Quarta-feira, 19 de Março de 2014

Pas-Pes-Fut

Caríssimos,

     A vida é definida de muitas formas, maneiras, situações, momentos, fases, enfim, como diz a sabedoria popular: “Cada cabeça sua sentença”. Cada um define o termo “vida” à sua maneira, consoante o seu nível de consciência e conhecimento, mas também com a sua verdade, porque cada ser humano tem a sua. As verdades universais são as das Leis Universais, que tratam todos os seres humanos da mesma forma, sem descriminações.

     Cada um de nós, para poder viver neste planeta para completar mais uma missão, teve de escolher os pais, que seriam o seu passaporte de entrada na Terra. Todos nos nascemos com “amnésia espiritual” para assim, cada um de nós tentar dar o seu melhor, mas acima de tudo porque somos seres com inteligência emocional (ligada directamente aos nossos sentimentos) e assim conseguimos nascer em paz e harmonia com tudo, sem qualquer tipo de sentimentos seja por quem for. É este recomeçar do zero que faz com que muitas pessoas tenham dúvidas acerca da imortalidade da Alma entre muitas outras questões.

     Achei por bem dar-lhes este pequeno esclarecimento antes de escrever sobre o título deste texto. Questões do passado, presente e futuro são muito pertinentes e muitas vezes atrapalham a mente já algo conturbada do ser humano, impregnada pelas inúmeras fontes de energia negativa (jornais, televisões, etc…) espalhadas por todo o lado, além das conversas que diariamente os seres humanos têm fazendo afirmações do tipo “…isto não está fácil…”, “…a vida está difícil…”. Ao fazem essas afirmações estão a usar o “verbo” e a força da palavra que se projecta no universo e que nos proporciona precisamente o que dizemos (lei da atracção), bem como a energia emanada pelas ondas dos nossos pensamentos. Actualmente muitos seres humanos sobrevivem com as suas dificuldades, presos ao passado, com muitas incertezas no futuro, o que lhes provoca uma grande instabilidade no presente. Há um ditado que diz: “O passado é história, o futuro é mistério, o presente é uma dádiva”; Por isso nos devemos de libertar de todas as amarras do passado, bem como de todos os sentimentos negativos associados às mesmas, relativamente ao futuro eliminar toda e qualquer tipo de ansiedade e assim conseguirá viver plenamente no presente, usufruindo do verdadeiro elixir da vida, o amor na sua mais pura essência.

     Alcançar este “nível” é trabalhoso, exigindo da parte de cada um de nós tempo e dedicação a nós mesmos, o que é algo complicado pois as pessoas tentam ocupar os seus tempos livres em actividades lúdicas e sociais, relegando para segundo plano as suas actividades de enriquecimento pessoal. Infelizmente o Ser humano tem tendência em se lembrar de si mesmo apenas quando por infortúnio, se vê “atirado” para uma cama ou doente, esquecendo-se que através do trabalho preventivo efectuado sobre si mesmo, poderia evitar muitas doenças. Quando se aborda este assunto ao ser humano comum muitas vezes obtemos respostas do tipo: “Eu não tenho tempo para isso…”, “Tenho o tempo muito ocupado!”,”Pensas que uma pessoas casada tem tempo para isso”,”Os meus filhos estão primeiro”, entre muitas outras desculpas que derivam da preguiça colectiva da humanidade, para trabalharem em si mesmos o seu interior encontrando assim a sua felicidade e bem-estar.

     Depois desta leitura a minha sugestão é que volte a ler pausadamente cada um dos parágrafos e faça uma reflexão sobre o que acabou de ler.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:09
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014

Reflexão: Espelhos da vida…

Caros leitores,

     Ao longo da nossa caminhada, vamos construindo algumas coisas e destruindo outras, é o processo natural do desenvolvimento do ser humano. Conforme vamos tendo mais idade é natural que cada vez mais construímos e cada vez menos destruímos, segundo a natural lei e ordem da evolução da espécie. Mas na realidade a nossa vida é repleta de espelhos e até de simbologias associadas a espelhos, em várias décadas e pontos do globo. Veja-se neste pequeno texto extraído da edição on-line da Porto Editora:

“O espelho é um símbolo da pureza, da verdade e de sinceridade. Traduz o verdadeiro conteúdo dos corações dos homens e também o da sua consciência. O espelho é também um sinal de sabedoria, conhecimento e iluminação nas tradições orientais…

O espelho é utilizado no julgamento das almas dos mortos na tradição indo-budista. Nas lendas e histórias de fadas, os espelhos mágicos têm uma função adivinhatória de prever o futuro… A tradição dos espelhos mágicos é muito antiga e remonta muito provavelmente à antiga Pérsia. Dizia-se que Pitágoras sabia ver o futuro através dos espelhos. Na Ásia, os espelhos são utilizados nos rituais de feitiçaria para adivinhação, virando-os para o Sol ou para a Lua para ler o futuro. Na tradição hinduísta e budista, o espelho tanto é associado ao Kharma, à lei universal, como ao Dharma, a lei dos homens. No budismo praticado no Tibete, o espelho demonstra a verdade suprema e a inutilidade do mundo das formas, traduzindo a verdadeira natureza de Buda. Na tradição mitológica do Japão, o espelho espalha a luz divina sobre o mundo. Na Índia de tradição védica, o espelho assume todas as formas através de uma miragem proporcionada pela luz solar e exprime a sua natureza mutável e perene. O espelho é um símbolo solar, na medida em que reflete a inteligência suprema, mas também é um símbolo lunar, porque a lua funciona como um espelho da luz do Sol. Na China, para além de lunar e feminino, o espelho é o símbolo da rainha, da harmonia e da união conjugal. Platão comparava a alma a um espelho, no que foi seguido por alguns padres da Igreja. Entre os sufis do Islão, o espelho exprime o medo que os seres humanos têm de se conhecerem a si próprios. O termo especular, que resultou do latim speculum, começou por significar a observação do céu e dos movimentos dos astros com a ajuda de um espelho. Nos jardins árabes, os lagos eram comparados a espelhos.”

     Como podem verificar, a importância e utilidade dada aos espelhos difere de zona para zona ou de região para região. Mas na realidade a minha reflexão prende-se com outro tipo de espelhos, aqueles que deram origem à célebre expressão: “As costas dos outros são os nossos espelhos”. Sem dúvida que esta expressão é muito verdadeira, pois todos os seres humanos têm uma tendência inata para julgar e criticar o próximo, o que não passa de uma manobra psicológica, fazendo com que foquemos os pensamentos na “dita” pessoa. Aproveito para lhes relatar um caso que se passou comigo: Um certo dia, no meu local de trabalho estavam 2 pessoas no fundo do corredor a falar, sendo que uma delas estava a criticar (ou cortar na casaca) de outra pessoa e eu ia ouvindo a conversa até que passei junto dessas duas pessoas. Achando incorrecto aquilo que estavam a fazer parei (entretanto a pessoa que estava a falar calou-se) e eu disse a essa pessoa: “Nunca te ouvi falar tão bem de ti mesma. Parabéns pela tua coragem ao estares a partilhar os teus defeitos com outra pessoa”; A pessoa ficou estática a olhar para mim, despedi-me dizendo: “até logo” e segui o meu caminho. Enfim, o ser humano é mesmo assim, como manobra de defesa psicológica o ser humano aponta (além de ser feio apontar, quando o fazemos temos 3 dedos a apontar para nós) para outros com o receio de lhe “descobrirem a careca” pois todas as pessoas querem mostrar só as suas boas coisas, ocultando as menos boas que acabam por apontar aos outros. É difícil superarmos as coisas menos boas em nós, mas conseguimos se formos persistentes e acreditarmos que vamos conseguir. Na verdade por mais que tente esconder essas coisas, no dia da sua partida (morte) perante o seu “juízo final”, terá de enfrentar todas essas questões menos positivas que você tão bem conhece, que jamais poderá ocultar do Criador (Deus). Seja mais positivo, aceite-se como é com as suas virtudes e defeitos, e tente ajudar-se a si mesmo, deixando de andar por ai armado em Juiz e carrasco dos outros, porque isso já você o é, mas apenas e só de si mesmo. Assuma uma atitude mais positiva deixando de criticar negativamente, para passar a criticar de forma positiva e construtiva, e repare como vai mudar o mundo à sua volta. Termino deixando-os em paz, harmonia e com muito amor incondicional.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:28
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

