Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

O Maior Evento Cósmico de Todos os Tempos para a Terra

Carlos Castilho

03.09.2009

Um acontecimento extraordinário, de natureza cósmica, está previsto acontecer em futuro incerto, porém não tão distante no tempo, de forma que ele ocorrerá na atual época da história da humanidade.. Quem me passou essa informação é um Ser não identificado por um nome, mas que deu-me a segurança de situar-se em nível bastante elevado e, também, ser portador de grande responsabilidade quanto ao processo de Transição Planetária. Este Ser transmitiu-me que os Mestres Ascencionados têm conhecimento de tudo quanto está previsto neste evento e ajudam enormemente no sentido de criar as condições propícias para que o melhor resultado possível seja alcançado.

Trata-se de um megaevento envolvendo dois sóis, fora do nosso sistema solar, localizados numa parte do Universo que não está tão próxima do Planeta Terra a ponto do fenômeno interferir fisicamente nele como em forma de hecatombes, por exemplo; mas, a distância que existe entre esses sóis e a Terra permitirá que uma ação de inusitada influência ocorra em todo o nosso planeta.

Segundo me foi informado, embora a comunidade científica esteja atenta a muitas coisas que acontecem no Cosmo, o evento ocorrerá em uma área do Universo que não está sob observação frequente, em um quadrante que não costuma chamar muito a atenção de astrônomos e cientistas. Outro aspecto importante é que o fenômeno ocorrerá de uma forma absolutamente inesperada, surpreendendo a todos, de modo que, no dia em que o evento ocorrer, as pessoas estarão conduzindo suas vidas de modo muito habitual e corriqueiro e, de repente, se verão em meio a uma situação totalmente nova, com qual jamais imaginaram conviver.

Este grande evento cósmico, no entanto, não será algo casual, mas fruto de uma complexa Engenharia Sideral, conduzida por Seres que lidam com a Evolução, não apenas do homem, mas de sistemas que vão muito além daqueles conhecidos por nós. O fenômeno, provocado deliberadamente, tem a finalidade de introduzir um novo fator na Terra capaz de revolucionar todas as relações humanas e modificar completamente todos os conceitos, sistemas de crenças e estruturas que acompanham os seres humanos desde épocas imemoriais.

Em que pese o fato de que tudo isso represente algo extraordinário para o homem, o fenômeno não será deflagrado, nem mesmo por um pequeno instante, com a intenção de amedrontar quem quer que seja. Ao contrário, nunca em toda a história da Terra aconteceu alguma coisa tão auspiciosa e magnífica como esta, de forma que os benefícios que advirão para a humanidade são inimagináveis e incalculáveis. A partir do evento nada será mais como antes para ninguém.

Na realidade, todas as situações que amedrontam o homem são aquelas provocadas pelo próprio homem e nunca pelos Seres de elevadíssima envergadura que zelam pela evolução planetária. Assim, não estão descartadas eventuais circunstâncias severas que envolvem a natureza do Planeta e que podem até mesmo ceifar muitas vidas, mas, todas elas, resultam das agressões psíquicas e físicas que o homem ocasionou no seu próprio ambiente. É possível que o ser humano ainda tenha de conviver com alguns traumas, situações estas que não se confundem com o evento em questão, mas que poderiam precedê-lo, eventualmente.

Aliás, é justamente a negatividade humana que impediu a consecução no passado deste evento anunciado agora. De acordo com o Plano, uma das condicionantes imprescindíveis é a de que a atmosfera da Terra não estivesse tão carregada de negatividades, pois isso forma uma espécie de crosta que impede a passagem do novo fator de influência, semelhante ao magnetismo, porém, de outra natureza não conhecida ainda, mesmo da comunidade científica.

Atualmente, embora as condições energéticas que envolvem o Planeta não sejam ainda as ideais, já é perceptível uma grande evolução na composição desta crosta, que já permite a passagem de alguma quantidade de Luz. A crosta é densa ainda, mas já está bem diferente do que foi no passado, fruto do trabalho incessante dos servidores da Luz que estão trabalhando no sentido de dissolver as negatividades que estão em suspensão, em volta de todo o Planeta.

