.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

REIsocialKI®… Pedido…

Queridos anjos,

     Os projetos sociais, mais do que nunca são necessários nos dias que correm. Hoje as necessidades de uns tornaram-se as necessidades de todos. Grandes transformações se operam no seio das sociedades atuais e nas mentalidades do comum dos mortais (seres humanos).

     Este projeto social no decorrer da próxima semana irá distribuir roupas aos mais carenciados na “Cantina Social de Albufeira” quarta-feira às 19h e quinta-feira em Portimão. Em Portimão temos uma família identificada que necessita de alimentos para as crianças. É um casal que tem 3 filhos: uma menina de 9 anos, um menino de 7 e a Tatiana Araújo que tem 3 anos [A Tatiana tem uma Paralisia Cerebral com hipertonia (aumento anormal do tónus muscular e da redução da sua capacidade de estiramento (aumento da rigidez). É geralmente acompanhada de espasticidade aumentada) dos quatro membros, a Tatiana raramente sorri... ]. Assim, peço a vossa solidariedade para estas crianças, contribuindo cada um de vós com leite, iogurtes, cereais, brinquedos, bolachas e outros alimentos para estas crianças, até quarta-feira.

     Para me entregarem as coisas podem ligar para um dos seguintes números: 913096548 ou 962856134, ou participando na partilha semana às 21h no Montechoro. Hoje por Eles, amanhã por Nós.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 19:52
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

Agradecimento… REIsocialKI®

 

Caros visitantes,

     Ontem foi um dia fantástico, onde ao final da tarde o REIsocialKI® esteve na Cantina Social de Albufeira, em mais uma campanha de entrega de roupas e agasalhos aos mais carenciados e desfavorecidos.

     Obrigado aos dois maravilhosos seres que estiveram presentes para auxiliar na entrega, com muito amor e compaixão pelos seus semelhantes. Foi fantástico ver os sorrisos naqueles rostos moldados pelas palavras que lhes são dirigidas, e aqueles corpos onde se notam as agruras de uma vida repleta de provações.

     Obrigado a todos os maravilhosos seres que, desde a fundação deste projeto social têm participado semanalmente nos encontros/partilha, que têm auxiliado na distribuição dos donativos aos mais carenciados, bem como a todos aqueles que anonimamente têm gentil e amorosamente contribuído com os seus donativos (vestuário, calçado, mantas, alimentos entre outros) fazendo do seu supérfluo uma valiosa oferta de amor incondicional e compaixão pelo seu semelhante, fazendo deste um mundo melhor.

     Só por hoje, estou imensamente grato.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Em Agenda...

Carissimos,
     Estas são as formações que neste momento se encontram agendadas e para as quais ainda há vagas, logo as inscrições estão abertas:
28 de janeiro, Curso de REIKI Nível 2 em BEJA.
29 de janeiro, Curso de Iniciação ao REIKI em ALBUFEIRA.
11 de fevereiro, Curso de REIKI Nível 2 em ALBUFEIRA.
12 de fevereiro, Curso de KARUNA Nível 2 em ALBUFEIRA.
25 de fevereiro, às 15:30h, apresentação pública do livro Partilhas de um Ser na Biblioteca Municipal de ALBUFEIRA.
10 de março, Curso de Iniciação ao REIKI em ALBUFEIRA.
    

REIsocialKI®: Todas as quartas-feiras, às 21h no Montechoro em ALBUFEIRA, sessões de partilha de Amor Incondicional, com diversas atividades terapêuticas orientais de relaxamento e bem estar. Peço que apenas tragam um donativo que posteriormente será entregue ao mais carenciados. Com estes gestos de amor estão a transformar as cinzas em outro, para os mais desfavorecidos.

     CONSULTAS: Diariamente em Albufeira, através de marcação. Deslocação ao domicilio para pessoas de mobilidade reduzida ou acamados.

