.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

A Visão Tibetana do Renascimento

     Cremos sim, que o que estabelece a continuidade entre as vidas não é uma entidade, mas antes o mais subtil e último dos níveis de consciência.

     O modo exacto como o renascimento ocorre foi bem ilustrado com o seguinte exemplo:

Numa série de renascimentos, as sucessivas existências não são como as perlas de um colar, seguras por um fio – a «alma» - que passe através de todas as pérolas, são mais como dados empilhados em cima uns dos outros. Cada dado é independente, mas suporta o que está por cima dele, com o qual está funcionalmente ligado. Entre os dados não existe uma identidade, mas sim uma condicionalidade”.

     Nas escrituras budistas há um relato muito claro sobre este processo de condicionalidade. O sábio budista Nagasena explicou-a ao rei Milinda num conjunto de respostas às perguntas que este lhe fez, respostas essas que ficaram famosas.

Milinda perguntou a Nagasena: «Quando uma pessoa renasce, é a mesma que morreu ou é diferente?»

Nagasena respondeu: «Nem é a mesma, nem é diferente… Diz-me, se um homem acendesse uma candeia, poderia esta fornecer luz durante toda a noite?»

«Sim.»

«E a chama que arde na primeira parte da noite é a mesma que arde na segunda… ou na última?»

«Não.»

»Isso quer dizer que há uma candeia na primeira parte da noite, outra na segunda e ainda outra na terceira?»

«Não. É por causa de uma só candeia que a luz brilha durante toda a noite.»

«O renascimento é semelhante: quando nasce um fenómeno, o outro termina ao mesmo tempo. Assim, o primeiro acto da consciência na nova existência não é o mesmo da existência prévia, nem é diferente.»

     O rei pediu outro exemplo para explicar a natureza precisa dessa dependência, e Nagasena comparou-a ao leite: «O coalho, manteiga ou queijo, podem ser feitos do leite, nunca são o leite, mas dependem inteiramente dele para a sua existência.»

     A seguir Milinda perguntou:

«Se não há um ser que passe de corpo para corpo, então porque não estamos todos livres das acções negativas que cometemos em vidas passadas?»

     Nagasena deu-lhe este exemplo:

«Um homem rouba as mangas de alguém, mas elas não são exactamente as mesmas que a outra pessoa originalmente possuíra e plantara. Nesse caso, por que motivo há de ser merecedor de castigo?» «Merece-o», explicou Nagasena, «apenas porque as mangas que ele roubou cresceram a partir daquelas que o seu proprietário plantou. É por isso que as nossas acções numa vida, sejam elas puras ou impuras, estão ligadas a outra vida, e por isso não nos podemos libertar das suas consequências.»

Sogyal Rinpoche

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:41
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013

Reflexão: Karuna e Reiki, combinação perfeita

Caros leitores,

     Hoje vou escrever um pouco acerca destas duas terapias que se encontram intimamente ligadas entre si. É com agrado que, nos dias de hoje, o Reiki se encontra cada vez mais difundido no seio da nossa sociedade muito “presa” aos velhos paradigmas e crenças, onde tem sido difícil a aceitação das terapias e praticas orientais. Tem sido com um grande esforço da Associação Portuguesa de Reiki, dos seus associados e dos mestres independentes, bem como de algumas outras associações que o Reiki se encontra cada vez mais divulgado, o que vai permitindo cada vez mais uma melhor aceitação por parte dos cidadãos nacionais e das instituições.

     Nesta reflexão vou falar um pouco mais acerca do Karuna, pois encontra-se menos difundido que o Reiki. O Reiki, como é do conhecimento geral define-se também como a terapia do “amor incondicional”, que é praticada através da imposição de mãos canalizando assim a energia vital universal (amor incondicional) para o receptor. Através do Reiki todas as pessoas podem fazer a sua entrada no Universo energético, e dentro do mesmo, percorrerem um caminho interior e precisamente pessoal que posteriormente os levará até onde sentirem uma vontade interior de se expandir. Dentro do Reiki nem todas as pessoas alcançam o grau de “mestre”, uns porque não querem, outros por impossibilidades económicas e outros porque cientes da responsabilidade que lhes fica atribuída perante a sociedade, não se acham à altura de tal desafio, pelos mais variados motivos. Por isso uns ficam pelo primeiro nível e outros pelo segundo, não porque não pretendam aprender mais mas porque não é sua intenção, atingir o grau de “mestre” tal como referi anteriormente.

