.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Sábado, 19 de Setembro de 2015

Reflexão: A Integridade humana…

Caríssimos,

     O tema Integridade humana é transversal a todos os seres humanos. É um aspeto que está direta e intimamente ligado a cada um de nós, às nossas palavras, aos nossos atos, à nossa vida familiar, social, enfim, enquanto cidadãos do mundo. Se perguntar a qualquer pessoa se é íntegra, certamente que a resposta é: Sim sou. Pois, é natural pois nem outra resposta se esperava, mas será a resposta verdadeira? Será que a pessoa sabe o verdadeiro significado de integridade?

     Atualmente a humanidade é bombardeada com imensa informação através das televisões, internet, redes sociais e até nas conhecidas “conversas da coscuvilhice”, informação essa que em muitos casos serve apenas para “ocupar” a nossa mente com futilidades em detrimento de coisas mais úteis para nós mesmos. O Ser humano ávido de conhecimento (muitas vezes alheio) vive numa constante procura de novidades sobre o trabalho ou mais ainda sobre os colegas de trabalho, sobre situações mais fora do comum, sobre assuntos da vida dos outros (a qual não tem absolutamente nada a ver com eles), passam o tempo a tentar saber o que os outros acham de “certa” pessoa (para quando a opinião é a mesma aproveitarem para dizer ainda mais mal dessa pessoa), enfim, parece que a mesquinhes da regateirice é a “ordem do dia” para a generalidade cumprir. Pois, com esta forma de estar e maneira de ser, Integridade é uma virtude que está longe de fazer parte dessas pessoas. Uma pessoa Íntegra, muitas vezes ignora certas conversas, afastando naturalmente esse tipo de pessoas, faz humildemente o seu trabalho, cumpre com retidão as suas obrigações laborais, sociais, cívicas, respeita o seu semelhante, não faz juízos de valor sobre os outros (muitas vezes baseando-se nas opiniões dos outros), “incomoda-se” com a inércia dos outros (principalmente no trabalho), muitas vezes opta pelo silêncio em vez de responder colocando mais agressividade num diálogo já por si rude, age sempre em consciência, não rouba, não usa estratégias maldosas para enganar os seus semelhantes, é verdadeiro e honesto (consigo mesmo e com todos os outros), nem se arma em espertalhão, pois mais tarde ou mais cedo a verdade virá ao de cima. EM traços gerais, este é o quadro geral da sociedade atual, que, quer sejamos a favor quer sejamos contra, temos de “suportar” enquanto seres espirituais a vivermos uma experiência terrestre.

     Talvez algum dia esta frase já tenha passado pela sua mente: “Devo ser um ET, pois acho que não sou deste mundo”, certo? Pela minha já passou, em tempos, mas presentemente sei que deveria estar aqui e agora, pois eu escolhi vir cá, para assim poder adquirir os conhecimentos necessários à minha evolução espiritual, através das inúmeras provações que tenho de passar no meu dia a dia. A melhor das nossas escolas é sem dúvida a escola da vida, pois consegue abranger os nossos 4 níveis (físico, emocional, mental e espiritual), na qual a todo o momento ou instante surge um “professor” que nos faz um teste surpresa, não apenas com o intuito de nos deitar a baixo, mas para que nós mesmos tomemos consciência do nível evolutivo em que nos encontramos e na nossa capacidade de discernimento perante as mais diversas situações. Claro que, quando se está com outra pessoa e se observa uma “cena” feita por uma terceira pessoa, muitas vezes dizem: “Ai se fosse comigo, ia ver com quantos paus se faz uma canoa!”. Pois é, falar quando se está do lado de fora é muito fácil, pois só estamos a observar aquele momento e apenas usamos o plano mental, mas quem está a vivenciar a dita “Cena” tem os 4 planos (físico, emocional, mental e espiritual) envolvidos e como tal a reação será certamente outra. Mas há também um ditado popular que é muito adequado para esta situação, que é o seguinte: “Quem está fora racha lenha”; o que significa que se não é parte envolvida, não tem nada a ver com a situação, nem tão pouco deverá fazer juízos de valor, pois nunca se pode julgar/condenar alguém só ouvindo uma das partes. Fazer isso é injusto e revela falta de humildade e caracter, pois outro ditado popular também se aplica aqui, e diz: “Pela mesma bitola que julgas serás julgado”. [Faça uma pausa na leitura para refletir um pouco sobre o que acabou de ler e sobre a sua forma de estar]

