomar é medicina homeopática e naturopática, e eu tenho achado que Essências Florais ajudam bastante também.

 Evita multidões e lugares cheios de gente. Eu aperfeiçoei a arte de fazer compras semanais em uma hora relâmpago de modo a cuidar das minhas necessidades mas sem passar muito tempo em ambientes tóxicos e cansativos. A chave aqui, é segurar a tua própria paz e harmonia tão vigorosamente de modo a que em vez de seres tu a ser afectada pelo ambiente, és tu que afecta o ambiente de maneira positiva. A pessoa Cristal segura e carrega sempre energia positiva, mas aprenderás a usá-la de maneiras incrivelmente poderosas uma vez que tenhas atingido o teu equilíbrio e que sejas capaz uma vez mais de te mover entre as pessoas com facilidade.

 Mantêm-te ancorada e centrada. Isto pode ser um desafio grande para aqueles que se estão a aclimatizar à consciência dimensional superior. Vais-te sentir frequentemente tonta e "espacejada". Mas tenta tomar atenção total aos aspectos de vida físicos e de ancoro. A chave aqui é passar tempo fazendo exercício, andar ou actividades culinárias ou artísticas. Não passes horas em frente da TV ou perdido em jogos de computadores. Estes apenas servem para não te sentires ancorada.

 Passa quanto tempo tu puderes na Natureza. Vais achar que passar tempo ao ar livre e ao sol vai ajudar e reforçar os teus corpos. As Devas também estão aqui para suportar os teus processos.

 Come simples e come tanta fruta e vegetais frescos quanto for possível. Deram-me orientação que arroz castanho e vegetais são o melhor tipo de comida para este corpo novo. No entanto sacia os teus desejos - os meus têm variado entre lulas e bolo de chocolate. Não é altura agora para fazer dieta. O teu corpo precisa de quantidades enormes de nutrição para sustentar os processos que estás a passar. Podes até engordar, mas vais ter de aceitar que isto faz parte da transição.

 Finalmente - Celebra a tua transição. Estás-te a tornar um humano Galáctico, o próximo passo na evolução humana! Estás a entrar no teu direito de primogenitura.

Mudanças na Aura de Avril

Esta é a mudança pela qual você está passando.

Agradecemos a Avril por compartilhar estas imagens connosco.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Energéticamente bem...
Publicado por Viktor às 09:58
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Encarnação

O processo da encarnação dura todo o espaço de uma vida. Não é uma coisa que ocorre no nascimento e depois termina. Para a descrever, é necessário utilizar termos metafísicos. A encarnação é o movimento orgânico da alma em que as suas vibrações ou aspectos mais altos e mais finos são continuamente irradiados para baixo, através dos corpos áureos mais finos, até os corpos áureos mais densos, e dali, finalmente, até o corpo físico. No seu crescimento pela vida fora essas sucessivas energias são utilizadas pelo individuo, mas mais variadas circunstâncias.

Cada uma das fases principais da vida corresponde a vibrações novas e mais elevadas e à activação de chakras diferentes. Em cada fase, nova energia e a nova consciência ficam à disposição da personalidade para a sua expansão. Cada fase apresenta novas áreas de experiência e saber. A essa luz, a vida está cheia de descobertas e desafios emocionantes para a alma.

O processo de encarnação é dirigido pelo eu superior. Esse padrão de vida é mantido na sétima camada da aura, o nível ketérico padrão, um padrão dinâmico, que muda constantemente, à medida que o indivíduo faz opções de livre-arbítrio no processo de viver e crescer. À medida que ocorre o crescimento, o indivíduo abre sua capacidade de sustentar níveis mais elevados de vibrações, energias e consciência, que lhe atravessam os veículos, os corpos áureos e os chakras. Descarte, ele aproveita-se de realidades cada vez maiores, à proporção que progride no caminho da vida. Assim como cada individuo progride, assim progride também mais elevadas do que a anterior, de tal sorte que toda a humanidade se move no seu plano evolutivo no rumo de vibrações mais altas e de realidades dilatadas. O princípio de progressão da raça humana é mencionado em muitos textos religiosos, como a Cabala, o Bhagavad Gita, os Upanishades e outros.