     Mas muitas pessoas pretendem aprender mais do que a terapia do amor incondicional «Reiki», como tal eu recomendo-lhe a aprendizagem de um dos mais belos ramos desta terapia, o da energia da compaixão «Karuna». O Karuna é uma terapia compassiva que nos aumenta significativamente a nossa capacidade de canalização energética, em benefício de nós mesmos, de quem nos rodeia e também do planeta. Para poderem aprender Karuna é necessário ter o segundo nível de Reiki (independentemente da linhagem) no mínimo, pois ao ser uma ramificação necessita dos conhecimentos de nível 2 de Reiki porque trabalham conjuntamente no que diz respeito às aplicações que são necessários os símbolos. O Karuna que lecciono é o Karuna dos mestres independentes, criado pela israelita Rosy Naor diferente so sistema de Karuna Reiki® de William Rand que decidiu criar uma base de dados da certificação dos formandos e mestres desse sistema que os obriga a estarem registados nessa base de dados, tal qual um engenheiro tem de estar inscrito na ordem dos engenheiro para poder exercer a sua profissão. O Karuna dos mestres independenes não “obriga” o formando a estar registado em nenhuma plataforma para poder exercer. A formação de Karuna, tal como o Reiki tem a duração de 22 dias, onde no primeiro dia o mestre lhes transmite os novos conhecimentos, símbolos e lhes faz a abertura dos canais energéticos de Karuna através da sintonização à fonte universal da energia da compaixão «Karuna» e os restantes 21 dias definem-se como o período da purificação interior, nos quais o formando terá de fazer, pelo menos, uma auto-aplicação de Karuna. O Karuna actua muito profundamente em cada um de nós, sendo muito bom para o tratamento de traumas de infância, abusos infantis, traumas que vem nos nossos registos de adn de vidas passadas, remoção de memórias alojadas nas células, quebra de ilusões e padrões negativos mentais, cura do nosso “eu sombra”, anulação de ataques psíquicos, cura de relacionamentos e vícios, auxílio na criação de bons hábitos, atenuação de carências e falta de desejo sexual entre outros problemas relacionados com as emoções. O primeiro nível de Karuna define-se por “A preparação do jardim da Alma” que, como podem entender, para esse jardim estar limpo sem “ervas daninhas” há que passar por um trabalho de purificação interior do nosso “eu sou”, e assim alcançar a paz e harmonia que nos permitira a felicidade interior. Pense bem na oportunidade de vir a usufruir destas coisas através desta terapia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:50
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Setembro de 2013

Evolução, Conceitos, Amor Incondicional

O Grupo Arcturiano Por Marilyn Rafaelle

Em 30 de agosto de 2013

Saudações, queridos.

Viemos novamente para trazer esperança e luz de orientação, pois tudo está se processando de acordo com o plano.

Não tentem simplesmente se desviar quando ouvem isto, pois nós sabemos que escutam palavras da mudança chegando provindas de muitos canais, mas nada parece mudar.

É importante deixar ir quaisquer conceitos que vocês podem ainda ter em relação a como a mudança do mundo deve se manifestar, pois ao manterem ideias específicas de mudança, vocês olham através da lente dos conceitos tridimensionais e veem as aparências tridimensionais.

É hora de mudar para a confiança e para a prática da verdade.

Nós vemos mudança nos corações de muitos que antes levavam vidas de raiva e ressentimento, pois as energias altamente ressonantes que vertem para a Terra nesta época permitem que mais e mais pessoas se abram para a experiência de compaixão independentemente de quaisquer preconceitos previamente arraigados.