     Qualquer pessoa Íntegra, é alguém que respeita o seu semelhante, é humilde, pensa mais vezes no Todo e não só em si mesmo, tenta pelos seus meios dar o seu contributo para uma sociedade melhor, partilha o seu amor incondicional com o próximo, pensa no bem-estar da comunidade e não apenas no dele, respeita as opiniões, ideais e crenças dos outros, preocupa-se em preservar a natureza para as gerações vindouras, não é materialista, fica feliz com a felicidade dos outros não lhes desejando mal algum, entre várias outras coisas. Sejam Íntegros, sejam Felizes, sejam Amor Incondicional, sejam Compassivos, pois assim dará com mais eficácia um bom contributos para uma sociedade e mundo melhor. Grato pela sua leitura.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:24
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Reflexão: Aproveitamento…

Caríssimos,

     A vida é um constante desafio para qualquer Ser humano, onde devemos estar sempre alertas, pois a qualquer momento pode surgir uma surpresa. Há no entanto imensas formas de dar sentido à vida, que derivam da educação que cada um teve, do meio ambiente onde nasceu, na família em que está inserido, nível académico e tantas outras coisas que fazem parte dos nosso ideais, crenças e convicções de vida.

     Neste “modelo” de planeta e pelo que facilmente podemos observar ao longo dos séculos, tem vivido períodos cíclicos no quais vemos os Seres humanos cometerem os mesmos erros, o que me faz surgir na mente a seguinte questão: “Mas o Ser humano não aprende nada?”. Sim, tem aprendido algumas coisas, mas na generalidade continua a cometer os mesmos erros que cometia à séculos atrás, o que me fez pensar na seguinte questão: “Mas o Ser humano mentalmente não evoluiu?”. (pare a leitura e pense nas duas questões colocadas)

     É com profunda tristeza que lhes digo que na verdade, a humanidade observou grandes evoluções na medicina, ciência e tecnologia, mas ao nível individual do Ser, no que diz respeito à sua mente, parece que ficou “presa” no passado. Repare que em pleno século XXI vivemos crises económicas (tal como no passado), guerras e conflitos (tal como no passado), fome e miséria (tal como no passado), epidemias (tal como no passado), escravatura (tal como no passado), e tantas outras coisas que poderia aqui enumerar. O Ser humano continua “amarrado” ao materialismo (apesar da evolução espiritual que vai tendo) continuando a venerar o “Deus dinheiro” em detrimento do Criador, despertando-lhes a sede de poder, riqueza, luxúria, sexo e até mesmo a soberba, o que faz com que prolifere nas sociedades a corrupção, compadrio, violência, e sobretudo os perigosos jogos psicológicos praticados por quem detém o “poder” sobre aqueles que lhe são “inferiores”. Esse domínio psicológico exercido sobre os seus subalternos vinga devido aos “medos” que lhes incutem na mente. (pare a leitura e pense um pouco no que acabou de ler)

     Infelizmente os jogos psicológicos praticados por aqueles que desempenham cargos de “poder” ou chefia, são práticas comuns em todas as sociedades. Estas manobras de domínio psicológico são também praticadas por seres das mais variadas classes sociais. Por vezes surgem noticias de burlas, geralmente de avultadas quantias, praticadas por “bruxos”, “videntes”, “sócios” e outro tipo de pessoas, por vezes mesmo aquelas que coabitam connosco, o que é algo que me deixa triste, pois aproveitam-se da fragilidade da mente dos outros para lhes incutir falsas crenças, curas milagrosas ou lucros fáceis. Para mim este tipo de atitudes é feita por seres sem escrúpulos, com intuído de malvadez, aproveitando-se dos seus semelhantes. Num país maioritariamente cristão as histórias bíblicas que relatam a vida de Jesus Cristo são conhecidas pela maioria das pessoas, mas nem está escrito nem nunca ouviram dizer que ele cobrou algum dinheiro para ajudar ou curar, certo? Pois é, mas não quero dizer com isto que se deve fazer isto hoje, mas é claro que se devem cobrar quantias simbólicas para que ambas as partes não fiquem a “ganhar” nem a “perder”, cobrando um valor justo.

     Para terminar e para que não se Aproveitem de vocês, deixo-lhes algumas dicas: Mantenha-se sempre atento, pois o “perigo” pode estar ao virar da esquina; Não tome decisões importantes sem dedicar algum tempo a pensar nas mesmas; Quando tiver de tomar uma decisão importante peça a opinião a alguém em quem confie plenamente, mas não se descarte da sua responsabilidade porque a decisão é e será sempre sua; Desconfie de coisas muito fáceis, pois se assim fosse muitas pessoas já tinham aderido; Quando para o ajudarem em algo e lhe pedirem muito dinheiro tenha muito cuidado, desconfie; Cuidado com as aparências, pois elas iludem; Se não se sentir bem, não vá na conversa de ninguém nem tome decisões. Espero que estas dicas o possam ajudar a seguir o seu caminho com mais tranquilidade e felicidade. Façam o favor de ser felizes e tudo de bom para vocês.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:43
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2014

Reflexão: A Depressão...