Reflexão do dia

Caros leitores,

     O Ser Humano é muito mais do que aquilo que se vê, pois apenas vemos a sua parte física (1/4), pois a sua parte emocional, mental e espiritual (3/4) é invisível à vista do Ser Humano. A visão holística do Ser Humano engloba estas 4 componentes, observando-o como um todo. Hoje em dia muitas pessoas sobrevalorizam a sua componente física, preocupando-se excessivamente com a sua aparência exterior (física), descorando os outros aspectos (emocional, mental e espiritual). Pensem no seguinte:

- Se você for uma pessoal muito emocional, que diariamente é afectado pelos mais variados acontecimentos, acha que isso não tem influência no seu corpo?

- Se você tiver algum tipo de perturbação mental, acha que não se vai reflectir no seu estado físico (corpo)?

- Se você está insatisfeito e observa passivamente a destruição do seu corpo, não acha que o seu espírito está desligado do seu corpo?

     Neste momento pare de ler este texto e pense em cada uma das três questões anteriormente colocadas e depois retome a leitura.

     Talvez tenha chegado o momento de redistribuir a sua preocupação e atenção pelos 4 níveis (físico, emocional, mental e espiritual), de olhar para si como um todo e não como uma parte. Uma das coisas fundamentais que devemos aprender é a Aceitação, pois a “não-aceitação” de algo pode ser o princípio de uma barreira, por nós criada (no plano mental), a qual pretendemos ultrapassar, mas que se torna extremamente difícil devido à altura (dimensão) que lhe atribuímos. Por esta e outras razões devemos de aprender a “Aceitação” pois isso facilita-nos imenso o nosso bem-estar e por sua vez a nossa paz interior.

     Deixo-lhes a seguinte sugestão para vossa reflexão: As pessoas e os problemas têm a importância e a dimensão que lhe quisermos dar”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

Uma Sugestão… para si

Caros amigos,

Mais um ano se passou,

Continuas a achar que está tudo mal,

É o pensamento generalizado,

Não devemos levar a mal;

 Vamos elevar a nossa energia,

Que flui através do nosso pensamento,

Difundir o nosso Amor Incondicional,

Com felicidade e contentamento;

 Liberte-se do seu passado,

Porque já pertence à história,

Trazer essa “carga” consigo,

Dá-lhe um futuro sem glória;

 Viva concentrado no presente,

Viva intensamente o momento,

Saboreie o gosto pela vida,

Depois de fazer esse desprendimento;

 Pode até ter muito património,

Que lhe pode ter sido dado ou não,

Mas nenhuma felicidade terá,

Sem paz e amor no seu coração;

  Neste ano que agora começa,

Sugiro-lhe que mude o seu pensamento,

Para começar agora,

Liberte-se desse lamento;

 Pense em coisas boas,

Seja mais positivo,

Veja como se sente melhor,

E até bem mais activo;

 Assim eleva a sua vibração energética,

E verá o quão bem se vai sentir,

Fica mais protegido de tudo,

Até de alguma doença que poderia surgir;

 Emane o seu Amor e Compaixão,

Para todos sem excepção,

Porque o simples acto de perdão,

Também dá felicidade ao coração;

 Vamos ajudar os outros,

Tal como gostávamos que fosse para nós,

A divindade observa os nossos actos,

Nunca nos deixando ficar sós;

 É um trabalho muito bonito,

Néctar precioso para o coração,

É tão bonito o sentimento que se tem,

Quando o outro estende a mão;

 Pensemos de forma colectiva,

Em detrimento da individual,

Não estamos sós no mundo,

Ajudando a um bem-estar global;

 Vamos libertar a nossa essência,

Amar os seres sencientes,

Transmitir todo o nosso Amor,

Principalmente aos que estão doentes;

 Quem tem dinheiro,

Pensa que pode comprar tudo,

Mas que ideia tão errada,

Fruto de um pensamento absurdo;

 Vamos manifestar a nossa essência,

Para com todos os nossos semelhantes,

Dando afecto, amor, carinho e abraços,

Coisas tão boas e reconfortantes;

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 13:57
Link | Comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Processo de Cura Interior

O processo de Cura Interior reequilibra as energias de cada corpo focalizando a expressão desse equilíbrio, corrigindo-o e reparando a camada apropriada da aura através da imposição das mãos. Esse realinhamento de cada corpo ajuda a restabelecer o equilíbrio dos outros.

