Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Reflexão: A Vida…

Caros leitores,

     A sabedoria popular diz: “A vida é bela, nós é que damos cabo dela”, o que é sem sombra de dúvida uma grande verdade. Há um variado conjunto de ideias, conceitos, dogmas e outras coisas mais que durante milénios foram implantados nas mentes dos Seres humanos, e estes são factores condicionantes ao nosso desenvolvimento e que nos inibem de acreditarmos na nossa verdadeira essência divina.

     Ao longo da nossa vida, muito daquilo que nos acontece é o reflexo dos nossos gestos, atitudes e palavras. Para todas essas coisas é necessária energia, que é a fonte de vida, pois todos nós somos seres energéticos, quer acreditem ou não, pois tal como acontece ao carro, o dia que não tiver energia (bateria) para e o mesmo nos acontece a nós enquanto seres humanos. Na verdade nós somos seres espirituais a viver uma experiência terrestre, procurando vida após vida melhorar a nossa essência, aprimorando a alma até alcançarmos o mais elevado estado de pureza e conhecimento. Este caminho é agreste, onde surgem imensas armadilhas e ciladas, que muitas vezes somos tentados a ser desviados do mesmo, das mais variadas formas, através de manhas e artimanhas que mexem com os nossos sentimentos, desejos e vontades, impulsionados por desejos mentais, fruto da imaginação fértil do ser humano. Isto para os alertar que ninguém está a salvo destas tentativas, pois até mesmo Jesus Cristo, aquando da sua vinda à Terra, foi alvo de várias tentações para ser desviado da sua missão. Assim, devemos de estar constantemente atentos pois as tentações surgem quando menos se espera nos mais variados locais.

     Vou agora concluir esta reflexão, deixando-lhes algumas recomendações para que possa ter uma vida melhor: Você é a pessoa mais importante da sua vida; Procure a felicidade dentro de si; Ame-se a si mesmo; Encontre o amor dentro de si mesmo; Perdoe o seu semelhante sem ressentimentos; Aceite o seu semelhante; Liberte-se do materialismo; Por agora chega, pois conseguir mudar leva o seu tempo, e o importante é implementar essas mudanças na sua vida.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:01
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

Simplicidade ou Complexidade?

Caros leitores,

     Observando tudo o que me rodeia, com facilidade posso utilizar estas duas palavras. Quando visualizo algo que entendo penso que é simples, quando não entendo penso ser complexo. Apesar de ter falado em termos pessoais, isto é algo que se aplica à globalidade dos seres humanos, pois em variadas coisas somos muito semelhantes. A sociedade nos dias de hoje está “formatada” de tal maneira que aqueles que possuem um determinado nível académico ou que ocupam determinados cargos de chefia, usam um elaborado e complexo vocabulário para escrever e dialogar para com os outros. Em meu entender acho que isso é apenas um método de mostrar uma certa “superioridade” (meramente académica) fruto de um curso superior tirado (ou não) e que lhes alimenta o ego, por isso a sabedoria popular diz: “cantas bem mas não me alegras”.

     A própria vida em si e as situações que diariamente aparecem já são, muitas vezes, demais para complicar a mente do ser humano, quanto mais quando pretendemos um esclarecimento e nos deparamos com uma pessoa que (armado aos cucos), nos fala com palavras de “sete e quinhentos” usando terminologias técnicas como se estivesse a falar com algum colega de profissão.

     Vamos deixar de complicar a vida e interromper a nossa contribuição para complicar a mente (já algo baralhada) do nosso semelhante. Vamos escrever e falar para os outros como se estivéssemos a explicar uma coisa a uma criança de 10 anos, com palavras e frases simples e de fácil compreensão, ou tem receio de partilhar o seu conhecimento com o seu semelhante? Evite esse receio, pois ninguém nasce ensinado e você também gosta que lhe expliquem as coisas (para aprender) quando não sabe, certo?

     Ao longo do tempo em diálogos e sobretudo nos textos que escrevo, tento usar um vocabulário simples e de fácil entendimento, pois quero que os textos que escrevo (partilho) sejam de fácil compreensão, e sobretudo que as pessoas possam aprender algo com eles, em prol de si mesmas e do seu bem-estar.

     Hoje termino este texto colocando-lhe uma questão: “Acha que os textos que publico são de fácil compreensão?”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Vida…

. Simplicidade ou Complexid...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007