Caríssimos,

     Hoje vou abordar um tema que, pelo que é divulgado nos órgãos de comunicação social, é algo que afecta cada vez mais pessoas. Semanalmente surgem notícias relacionadas com o elevado consumo de anti-depressivos e hipnóticos, situação nada positiva para a sociedade em geral. Outro dia ouvi o melhor médico especialista de Portugal, na Antena 1, a dizer que os anti-depressivos apenas devem ser tomados quando a pessoa está realmente depressiva, pois passando essa fase a medicação irá fazer o contrário, ou seja, provocando o estado depressivo na pessoa, gerando na mesma um pensamento de dependência da medicação.

     Em meu entender o surgimento de cada vez mais casos destes é fruto da sociedade actual, na qual todos parecem querer tudo a correr e ninguém tem paciência para esperar. A globalização informática, fruto do desenvolvimento global, criou vários problemas ao Ser humano, pois a nossa mente não está preparada para gerir tanta informação com a mesma rapidez de um computador, além de contribuir para a quase extinção das relações sociais entre os seres humanos, e gerando dependência, o que é ainda mais preocupante. Tudo isto acaba por gerar nas mentes, já algo confusas, mais perturbação, o que provoca doenças do foro psiquiátrico.

     Peço desculpa pelos 2 parágrafos anteriores, mas penso que seria útil partilhar com vocês aquela informação entes de começar a reflexão. Pessoalmente acho que a Depressão é uma não-aceitação do Passado, incerteza no Futuro que provoca instabilidade no Presente. Para podermos ultrapassar este problema devemos aceitar amorosamente o nosso passado, perdoar todos os que cruzaram o nosso caminho, pois quando se perdoa verdadeiramente, os sentimentos associados a essas pessoas desvanecesse. Quando observar o seu passado, foque o seu pensamento nas coisas boas e observe as menos boas apenas e só como aprendizagens. Despreocupe-se com o Futuro, porque Ele é amanhã e você vive hoje, no Presente. No Presente valorize quem o respeita e dê menos importância a quem o “ataca”, pois dar importância a essas pessoas e ao que dizem, é permitir que desestabilizem a nossa paz interior.

     Leve a vida de forma mais calma ou como diz o povo: “na desportiva”, concentrando a sua energia no Presente, no aqui e agora, e veja como consegue ser bem mais feliz consigo mesmo. Façam o favor de Ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:00
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Junho de 2014

Felicidade, onde estás?

Caríssimos,

     O universo está em constante mutação, assim como tudo o que nele se encontra. O que hoje á verdade amanhã é mentira, uma mentira contada muitas vezes torna-se verdade, o que foi já não é, enfim, constantemente temos de nos adaptar às mudanças. As pessoas envelhecem, os materiais deterioram-se, os resíduos entram em decomposição, tudo vai mudando com o tempo. Fisicamente o nosso corpo vai-se deteriorando e envelhecendo naturalmente, mas também está constantemente exposto a mudanças mais bruscas na sequência de “acidentes”, mas não é apenas o nosso corpo que muda, é também a nossa mente e os nossos pensamentos.

     A procura da Felicidade tem sido, ao longo de séculos, algo que é comum a todos os seres humanos. A humanidade tem recorrido às mais diversas formas e maneiras para tentar alcançar a tão almejada Felicidade, mas poucos a têm conseguido encontrar. Uns acham que a conseguem alcançar através do poder, outros através da força, outros através da magia, outros através de manhas, outros através da mentira, outros através do casamento, enfim, já tentaram de tantas formas, mas será que nunca chegaram à conclusão que a Felicidade está dentro de cada um de nós e na simplicidade do Ser? Pois, se calhar ninguém os avisou ou lhes disse.

     A Felicidade não é um objecto que se adquira por um determinado valor, é um estado de alma, ao qual temos acesso através da simplicidade do Ser. Para terminar esta pequena reflexão, vou-lhe deixar algumas dicas para vocês conseguirem alcançar esse estado: libertem-se de todo o passado; perdoem tudo e todos; libertem-se de todos os sentimentos negativos; amem-se; adorem-se; encham-se de amor; espalhem alegria; respeitem todas as formas de vida; agradeçam diariamente o que têm; não invejem; não criem apegos (ninguém é de ninguém); tenham apenas pensamentos positivos; enfim, muitas dicas podia dar, mas por agora deixo-lhes apenas estas, pois estas já lhe vão dar que fazer nos próximos tempos. Termino deixando uma frase que Raul Solnado eternizou: “Façam favor de Ser Felizes”.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:33
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Maio de 2014

Ter ou Ser?

Caríssimos,

     Esta é sem dúvida uma questão sobre a qual o ser humano se tem debatido ao longo de milénios. Se algum dia colocar esta questão a um conjunto de pessoas não se surpreenda com as respostas e reacções, pois são muito díspares.

