.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2015

Reflexão: A Humanidade…

 

Caríssimos,

     No decorrer da minha jornada, conheci pessoas de várias cores, origens, religiões, e de tantas outras coisas que as podem caracterizar, pois cada Ser é único, com as suas particularidades, conhecimentos e capacidades.

     Observando o que se passa no mundo, verificamos que há milhares de “guerras” a serem travadas pela humanidade, pelos mais variados motivos e razões. Estas podem ser de grande ou pequena escala, consoante o número de intervenientes e o objectivo das mesmas. Quase me arriscava a dizer que cada Ser Humano é um potencial foco de guerra, além de ter as suas pequenas “guerras”, originadas por ele mesmo ou até mesmo pelo seu semelhante. Ninguém neste mundo está a salvo, nem sequer aqueles que dedicam toda uma vida a auxiliar os seus semelhantes, pois acabam também por ser alvos de críticas, por uma sociedade cada vez mais intolerante. Pois, na minha humilde opinião, verifico que a Humanidade está “doente”, padece de falta de tolerância, respeito, valores e educação, de uns para com os outros, o que em abono da verdade, nada contribui para o bem-estar colectivo da sociedade. Quer acredite ou não que o Universo é composto por energia que se move livremente proporcionando o funcionamento das galáxias e tudo o que delas faz parte, e cada um de nós tem dentro de si mesmo um pouco dessa energia, o que lhe permite ser um Ser vivo. Essa energia pode ser manipulada por cada um de nós, consoante a nossa vontade, por isso se diz na gíria popular que há pessoas boas e más. Concordo parcialmente com esta afirmação, contudo devo esclarecer que cada um de nós pode ser uma pessoa boa ou má, consoante a vibração energética que enviamos através dos pensamentos e das palavras que dizemos. É sobre este aspecto que devemos ter bastante cuidado, pois sendo o Universo justo, vai-nos devolver, na mesma frequência, a vibração energética que enviamos para os outros, porque na verdade cada um de nós é uma fonte de energia, agora cabe a cada um de nós a responsabilidade da vibração que queremos enviar.

     Esta pequena reflexão talvez não lhe diga absolutamente nada de novo, mas se conseguir interiorizar a mensagem que vai nas entrelinhas já valeu a pena o tempo que perdeu a ler este texto, pois em meu entender o primeiro passo para podermos mudar interiormente é a consciencialização. Jamais se esqueça que toda a mudança começa sempre por Si e dentro de Si mesmo. Sejam felizes e vamos fazer deste um mundo melhor, pois no dia em que mudarmos o “nosso” mundo, o mundo à volta também mudará.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 11:15
Link | Comentar | favorito (1)
Terça-feira, 14 de Maio de 2013

Reflexão: As ciladas da vida

Caríssimos,

     Ao longo da nossa vida vamos encontrando variados obstáculos, uns surgem com o tempo, outros colocados por terceiros e ainda há aqueles que surgem colocados por nós mesmos. A vida é mesmo assim, e são esses “obstáculos” que nos fazem crescer e amadurecer, fazendo de nós aquilo que somos.

     As armadilhas que surgem no caminho de cada um, podem ser das mais variadas formas e surgir dos mais variados locais, pois parece que o ser humano é uma “peça” de um jogo de poder. Esses jogos, para “infelicidade colectiva” da humanidade, verifico que a inteligência humana é usada maioritariamente com o intuito de ludibriar os mais incautos. Alerto-os que os piores embustes contra o ser humano, são aqueles que são executados sobre o plano mental, ao nível psicológico, tais como falsas crenças, dogmas, falsas verdades, entre muitas outras coisas. Pensem no seguinte: Quem age com amor em todos os seus actos pode entrar nestes jogos de poder? Certamente sabe que tal é impossível, pois quem age com amor partilha, esclarece e ajuda o seu semelhante, sem esperar benefícios económicos, pois observa o “outro” como um ser igual a si mesmo.

     Ouve-se falar de evolução científica, evolução da espécie, evolução de gerações, evolução de consciência e de tantas outras coisas mas, na generalidade vemos que anda mais de metade da humanidade a tentar enganar a “restante” humanidade. Ao longo da nossa vida todos nós temos momentos nos quais nos encontramos mais em baixo, momentos em que estamos mais vulneráveis, psicologicamente abatidos, com falta de auto-estima e nesses momentos temos uma certa “mania” de procurar fora (ou nos outros) uma saída ou orientação que nos “sirva” para ultrapassarmos aquele momento difícil. É nessas alturas que o nosso Ser se encontra mais vulnerável àqueles, que por artimanha (gestos, palavras, textos, etc…) tentam vender gato por lebre, e devido ao nosso estado débil, acabamos por cair na “esparrela” ou “conto do vigário”. Para o seu bem-estar, se estiver num momento menos bom procure as respostas dentro de si mesmo e/ou peça auxílio apenas a alguém que o(a) saiba ouvir, compreenda e que sobretudo não seja alguém que aborde logo as questões monetárias sobretudo quando se tratam de valores algo avultados, pois quem ajuda por bem e com amor incondicional sente que o bem-estar do paciente vale mais do que um determinado valor monetário.