O processo de encarnação antes da concepção foi descrito pela Sra. Blavatsky e, mais recentemente, por Alice Bailey, Phoebe Bendit e Eva Pierrakos. De acordo com Pierrakos, a alma em vias de se encarnar encontra-se com os guias espirituais a fim de planear a vida que haverá de seguir. Nesse encontro, a alma e os guias ponderam sobre as tarefas que lhe incumbe realizar para o seu crescimento, no karma que precisa enfrentar e com o qual lhe é mister lidar, e nos sistemas de crenças negativas que lhe cumpre esclarecer por meio da experiência. O trabalho da vida geralmente é mencionado com a tarefa da pessoa.

Por exemplo, a pessoa pode precisar desenvolver o espírito de liderança. Ao entrar na vida física, ver-se-á em situações em que a liderança é uma questão chave. As circunstâncias, para cada pessoa, serão inteiramente diferentes, mas todas se concentram na liderança. Uma pessoa pode nascer numa família em que a liderança é tradição, como uma longa linha de respeitáveis presidentes de companhias ou de líderes políticos, ao passo que outra pessoa nascerá numa família em que a liderança não existe e na qual os líderes são vistos como autoridades negativas que devem ser postas abaixo ou contra as quais se faz necessária uma rebelião. A tarefa da pessoa consiste em aprender a aceitar essa questão de forma equilibrada e confortável.

Segundo Eva Pierrakos, a dose de aconselhamento que uma alma recebe dos guias na determinação das futuras circunstâncias de vida depende da sua maturidade. Escolhem-se os pais que proporcionarão a necessária experiência ambiental e física. Tais escolhas determinam a mistura de energias que formarão finalmente o veículo físico em que a alma se encarnará para realizar sua tarefa. Tais energias, muito precisas, fornecem à alma o equipamento necessário ao cumprimento da sua tarefa. A alma aceita o encargo não só de uma tarefa pessoal de aprendizagem pessoal (como a liderança) mas também uma “tarefa mundial”, que implica uma dádiva para o mundo, O esquema é tão singular que, ao cumprir a tarefa pessoal, a pessoa se prepara para cumprir a mundial. A tarefa pessoal liberta a alma, soltando energias que então são usadas na tarefa mundial.

No exemplo supramencionado sobre liderança, o individuo precisará aprender essa qualidade ou habilidade antes de assumir o papel de liderança no campo de trabalho que tiver escolhido. Ele pode sentir-se intimidado pela extensa linha de antepassados que foram lideres brilhantes, ou sua reacção a essa herança será de inspiração para prosseguir com a própria liderança. Cada caso é diferente e muito pessoal, conforme a singularidade da alma que aqui veio aprender.

O plano de vida contém muitas realidades prováveis, que permite amplas escolhas de livre-arbítrio. Entrelaçada nesse contexto de vida está a acção de causa e efeito. Criamos nossa própria realidade. A criação, que emerge de muitas partes diferentes do nosso ser, nem sempre é fácil de compreender a partir de um simples nível de causa e efeito, embora muito da nossa experiência possa ser entendido por esse aspecto. Você cria literalmente o que deseja. O que deseja está contido na consciência, no inconsciente, no super consciente e na consciência colectiva, forças criativas que se misturam para criar experiência em muitos níveis do nosso ser à medida que progredimos pela vida afora, O que se denomina karma, no meu entender, é a lei de causa e efeito a longo prazo, e também de muitos níveis diferentes do nosso ser. Assim, criamos a partir da fonte pessoal e da fonte comum e, naturalmente, há grupos menores dentro de grupos maiores, todos emprestando sua contribuição ao grande contexto de experiência da vida criativa. Desse ponto de vista, é fácil olhar para a riqueza da vida com o assombro de uma criança.

Após o “planeamento”, a alma entra num processo de perder aos poucos a consciência do mundo do espírito. Por ocasião da concepção, forma-se um elo energético entre a alma e o ovo fertilizado. Nesse momento também se forma um útero etérico, que protege a alma entrante de quaisquer outras influências que não sejam as maternas. A proporção que o corpo cresce dentro da mãe, a alma, aos poucos, principia a sentir o seu “arrastamento” e, devagarinho, liga-se conscientemente ao corpo. A certa altura, de repente, a alma dá conta dessa conexão, e um vigoroso lampejo de energia consciente desce ao corpo em formação. A alma, então, volta a perder a consciência, e redesperta, a pouco e pouco, no físico, O vigoroso lampejo de consciência corresponde ao tempo dos primeiros movimentos do feto.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:14
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Um Marco na Vida