Todo conhecimento revelado acrescenta outra centelha de amor incondicional à consciência universal do mundo e ajuda a realizar as mudanças que todos vocês buscam.

Amor incondicional não significa que vocês devem procurar uma conexão emocional com todos, mas significa que, apesar de quaisquer aparências em contrário, vocês reconheçam que todos são manifestações do Divino, mesmo se eles mesmos não souberem ou se importarem.

Isto é amor incondicional e a prática dele não os impede de dizer o que pode precisar ser dito a alguém que se comporta de maneiras que necessitam ser comentadas.

Quando as palavras são ditas com a conscientização da Natureza Divina do outro, elas fluem numa energia de Luz, enquanto que essas mesmas palavras ditas na energia da dualidade e separação, possuem uma ressonância baixa.

A vida na Terra trata-se de aprender a passar e então ultrapassar os conceitos e crenças falsas que constituem a terceira dimensão.

Isto é evolução.

A raça humana é criativa em virtude de estar e ser do Divino, mas porque a maioria está inconsciente de quem realmente é, seu mundo, universal e pessoalmente, demonstra as manifestações perfeitamente criadas de dualidade e separação.

Isto somente mudará conforme a raça humana mudar e começar a criar seu mundo na e pela verdade.

É hora de ficarem atentos e examinarem quaisquer conceitos persistentes que vocês ainda podem ter com relação ao que se passa como "a vida normal".

Os conceitos simplesmente são crenças inverídicas passadas e aceitas através do tempo como verdade.

Ouçam com atenção e sejam orientados por esses toques intuitivos que surgem quando vocês estão pensando silenciosamente ou conversando com o outro.

Toda questão da vida diária é atividade espiritual revestida com conceitos tridimensionais.

É por isso que não há necessidade de separar sua vida espiritual de sua vida de todo dia, como muitos o fazem - tudo é espiritual.

O trabalho é ver a realidade subjacente em todas as coisas.

Um exemplo disto poderia ser que vocês estão procurando uma casa nova.

Vocês procuram e procuram pela casa perfeita e parece que não conseguem encontrá-la.

Se vocês conseguirem perceber que vocês nunca estão separados de sua casa perfeita (Consciência Divina), a interpretação física desta percepção irá se manifestar no exterior.

É assim que vocês reinterpretam tudo do mundo físico através de novos olhos.

Pratiquem ver através de qualquer e de toda aparência a realidade espiritual que constitui o que vocês estão vendo.

Se doença realmente existisse na Consciência Divina, ela jamais poderia ser curada porque existiria eternamente como uma realidade.

Vocês entendem?

Tudo que é real é mantido no lugar pela Lei Divina e não pode ser alterado de forma alguma.

São apenas as falsas interpretações da raça humana que vêem o bom e o mau.

Inteligência, abundância, harmonia, paz, alegria, amor (unidade), perfeição, totalidade, etc., etc., estão incorporados infinitamente na Consciência Divina onipresente e devem ser reconhecidos e aceitos como o seu real Eu.

Nada existe fora da Consciência Divina e todas as aparências em contrário simplesmente são interpretações falsas.

Estas verdades constituem sua jornada da metafísica para o misticismo.

Os conceitos refletem o pensamento da linha temporal em que ocorreram e refletem qual era o estado de consciência naquele tempo naquele local.

Alguns conceitos se dissolvem conforme a sociedade evolui, mas outros igualmente erróneos entram no lugar deles se os estados de consciência permanecem os mesmos.

A evolução é o processo de ultrapassar os conceitos e chegar à Verdade sobre Deus e o homem.

Houve uma época quando se acreditava que queimar curadores e trabalhadores da Luz como bruxas era o modo adequado de lidar com o "mal".

A consciência densa e o sistema de crença que a acompanhava daqueles tempos não permitia que ninguém, somente Deus, tivesse dons espirituais.

Deus era um homem no céu com normas e regulamentos para serem seguidos sob o medo de punição e o mal era um homem vermelho com chifres chamado Satã ou demónio.