     NOTA: Encontram-se abertas as inscrições para Reiki (os 3 níveis) e Karuna (os 3 níveis): ALBUFEIRA, VERMOIM, ODEMIRA, BEJA, LISBOA, PORTO, SETÚBAL e GUARDA.
Saudações Holísticas
NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 22:08
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

REIsocialKI® contra a pobreza

Caros irmãos,

     Quando numa entrevista se pergunta o que é que deseja para o mundo, a maioria das pessoas responde: “Gostava que acabassem as guerras, a fome e a pobreza, tornando este um mundo melhor.” Sim, sem dúvida que são palavras bonitas e nobres sentimentos, mas isso não basta. Fala-se em coesão social, reinserção social e combate à pobreza entre outras coisas, mas depois constatamos que o que existe não chega e como diz o povo: “de boas intenções estão inferno cheio”. Vamos passar das boas intenções para os verdadeiros actos de solidariedade, porque ninguém diga: “desta água não beberei”. Mas antes de continuar, vamos ver o actual “estado da nação” relativamente à pobreza.

     Neste momento um quinto da população vê-se obrigado a viver com menos de 360€ mensais, e se considerar que a população activa entre os 16 e 34 anos (32%) que vivessem apenas do seu trabalho só, então também se considerariam pobres. Isto é realmente alarmante, pois neste caso estamos a falar de um terço da população activa do país. Mediante os dados do INE, sem as reformas a alguns apoios sociais, mais de 4 milhões de portugueses estavam em risco de pobreza. Mas há aqui uma coisa a ter em linha de conta, na altura da ditadura Portugal tinha das mais altas taxas de população e como tal não seria necessário o recurso às verbas do Estado, mas a situação inverteu-se e hoje os trabalhadores activos já não chegam para cobrir os valores das reformas pagas pelo Estado. Além disso o fosso existente entre ricos e pobres em Portugal, é o maior no conjunto dos países da União Europeia. Podemos constatar que o rendimento dos 2 milhões de portugueses mais ricos do país é quase 7 vezes maior que o rendimento dos 2 milhões de pessoas mais pobres. O Presidente da AMI diz: “A responsabilidade social das elites da sociedade portuguesa não é praticada e nem sequer á assumida”. Aqueles que estão mais perto do limiar da pobreza são os idosos e famílias com 3 ou mais filhos e por outro lado constatamos que as famílias mais ricas têm um ou nenhum filho dependente. O relatório do INE diz que Portugal integra a lista negra dos países que têm uma taxa de pobreza superior à media europeia (16%), na seguinte ordem decrescente: Polónia, Estónia, Letónia, Lituânia (18 a 21%), Espanha, Grécia, Irlanda (um quinto em risco), Portugal, Reino Unido (19 e 18%). Em Portugal, há 10 anos foi lançado o RSI (Rendimento Social de Inserção) com o objectivo de acabar com a pobreza, mas o mesmo ficou muito aquém do seu objectivo. Este actual “estado da nação” foi o apresentado no passado dia 18 de Outubro, Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. Estima-se globalmente que 84 milhões de pessoas estão em risco de pobreza.

     Além de tudo isto há ainda aqueles que, pelas mais variadas razões e/ou motivos (orgulho, vergonha, o que os outros vão dizer ou pensar) vivem com imensas dificuldades, chegando mesmo a passar fome. Estas são pessoas que outrora [refiro-me há 2 ou 3 anos atrás] viviam bem, de forma desafogada e que uma situação de banca rota, falência ou pobreza nunca lhes passou pela cabeça, mas agora, de um momento para o outro ficaram pobres. Isto causa-lhes imensos problemas, principalmente do foro psicológico (mental), pois essas pessoas tinham um determinado “estatuto social” que com isso desaparece, o que os deixa muito mal. Contudo em verdade lhes digo que isto acontece porque muitos seres neste plano teimam em viver pautando-se pelos prazeres da vida terrena (materialismo, apego, poder, riqueza, etc.) que apenas servem para lhe enriquecer o ego em detrimento da vida pautada pelas Leis Universais da Unidade dos Seres e não na dualidade que caracteriza a generalidade dos habitantes da Terra. Ao verem-se na pobreza, este tipo de pessoas sentem-se completamente perdidas, porque de um momento para o outro parece que passaram a viver num mundo completamente diferente e isso provoca-lhes um mau estar tal que chegam ao ponto de pensar no suicídio.