Na cura do nível ketérico padrão, o sistema falho de crenças é trazido à consciência e desafiado. A cura faz-se na sétima camada do campo e consiste principalmente em reparar e reestruturar esse corpo onde quer que seja necessário. O reparo da sétima camada abre automaticamente a sexta camada para mais amor celestial.

No nível celestial, o reikiano participa do amor celestial ou universal e canaliza-o para o paciente.

No nível etérico padrão, realinha-se o corpo áurico através da cirurgia espiritual, que faz coincidir a vontade com a Vontade Divina.

No nível astral, a cura verifica-se através do amor. O reikiano participa da realidade do amor à humanidade e canaliza energia para o paciente, permitindo ao nível mental começar a relaxar e a soltar algumas defesas que experimentou o trauma. Quando se dá conta deles, o adulto avalia-os facilmente pelo seu justo valor e pode substitui-los por processos de pensamento mais amadurecidos. O reikiano trabalha para reestruturar a camada do campo áurico ajudando o paciente a imaginar soluções novas para velhos problemas.

Na camada emocional, utilizando a técnica da sugestão, o curador ajuda o cliente a clarear sentimentos bloqueados. Algumas vezes, o paciente revive velhos traumas e experimenta todos os sentimentos bloqueados durante a cura. Outras, os traumas são removidos sem que o paciente se aperceba deles.

Na camada etérica, é necessário fazer um realinhamento e um reparo para reestruturar a camada, a fim de restabelecer um sentido de bem-estar e de força.

No trabalho directo com o corpo físico, empregam-se exercícios, posições do corpo e voz para liberar bloqueios físicos como, por exemplo, tensão muscular, gordura ou fraqueza.

No processo da cura de pleno espectro, trabalham-se todos os corpos ao mesmo tempo. Aplica-se o processo em sessões privadas ou, às vezes, em grupos dirigidos por um reikiano, quando a saúde do corpo físico geralmente aparece por último, depois de equilibrados os demais corpos. Isso tanto pode levar uma única sessão quanto um ano de sessões.

Você talvez fique maravilhado pelos reikianos poderem fazer isto tudo. A razão é porque eles têm acesso a enorme quantidade de informações através de um estado ampliado de consciência.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:50
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Abril de 2008

A Alma e os Diferentes estados do Sono

O estudo do sono fornece-nos indicações de grande importância sobre a natureza da personalidade. Em geral, não se aprofunda muito o mistério do sono. O exame atento desse fenómeno, o estudo da alma e de sua forma fluídica durante a parte da existência que consagramos ao descanso, irá conduzir-nos a uma compreensão mais clara das condições do ser na vida do além. O sono possui não apenas propriedades restauradoras a que a ciência não deu ainda o real destaque, mas também um poder de coordenação e de centralização sobre o organismo material. Pode, além disso, como acabamos de ver, provocar uma extensão considerável das percepções psíquicas, uma maior intensidade do raciocínio e da memória.

O que é então o sono?