     Termino deixando um alerta, dizendo que independentemente de como se sente (mais ou menos bem) paute-se sempre com a sua consciência não aceitando como 100% verdadeiro tudo aquilo que lhe dizem, analisando tudo em consciência e aceitando apenas aquilo que tem sentido para si mesmo.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:24
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

O Caminho do Discípulo

     Enquanto o discípulo vai despertando nos seus santuários místicos o seu Sol espiritual, toda a sua estrutura física interna passa por graduais transformações até culminar num equilíbrio mais definitivo em todos os níveis. As transformações são de caráter energético e atingem todos os níveis da matéria, bem como todos os níveis da consciência física, ou seja: consciente e inconsciente.

     O que um discípulo deve fazer nas diversas etapas transformativas é questionar-se sobre as suas ações, hábitos, vícios e comportamentos afetivos, as suas idéias, os seus conceitos e preconceitos, a fim de melhor aproveitar o processo para se conhecer e renovar.

     Nestas etapas, o discípulo vive em conflito consigo mesmo, procurando dentro de si respostas e nem sempre se consegue desprender dos mesmos para as assimilar. Nestes momentos, deve recorrer aos Mestres e companheiros espirituais que o assistem, e humildemente lhes abrem o seu coração expondo a rede de sentimentos que o bloqueiam, porque o Mestre conhece o seu discípulo e tem a missão de libertá-lo de todas as amarras ao seu desenvolvimento espiritual. O Mestre sabe bem como criar condições para que o seu discípulo se desprenda das suas próprias dificuldades.

     Todo discípulo que pretende (com sinceridade de alma e de espírito) servir à Luz, não se deve fechar dentro do casulo do orgulho pessoal, porque ele não é perfeito para, sozinho, trilhar o caminho luminoso que lhe foi destinado.

     Todo discípulo é um aprendiz constante e deve humildemente reconhecer quando precisa da ajuda dos seus companheiros dos outros planos ou de especialistas no plano físico. De nada serve ser doutor de si mesmo se a doença em questão necessita de vários especialistas.

     Quem se fecha em si mesmo impede que todas as respostas que vêm da alma e do espírito cheguem à consciência, perdendo a oportunidade de evoluir porque vive dentro das faixas restritas do entendimento racional. Todo aquele que serve à Luz no plano físico precisa sempre da ajuda dos Seres de Luz para melhor identificar as direções que deve tomar em situações que envolvam uma renovação interior, e deve aprender a saber pedi-la.

     O discípulo que não quer se renovar pouco avança na Senda Oculta, pois, com o passar do tempo, o bloqueio individual não lhe permitirá vislumbrar os novos horizontes que se abrem para o seu caminho.

     Dos mundos de manifestação, o mais complexo é o plano físico por causa da cisão que foi feita entre mente e corpo, intelecto e espírito. Nesta cisão, a humanidade, de um modo geral, criou valores muito superficiais para a sua evolução, e através desses valores é que a personalidade se formou, ou seja, está completamente vazia de propósitos reais dentro da evolução verdadeira da vida humana. Mas esses valores superficiais – e até mesmo os padrões de comportamento dos seres humanos em geral – são muito primitivos e acabam por criar consciências totalmente condicionadas às infantilidades, bloqueando de todas as formas a verdadeira maturidade da personalidade.

     Assim, nenhum ser humano se pode julgar tão consciente para equilibrar sozinho os valores da alma e espírito com os valores da personalidade, porque a primitividade da consciência física não lho permite. Somente aquele que tem o coração aberto e que é capaz de, sincera e insistentemente, buscar a união da alma com a personalidade e a ligação consciente com o Mestre, enfrentando todas as transformações internas que lhe são necessárias para a real união, poderá alcançar a meta.

     Os candidatos a discípulos, na sua maioria, gostam de se iludir achando que por contatarem os Seres de Luz, por terem sido chamados, estão em maior equilíbrio do que os outros que não os contatam. Mas como disse, é só uma pura ilusão, pois muitas vezes perdem a possibilidade de serem os escolhidos, uma vez que nem conseguem conduzir seus próprios passos.