Oportuno seria que esse trabalho fosse intensificado, pois já se tornou irreversível o fato de que a egrégora sombria não consegue mais ser alimentada como antes. Ainda que haja muitas pessoas projetando negatividades no ambiente, o que se projeta de Luz vem crescendo muito ultimamente, neutralizando assim as sombras. Enfim, assim como foi progressivo no passado, durante milênios, o incremento de sombras na atmosfera da Terra, agora é progressiva também as ações que dissolvem essa mesma sombra, ressaltando- se, inclusive, que não há como comparar a força da Luz e a força da sombra, sendo a primeira infinitamente maior. É justamente essa nova condição da egrégora planetária que permitirá a materialização do fenômeno ora anunciado.

Na prática, o que ocorrerá neste evento que envolve os dois sóis é uma espécie de “explosão”, carreando para a Terra – mas não só para ela – uma irradiação que se instalará na atmosfera do Planeta permanentemente. Isso não tem nada de perigoso para a saúde das pessoas, mas irá produzir um efeito “mágico” que tornará todas as coisas visíveis, como aquelas que apenas percebemos indiretamente que existem, mas não as vemos, como o ar e o vento. Tudo... Absolutamente tudo irá adquirir um aspecto luminoso e poderá ser visto a olho nu.

O espectro de coisas sutis que será exposto pela nova atmosfera terrestre é muito vasto, de modo que todos poderão ver com os seus olhos físicos, não apenas o que hoje é percebido, porém invisível como ar, vento, ondas magnéticas, etc., mas também o que é invisível e não é, tampouco, percebido pelas pessoas comuns, como é o caso, por exemplo, da aura humana e, também, a aura dos animais e vegetais ou ainda dos pensamentos das pessoas.

Tecnicamente falando – se é que se pode usar esse termo – a nova atmosfera terrestre funcionará como um anteparo assim como, grosso modo, funciona com o Raio X ou a foto Kirlian. É no contraste entre a atmosfera e as coisas que são invisíveis hoje, que se revelarão as novas formas de tudo, que ganharão contornos iridescentes.

Mais ainda do que apenas as coisas comuns que foram citadas, até mesmo o Corpo Causal dos seres humanos ficará aparente. Significa dizer que as pessoas passarão a ser visualizadas a partir da perspectiva de todo o desenvolvimento espiritual que elas conseguiram atingir até então. Nas ruas ou em qualquer outro lugar, todos verão a todos em seu esplendor luminescente, alguns mais resplandecentes e outros nem tanto.

Isso, evidentemente, mudará todos os paradigmas. As pessoas estarão totalmente desnudadas, na medida em que não poderão usar o artifício da dissimulação ou do engodo, hábito ainda muito frequente entre os humanos. O mundo, notadamente materialista, passa a perceber-se de uma outra perspectiva muito mais espiritualizada, até porque os indivíduos bem espiritualizados estarão visivelmente radiantes para todos, provando assim que esse sempre foi o caminho correto da evolução.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 02:42
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Fluxo de Energia

O famoso "cordão de prata" faz mais do que apenas unir dois corpos. Ele é um verdadeiro cordão umbilical, transmitindo informações e energia entre os corpos físico e subtil. Ele é visto por alguns que fazem projecção e não por outros. As vezes ele é visto emanando do umbigo, e ás vezes da testa. A área da qual o cordão é visto emanar pode depender da actividade do chakra. Aquele que for o chakra mais forte, mais activo, poderia ter controle sobre o fluxo de energia para os corpos subtis. Há também o sistema de crença da pessoa que deve ser considerado e o poder criativo do subconsciente. Geralmente o cordão parecerá estar onde quer que você acredite que ele estará, cortesia do subconsciente.

Uma vez que o corpo astral entre na dimensão astral ele deve possuir um bom suprimento de energia astral dos chakras a fim de interagir fortemente com aquela dimensão. Memória astral clara depende muito da quantidade de energia disponível. Como a dimensão astral é o domínio natural do corpo astral, ele não desaparecerá dela devido a falta de energia. Como no mundo real, se uma pessoa não tem comido ou dormido por alguns dias ela não se dissolve para outra dimensão. Ela apenas fica fraca e indiferente (devido ao cansaço) e não interage fortemente com o mundo físico.

Conclusão: A mente astral deve ter energia suficiente para dar-se lembranças fortes e vívidas. Essas lembranças astrais devem ser fortes o suficiente para fazer uma dobra de bom tamanho no cérebro físico, de forma que a mente física possa relembrar-se delas quando acordar.

