.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 23 de Março de 2015

Reflexão: Impacto do Reiki na Sociedade…

Caríssimos,

     Cada Ser humano é único, com as suas virtudes e os seus defeitos, pois cada um à sua maneira procura a sua perfeição à sua maneira. Uma das missões que temos em comum é a de vivermos em sociedade, o que nos coloca diariamente à prova, principalmente as nossas emoções e sentimentos. Além do que acabei de escrever, somos também “bombardeados”, quase constantemente, por notícias de índole negativa, por parte dos meios de comunicação social, que também interferem bastante no nosso equilíbrio mental/psicológico. Mas na realidade aquilo que efectivamente pode fazer mais moça, ao ponto de nos deixar desorientados, é as relações inter-pessoais com os nossos semelhantes, pois além de nos poderem afectar psicologicamente, podem perturbar as nossas emoções. Conjuntamente devo salientar que todo o ser humano tem uma grande capacidade imaginativa, o que faz com que a nossa mente comece a promover histórias especulativas, que originam sentimentos menos positivos sobre o seu semelhante. Isso não é nada bom, pois pensamentos negativos sobre outra pessoa é como estar a enviar energia negativa sobre a mesma.

     Aquilo que lhes disse no parágrafo anterior certamente não é novo para si, mas penso ser necessário para um melhor entendimento do que se segue. O Reiki além de uma terapia, é uma filosofia de vida, desde que consiga aplicar no seu dia-a-dia os 5 princípios que lhe são ensinados quando se inicia no universo do Reiki. Através do Reiki aprende a canalizar a energia universal do Amor Incondicional, e sendo essa energia inteligente, irá provocar alterações dentro de si. Essas alterações são feitas principalmente no período da purificação interior, ou seja, nos 21 dias seguintes após a sintonização que o mestre lhe faz no dia do curso. Contudo, essas modificações continuam a ser feitas depois desse período, mas com uma menor intensidade. Através dessas alterações e também na mudança do nosso paradigma de pensamento, vamos conseguir alcançar o tão desejado equilíbrio interior, conseguindo assim ter um melhor controlo mental, bem como um melhor controlo sobre as nossas emoções/sentimentos. São sem dúvida, essas capacidades alcançadas com o Reiki, que nos dão uma maravilhosa ajuda no nosso equilíbrio e controlo, evitando assim dissabores e desentendimentos muitas vezes desnecessários, que apenas e só contribuem para o nosso mal-estar pessoal.

     Estas mudanças que se dão dentro de cada um de nós são fruto da elevação de consciência que cada um dos níveis nos provoca, pois, tal como em anteriores textos referi, por vezes nós somos os principais causadores dos nossos próprios problemas, chatices e aborrecimentos, entre outras coisas, pois permitimos que os outros interfiram no nosso equilíbrio, perturbando assim a nossa paz e bem-estar. Nunca se esqueça que você é a pessoa mais importante da sua vida e façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:10
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Porquês...

Caros amigos,

O ser Humano vive constantemente numa azáfama (stress, tensão, pressão, cansaço, etc.) entre trabalho, casa e família. As pessoas vivem assim porque continuam a viver pelas regras “ditadas” pela sociedade em que estão inseridas e eu pergunto, mas porquê? Porquê viver quase num constante sobressalto? Acha que isso é saudável? Porque não age por si? Porque fazes tudo aquilo que as outras pessoas fazem? Porque achas estranho ver um casal homossexual? Porque não admites quando erras? Então agora seguem-se as respostas às questões supracitadas.

Porquê viver quase num constante sobressalto?

A maioria das pessoas vive assim porque muitas vezes se esquecem do seu corpo e da integridade do seu Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Vivem para a sua realização pessoal e profissional que muitas vezes não é mais do que alimentar o seu ego, vivendo competindo com os outros. Sim lembram-se do corpo, porque sentem que estão mais gordos, porque lhe surge uma doença, porque têm uma dor, mas é claro, quando o corpo se queixa lembram-se dele, mas quando estão bem não lhe dão importância e assim não zelam pela manutenção de aquilo que os permite estar neste plano (terra). Viver em sobressalto não é nada saudável nem para si nem para quem o rodeia.

Porque não age por si?

Pare, pense e faça uma reflexão sobre isto: Quantas decisões importantes na sua vida foram tomadas única e exclusivamente por si, consoante a sua mente, pensamento e vontade? Pois é, muitas das decisões que tomas são coadunadas com os paradigmas da sociedade actual e das leis humanas que são falíveis em muitos aspectos que apenas servem uma sociedade capitalista na qual o papel social é sempre relegado para segundo plano.

Porque fazes tudo aquilo que as outras pessoas fazem?

Levas uma vida dita normal porque fazes aquilo que toda a gente faz (casa->trabalho, trabalho->casa). Se gostas de fazer outras coisas, se tens sonhos e projectos que gostarias de realizar, porque não tomas a iniciativa de arrancar com eles? Não receies se acham que és diferente.

Porque achas estranho ver um casal homossexual?

És quem és e os teus gostos bem como a tua orientação sexual só a ti diz respeito por isso sê tu próprio, na tua verdadeira essência. Sentes-te desconfortável porque te apontam? Não sintas, pois isso é uma atitude de pessoas de nível espiritual baixo que vivem agarradas aos paradigmas da velha sociedade. Assumires que és é um acto de coragem pessoal, mas os outros marginalizarem-te por isso é porque têm graves problemas com aquilo que se define como Aceitação, pois não conseguem aceitar a diferença, ou seja, o facto de seres diferente. Como vivemos em comunidade, aceitemo-nos uns aos outros com as nossas virtudes e defeitos pois ninguém é 100% perfeito.