É simplesmente o desprendimento da alma, a sua saída do corpo. Diz-se: o sono é o prenúncio da morte. Essas palavras exprimem uma verdade profunda. Sequestrada da carne no estado de vigília, a alma recupera no sono sua liberdade relativa, temporária e ao mesmo tempo o uso de seus poderes ocultos. A morte será sua libertação completa, definitiva. Já nos sonhos e nas ilusões vemos entrar em acção os sentidos da alma, esses sentidos psíquicos, que no corpo são a manifestação externa e amortecida. À medida que as percepções externas se enfraquecem e se apagam, quando os olhos estão fechados e os ouvidos suspensos, outros meios mais poderosos despertam nas profundezas do ser. Vemos e ouvimos com a ajuda dos sentidos internos. Imagens, formas, cenas afastadas sucedem e se desenrolam; são estabelecidas conversas com personagens vivas ou falecidas. Essa acção, muitas vezes incoerente e confusa no sono natural, adquire precisão e aumenta com o desprendimento da alma, no sono provocado, no transe sonambólico e no êxtase. Às vezes a alma afasta-se durante o repouso do corpo e são as impressões das suas viagens, os resultados das suas pesquisas e das suas observações que se traduzem pelo sonho. Nesse estado, um laço fluídico ainda a liga ao organismo material e, por meio desse laço subtil, uma espécie de fio condutor, as impressões e as vontades da alma podem ser transmitidas ao cérebro. É pelo mesmo processo que, em outras formas de sono, a alma comanda o seu envoltório terrestre, fiscaliza-o e dirige-o. Essa direcção, no estado de vigília, durante a incorporação, exerce-se de dentro para fora; ela irá efectuar-se em sentido inverso aos diferentes estados de desprendimento. A alma emancipada, continuará a influenciar o corpo com a ajuda desse laço fluídico que liga continuamente um à outra. Desde então, no seu poder psíquico reconstituído, a alma exercerá sobre seu organismo carnal uma direcção mais eficaz e mais segura. A caminhada dos sonâmbulos, à noite, em lugares perigosos com inteira segurança, é uma demonstração evidente desse fato. O mesmo acontece com a acção terapêutica provocada pela sugestão. Esta é eficaz, sobretudo no sentido de facilitar o desprendimento da alma e lhe dar seu poder absoluto de controlo, a liberdade necessária para dirigir a força vital acumulada no perispírito e, por esse meio, reparar as perdas sofridas pelo corpo físico. Constatamos esse fato no caso de dupla personalidade. A segunda personalidade, mais completa, mais integral do que a personalidade normal, substitui-a com um objectivo curativo, por meio da sugestão exterior, que é aceite e transformada em auto-sugestão pelo espírito do indivíduo. De facto, este nunca abandona os seus direitos e seus poderes de controlo.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:19
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

DEUS E NÓS

Deus nos garante a vida.

Cabe a nós outros aperfeiçoá-la e engrandecê-la.

Deus nos provê de inteligência.

Respondemos pela formação da cultura.

Deus nos ilumina com razão.

O discernimento ocorre por nossa conta.

Deus nos alimenta através do amor.

Obteremos sempre do amor o que fizermos com ele.

Deus suscita as circunstâncias.

De nós depende a escolha da acção para utilizá-las.

Deus cria a possibilidade.
O trabalho é obra nossa.
Deus concede o dom de falar.
A palavra nos diz respeito.
Deus espalha recursos.

Somos chamados a valorizá-los e desenvolvê-los.

Deus sugere o bem.

Está em nós o senso de concordância.

Deus cria a semente.

Temos o privilégio da plantação no cultivo do solo.

Deus me envia o melhor que sou capaz de receber.

Aceitação ou rebeldia vertem de nós com os resultados atribuíveis a cada uma.

Deus estabelece o pensamento livre.

Detemos o poder de manejá-lo na pauta dos princípios de causa e efeito.

Em todos os lugares encontraremos a criatura associada ao Criados nas ocorrências da Criação.

A Divina Providencia e a Humana Cooperação surgem sempre juntas em todas as realizações da vida, isso porque de Deus vem a dádiva e do Homem dimana a aplicação. E já que a Justiça Perfeita nos acompanha e observa em todos os passos da jornada evolutiva, a lei da responsabilidade funciona em todos os climas, determinando méritos ou necessidades de toda pessoa em particular e reduzindo todas as teorias de recompensa e punição ao sábio preceito evangélico: “A cada um segundo as suas obras”.

Espírito: EMMANUEL

Médium: Francisco Cândido Xavier

Publicado por Viktor às 06:30
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Pas-Pes-Fut

. Reflexão: Espelhos da vid...

. Reflexão do dia

. Uma Sugestão… para si

. Processo de Cura Interior

. A Alma e os Diferentes es...

. DEUS E NÓS

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007