.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

Simplicidade ou Complexidade?

Caros leitores,

     Observando tudo o que me rodeia, com facilidade posso utilizar estas duas palavras. Quando visualizo algo que entendo penso que é simples, quando não entendo penso ser complexo. Apesar de ter falado em termos pessoais, isto é algo que se aplica à globalidade dos seres humanos, pois em variadas coisas somos muito semelhantes. A sociedade nos dias de hoje está “formatada” de tal maneira que aqueles que possuem um determinado nível académico ou que ocupam determinados cargos de chefia, usam um elaborado e complexo vocabulário para escrever e dialogar para com os outros. Em meu entender acho que isso é apenas um método de mostrar uma certa “superioridade” (meramente académica) fruto de um curso superior tirado (ou não) e que lhes alimenta o ego, por isso a sabedoria popular diz: “cantas bem mas não me alegras”.

     A própria vida em si e as situações que diariamente aparecem já são, muitas vezes, demais para complicar a mente do ser humano, quanto mais quando pretendemos um esclarecimento e nos deparamos com uma pessoa que (armado aos cucos), nos fala com palavras de “sete e quinhentos” usando terminologias técnicas como se estivesse a falar com algum colega de profissão.

     Vamos deixar de complicar a vida e interromper a nossa contribuição para complicar a mente (já algo baralhada) do nosso semelhante. Vamos escrever e falar para os outros como se estivéssemos a explicar uma coisa a uma criança de 10 anos, com palavras e frases simples e de fácil compreensão, ou tem receio de partilhar o seu conhecimento com o seu semelhante? Evite esse receio, pois ninguém nasce ensinado e você também gosta que lhe expliquem as coisas (para aprender) quando não sabe, certo?

     Ao longo do tempo em diálogos e sobretudo nos textos que escrevo, tento usar um vocabulário simples e de fácil entendimento, pois quero que os textos que escrevo (partilho) sejam de fácil compreensão, e sobretudo que as pessoas possam aprender algo com eles, em prol de si mesmas e do seu bem-estar.

     Hoje termino este texto colocando-lhe uma questão: “Acha que os textos que publico são de fácil compreensão?”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Desafio...

Caros leitores,

     A vida é um mistério, no qual constantemente somos postos à prova nos desafios que temos. Cada desfio é maior ou menor consoante a sua dimensão, dificuldade e tempo. É claro que muitas vezes, nós mesmos mentalmente sobredimensionamos o “desfio”, o que acaba por dificultar a sua superação por parte de nós mesmos, culpa essa que por vezes devido ao estado “alterado” em que ficamos, acabamos por responsabilizar aqueles que estão à nossa volta. Na sequência do que acabei de dizer aproveito mais uma vez para lhes dizer que os desafios têm a dimensão que lhes queremos atribuir, como tal deve olhar com calma a tranquilidade para eles e nunca pense que é incapaz de os superar.

     Na realidade o objectivo com que este texto está a ser escrito é diferente do descrito no parágrafo anterior. Desde o momento que este blogue foi criado (2007) muitos textos foram escritos, um variado leque de temas foi abordado, foram publicados muitos textos de partilha de conhecimento pessoal, alguns vídeos, entre outras coisas mais. Como leitores hoje vou-lhes propor um desafio, ou seja, gostaria que me dissessem quais os temas ou dúvidas que gostariam de ver aqui esclarecidos(as). Termino deixando-lhe uma frase para vossa reflexão: “Hoje, perdoarei tudo e todos impregnando-me de amor incondicional e assim sentirei a leveza do meu Ser”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Abril de 2012

Reflexão...

 

     Por vezes é complexo viver num mundo onde tudo parece estar desorganizado. Liga-se a televisão e acabamos por “levar” com toda a carga de energia negativa associada aos blocos noticiosos, as primeiras páginas dos jornais expõem maioritariamente notícias de choque (em nada positivas), os governos parecem querer governar desconhecendo as reais carências de quem neles depositou um voto de confiança, as sociedades secretas que tentam a todo o custo dominar os desenvolvimentos da humanidade, enfim, um sem número de situações neste jogo das polaridades que tem como objectivo comum servir de escola da vida, para que a consciência colectiva das populações se desenvolva de forma colectiva universal.

     De que vale a pena andar pelos blogues, redes sociais, cafés, centros espíritas, cabeleireiro entre muitos outros locais, a falar de pobreza, crise, desemprego e tantas outras coisas mais? É inútil e indiferente apenas e só manifestar sentimentos de compaixão, amor, pesar, misericórdia, desgosto, tristeza, mágoa e desagrado, pois isso apenas e só gera naquele momento e local um certo mau estar pois esse tipo de conversa toca emocionalmente as pessoas e faz com que baixe a sua frequência energética vibratória. Escrever textos de apoio e proferir palavras de animo são apenas alimentos para a Alma, mas os mais carenciados e desfavorecidos necessitam de pessoas pró-activas que coloquem em prática (no terreno) todas essas coisas que dizem, partilhando com o seu semelhante um pouco do seu pão, algumas das suas roupas, alguns dos seus agasalhos, enfim, dividindo com o semelhante um pouco daquilo que temos, em prol de uma sociedade mais justa, social, humana e coerente.