Este é um exemplo brilhante de como a consciência de dualidade e separação ignorantemente se manifesta no mundo.

A sociedade evoluiu quanto a queimar pessoas por terem dons espirituais, mas ainda mantém muitos conceitos igualmente obsoletos e ainda permite punições demasiadamente cruéis para aqueles que podem ter escolhido desrespeitar algum aspecto do atual dogma aceito.

Quando um indivíduo escolhe viver governado por algum dogma e as rígidas normas que o acompanham de certo e errado, ele escolhe viver em servidão.

Independente de o dogma provir de religião, governo ou uma pessoa de autoridade, ele simplesmente ainda representa a interpretação de alguém da verdade - seus conceitos e crenças.

É por isso que se lhes pede para interiorizar, praticar meditação e receber a informação directamente, VOCÊS NÃO PRECISAM DE INTERMEDIÁRIO.

A realidade é livre, amorosa, alegre, não nasce, não morre, não muda e é infinitamente mantida no lugar pela Lei Divina e ELA É QUEM VOCÊS SÃO.

Queridos, vocês estão preparados para dar passos mais profundos de reinterpretar tudo que vêem, ouvem, tocam ou cheiram em sua realidade espiritual, o que significa viver cada dia fazendo o que lhes compete fazer, mas enxergando a realidade além das aparências ruins ou boas.

É uma retirada de rótulos de tudo.

O mundo não é uma ilusão, mas os falsos conceitos do mundo são a ilusão.

Este é o trabalho, queridos, é assim que vocês mudam seu mundo para um novo estado de consciência, e de fato é trabalho, principalmente no início e ninguém pode fazê-lo por vocês.

É por isso que vocês escolheram estar na Terra nesta época poderosa.

Há muitos que ouvem e lêem a verdade, até fazendo de conta que são estudantes sérios da verdade, mas não estão dispostos a liberar suas confortáveis crenças antigas.

Muitos sentem que as verdades místicas são impraticáveis demais para se levar a sério e então escolhem permanecer no status quo do que eles já sabem.

Neste período vocês estão limpando a memória celular física e também seus corpos emocional e mental - tudo que não pode ser levado com vocês na energia dimensionalmente superior.

Limpezas físicas, emocionais e mentais frequentemente se manifestam de modos que podem ser desconfortáveis em muitos níveis, então aprendam a não entrar em pânico e sim, prestar atenção nessas experiências que são sinais indicando o que vocês ainda podem ter e que precisa de perdão, aceitação e amor incondicional por si e também pelos outros.

Enviem luz às suas células físicas dizendo a elas para liberarem qualquer energia velha e acabada que elas ainda mantêm desta vida e de vidas passadas.

Informem seu corpo mental que agora vocês escolhem deixar ir todas as crenças falsas.

Conscientemente escolham que seu corpo emocional libere qualquer energia emocional tóxica e negativa e que ela seja substituída pelo amor incondicional.

Este é o trabalho, queridos, e vocês estão preparados e totalmente capacitados para fazê-lo, caso vocês escolham.

Nós somos o Grupo Arcturiano.

Fonte: http://blogsintese.blogspot.com.br/2013/08/grupo-arcturiano-evoluca...

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:37
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010

TVP – Terapia de Vidas Passadas

Caros leitores,

Este tipo de terapia tem estado em expansão, principalmente para pessoas com problemas do foro psicológico. Através do uso desta técnica, os pacientes viajam até uma vida passada para compreenderem e solucionarem os seus problemas psicológicos.

Alguns dos problemas podem mesmo ter tido origem mesmo nesta vida, na infância ou na vida intra-uterina, ou poderá ser uma bagagem de um vida passada que ficou alojada no nosso subconsciente. O que foi ou o que era não tem importância, pois o que realmente é importante é a resolução desse problema. Muitas vezes pode advir de experiências traumatizantes, tais como: morte por afogamento, acidente automóvel, por queimadura, asfixia, queda ou outra coisa da qual tenha resultado a sua morte. Podem certamente lembrar-se de coisas positivas, mas aquelas que contêm uma carga energética maior, mais facilmente são recordadas, pois não há impedimento de nenhum dos nossos mecanismos mentais patogénicos ou protectores de coisas desagradáveis.