Exemplo: Se você não dormir durante alguns dias você ficará cansado, desatento e a sua interacção com a realidade será fraca e vaga. Se você assistir um filme nesse estado cansado, você irá reter pouca lembrança dele. Após isso, você pode lembrar-se apenas de fragmentos dele e a sua lembrança dele será uma vaga nódoa. Se, entretanto, você assistir um filme quando estiver bem descansado, refrescado e cheio de energia, é diferente. Você guarda tudo sobre o filme e aprecia-o. A sua lembrança dele será clara como cristal.

Isso é similar ao que acontece após uma jornada astral com pouca energia. O corpo astral carece de energia e assim não tem impressões claras o suficiente de sua jornada. Isso faz com que ele falhe ao fazer suas lembranças as lembranças dominantes quando ele volta ao corpo físico. Devem haver lembranças fortes e vívidas se para que se faça uma dobra no cérebro físico para permitir que a experiência seja relembrada.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Formas de Pensamento [Astral]

Qualquer objecto novo no mundo real é assimilado na dimensão astral durante um período de tempo. Uma representação dele na forma de pensamento primeiro cresce (surge) na parte mais baixa do astral, próxima à dimensão física, tornando-se mais e mais permanente conforme o tempo passa. Como com todas as formas de pensamento, quanto maior a atenção dada a ela mais rápido ela cresce.

Quanto mais alto na dimensão astral, ou quanto mais distante da dimensão física, menos formas de pensamento, do mundo físico, como nós conhecemos, são encontradas. Coisas físicas tem que se embeber (permanecer) nela por um tempo muito grande antes que elas tomem forma, e sejam encontradas, no astral superior.

Já tentou andar por uma casa estranha às escuras? Esbarra em tudo, certo? Mas conforme se torna familiar com ela entretanto, uma imagem mental dos seus contornos forma-se na sua mente, e você consegue encontrar melhor o caminho. Quanto mais tempo você passa nessa casa mais forte essa imagem mental se torna. Isto é similar a como as coisas são assimiladas e crescem, como formas de pensamento, noutras dimensões.

A geração de formas de pensamento no astral também funciona ao contrário. Se um objecto físico existe a muito tempo, ele terá desenvolvido uma impressão duradoura na sua forma de pensamento no astral. Após o objecto ser destruído ou removido, a sua forma de pensamento continua a existir (durante algum tempo). Você pode, por exemplo, no astral, encontrar móveis que não tem na sua casa, confundidos com aqueles que você ainda possui. Isto é causado pelas formas de pensamento decadentes (que estão desaparecendo) de coisas velhas, que pertenciam à casa anteriormente, mas que ainda estão lá, anos após os originais terem ido.

Formas de pensamento antigas não seguem o seu equivalente físico quando eles mudam de lugar. As novas começam a crescer no astral onde quer que estejam enquanto as antigas desaparecem lentamente. Quanto mais tempo alguma coisa estiver num lugar, mais forte a forma de pensamento irá se tornar naquele lugar. Isto também se aplica a construções (prédios, etc.), estruturas e características geológicas. Você pode fazer uma projecção num parque e encontrar uma casa, ponte, colina, etc. que você sabe definidamente que não está lá. Estas podem ter existido há tempos atrás. Quando mais alto você vai no astral, mais antigas as formas de pensamento são, ou mais para trás no tempo geológico parece estar.

A taxa de crescimento de uma forma de pensamento depende largamente da quantidade de atenção à mesma. Por exemplo, um quadro famoso; amado, visto e altamente pensado por milhões, terá uma forma de pensamento muito mais forte que aquele quadro comum que fica no quarto de alguém e é visto apenas por poucos. O número de formas de pensamento que você encontra no astral também depende de quão próximo você está da dimensão física. Se você estiver muito próximo, como em uma projecção em tempo real ou experiência fora do corpo, muito poucas formas de pensamento, se quaisquer, serão encontradas. Numa experiência fora-do-corpo em tempo real você não está exactamente na dimensão astral, mas existindo como uma forma astral em uma zona intermediária entre as dimensões física e astral.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 18:30
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

A Experiência fora do Corpo

A experiência fora do corpo é uma projecção em tempo real próxima ao mundo físico. Essa frequentemente ocorre como parte de uma experiência de quase morte. É quando a pessoa é retirada de seu corpo por causa de algum tipo de trauma severo, exemplo: um acidente de carro, cirurgia, ataque cardíaco, o nascimento de uma criança, etc. Aqueles que tem essa experiência ficam cientes das coisas que acontecem no mundo real, em tempo real, tais como: conversas e eventos ocorridos ao redor de, ou próximo a, seus corpos físicos. Em muitos casos, esses eventos e conversas são precisamente relatados pelas pessoas após terem retornado a seus corpos.