O PRIMEIRO NÍVEL (Essencial) ou Shoden (tradicional) definido como “A descoberta e o acordar do curador interior” é o curso de iniciação no mundo do Reiki. É no meu ponto de vista o curso mais importante dos três pois é aquele que mais transformação nos traz a nível da personalidade na vida privada, social e profissional de cada um. É neste período que se dá inicio a mudanças ao nível da sensibilidade e intuição que, vão aumentando o longo do tempo através da prática continuada do Reiki. Estas mutações operam-se consoante a mente (espírito) se vai purificando à medida que vai assimilando a verdadeira e fundamental essência do Reiki. A entrada neste universo permite que, aquelas máscaras formadas no pensamento das pessoas sejam removidas e as mesmas mostrem na realidade aquilo que são, na sua mais pura essência. Porque ser Reikiano é ser verdadeiro, agir com pureza, respeito e amor incondicional para com o seu semelhante.

Para dar início a esta caminhada e após o curso que pode ter uma duração de um dia ou dois, conforme planeamento por parte do formador (mestre instrutor), bem como o valor do mesmo. Na parte final da formação, os formandos (alunos) são iniciados através de um procedimento denominado de: Ritual Iniciático. Este ritual é um momento único, simbólico e muitas vezes caracterizado por uma componente vibratória, sensorial e sentimental muito intensa, pois durante o mesmo o formador (mestre) e o formando (aluno) fundem-se num só estabelecendo um encontro de energias ímpar que é mais ou menos sentido por parte do formando (aluno) consoante o seu nível de sensibilização energética. Durante este processo, o formando (aluno) pode ser elevado a níveis de consciência de tal forma elevados que podem surgir na mente lembranças de vidas passadas, visões de entes queridos que já se encontram noutros planos, vozes de entidades superiores que tentam comunicar connosco e as mais variadas sensações fazendo deste um momento único e intensamente marcante na nossa vida. Após este ritual, os formandos (alunos) passam por aquilo que defino como processo de Purificação Interior e tem uma duração de vinte e um dias ininterruptos. É neste período que grandes alterações se dão no formando (aluno), pois agora as modificações vão ser empreendidas de dentro para fora, ou seja, a nossa verdadeira essência vai ser revelada e tornamo-nos naquilo para que viemos e não no que pretendemos demonstrar ser. Neste período podem ocorrer algumas perturbações tais como uma maior actividade intestinal, visceral, náuseas, dores de cabeça, alguma agitação e stress mas que passa através da prática continuada da auto-aplicação pois estes fenómenos definem-se como crise de cura. O nosso organismo entrou também numa fase diferente pois a partir deste momento vai-se habituar à entrada e circulação de energia que até então praticamente nunca tinha sentido e como tal, terá de se habituar e por isso podem-se dar reacções da mais variada ordem. Durante este o processo o formando (aluno) vai notar no seu dia-a-dia alterações ao nível comportamental bem como na forma de estar e encarar o mundo. Sendo este tipo de alterações produzidas de dentro para fora, chegamos por vezes a ficar um pouco admirados com as nossas reacções às mais variadas situações do dia-a-dia, que por vezes nos leva a pensar, como é que eu reagi assim? Na verdade, a nossa ligação à fonte (deus) está mais vincada e permite-nos reagir intuitivamente de uma forma célere, mais justa e com um profundo sentimento de amor incondicional para com o nosso semelhante. Apesar de maravilhosos estes sublimes gestos de auxílio ao semelhante com a intenção de lhe proporcionar um melhor bem-estar, somos muitas vezes incompreendidos porque devido à actual conjuntura mundial, actos de bondade e generosidade são sempre observados com desconfiança e até mesmo repúdio por parte de terceiros. Isto por vezes deixa-me triste porque se algo me diz que posso contribuir para a felicidade e bem-estar de aquele semelhante, e ele rejeita veementemente a minha oferta que com tanto carinho e humildade eu lhe ofereci.

Após entrar neste maravilhoso universo do Reiki, o iniciado ficará também moralmente incumbido de ser mais um elemento para auxiliar na divulgação do Reiki no nosso país, na minha opinião. Desde já alerto que não é fácil pois devido ao conservadorismo que ainda predomina na maioria dos cidadãos, há uma certa relutância em aceitar as terapias oriundas do oriente observando-as com alguma resistência.