     TER ou SER é uma questão de grande importância e que tem suscitado dúvidas e debates entre religiões, países e nações, mas antes de chegar a esses níveis é sem dúvida uma questão pessoal. O planeta assistiu no século passado a um grande desenvolvimento tecnológico e científico, que aconteceu a uma velocidade superior à da evolução da espécie (ser humano). A par desta evolução todos os seres humanos que detinham poder e algumas capacidades económicas viram oportunidades para enriquecer cada vez mais, muitas vezes através de falsas promessas criando ilusões na mente dos outros, mas é apenas uma forma hábil de escravizar os subalternos. Oh, coitados dos que têm de se subjugar a esses seres pelas necessidades que a vida lhe impõe, mas vou escrever sobre o tema que realmente aqui pretendo abordar. O desenvolvimento económico desenfreado instalou na mente da generalidade da humanidade um vírus definido como a “febre do consumismo”, que é o materialismo na sua expressão máxima. Desculpem esta introdução mas penso ser necessária para a reflexão que se segue.

     É pelos motivos que escrevi anteriormente e ainda por outros que hoje em dia os seres humanos atribuem mais importância ao TER do que ao SER. O Ser humano é muito mais do que apenas um corpo físico e o “materialismo” é algo que apenas está ligado ao mundo terreno, além de ser a origem de desentendimentos entre muitos seres humanos. Actualmente a sociedade valoriza mais o TER do que o SER, ou seja, se um Ser tem “poder” e riqueza é respeitado, se não tem é simplesmente “ignorado”. Valorizam-se os bens materiais (TER) em detrimento dos valores morais e da essência interior (SER). Vivermos na essência do Ser é vivermos em paz connosco mesmos, com os outros, respeitar tudo e todos, enchermo-nos de amor e irradiá-lo para quem nos rodeia, evitar a todo o custo julgar os semelhantes e pensamentos negativos que possam pairar na nossa mente entre outras coisas. Dedicarmos tempo a nós mesmos através da auto-aplicação de técnicas holísticas de relaxamento e meditação, eleva-nos a consciência para nobres níveis de paz, harmonia, compaixão e amor, despertando em nós um enorme sentimento de bem-estar. Ao longo de décadas o TER tem semeado o pecado, raiva, guerras, discórdias, mortes, alimenta o ego, vaidade, poder e tantas coisas outras atrocidades cometidas ao longo da história, no passado e no presente, mas será que a humanidade nada tem a aprender com isso?

     Espero que esta pequena reflexão o faça pensar e reflectir para que possa escolher que caminho pretende seguir, através de seu “livre arbítrio”. Eu escolhi viver no SER e tu?

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2014

Porque estás triste?

Caríssimos,

     Cada ser humano é muito mais que aquilo que se vê, porque apenas vemos o plano físico do mesmo, mas é também composto pelo plano emocional, mental e espiritual. Por esse facto, ao longo dos tempos têm vindo a ser feitos estudos sobre o ser humano e muito há ainda para ser descoberto.

     Cada um de nós já passou certamente por momentos felizes e infelizes, sendo na generalidade mais frequentes os segundos que os primeiros. Há também um sem número de situações que nos podem causar sentimentos de tristeza, mágoa, solidão, angustia, enfim, tantas situações que nos podem “deitar abaixo”, baixar a nossa auto-estima, nos por de mau humor, nos fazem chorar, nos provocam ira e/ou outros sentimentos negativos. Todas essas situações fazem parte da nossa caminhada e aprendizagem, pois são testes à nossa inteligência emocional, testando a nossa capacidade de controlo das nossas emoções. Controlar as nossas emoções é um grande desafio o qual alguns de nós temos imensas dificuldades em alcançar esse objectivo no decorrer da vida. Em inúmeros casos a tristeza que se “abate” ou “apodera” de nós deriva da incapacidade que temos em controlar as nossas emoções, por isso tenho frisado a importância da nossa Inteligência Emocional (IE).

     Não me querendo alongar demasiado no texto, deixo-lhes algumas dicas para reflectirem de forma a poderem libertar esses sentimentos de tristeza que se instalaram dentro de si: Remova da sua mente a ideia de que os outros são como você, pois isso só lhe vai trazer decepções; Cada um exprime o amor à sua maneira, não espere ser retribuído da mesma forma; Evite criar expectativas para as coisas, aceite apenas com tranquilidade pois o que tiver de ser será; Faça sempre o que for melhor para si, sem desrespeitar o seu semelhante; Quando faz caridade de coração não espere reconhecimento, pois a ingratidão ainda esta dentro de muitas pessoas; Liberte-se de todo e qualquer apego a pessoas ou bens, assim libertar-se-á da maior fonte de sofrimento da Terra. Nada mais tenho a dizer por agora e se conseguirem aplicar as dicas que lhes referi verão o bem que se vão sentir interiormente. Muita paz e amor incondicional para todos.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:05
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 31 de Julho de 2013