Porque não admites quando erras?

Admitir o erro é um acto de coragem e revela humildade por parte da pessoa, ao contrário do que a maior parte das pessoas faz. As pessoas têm enorme dificuldade em assumir os seus erros porque gostam de viver de aparências e fachadas e assumir isso seria, no entender delas, estar a desvalorizar-se perante os outros indo contra o seu ego. Vamos humildemente aceitar e agradecer quando nos alertam para algo e nos mostram uma solução, pois isso é aquilo que defino como crítica construtiva ( o mesmo já não, caso a critica seja meramente destrutiva).

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:52
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

2º Chakra – Esplêncico, Baço, Sacro ou Svadhisthana

Este chakra localiza-se um pouco acima do anterior, à altura do baço e tem a função de especializar, subdividir e difundir a vitalidade oriunda do sol.

Este chakra faculta-nos informações sobre os estados emocionais da pessoa em causa.

Este chakra comunica-se para a parte frontal e posterior do corpo, tal como os outros chakras , à excepção do primeiro e do sétimo.

Este chakra corresponde à cor laranja e ao elemento agua. Sensorialmente está associado ao gosto e é representado por uma flor de lótus com seis pétalas.

A “Propagação criativa do Ser” é o princípio básico associado a este chakra.

Os órgãos corporais correspondentes a este chakra são: órgãos reprodutores, cavidade pélvica, rins e bexiga.

Este chakra corresponde às glândulas dos órgãos sexuais. Tem também uma correspondência directa com os ciclos do período menstrual.

O segundo chakra é o centro de grande parte das nossas emoções. O desbloqueio ou bloqueio deste chakra define as nossas relações interpessoais com as pessoas do sexo oposto ou do mesmo, consoante as tendências sexuais de cada um. As disfunções neste chakra geralmente iniciam-se na puberdade. O crescimento e o surgimento do desejo sexual mais intenso provoca sentimentos de insegurança derivados pela não existência de educação sexual por parte dos pais e até dos profissionais de ensino. Neste caso podem mesmo chegar ao ponto de utilizar a sexualidade tal qual uma droga. Um desequilíbrio neste chakra provoca uma desarmonia entre o nosso Yin e Yang. Todas as pessoas que desde tenra idade sofrem de carências do foro afectivo através da não estimulação sensorial e da falta de contactos sociais, têm o segundo chakra a trabalhar abaixo das suas capacidades, o que provoca uma retracção no relacionamento com os outros.

O Mantra associado a este chakra é o Vam. Este chakra controla todo o sistema reprodutivo humano. Neste ponto flui toda a energia sexual do indivíduo. Neste ponto são armazenadas as nossas experiências diárias quer sejam conscientes ou não ou mais ou menos importantes.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 13:45
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Aliança da Ciência e da Religião

A Ciência e a Religião são as duas alavancas da inteligência humana: uma revela as leis do mundo material e a outra as do mundo moral. Tendo, no entanto, essas leis o mesmo princípio, que é Deus, não podem contradizer-se. Se fossem a negação uma da outra, uma necessariamente estaria em erro e a outra com a verdade, porquanto Deus não pode pretender a destruição de sua própria obra. A incompatibilidade que se julgou existir entre essas duas ordens de ideias provém apenas de uma observação defeituosa e de excesso de exclusivismo, de um lado e de outro. Daí um conflito que deu origem à incredulidade e à intolerância.

São chegados os tempos em que os ensinamentos do Cristo têm de ser completados; em que o véu intencionalmente lançado sobre algumas partes desse ensino tem de ser levantado; em que a Ciência, deixando de ser exclusivamente materialista, tem de levar em conta o elemento espiritual e em que a Religião, deixando de ignorar as leis orgânicas e imutáveis da matéria, como duas forças que são, apoiando-se uma na outra e marchando combinadas, se prestarão mútuo concurso. Então, não mais desmentida pela Ciência, a Religião adquirirá inabalável poder, porque estará de acordo com a razão, já se lhe não podendo mais opor a irresistível lógica dos fatos.

A Ciência e a Religião não puderam, até hoje, entender-se, porque, encarando cada uma das coisas do seu ponto de vista exclusivo, reciprocamente se repeliam. Faltava com que encher o vazio que as separava, um traço de união que as aproximasse. Esse traço de união está no conhecimento das leis que regem o Universo espiritual e suas relações com o mundo corpóreo, leis tão imutáveis quanto as que regem o movimento dos astros e a existência dos seres. Uma vez comprovadas pela experiência essas relações, nova luz se fez: a fé dirigiu-se à razão; esta nada encontrou de ilógico na fé: vencido foi o materialismo. Mas, nisso, como em tudo, há pessoas que ficam atrás, até serem arrastadas pelo movimento geral, que as esmaga, se tentam resistir-lhe, em vez de o acompanharem. E toda uma revolução que neste momento se opera e trabalha os espíritos. Após uma elaboração que durou mais de dezoito séculos, chega ela à sua plena realização e vai marcar uma nova era na vida da Humanidade. Fáceis são de prever as consequências: acarretará para as relações sociais inevitáveis modificações, às quais ninguém terá força para se opor, porque elas estão nos desígnios de Deus e derivam da lei do progresso, que é lei de Deus.

Evangelho segundo o Espiritismo

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Em paz e Harmonia...
Publicado por Viktor às 09:21
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Impacto do Reik...

. Porquês...

. 2º Chakra – Esplêncico, B...

. Aliança da Ciência e da R...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007