Quando por vezes me perguntam: Mestre de aqui a quanto tempo é que posso tirar o segundo nível; eu respondo da seguinte forma: caro amigo(a), não tenhas pressa de tirar o segundo nível. No Japão, país de origem do Reiki, os iniciados chegam a estar um, dois, cinco ou até mesmo dez anos até fazerem essa sintonização, ou seja, apenas são sintonizados quando o seu Mestre entender que já possuem os conhecimentos necessários para tal, cumprindo um certo número de itens por ele definidos como necessários e fundamentais para essa sintonização. Por isso e como a pressa nunca foi boa conselheira não tenham pressa em passar para o segundo nível e aguarde pelo momento certo, dado pela intuição e com uma necessidade profundamente sentida de auxílio ao seu semelhante.

Neste nível as aplicações feitas pelo iniciado a terceiros, centram-se no plano físico essencialmente.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Energia Positiva...
Publicado por Viktor às 09:45
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

KI - A Energia Vital

O “KI”, energia vital, entra pela nossa inspiração, percorre todo o corpo revitalizando todas as células em todos os níveis, e ao expirarmos, descarrega todo o stress acumulado e energia estagnada, proporcionando uma harmonia perfeita.

Porém através dos nossos vícios, pensamentos negativos, alimentação inadequada, maus hábitos, vida atribulada, etc... acabamos por deixar que se formem alguns bloqueios, que se acumulam em determinados pontos energéticos, que podem ser comparados com as comportas de uma represa, prejudicando a livre circulação da energia vital, e em consequência a uma desarmonia nos níveis físicos, emocional, mental e espiritual, que podem ser detectadas através de certas atitudes como a preocupação.

Devemos compreender o corpo de forma holística “total”, ou seja, não devemos dividi-lo em partes. A verdadeira saúde encontra-se na harmonia dos níveis físico, emocional, mental e espiritual.

Já foi comprovado que na maior parte de nossas doenças do corpo físico, a causa encontra-se nos níveis emocionais, mentais e espirituais. Tudo o que acontece em algum nível, reflecte-se nos outros.

Por isso devemos procurar manter essa harmonia, para que a nossa energia vital flua livremente. Para que assim possamos estar em harmonia com o Cosmos compartilhando com a energia de todos os elementos do Universo.

Como tudo é formado de energia, devemos ter consciência de que tudo está interligado, que interagimos com tudo e com todos os que nos rodeiam.

Dessa forma podemos afectar e sermos afectados: pelo ambiente, pessoas e elementos que contactamos.

Devemos então mantermo-nos harmonizados para que essa troca seja positiva, e também para que tenhamos uma defesa caso entremos em contacto com ambientes, pessoas ou elementos com uma frequência vibratória inferior.

Para elevarmos a nossa frequência vibratória, podemos procurar as várias ferramentas que se encontram à nossa disposição, sendo o Reiki uma maravilhosa ferramenta. Podemos mudar os hábitos que bloquearam o livre fluxo energético, assim como podemos acolher novos hábitos que nos auxiliem o seu equilíbrio.

Albert Einstein elaborou a teoria do campo unificado, demonstrando a existência de uma energia que é a força directora de todas as coisas do Universo. É o éter de Paracelso e dos antigos Rosacruzes. Através de equações matemáticas, unificou a força gravitacional e a electromagnética em uma relação que explica muito do que vemos ao nosso redor, Segundo ele, a nível desse plano energético (etérico), que os cientistas modernos chamam de hiper espaço, o tempo e o espaço não se manifestam da mesma maneira que no plano físico, onde só existem por serem originados dessa mesma energia.

Segundo ele, energia e matéria são manifestações diferentes dessa energia primordial etérea. Essa energia etérea é um ponto de liga sub atómico, um meio que permite a metamorfose em contínuo movimento de partícula para onda e de onda para partícula. Einstein criou, assim, as bases científicas da Física Quântica.

Diz Einstein que toda matéria é energia e que toda energia é constituída por fotões, que é uma das últimas partículas sub atómicas descobertas pela física quântica. O fotão tem uma característica rara, se comparado com outras partículas sub atómicas: ele se comporta simultaneamente como partícula e como onda. O fotão é luz, logo toda energia é luz, é vibração.

A.C.I.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:07
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Vida: Uma Passagem...