Pensamentos poéticos

Vivo envolto em pensamentos,

Que invadem a minha mente,

Parece que vivo em sobressalto,

Não consigo estar em paz tranquilamente;

         Observo os outros e faço comparações,

         Ao ponto de pensar mal de mim,

         Às vezes invejo os outros,

         Mas não gosto de ser assim;

A nossa mente é traiçoeira,

Está-nos sempre a tentar desviar da Luz,

Essa é uma guerra muito duradoura,

Que em sofrimento quase sempre se traduz;

         Tenho de zelar os meus pensamentos,

         Para não fazer ao meu próprio Ser,

         Pois sei que são pura energia negativa,

         Que em nada me ajudam a crescer;

Partilho com todos vocês,

Ensinamentos e a minha sabedoria,

Espero que os entendam e compreendam,

E que vos ajudem a viver em paz e harmonia;

         Sou para os outros,

         Aquilo que nunca foram para mim,

         Não me importa o que pensem,

         Pois sou muito feliz assim;

A vida é como um momento,

Devemos de o saber aproveitar,

Porque depois já é passado,

E não nos devemos lamentar;

         Viver no amor universal verdadeiro,

         É ser puro amor no seu coração,

         Utilize-o em tudo o que faz,

         Libertando-o como um vulcão em erupção;

Seja positivo nos pensamentos e acções,

Observe o universo com amor e paz,

Sinta a energia do amor dentro de si,

E veja o bem-estar que isso lhe traz;

         Acredita que és capaz,

         De fazer muitas coisas bonitas,

         Confia no amor que tens dentro de ti,

         Sê persistente e não desistas;

Respeita o teu semelhante,

Lida com ele com humildade e amor,

São gestos que nos enriquecem interiormente,

Evitando sentimentos de desgosto e dor.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:36
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Reflexão sobre Reiki…

Caros leitores,

     Nos mais variados locais encontramos textos explicativos sobre o Reiki, a sua origem, o que é, os seus benefícios e outras coisas mais. Cada pessoa define o Reiki à sua maneira, pois cada um também o sente de maneira diferente.

     Sendo o ser humano uma pessoa por natureza curiosa, constantemente procura informações que possam enriquecer o seu conhecimento, o que faz com que, quando ouvem falar de Reiki, procurem saber o que é para em consciência verificarem quais os benefícios que isso lhe pode trazer. Das inúmeras descrições que podemos encontrar acerca do Reiki, uns escrevem de uma maneira e outros de outra, quando é explicado num diálogo uns falam de uma maneira mais calma e elaborada, outros de uma forma mais descontraída com vocabulário simples.

     Como o ser humano por vezes fica entusiasmado com a ideia que outra pessoa lhe transmite acerca do Reiki e sendo algo “influenciável” pelas palavras ouvidas, acaba por ir fazer a formação ao mesmo local que quem lhe disse fez. Neste contexto pretendo alerta-los para o seguinte: sendo o Reiki uma terapia de base energética, o que uns sentem é completamente díspar do que sentem outros, ou seja, já tive um grupo de 8 formandos onde aquilo que cada um sentiu no decorrer do curso, na sintonização e na meditação foi completamente diferente de formando para formando, pois aquilo que sentimos tem muito a ver com o nosso estado de espírito naquele momento, bem como com a sensibilidade mais ou menos apurada que cada formando tem. Como tal, mais uma vez lhes recomendo que quando sentirem a vontade de se iniciarem, deixem que o vosso interior (intuição) escolha a pessoa (mestre) com o qual o pretendem fazer a vossa entrada neste maravilhoso mundo energético.

     Em jeito de conclusão termino dizendo que o Reiki mais do que tudo aquilo que se ouve, é na realidade aquilo que se sente, pois é dessa forma que cada um vive a sua experiência enquanto Reikiano. Permitam então que ele se manifeste em si mesmo e verifique pessoalmente os benefícios que lhe traz. Ame-se e permita que a energia do amor incondicional o envolva e se impregne dentro de si.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:58
Link | Comentar | favorito

A minha importância

Caros leitores,

     Esta é uma questão que quando se coloca às pessoas obtemos uma enorme diversidade de respostas e consequentemente suscita também uma grande variedade de interpretações.

      Quando se pergunta a uma pessoa: “Quem é a pessoa mais importante na tua vida?” e a mesma responde: “Eu”, um dos primeiros pensamentos que surge na mente de quem colocou a questão é: “Este(a) deve ser egocêntrico(a) ”. Mas há também uma enorme quantidade de pessoas que respondem: “É, ou são, o meu filho, ou filhos” ou “São os meus pais”, enfim, um sem número de respostas que se podem ouvir, mas frisei estas por serem as mais comuns. No parágrafo que se segue vou fazer a análise das mesmas e partilhar convosco a minha visão sobre esta temática.