Nota: A experiência fora do corpo é ligeiramente diferente da projecção astral ou sonho lúcido devido a seu aspecto objectivo de tempo real. Isto é causado pelo corpo astral contendo uma grande quantidade de matéria etérea, o que o mantém próximo ao mundo físico.

Existem duas causas principais da experiência fora do corpo em tempo real:

O corpo da pessoa está próximo da morte, ou pensa que está, o que faz com que uma grande quantidade de matéria etérea seja canalizada para dentro do corpo astral na preparação para o processo de morte. A pessoa possui chakras activos que estão fazendo algo similar. (canalizando matéria etérea para dentro do corpo astral). Ter chakras activos pode ser uma habilidade natural, ou ela pode ser desenvolvida com treino.

Nota: Você pode fazer projecção conscientemente, e ter uma experiência fora do corpo em tempo real se matéria etérea suficiente for gerada pelos chakras. Em uma projecção em tempo real, a realidade é percebida como objectiva (real) e o tempo é normal (tempo real).

Tecnicamente, quando você faz projecção dentro do mundo físico em tempo real como em uma experiência fora do corpo, ela ocorre realmente dentro da área limiar da zona intermediária, entre as dimensões física e astral. Se o corpo astral contiver suficiente matéria etérea ele pode existir apenas ligeiramente fora de fase da realidade. Isso significa que a projecção é em tempo real é tão próxima da dimensão física que é indistinguível dela.

Existem fortes barreiras naturais a projecção consciente em tempo real, a experiência fora do corpo, no mundo físico. A quantidade da matéria etérea produzida e canalizada para o corpo astral é uma delas. Ela limita a duração de qualquer projecção em tempo real ao grau de controle e desenvolvimento do chakra.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:17
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 30 de Junho de 2007

O Quê é a Dimensão Astral?

O astral é a dimensão mais próxima da física. Ela envolve e permeia o mundo como uma enorme rede mental, absorvendo e guardando todos os pensamentos. Seu conteúdo é criado pela consciência coletiva da mente do mundo. Ela contém todos os pensamentos, lembranças, fantasias, e sonhos de toda coisa viva no mundo. Nela, as leis da atração simpática, ou igual atrai igual, faz com que este oceano de substância mental se estratifique e estabeleça camadas ou níveis. Estes níveis de pensamento são mais comumente chamados de planos astrais, mundos astrais, sub-planos astrais ou domínios astrais.

A dimensão astral é composta de matéria astral e é habilmente descrita como substância mental. Ela é extremamente sensível ao pensamento e pode ser moldada em qualquer forma ou aspecto. Estas criações são tão perfeitas que são indistiguíveis da realidade.

A melhor maneira de explicar isto, substância mental, é fazer uma comparação entre a matéria astral e um filme fotográfico não exposto. Quando este filme é exposto à luz, enfocado pelas lentes da câmera, uma imagem perfeita da realidade é instantaneamente formada no filme pela reação química do filme com a luz. Quando a matéria astral é exposta ao pensamento, enfocada pelas lentes da mente, uma imagem perfeita da realidade é imediatamente formada de substância mental astral pela reação da matéria astral com o pensamento. A complexidade e a durabilidade de qualquer criação na dimensão astral depende grandemente da força da mente realizando a criação.

A Projeção Astral:

É quando o corpo astral é projetado dentro da dimensão astral, onde as coisas são bastante diferentes do mundo real. O tempo é distorcido e estendido, exemplo: uma hora no astral pode ser como poucos minutos na dimensão física, dependendo de que parte do astral você esteja. A realidade é fluida e modificável.

Estado de Espiríto: Bem...
Publicado por Viktor às 01:40
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. O Maior Evento Cósmico de...

. Fluxo de Energia

. Formas de Pensamento [Ast...

. A Experiência fora do Cor...

. O Quê é a Dimensão Astral...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007