Publicado por Viktor às 21:00
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

O processo criativo da Saúde

A saúde mantém-se quando a força criativa procedente da realidade espiritual humana é dirigida de acordo com a lei universal ou cósmica. Quando o corpo ketérico se alinha com uma realidade espiritual maior, manifesta o divino conhecimento dessa realidade. A declaração feita é a seguinte: “Eu sei que me identifico com Deus.” É a experiência de identificar-se com o Criador e ser, ao mesmo tempo, individualizado. Essa realidade provoca o sentimento do amor universal no corpo celeste. O sentimento de identificação com Deus, por seu turno, cria uma coincidência da vontade individual no padrão etérico com a vontade divina, o que se expressa, por sua vez, no nível astral, como amor à humanidade. A experiência do amor à humanidade influirá na camada mental e informará as percepções da realidade no corpo mental. Essa vibração no corpo mental é então transmitida pelas leis da provocação harmónica e da ressonância simpática à matéria e à energia do corpo emocional, que se expressa em forma de sentimentos. Se a percepção da realidade for consentânea com a lei cósmica, os sentimentos serão harmoniosos e aceitos pela pessoa e terão permissão para fluir. Não serão obstruídos.

Esse fluxo transmite-se então ao corpo etérico, que responde numa harmonia natural. O resultado são sensações corpóreas agradáveis que promovem o metabolismo natural da energia procedente do Campo de Energia Universal, necessária à alimentação do corpo etérico e à manutenção da sua estrutura e da sua função. Mantém-se também um equilíbrio natural das energias yin/yang no corpo etérico. Com esse equilíbrio, a sensibilidade natural do corpo, proveniente do fluxo natural de sentimentos, produz uma percepção aumentada das sensações corpóreas, as quais, por sua vez, conduzem à adoção de uma dieta apropriada e ao exercício. O corpo etérico saudável sustenta e mantém um corpo físico saudável, em que os sistemas químico e físico permanecem equilibrados e normais, perpetuando a saúde física. No sistema de saúde, as energias de cada corpo permanecem equilibradas e suportam o equilíbrio nos outros corpos. Assim a saúde é mantida; isto é, saúde atrai saúde.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:47
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Chakras e camadas da Aura

Publicado por Viktor às 09:13
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

CHAKRA CORONÁRIO

Também chamado SAHASRARA, está situado no alto da cabeça, na direcção da glândula pineal, a que corresponde. É um exaustor com 12 pás no centro e com 960 pás na periferia, dai ser também chamado “lótus de mil pétalas”.

Sua cor predominante e seu brilho variam de acordo com seu desenvolvimento e, portanto, com a evolução da criatura. O seu despertamento é importantíssimo, para que não receba vibrações do astral, mas somente do mental.

Ligação com o astral superior Telepatia Incorporação - É através do coronário que recebemos a Luz do Alto, e que em nós penetra a Onda Espiritual do Logos. Os primitivos cristãos conheciam bem sua força, tanto que os monges ocidentais (à imitação do que sucedia com os orientais: egípcios, chineses, hindus, tibetanos etc.) raspavam a cabeça como um símbolo: afastavam os cabelos, isto é, todos os empecilhos materiais, para que a ligação com o Espírito e o recebimento de Luz fosse a mais perfeita possível.

O chakra coronário é o sintonizador das ondas do plano mental recebidas por telepatia, quer provenham elas de fora, de espíritos desencarnados, quer das “noúres” (P. Ubaldi), correntes de pensamento que constituem a “noosfera” (Teilhard de Chardin), por meio da mente da própria criatura encarnada; neste caso, a Mente transmite a intuição que é recebida pelo “ponto de contacto” do Eu profundo, situado no coração, e este o transmite ao chakra coronário, o qual o transfere à pineal, para que esta o leve ao cérebro, que transformará a ideia ou intuição em raciocínio. Neste ponto é que com muita frequência morrem as intuições rejeitadas pelo intelecto vaidoso, que não as aceita.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Abril de 2008

REIKI: Sensações

Pergunta E as sensações de agulhadas em várias partes do corpo que muitos pacientes dizem sentir durante uma sessão. O que será isso?

Resposta A espiritualidade utiliza diferentes técnicas para tratar os pacientes. Cada corrente espiritual possui uma técnica própria. As correntes orientais gostam de utilizar a acupunctura durante o Reiki. É claro que não são agulhas como as da Terra. São agulhas fluídicas colocadas no perispírito do paciente através do pensamento. Às vezes o tratamento utiliza técnicas de massagem e até Do-In, entre outras.

Publicado por Viktor às 09:31
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Ajuda espiritua...

. Anjos...

. Diagnóstico...

. No Momento da Partida

. Eu Amo-me e Tu?

. Lidar com o Tempo

. A transição de Índigo par...

. Encarnação

. Um Marco na Vida

. KI - A Energia Vital

. Vida: Uma Passagem...

. O processo criativo da Sa...

. Chakras e camadas da Aura

. CHAKRA CORONÁRIO

. REIKI: Sensações

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007