     Em meu entender a resposta mais correcta à pergunta é: “Eu” e passo a explicar. Eu sou a pessoa mais importante na minha vida, porque se eu não estiver bem como poderei eu proporcionar o bem-estar a quem me rodeia? Como poderei dar bem-estar ao meu filho? Como poderei dar amor verdadeiro à namorada? Como poderei partilhar com o meu semelhante? Quem me conhece sabe perfeitamente que se há coisa que não sou é egocêntrico (pessoa que se julga o centro do universo e que tudo gira em torno da mesma), mas apenas e só falo por mim mesmo, porque é do conhecimento comum que há quem dê esta resposta e seja egocêntrico, portanto não se pode generalizar.

     Amem-se, adorem-se e mimem-se muito, pois cada um de vós é a pessoa mais importante na vossa vida.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:14
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

Só por hoje

     Só por hoje, vou procurar viver unicamente no presente (o momento) sem querer resolver só de uma vez todos os problemas da minha vida. Durante doze horas, faça qualquer coisa que o aterrorizava se achasse que tinha de o fazer por uma vida inteira.

     Só por hoje vou estar feliz, pois muitas pessoas são felizes quando se dispõe a sê-lo, seja feliz.

     Só por hoje, vou-me ajustar à realidade em vez de adapta-la aos meus desejos. Vou aceitar a minha vida e “sorte” como vier, aceitando-a de braços abertos.

     Só por hoje, vou tentar fortalecer o meu espírito. Estudarei para aprender coisas úteis, mantendo o espírito centrado em algo que exija esforço, pensamento e concentração.

     Só por hoje, irei exercitar a minha alma de três formas: com muito prazer vou fazer um favor a alguém subtilmente e mesmo que se note jamais irei enaltecer tal gesto. Farei pelo menos duas coisas sem vontade de fazer (só por exercício). Ocultarei os meus sentimentos de dor e mesmo que esteja magoado jamais revelarei essa dor.

     Só por hoje, vou ser agradável. Apresentar-me-ei aos outros da melhor forma possível: vou vestir-me convenientemente, dialogar baixo, ser delicado, elogiarei o meu semelhante em detrimento da crítica, apenas transmitirei coisas e palavras positivas aos outros, apenas me controlarei a mim mesmo.

     Só por hoje vou idealizar o meu dia. Mesmo que possa correr de maneira diferente, tentarei com que seja como idealizei. Irei evitar a pressa e a indecisão.

     Só por hoje, vou ter pelo menos meia hora apenas e só para mim. Durante esse tempo, vou descansar, relaxar, impedir-me de pensamentos negativos, meditar e tentar vislumbrar a minha vida de uma melhor maneira.

     Só por hoje, evitarei ter medo, em especial vou ter prazer em apreciar a beleza, acreditando que o que eu der ao universo ele me vai retribuir.

Fonte: João XXIII revisto e adaptado por: Mestre Viktor

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:30
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2012

Reflexão sobre o Perdão….

Caros leitores,

     Muitas vezes fala-se sobre o Perdão e Perdoar, mas esta é uma questão delicada que carece de uma reflexão mais profunda, para que seja devidamente esclarecida e/ou compreendida por todos os Seres humanos.

     Antes de mais deixe que lhes diga que perante as Leis Divinas Universais (as que definem todos os seres como iguais), todo o mal praticado para com outro Ser (pessoa) é “pago” através da dor. Como podemos negar o perdão àquele que nos fere, se o exigimos para nós mesmos, tal como para as dores resultantes da nossa imprudência quando ferimos os outros?

[pare de ler e faça uma pequena reflexão na pergunta que acabei de colocar]

     Há algo que nunca o Ser humano deve de esquecer, todo e qualquer mal que faça ao seu semelhante tem sempre uma consequência no plano espiritual, independentemente das suas crenças. Deixe-me que o esclareça de uma coisa também, enquanto seres humanos é mais fácil escondermo-nos daqueles seres (entidades e/ou espíritos) que nos pretendem atormentar, cobrando assim algo de errado que nós lhe tenhamos feito no passado, mesmo que na actual vida (enquanto seres encarnados) não nos recordemos. Em oposição ao conhecimento e exposição enquanto seres desencarnados, quando encarnados dispomos de um invólucro físico (corpo) e beneficiados pelo esquecimento temporário das nossas faltas, obtemos algumas tréguas e paz que nos “camuflam” perante os perseguidores que tudo fazem para termos sempre presentes os erros que praticamos. Na sequência do que disse, uma questão se coloca: Devemos esquecer tudo o que se passou como se nunca tivesse acontecido? Nada disso, o Arrependimento tem de ser construtivo, por isso devemo-nos dedicar à nossa reconstrução interior, a dedicação ao semelhante que sofre, e sempre vigilantes perante as nossas atitudes, palavras e pensamentos. Para tal devemos orar e servir, para que seja possível reacender a chama do amor existente dentro de cada um de nós.