O Terapeuta poderá aliviar consideravelmente o paciente ao reconduzir o mesmo por aquela experiência até ao desaparecimento do trauma vivenciado. Mas isto apenas não basta para limpar o trauma passado que agora o paciente tem em consciência. É necessário aplicar-lhe uma nova ética, adequada à actual evolução global do universo, eliminando os complexos de culpa.

A lembrança do passado é a ponta do "iceberg" da terapia. Através deste trabalho são aliviados os sintomas do problema na maioria dos pacientes.

Como podem observar, nem tudo o que têm (virtudes e defeitos) são originários da vida actual. Esta terapia pode demorar chegar a demorar 3 horas, e nem sempre se consegue na primeira vez, devido a um variado conjunto de circunstâncias que implicam directamente com a sessão em causa.

Vamos viver em harmonia deixando para trás essa bagagem que veio connosco a este plano e que por vezes nos “impede” de aproveitarmos, o melhor possível, esta oportunidade que nos foi concedida de vir ao planeta Terra. Gostaria de terminar com uma fase celebrizada por Raul Solnado: Façam o Favor de Ser Felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:43
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Ho'oponopono

Música: M80
Publicado por Viktor às 09:22
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Encarnação

O processo da encarnação dura todo o espaço de uma vida. Não é uma coisa que ocorre no nascimento e depois termina. Para a descrever, é necessário utilizar termos metafísicos. A encarnação é o movimento orgânico da alma em que as suas vibrações ou aspectos mais altos e mais finos são continuamente irradiados para baixo, através dos corpos áureos mais finos, até os corpos áureos mais densos, e dali, finalmente, até o corpo físico. No seu crescimento pela vida fora essas sucessivas energias são utilizadas pelo individuo, mas mais variadas circunstâncias.

Cada uma das fases principais da vida corresponde a vibrações novas e mais elevadas e à activação de chakras diferentes. Em cada fase, nova energia e a nova consciência ficam à disposição da personalidade para a sua expansão. Cada fase apresenta novas áreas de experiência e saber. A essa luz, a vida está cheia de descobertas e desafios emocionantes para a alma.

O processo de encarnação é dirigido pelo eu superior. Esse padrão de vida é mantido na sétima camada da aura, o nível ketérico padrão, um padrão dinâmico, que muda constantemente, à medida que o indivíduo faz opções de livre-arbítrio no processo de viver e crescer. À medida que ocorre o crescimento, o indivíduo abre sua capacidade de sustentar níveis mais elevados de vibrações, energias e consciência, que lhe atravessam os veículos, os corpos áureos e os chakras. Descarte, ele aproveita-se de realidades cada vez maiores, à proporção que progride no caminho da vida. Assim como cada individuo progride, assim progride também mais elevadas do que a anterior, de tal sorte que toda a humanidade se move no seu plano evolutivo no rumo de vibrações mais altas e de realidades dilatadas. O princípio de progressão da raça humana é mencionado em muitos textos religiosos, como a Cabala, o Bhagavad Gita, os Upanishades e outros.

O processo de encarnação antes da concepção foi descrito pela Sra. Blavatsky e, mais recentemente, por Alice Bailey, Phoebe Bendit e Eva Pierrakos. De acordo com Pierrakos, a alma em vias de se encarnar encontra-se com os guias espirituais a fim de planear a vida que haverá de seguir. Nesse encontro, a alma e os guias ponderam sobre as tarefas que lhe incumbe realizar para o seu crescimento, no karma que precisa enfrentar e com o qual lhe é mister lidar, e nos sistemas de crenças negativas que lhe cumpre esclarecer por meio da experiência. O trabalho da vida geralmente é mencionado com a tarefa da pessoa.

