.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Sábado, 4 de Abril de 2009

Reiki nos doentes Oncológicos

Publicado por Viktor às 15:14
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Portugueses Defendem Reconhecimento de Medicinas Alternativas

Estudos realizados pela conhecida TSF, rádio de notícias, revelam que a larga maioria dos portugueses considera que as medicinas alternativas devem ser reconhecidas e comparticipadas pelo Serviço Nacional de Saúde. Segundo este estudo, 84 por cento dos portugueses são a favor deste reconhecimento, com as mulheres, que admitem mais vezes terem recorrido a estas técnicas, a serem as que mais desejam o reconhecimento destas terapias. Entre os que mais desejam o reconhecimento das terapias alternativas estão ainda as pessoas entre 35 e 54 anos e os habitantes do Litoral Centro. Apesar de serem muitos os que defendem o apoio estatal a estas técnicas, apenas 15,5 por cento dos portugueses admitiram ter alguma vez recorrido a estas terapias, entre as quais se incluem a acupunctura, o ioga e programas de auto-ajuda. As mulheres entre os 18 e os 54 anos e que vivem no Litoral Centro são aquelas que reconheceram mais terem recorrido às medicinas alternativas. Já entre os 84 por cento que nunca recorreram a este tipo de técnicas, a maioria são do sexo masculino, têm mais de 55 anos, vive no Interior Norte e pertence à classe média/baixa ou baixa.

Ficha Técnica: O Barómetro DN/TSF/Marktest foi realizado entre 20 e 23 de Novembro com o recurso a 807 entrevistas a indivíduos de idade igual ou superior aos 18 anos residentes em Portugal Continental, 428 das quais a mulheres. O erro da amostra é de 3,5 por cento.

Link: http://www.freewebs.com/medalternativas

Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

Casos Pessoais I

Há uns 9 anos atrás conheci uma rapariga empregada de mesa. Após poucas conversas reparei que ela não estava bem. Ao me aperceber de tal verifiquei que estava perante um caso de perturbações psíquicas e mau estar espiritual, ou seja, aquela pessoa não estava bem consigo mesma e necessitava urgentemente de auxílio. Necessitava de muitas horas de acompanhamento pessoal e espiritual para recompor as ideias e encontrar de novo a alegria de viver.

Eis então que um belo dia, sem nada o fazer esperar, me desloco ao local de trabalho dela para jantar. Reparei que ela não estava e ao perguntar por ela responderam assim:

"Ainda não chegou, mas não é normal pois nunca chegou atrasada".

Isso fez com que eu ficasse ainda mais alerta. Após 30 longos minutos de espera, e sem a mesma comparecer no seu local de trabalho, então questionei os patrões acerca do domicílio dela, e prontamente me indicaram o local.

Habitava no 1º andar de um prédio. Ao chegar lá toquei à campainha várias vezes sempre sem receber resposta de volta. Eu sabia que algo se estava a passar, pois a minha intuição dizia que algo de anormal estava a acontecer. Então enchi-me de coragem e subi pela caleira das águas para a varanda que dava para o exterior. Então deparei com uma bela mas triste imagem por entre umas cortinas transparentes. A rapariga estava deitada por cima da cama. Abri as portas de vidro, que estavam destrancadas e entrei no apartamento. Deparei então com uma carta escrita no centro da mesa, e reparei que ela estava deitada, com uma camisa de dormir azul clara transparente e prestes a passar para o mundo invisível. Então, dirigi-me à varanda e chamei pelas autoridades, que naquele preciso momento estavam a passar. Eles então pararam e subiram ao apartamento. Enquanto um deles chamava o 112, o outro procurava vestígios/provas do sucedido, enquanto eu estava a prestar apoio à rapariga fazendo reanimação, combatendo a morte que se estava a aproximar. Antes de chegar o 112, constatou-se que a causa de tal foi uma caixa de comprimidos ingerida, que estava junto à parede. Depois foi levada para o hospital e só a voltei a ver dois dias depois. Já devidamente estabilizada e medicamentada foi retirada do hospital, após assinatura de um termo de responsabilidade, onde foi para minha casa durante 4 dias para ser acompanhada e ajudada através de acompanhamento espiritual e terapias de Reiki. Quatro dias passados e eis que um familiar seu aparece oferecendo-se para cuidar da rapariga. Então comuniquei-lhe todo o percurso que se tinha passado e com a maior cordialidade a levou com ela.

NOTA: Espero muito sinceramente que ela esteja bem, pois nunca mais soube nada dela, e quando a levaram nem Obrigado disse, mas enfim, não é isso que me vai retirar forças para futuramente ajudar quem necessite, cumprindo assim outras missões que Deus me interpõe.

Publicado por Viktor às 11:36
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reiki nos doentes Oncológ...

. Portugueses Defendem Reco...

. Casos Pessoais I

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007