     Esta mensagem é um alerta a todos os discípulos da Luz, porque muitas transformações mundiais estão por vir, e sabemos que muitos discípulos na hora de assumirem uma posição madura perante suas verdadeiras tarefas espirituais regredirão emocionalmente e ficarão estagnados nos seus bloqueios, sem condições para cumprir o que lhes competirá, devido ao choque emocional a que estarão sujeitos. Por isso mesmo, alertamos para aprenderem desde já a reconhecer as vossas próprias fragilidades e limitações emocionais, trabalhando-as gradativamente e transmutando-as a fim de, conscientemente, eliminá-las em nome de uma maior expansão interna individual e espiritual.

     Envio-vos as energias amorosas necessárias, a fim de que possais abrir os vossos canais de compreensão internos.

     Com todo o meu Amor universal, LANTO. [Conhece-se muito pouco deste Mestre; consta que foi o Grande Imperador Amarelo na China. Já foi Mestre do segundo raio e é um dos futuros Cristos Planetários.]

Canal Espiritual: Lourdes Rosa.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:00
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

O Deus Esquecido...

 

     A humanidade atual está completamente voltada para os valores externos da vida humana, como se toda a sua evolução ficasse resumida a uma única vida.

     Perdeu a noção das suas verdadeiras origens. Os valores mais preciosos e internos, os espirituais, foram relegados a planos tão secundários que só uma pequena parcela tem a noção exata do que estes valores espirituais representam numa evolução.

Esta inversão de intenção e direcionamento da vida só tem trazido sofrimentos, amarguras, desilusões, fome, ódio, guerras e injustiças.

     As grandes civilizações passadas tinham uma noção mais exata destes valores espirituais, cada uma à sua maneira, mas pelo menos o direcionamento da vida estava enraizado nos valores mais íntimos (mais profundos), ou seja, os da alma e do espírito. Muitas dessas civilizações tinham uma correspondência divina no Sol e no Fogo, dois símbolos que se interrelacionam e que também estão representados dentro do ser humano: o sol crístico no coração e o fogo sagrado na kundalini e na mente de cada ser humano.

     Mas as conveniências religiosas, políticas e depois científicas, nunca estiveram interessadas em ensinar à humanidade que o verdadeiro Deus está dentro de cada um e que a sua forma mais perfeita, simbolicamente, está representada no Sol e no Fogo, porque ambos são vida, transformação e energia que permitem ao homem evoluir na direção do Absoluto Ser Onipotente e Onipresente em cada átomo, visto que tudo é energia (nos mais variados estados), consciência e evolução.

     O verdadeiro Deus não tem forma, Ele está além da forma; podeis sentir Sua presença através da vossa sensibilidade e do vosso sentimento (chakra cardíaco). Podeis ter uma consciência mais ampla d’Ele, mas não podeis vê-lo, uma vez que Ele está além de qualquer forma.

     Desterraram o verdadeiro Deus quando se viraram para a busca d’Ele bem longe, quando O procuraram nos templos feitos pelos homens, como se alguma religião ou crença tivesse o poder de o aprisionar dentro de um templo. Os templos externos, são meios para que cada um se volte para dentro de si mesmo, na busca do único templo onde se pode reverenciar o verdadeiro Deus, que é o vosso templo interno, formado pelos vossos corpos densos e sutis.

     O verdadeiro Deus está dentro de cada um, prisioneiro da forma, dos egos humanos que colocaram em ação múltiplas causas e querem obrigar a alma (aquela que pode entrar em contato com Deus) a reagir aos efeitos deformados e muitas vezes egoístas das suas ações.

     Toda a humanidade inverteu estes valores, pelo que agora compete à alma colocar em ação as causas e aos egos humanos receberem os efeitos originários da alma que tem sempre o objetivo de conduzir à únião na Luz.

Sim, todos precisam alcançar a sua união interna para depois começarem a construir a unidade externa; sem ela, ninguém conseguirá atingir o verdadeiro amor universal.

     É este amor que, através da entrega absoluta da alma ao Deus Pai-Criador e do serviço aos outros seus semelhantes, levará à unidade na Luz Maior. Ninguém atingirá a libertação e iluminação espirituais sem se fundir com a Luz.

Só quando a alma se funde com a personalidade e ambos são Um só, há um reencontro com Deus nos santuários internos e um contato consciente com Ele, sem intermediários porque todos são seus filhos espirituais.

     A verdadeira essência divina está dentro de cada um.