Por exemplo, a pessoa pode precisar desenvolver o espírito de liderança. Ao entrar na vida física, ver-se-á em situações em que a liderança é uma questão chave. As circunstâncias, para cada pessoa, serão inteiramente diferentes, mas todas se concentram na liderança. Uma pessoa pode nascer numa família em que a liderança é tradição, como uma longa linha de respeitáveis presidentes de companhias ou de líderes políticos, ao passo que outra pessoa nascerá numa família em que a liderança não existe e na qual os líderes são vistos como autoridades negativas que devem ser postas abaixo ou contra as quais se faz necessária uma rebelião. A tarefa da pessoa consiste em aprender a aceitar essa questão de forma equilibrada e confortável.

Segundo Eva Pierrakos, a dose de aconselhamento que uma alma recebe dos guias na determinação das futuras circunstâncias de vida depende da sua maturidade. Escolhem-se os pais que proporcionarão a necessária experiência ambiental e física. Tais escolhas determinam a mistura de energias que formarão finalmente o veículo físico em que a alma se encarnará para realizar sua tarefa. Tais energias, muito precisas, fornecem à alma o equipamento necessário ao cumprimento da sua tarefa. A alma aceita o encargo não só de uma tarefa pessoal de aprendizagem pessoal (como a liderança) mas também uma “tarefa mundial”, que implica uma dádiva para o mundo, O esquema é tão singular que, ao cumprir a tarefa pessoal, a pessoa se prepara para cumprir a mundial. A tarefa pessoal liberta a alma, soltando energias que então são usadas na tarefa mundial.

No exemplo supramencionado sobre liderança, o individuo precisará aprender essa qualidade ou habilidade antes de assumir o papel de liderança no campo de trabalho que tiver escolhido. Ele pode sentir-se intimidado pela extensa linha de antepassados que foram lideres brilhantes, ou sua reacção a essa herança será de inspiração para prosseguir com a própria liderança. Cada caso é diferente e muito pessoal, conforme a singularidade da alma que aqui veio aprender.

O plano de vida contém muitas realidades prováveis, que permite amplas escolhas de livre-arbítrio. Entrelaçada nesse contexto de vida está a acção de causa e efeito. Criamos nossa própria realidade. A criação, que emerge de muitas partes diferentes do nosso ser, nem sempre é fácil de compreender a partir de um simples nível de causa e efeito, embora muito da nossa experiência possa ser entendido por esse aspecto. Você cria literalmente o que deseja. O que deseja está contido na consciência, no inconsciente, no super consciente e na consciência colectiva, forças criativas que se misturam para criar experiência em muitos níveis do nosso ser à medida que progredimos pela vida afora, O que se denomina karma, no meu entender, é a lei de causa e efeito a longo prazo, e também de muitos níveis diferentes do nosso ser. Assim, criamos a partir da fonte pessoal e da fonte comum e, naturalmente, há grupos menores dentro de grupos maiores, todos emprestando sua contribuição ao grande contexto de experiência da vida criativa. Desse ponto de vista, é fácil olhar para a riqueza da vida com o assombro de uma criança.

Após o “planeamento”, a alma entra num processo de perder aos poucos a consciência do mundo do espírito. Por ocasião da concepção, forma-se um elo energético entre a alma e o ovo fertilizado. Nesse momento também se forma um útero etérico, que protege a alma entrante de quaisquer outras influências que não sejam as maternas. A proporção que o corpo cresce dentro da mãe, a alma, aos poucos, principia a sentir o seu “arrastamento” e, devagarinho, liga-se conscientemente ao corpo. A certa altura, de repente, a alma dá conta dessa conexão, e um vigoroso lampejo de energia consciente desce ao corpo em formação. A alma, então, volta a perder a consciência, e redesperta, a pouco e pouco, no físico, O vigoroso lampejo de consciência corresponde ao tempo dos primeiros movimentos do feto.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:14
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

O Reiki Trata...

Esta é uma pergunta que várias pessoas me fazem e que surge na mente de outras tantas e à qual aqui pretendo responder.