     Termino esta reflexão deixando uma palavra de apoio a todos aqueles que, muitas vezes “relegando” as suas famílias para segundo plano, se dedicam à maravilhosa e fantástica causa humanitária de ajuda ao seu semelhante, abdicando da vida na materialidade e de outras tantas coisas, acabando por ter uma vida de quase inteira dedicação à ajuda do ser semelhante. Parabéns a todos os projectos sociais, associações ou iniciativas individuais de ajuda ao próximo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 20:00
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

Reflexão 2010

Caros amigos,

Mais um ano se passou, onde inúmeras coisas aconteceram.

Agradeço a todos aqueles que através de mim entraram no maravilhoso mundo do Reiki. Para eles desejo que tudo lhes corra bem no universo reikiano, e para qualquer dúvida façam o favor de me dizer, pois é esse também o meu papel, dar-lhe o apoio necessário e os devidos esclarecimentos.

Agradeço a todos os que me procuraram na rua, por telefone, por e-m@il, pelo msn ou pelo facebook, na busca de uma solução, explicação, esclarecimento ou iluminação, pois apesar do que por cada um deles consegui fazer, com eles também aprendi, pois aprendo diariamente com tudo e todos, mesmo com aqueles que em mente acham que nada têm para me ensinar.

Agradeço aos que vieram ao meu encontro para fazer uma sessão terapêutica para relaxar, para aliviar o stress, para remover uma dor, para ultrapassar problemas emocionais, para sair do fosso, para se libertarem de medos, para se livrar das insónias enfim, pelos mais variados motivos e razões, quero também deixar-lhes aqui o meu agradecimento pelo auxílio que me deram na minha evolução e amadurecimento de conhecimentos enquanto terapeuta holístico.

Agradeço também a todos os que ao longo deste ano participaram no Projecto Social REIsocialKI®, contribuindo para a sua evolução pessoal e espiritual e dando um valioso contributo para os mais carenciados e sem-abrigo, através dos donativos em género (roupas) e espécimen (alimentos) que puderam saciar alguma fome e dar algum conforto aos nossos irmãos mais desfavorecidos, no Algarve, Madeira, Lisboa, Odemira e em Famalicão. Aqui em Albufeira continuo a desenvolver este projecto muitas vezes só e algumas com apoios, mas vai continuar a funcionar semanalmente para a angariação de roupas e alimentos que têm como destino a cantina social.

Estou grato por tudo o que aprendi e por todo o conhecimento que consegui por à disposição do meu semelhante no meu blogue, como já fazia em anos transactos e agora também no facebook, disponibilizando o meu conhecimento em prol de toda a comunidade.

Mas como costumo dizer o passado é história (já fiz os devidos agradecimentos), o futuro é mistério (desejo e penso que tudo vai correr pelo melhor) e o presente é uma dádiva (viver intensamente o momento).

Neste momento, aqui e agora, manifesto a todos o meu muito obrigado pela vossa contribuição, por maior ou menor que tenha sido, que me proporcionaram no meu caminho de luz e ascensão.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:03
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

OS CHAKRAS MENORES

Os chakras menores são algumas vezes mencionados nos textos sagrados dos hindus. Contudo, eles oferecem muito pouco interesse, salvo aqueles que estão em estreita relação com o cérebro e aos quais fazem algumas vezes alusão certos autores: “O Lalanâ chakra, em frente da úvula, com doze pétalas (ou lobos), região que se supõe associada à produção dos sentimentos e das afeições ego-altruístas, como o amor próprio, o orgulho, a afeição, a cólera, o pesar, a veneração, o contentamento, etc.”.
O iniciado se concentra sobre este centro no momento em que visualiza seu instrutor para solicitar-lhe conhecimentos diversos. O centro Lalanâ é responsável pelos doze pares de nervos cranianos que partem do cérebro para terminar nos diferentes órgãos dos sentidos.
"O Mana chakra, o sensório, com seis lobos (cinco sensórios especiais para as sensações de origem periférica, e um sensório comum para as sensações de origem central, como nos sonhos e nas alucinações".
Considera-se geralmente que o Mana chakra é fisicamente exteriorizado pelo cerebelo. É também a partir destas pétalas que nascem as sensações dos cinco sentidos.
"O Soma chakra, gânglio com dezesseis lobos, compreendendo os centros do cérebro, acima do sensório; sede dos sentimentos altruístas e do controle da vontade, da compaixão, da bondade, da paciência, da renúncia, da determinação, da magnanimidade, etc."
Dizem os yogues que é neste centro que pode ser contemplada a bem-aventurança do glorioso Ishvara (Ishvara corresponde ao segundo aspecto da trindade cristã, isto é, ao Filho, ao Cristo manifestado; Ishvara é também Aum, a palavra sagrada; é “o Cristo em nós, a esperança e a glória”). (Arthur Avalon, La puissance du serpent, Dervy-Livre).
Publicado por Viktor às 10:30
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Agosto de 2007