     Assim deveremos agir para com os outros, da mesma forma que gostamos que façam connosco, por isso devemos Perdoar. Perdoar todo e qualquer ser, mesmo aqueles que possam agir deliberadamente em nosso prejuízo, pois todos são dignos de Perdão, tal como cada um de nós. Saliento que muitos seres dizem: “Já perdoei a pessoa xpto”; e eu volto a colocar outra questão: “Quando lhe falo dessa pessoa, ou lhe acontece algo que lhe trás essa pessoa à lembrança, sente algo a manifestar-se dentro de si?” Se isso lhe acontece, então efectivamente deve continuar o processo de Perdão, até que limpe tudo o que está dentro de si relativamente àquela pessoa, principalmente todo e qualquer sintoma de raiva, ódio, desprezo e vingança, pois sem a eliminação deste tipo de sentimentos, jamais o Perdão será totalmente efectuado.

     Deixe que a Lei do Equilíbrio Universal fará o que tem de fazer, cobrando a cada um de nós os actos que praticamos, através da dor e sofrimento, pois quem é incapaz de perdoar torna-se indigno de perdão, perante as Leis Universais. Ame-se e expresse o seu amor, vivendo em paz e harmonia consigo e com o universo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:47
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2012

É bom Amar

Caros leitores,

     Tudo neste universo é gerado e criado através da fantástica energia do Amor. O Amor tem uma enorme capacidade de construir, de unir e até mesmo de perdoar. Quando amamos verdadeiramente alguém, desejamos que essa pessoa seja muito feliz e que esteja disposta a receber todo o amor, carinho, ternura e afecto que temos para dar. Todos estes gestos envoltos em puro amor e recheados de sentimentos são sempre dados sem a intenção de receber o mesmo como resposta da outra parte. Sem dúvida que todo o Ser humano gosta de receber Amor, mas todo aquele que dá, sendo um Ser como nós, também gosta de receber, pois é um Ser idêntico a nós mesmos.

     Para que um sentimento de amor (puro e verdadeiro) por alguém brote dentro de nós, temos de estar bem connosco mesmos, gostarmos de nós e amarmo-nos. Estas são as condições ideais e necessárias para florescer um verdadeiro sentimento de amor por outro Ser. É muito bom podermos amar e ser amados. É como um elixir que modifica a nossa vida, nos dá um novo estado de espírito, faz-nos sentir de bem com a vida e atenua muito as adversidades da vida quotidiana.

     Termino deixando uma recomendação: Amem-se e Amem intensamente, pois assim envolvem-se numa maravilhosa cascata de energia, luz e amor.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:39
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

Palavras, e o resto?

Caros irmãos,

     Ao longo dos tempos, todos os seres vão aqui e ali proferindo bonitas palavras. Muitas vezes essas palavras são ditas para agradecer, ajudar, transmitir afetos, ternura, carinho, compaixão e amor, e qual é o efeito que isso tem nas pessoas? Sem dúvida que psicologicamente tem um bom efeito, mas por si só é insuficiente.

     Cada vez que se pergunta a uma pessoa (seja em que ponto do globo terrestre): “O que deseja para o planeta?”, a grande maioria responde: “Um planeta sem guerras, sem fome, sem pobreza, com muito amor, paz e prosperidade para todos.”. Sem sombra de dúvida que são desejos e sentimentos nobres, mas como e porque são ditos? São proferidos para se ficar bem “na fotografia”, porque socialmente tem um certo valor, porque “fica bem” e é bonito dizerem-se essas coisas.

     Irmãos, se as palavras matassem a fome, então era inexistente no planeta Terra, mas essas pessoas “mais desfavorecidas” necessitam bem mais de ações do que palavras. Se cada um de nós der um pouco do que tem e de si mesmo, podemos fazer deste um mundo melhor, mais social, mais positivo, com mais amor entre os seres, se cada um der o seu contributo. Vamos ter a coragem e passar das palavras aos atos, e vão poder constatar a felicidade interior que se apodera de vocês através da prática de atos altruístas, da dádiva de amor desinteressada. Vamos todos em conjunto fazer deste um mundo melhor, pois muitos anjos têm as assas amarradas, ficando extremamente condicionados. Vamos-lhe devolver a liberdade, libertando-os dessas amarras que os impede de “voar” como seres livres, donos dos nossos sonhos, pensamentos e do nosso caminho.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:31
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Atitudes...