     Muitos já sabem disto, outros procuram chegar até ao verdadeiro Deus que está no mais sagrado dos santuários internos, nos corações místicos, e nos santuários da mente e do fogo sagrado da kundalini. Porém, poucos se estão a despojar das amarras humanas, dos vícios que esta civilização criou, dos dogmas, tabus e preconceitos para se entregarem de corpo, mente e alma à busca do verdadeiro Deus esquecido dentro de si próprios.

     Não conquistareis o caminho que vos leva ao encontro e fusão com o Deus interno enquanto continuarem a preservar os valores humanos para a satisfação das ambições, dos orgulhos, dos ideais moribundos que não vos levam para o alto da montanha mística da Luz Maior, mas, ao contrário, para os abismos da vossa própria escravidão, alicerçada em personalidades que, muito mal desenvolvidas e educadas, passaram a se servir do que é sagrado dentro de cada um.

     Segundo a vossa própria Bíblia, todos foram “feitos à imagem e semelhança do Grande Criador” e “Ele insuflou dentro do homem o sopro da vida, a alma, para que possa viver também eternamente”. Deste modo, todos foram criados com os mesmos atributos divinos, mas esqueceram o vosso Criador, desse Deus Esquecido que se encontra adormecido e prisioneiro dentro de voces.

     Não basta acreditar em Deus. Não basta orar a Deus.

     Não basta externamente fazer-se de bonzinho, se dentro nada mudou. É preciso uma grande transformação, uma autêntica revolução da consciência, com novas atitudes, novas intenções de viver mais direcionadas para uma verdadeira vida espiritual.

Canal Espiritual: Henrique Rosa

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:00
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Março de 2009

Nosso Lar

A vida não cessa. A vida é a fonte eterna e a morte é o jogo escuro das ilusões.

O grande rio tem o seu trajecto, antes do mar imenso. Copiando-lhe a expressão, a alma percorre igualmente caminhos variados e etapas diversas, também recebe afluentes de conhecimentos, aqui e ali, avoluma-se em expressão e purifica-se em qualidade, antes de encontrar o Oceano Eterno da Sabedoria.

Cerrar os olhos carnais constitui operação demasiadamente simples.

Permutar a roupagem física não decide o problema fundamental da iluminação, como a troca de vestidos nada tem que ver com as soluções profundas do destino e do ser. Oh! caminhos das almas, misteriosos caminhos do coração!

É mister percorrer-vos, antes de tentar a suprema equação da Vida Eterna! É indispensável viver o vosso drama, conhecer-vos detalhe a detalhe, no longo processo do aperfeiçoamento espiritual!...

Seria extremamente infantil a crença de que o simples "baixar do pano" resolvesse transcendentes questões do Infinito.

Uma existência é um ato.

Um corpo - uma veste.

Um século - um dia.

Um serviço - uma experiência.

Um triunfo - uma aquisição.

Uma morte - um sopro renovador.

Quantas existências, quantos corpos, quantos séculos, quantos serviços, quantos triunfos, quantas mortes necessitamos ainda?

E o letrado em filosofia religiosa fala de deliberações finais e posições definitivas! Ai! por toda parte, os cultos em doutrina e os analfabetos do espírito!

É preciso muito esforço do homem para ingressar na academia do Evangelho do Cristo, ingresso que se verifica, quase sempre, de estranha maneira - ele só, na companhia do Mestre, efectuando o curso difícil, recebendo lições sem cátedras visíveis e ouvindo vastas dissertações sem palavras articuladas.

Muito longa, portanto, nossa jornada laboriosa.

Nosso esforço pobre quer traduzir apenas uma ideia dessa verdade fundamental.

Grato, pois, meus amigos! Manifestamo-nos, junto a vós outros, no anonimato que obedece à caridade fraternal. A existência humana apresenta grande maioria de vasos frágeis, que não podem conter ainda toda a verdade. Aliás, não nos interessaria, agora, senão a experiência profunda, com os seus valores colectivos. Não atormentaremos alguém com a ideia da eternidade. Que os vasos se fortaleçam, em primeiro lugar. Forneceremos, somente, algumas ligeiras notícias ao espírito sequioso dos nossos irmãos na senda de realização espiritual, e que compreendem connosco que "o espírito sopra onde quer".

E, agora, amigos, que meus agradecimentos se calem no papel, recolhendo-se ao grande silêncio da simpatia e da gratidão. Atracção e reconhecimento, amor e júbilo moram na alma. Crede que guardarei semelhantes valores comigo, a vosso respeito, no santuário do coração. Que o Senhor nos abençoe.

ANDRÉ LUIZ

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 07:56
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Humanidade…

. Reflexão: As ciladas da v...

. O Caminho do Discípulo

. O Deus Esquecido...

. Nosso Lar

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007