     Por estas e outras razões, surgiu o REIsocialKI®, dando continuidade ao trabalho que tenho vindo a desempenhar. Este Projecto Social tem como principal objectivo o apoio às famílias carenciadas, tanto ao nível de bens (roupas, alimentos, livros, electrodomésticos) bem como ao nível psicológico (equilíbrio do Ser). Aqui em Albufeira este projecto já tem um ano de existência, tendo sido há um mês alargado para o Barreiro, Lisboa e brevemente em Famalicão. Também já funcionou temporariamente no Funchal. Além de Portugal, este projecto irá também expandir-se para outros países, aliando assim a divulgação das práticas terapêuticas holísticas ao cada vez mais necessário papel social, propagando os valores da humildade, solidariedade através da prática de trabalhos altruístas em prol do semelhante, sem nenhum tipo de interesses particulares e/ou pessoais.

     Neste último trimestre de 2010, foi lançado o REInatalKI integrado no projecto anteriormente citado. Neste âmbito, informo que no próximo dia 5 de Novembro, irei levar a efeito uma Partilha [REIsocialKI®] em Lisboa e no final da mesma, os participantes seguem em marcha pelas ruas da capital onde vão pessoalmente fazer a entrega de cobertores, alimentos e livros aos sem-abrigo. Quem pretender dar o seu contributo/donativo mas não tenha possibilidade de estar presente nesse dia, poderá entregar o mesmo no seguinte endereço: junto à loja do cidadão nas Laranjeiras, estrada da luz, nº 94 C, Lisboa. Podem solicitar mais informações para um dos seguintes contactos: 913 096 548 ou 962 856 134, ou para o e-mail: mestreviktor@gmail.com . Vamos passar das palavras aos actos e seja invadido por um sentimento de bem-estar e harmonia para consigo mesmo e com o Universo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:38
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Maio de 2010

REIsocialKI®: Um Projecto Social

Caros leitores,

Desde tenra idade, sempre fui uma pessoa dada ao trabalho de entreajuda e às causas nobres do voluntariado. Quando tinha 5 anos, cheguei a ter uma farda dos Bombeiros feita pela minha querida mãe. Mais tarde estive integrado nos Bombeiros, de uma forma activa, durante 16 anos. Passei também durante 2 anos pelos escuteiros, participei em associações de estudantes e até mesmo em movimentos políticos juvenis durante alguns anos. Mas agora, com as mudanças que a vida de cada um vai tendo e também com a diferente definição de prioridades, tudo isto faz parte do meu passado (história) pois agora, à excepção da minha profissão, dedico o tempo à divulgação, ensino e partilha desta e outras terapias holísticas energéticas. Assim sendo, em 2000 aquando da minha entrada no universo do Reiki, a prática do bem para com o meu semelhante, através do Amor Incondicional, foi ainda mais potencializada.

Realizar actividades em prol dos outros é trabalhar em prol da sociedade e do bem-estar comum de todos os cidadãos nela inserida, pois afinal de contas não estamos sós neste planeta. Apesar de cada um ter determinadas missões mais ou menos específicas a desempenhar na sua vinda à terra, há uma que é comum a todos que se define como: “Viver em Comunidade”. Infelizmente há ainda nos dias de hoje pessoas com imensas dificuldades em cumprir esta incumbência, vivendo muito viradas exclusivamente para si e para o seu ego.