Queridos irmãos,

     Em todos os momentos da nossa existência, todos os seres agem e reagem através das atitudes. As mesmas podem ser verbais, gestuais ou comportamentais. Por vezes somos incompreendidos ou mal interpretados nas nossas palavras ou gestos, o que acaba por nos provocar algum aborrecimento. Sabe porque razão este feedback menos positivo lhe provoca esses sentimentos? Porque todo o Ser Humano tem por hábito ver os outros à sua imagem e semelhança, logo cada um tem formas de reagir diferentes, pois até perante a mesma situação a atitude varia consoante o “estado de espírito” que a pessoa se encontra naquele momento.

     Mais uma vez podemos constatar a importância do controlo mental nas nossas atitudes. Uma pessoa tendencialmente negativa observa e transmuta todas as palavras positivas que lhe dizemos em palavras negativas, o que em muitos casos gera uma interpretação errada das sugestões positivas que lhe são feitas (digo sugestões, porque o livre arbítrio da pessoa é quem sempre decide a atitude a tomar).

     Vamos todos ter uma atitude positiva sobre a vida e tudo o que nos rodeia, pois essa forma de estar permite-lhe elevar a sua vibração energética, o que o faz irradiar boas energias o que faz com que atraia para si coisas mais positivas também. Seja positivo e deixe de se lamentar tanto, pois cada um de nós é o principal arguido no julgamento da sua vida.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

Aprenda a Gostar de Si

     Amar a nós mesmos parece simples, mas às vezes é muito difícil.

     Eu gostaria de ensinar algumas maneiras que descobri para aprendermos a nos amar melhor.

     E quero insistir carinhosamente para que vocês as pratiquem sempre, porque as mudanças que elas podem proporcionar são impressionantes.

     O amor é respeitoso, generoso, solidário e cheio de compaixão.

     Quem ama a si mesmo entra em sintonia com o universo no que ele tem de melhor, e tudo flui em sua vida.

         "A Bíblia diz: Ama a teu próximo como a ti mesmo.”

     Por mais simples e clara que esta afirmação possa parecer, levei muito tempo para me dar conta do que significa "amar a si mesmo" e para saber que se não amarmos e respeitarmos a nós mesmos seremos incapazes de qualquer amor verdadeiro pelos outros.

     Alguns talvez digam que amar a si mesmo é vaidade, egoísmo e arrogância.

     Talvez seja por isso que esse amor por nós mesmos não é despertado e estimulado em nós desde pequenos.

     Pelo contrário, somos formados para atender o desejo alheio, a expectativa dos pais, as exigências dos professores, as ordens dos adultos.

     Lutamos desesperadamente para atender o desejo dos outros, achando que assim seremos amados por eles.

         E nesse esforço perdemos de vista o incrível milagre que cada um de nós é como centelha divina e esplêndida expressão da vida.

     As atitudes de vaidade, egoísmo ou arrogância não revelam amor por nós mesmos.

     Revelam medo, insegurança, necessidade de afirmação.

     Essas atitudes são disfarces, são escudos para ocultar as carências que incomodam e fazem sofrer.

     Pense nisso sempre que uma pessoa arrogante intimidar ou procurar diminuir você.

     O amor é respeitoso, generoso, solidário e cheio de compaixão.

     Quem ama a si mesmo entra em sintonia com o universo no que ele tem de melhor, e tudo flui em sua vida.

         Como é que amamos um filho querido para que ele cresça e se desenvolva dentro de suas características próprias?

     É procurando conhecê-lo tal como ele é, e não como gostaríamos que ele fosse.

     É acolhendo suas necessidades e estimulando suas capacidades.

     É ajudando-o a superar suas dificuldades e colocando limites para que ele se dê conta dos direitos dos outros.

     É tendo para ele um olhar de amor que reconhece, respeita, valoriza, levando-o a descobrir a pessoa única e especial que ele é.

     Levando-o a amar a si mesmo.

     Por que então não fazemos o mesmo connosco?

     Somos adultos, está na hora de cuidarmos de nós como o faríamos com um filho querido.

     Está na hora de aprender a amar a nós mesmos.

 Louise Hay

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 10:59
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Integridade h...

. Reflexão: Aproveitamento…

. Reflexão: A Depressão...

. Felicidade, onde estás?

. Ter ou Ser?

. Porque estás triste?

. Pensamentos poéticos

. Reflexão sobre Reiki…

. A minha importância

. Só por hoje

. Reflexão sobre o Perdão….

. É bom Amar

. Palavras, e o resto?

. Atitudes...

. Aprenda a Gostar de Si

. Energia, fonte de vida

. Amizade

. Aceitação

. APEGO

. Tipos de Obstruções Energ...

. Doenças

. Reiki e outras Aplicações...

. HO’OPONOPONO

. Fogo Criador

. Sentir Reiki

. Mestre Takata disse…

. A Essência do Reiki

. O processo criativo da Sa...

. Condolências aos Familiar...

. Doenças vs Emoções

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007