O Reiki tem uma enorme variedade de aplicações no âmbito da saúde e bem-estar tanto nas pessoas, nas plantas ou nos animais, pois ambos podem receber este tipo de sessões ou tratamentos, que actuam nos níveis físico, emocional, mental e espiritual.

Um dos casos mais conhecidos de um tratamento feito com sucesso foi o da Senhora Takata, que aos 34 anos ficou viúva com dois filhos pequenos. Nessas circunstâncias a depressão, nervos e um tumor maligno no colo do útero (aquilo a que muita gente chama de cancro no colo do útero). De facto, ao fim de 4 meses de internamento numa clínica onde lhe era ministrado Reiki diariamente, Takata ficou curada, e mais não me vou alongar para não fugir ao fundamento da questão colocada.

O Reiki pode ser aplicado nos mais variados locais, tais como Lares, hospitais, clínicas de reabilitação, spa’s, ginásios, hotéis, centros de saúde, canis, etc., etc. enfim, são tantos os locais e as aplicações que se podem fazer que seria difícil descreve-los todos sem me esquecer de nenhum. Através do mesmo podem-se fazer tratamentos de cabeça, coluna, ciática, fibromialgia, stress, depressão, sistema nervoso, ansiedade, problemas emocionais, qualquer tipo de dores, circulação, tumores e outras mais que aqui não mencionei, pois o mesmo pode ser aplicado praticamente em todo o tipo de problemas de saúde e do foro psicológico da pessoa. O Terapeuta de Reiki nunca se deve sobrepor ao Médico, pois o respeito mútuo é uma obrigatoriedade no meu ponto de vista. Ambos podem ser muito benéficos trabalhando em conjunto pois o Reiki potencia fortemente os efeitos benéficos da medicação e atenua ou elimina o conjunto de efeitos secundários da mesma.

Para terminar digo ainda que para se receber uma sessão ou tratamento de Reiki não há limites de idade nem de aplicações, ou seja, qualquer pessoa desde que nasce até ao dia do seu falecimento pode receber Reiki quando quiser e quantas vezes pretender. Se alguma dúvida ainda lhes resta, enviem um e-mail com a vossa pergunta e terei todo o gosto em lhes responder.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muito Amor Incondicional...
Publicado por Viktor às 10:50
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Tratamento de Traumas Transtemporais

Muitas pessoas, num determinado ponto ao longo do seu caminho espiritual, começam a ter experiências transtemporais, relacionadas com experiências de uma vida passada. Alguém pode estar em estado de meditação e, durante a mesma “lembrar-se” de ter sido outra pessoa noutra era. Ao realizar um trabalho de terapia profunda, em que revive traumas desta existência, outra pessoa pode, de repente, reviver um trauma experimentado em “outra existência”.

A experiência transtemporal provavelmente não pode ser definida de modo completo em virtude do nosso “sentido” limitado de tempo e de espaço. Pessoalmente, entendo que a expressão vida passada é uma forma “ao de leve” de falar de uma tão enriquecedora experiência pessoal no longo caminho da felicidade suprema, alcançada perto de Deus. Einstein fala num contínuo espaço-tempo, em que todas as coisas do passado e do futuro existem agora, de certo modo entrelaçadas numa realidade multidimensional.

Existem várias maneiras pelas quais “observo” o trauma de uma vida passada e trato dele, cada qual relacionado com o nível ou os níveis da aura em que o tratamento deve ser feito. Todos os níveis, do ketérico para baixo, são afectados por traumas de uma ou mais vidas passadas. Nos quatro primeiros níveis áureos, um trauma de vida passada parece-se como uma obstrução normal de energia no campo. Nos níveis etérico e ketérico padrão, mostra-se como problema estrutural e, além disso, no nível ketérico, a vida passada apresenta-se como um anel ou faixa no nível da casca de ovo do campo.