Sendo uma pessoa que sempre gostei de trabalhar e desenvolver trabalhos em grupo, andava já com esta ideia na mente há algum tempo. Então, foi assim que chegado o momento, arregacei as mangas e decidi por em prática este pensamento que pairava na minha mente. Para tal tornava-se necessário criar um nome, para avançar com o projecto e eis que nasce o nome REIsocialKI®, sendo posteriormente registado. Este projecto tem como objectivo principal o desempenho de um papel social em prol dos mais carenciados, tudo com base na gratuitidade. Este projecto encontra-se neste momento apenas em funcionamento em Albufeira desde o ano transacto. O mesmo funcionou também durante 2 meses no Funchal, mas com muita pena minha o mesmo finalizou, mas espero que brevemente o possa implantar noutras zonas do país.

O âmbito deste projecto é mais vasto do que se pode pensar à primeira vista, pois proporciona aos participantes um melhor equilíbrio e integridade do Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Isto porque nos dias de hoje, devido a um conjunto de factores externos e também a Elas/es próprias/os, não conseguem ter durante as 24h do dia algum tempo só para si. Quando digo “só para si” refiro-me ao facto de estar pelo menos durante uma meia horinha só, sem preocupações com o marido/mulher, filho/os, problema/as, enfim, durante esse tempo estar completamente centrada em si e desligada/o do mundo, concentrada na sua harmonia, equilíbrio e bem-estar. Este aspecto pessoal é muito importante para todos os que participam, até mesmo pelo próprio feedback que tenho constatado pelos mesmos, o que acaba por ser para Eles/as uma satisfação pois além de fazer do seu supérfluo uma valiosa oferta de Amor Incondicional para com o semelhante, está também a “trabalhar” em prol do seu bem-estar supremo.

Contudo, há também aquelas pessoas que me dizem: “Vitor, desculpa não ter ido às tuas partilhas, não é que não tenha vontade, mas é por ser nos Bombeiros”. E qual é o mal de ser nos Bombeiros? Podia ser em qualquer outro espaço público! Até porque pode participar quem quiser, não necessitam convite nem é apenas para um conjunto de pessoas, pois destina-se a toda uma comunidade e aparece quem tiver interesse em participar, contribuindo para o seu bem-estar e fazendo outros felizes com o seu donativo. Antes de continuar vou fazer um pequeno aparte para lhes dizer que os Estatutos do REIsocialKI® definem muito especificamente que apenas são aceites donativos em género ou espécie (roupas, alimentos, brinquedos, móveis, electrodomésticos, etc…) sendo que, todo e qualquer donativo em dinheiro será realizado directamente com a Instituição Social em causa, nunca passando nem por mim nem por nenhuma das outras pessoas que possam vir a integrar este projecto. O facto de ser nos Bombeiros não deve ser impedimento para ninguém, até porque as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários, conhecidos também por Soldados da Paz, são pessoas que nos merecem todo o respeito e credibilidade, pois afinal de contas todos necessitamos deles porque são esses “soldados” que diariamente estão presentes nos momentos de maiores aflições, dando muito do seu suor e esforço em prol do semelhante e por isso têm o lema de: Vida por Vida. Aproveito também assim, para aqui prestar uma homenagem a todos os soldados da paz do nosso país que asseguram diariamente assistência a cerca de 90% do território nacional.

Assim, uns com umas funções e outros com outras, vamos conjunta e colectivamente trabalhar em prol de um mundo melhor, contribuindo com um pouco de nós para aqueles que necessitam hoje porque amanhã quem sabe se não irá também necessitar um pouco da solidariedade dos outros.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Energéticamente bem...
Música: M80
Publicado por Viktor às 10:43
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. REIsocialKI®… Pedido…

. Agradecimento… REIsocialK...

. Em Agenda...

. REIsocialKI® contra a pob...

. REIsocialKI®: Um Projecto...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007