ALEGORIA DA QUEDA DO HOMEM NA BÍBLIA

O dogma da queda do homem é sustentado no campo religioso como um dos mistérios de Deus, impenetrável à inteligência humana. Seu fundamento bíblico é o Cap. III do Génesis. Todos conhecem a lenda poética da árvore proibida, no meio do jardim do Éden, com a serpente demoníaca (a piton grega) enganando Eva, que leva Adão ao pecado original da desobediência. Mas em virtude do dogmatismo fideísta das religiões, poucas pessoas admitem a natureza alegórica desse conto ingénuo. O símbolo está evidente, à flor da pele. Mas os que consideram a Bíblia como a palavra de Deus não podem admiti-lo. Entendem a alegoria como realidade divina, tomando-a simplesmente ao pé da letra. Kardec explica em A Génese, Cap. XII, toda a simbologia dessa passagem bíblica: Adão é a personificação da Humanidade e sua falta representa a fragilidade humana; a árvore da vida é o símbolo da vida espiritual, que desenvolve a consciência humana e o livre-arbítrio da criatura; o fruto proibidoestá no meio do jardim de delícias, porque é a tentação dos prazeres materiais; a desobediência de Adão e Eva é a violação das leis de Deus pela concupiscência do homem; a serpente é a imagem da perfídia, da maldade que incita os outros ao erro.
Pergunta Kardec: "Por que impor à fé ingénua da credulidade infantil, como verdades, alegorias tão evidentes, falseando o seu julgamento e fazendo-as mais tarde encarar a Bíblia como um conjunto de fábulas absurdas?" Além disso, Kardec estuda o verdadeiro sentido dos termos bíblicos em sua origem hebraica e estabelece comparações entre o texto sagrado e conhecidas alegorias mitológicas. A forma das alegorias bíblicas é bela e o seu sentido é profundo. Mas essa beleza e essa profundidade são transformadas em absurdo e ridículo pela interpretação literal.
J. Herculano Pires
Publicado por Viktor às 10:15
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Agosto de 2007

EXPRESSÕES E PALAVRAS DESFIGURADAS NA BÍBLIA

Estamos vivendo uma fase de intensa reformulação dos textos bíblicos. A "Palavra de Deus" vem sendo alterada, modificada e muitas vezes arranjada, de acordo com os interesses dos homens. Já existe mesmo uma tradução da Bíblia que se diz aceitável, pêlos materialistas. A velha discussão sobre a Vulgata Latina levou os novos tradutores a recorrerem ao texto hebraico. A tradução clássica do padre Figueiredo, segundo a Vulgata, é acusada de suspeitas, preferindo-se a do padre Almeida, que como vimos, também já foi modificada. O religioso esclarecido sabe muito bem que as versões antigas da Bíblia estão superadas. Mas há os que nada entendem e consideram o velho livro como intocável e imutável. Esses acreditam cegamente nas pretensas condenações ao Espiritismo. Para eles, só podemos repetir as palavras de Jerónimo de Praga, quando uma velhinha beata levou mais uma acha de lenha para a fogueira em que o queimaram: "Sancta Simplicitas".

A tradução dinamarquesa da Bíblia não trata dos dons espirituais. O teólogo Haraldur Nielsson explica-nos a razão dessa aparente discrepância. Pasmem os defensores do dogma da graça, que consideram Deus como chefe do partido a que pertencem! O tradutor categorizado da Bíblia para o islandês, o rev. Nielsson, que fez a tradução a serviço da Sociedade Bíblica Inglesa, declara: "No texto grego está a palavra Espíritos e não a expressão Dons Espirituais". E acrescenta: "Em muitas traduções da Bíblia, esta passagem foi verificada de maneira confusa apesar de não haver a menor dúvida quanto à verdadeira significação dos termos gregos do texto original: "epei zelotai este pneumaten".

Nielsson adverte ainda que os tradutores e revisores da Bíblia nem sempre tiveram a coragem de traduzir com exactidão os textos originais que se referem claramente à comunicação dos Espíritos. E faz, correctamente, uma grave denúncia: "Os teólogos prenderam os seus sistemas em pesadas e estreitas cadeias". A Bíblia, estudada segundo o espírito que vivifica, sem os prejuízos da letra que mata, revela a sua face espiritista e por tanto mediúnica, como o demonstra o rev. Nielsson e como afirmou Kardec. Trataremos mais amplamente dos Dons Espirituais.

J. Herculano Pires
Publicado por Viktor às 00:11
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Simplicidade ou Complexid...

. Desafio...

. Reflexão...

. Reflexão 2010

. OS CHAKRAS MENORES

. ALEGORIA DA QUEDA DO HOME...

. EXPRESSÕES E PALAVRAS DES...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007