Este tipo de traumas, é de difícil diagnóstico inicialmente. Através de sessões de tratamento de Reiki, também este tipo de traumas podem ser ultrapassados. Uma vez que o Reiki trata quatro níveis (físico, emocional, mental e espiritual), podem este tipo de traumas ser tratados por reikianos de nível mais elevado. Neste tipo de casos, tratar apenas o paciente pode não ser suficiente pois, não residindo o mesmo na sala de tratamento, a habitação pode necessitar de uma limpeza energética que caso contrário pode prejudicar o trabalho feito no tratamento. Este tipo de tratamento é moroso e necessita de uma grande “dose” de disponibilidade do terapeuta e do paciente. Para o pleno sucesso do mesmo, o paciente tem de se entregar de “corpo e alma” nas mãos de quem o pretende ajudar (terapeuta). O passado é história, o futuro um mistério e o presente uma dádiva, pensem nisto.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Energia Positiva...
Publicado por Viktor às 09:21
Link | Comentar | ver comentários (7) | favorito
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Vidas Passadas… E Futuras

No dia 20 de Janeiro de 2009, Lisboa prepara-se para receber o Dr. Brian Weiss para mais um Seminário "Vidas Passadas… e Futuras", Regressão e Progressão.

PROGRAMA DO SEMINÁRIO:

1)     Desenvolvimento e história da regressão terapêutica;

2)     As vidas passadas e a sua influência no presente;

3)     Técnicas de Regressão individual e colectiva;

4)     Direcção e orientação no sentido de um profundo estado de regressão em grupo, seguido por um tempo dado aos participantes para narrar as experiências adquiridas durante o exercício;

5)     História e ilustração do Dr. Weiss sobre uma variedade de experiências clínicas passadas e presentes, extraídas de um universo de mais de 4.000 pacientes;

6)     Intenso exercício de meditação colectiva, seguido de sessão com perguntas e respostas;

7)     Demonstração de técnicas alternativas (não hipnóticas) para aceder a memórias de infância ou de vidas passadas e uma sessão de síntese e suas conclusões;

8) Tempo de perguntas e respostas sobre depoimentos e experiências dos participantes (independente das experiências do Seminário);

9) Comentários gerais e recomendações terapêuticas aos participantes.

A sessão decorrerá das 17h às 22h, no Hotel Altis, na Rua Castilho, Nº11, em Lisboa. O valor da inscrição é de 120€.

Para mais informações contacte Cláudia Guimarães no endereço claudia.guimaraes@certame.com.pt ou através do tel: 21 440 62 00.

Reserve já o seu lugar. Inscrições limitadas.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:21
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

O que oferece o Reiki, a si e aos outros

*     Realinhamento dos centros energéticos (charas);

*     Maior clareza mental;

*     Redução do stress;

*     Assistência no equilíbrio das emoções;

*     Remoção das toxinas do sistema;

*     Remoção de bloqueios;

*     Aceleração de todos os processos biológicos de cura (acção sobre a causa);

*     Remoção de ligações espirituais “indesejadas” (obsessão espiritual);

*     Cirurgia psíquica;

*     Cura de vidas passadas;

*     Cura à distância;

*     Expansão da consciência;

*     Para as mulheres, maior controlo dos sintomas pré menstruais e gravidez.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:02
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 17 de Março de 2008

SÍMBOLOGIA DE REIKI

Pergunta - Mas por que ao mentalizarmos um dos símbolos do Reiki, automaticamente, sentimos a energia fluindo e se dirigindo para o paciente? Esse fenômeno sensorial não seria um indício de que os símbolos funcionam?
Resposta Em momento algum disse que os símbolos não funcionam. O que disse é que não há necessidade de “sintonização” como vocês fazem nos cursos de Reiki, com tantos apetrechos esotéricos e rituais. No fundo, será sempre a vontade, o pensamento e o amor que estão agindo na movimentação da energia. A vontade, o pensamento e o amor antecedem o desenho do símbolo.
Vamos esclarecer como funciona a comunicação entre o espírito (mente) e o cérebro. Em primeiro lugar, vocês devem saber que o ser humano não pensa através de palavras. E, para se transmitir uma ideia, o ser humano necessita converter o seu pensamento num sistema de códigos. Este sistema pode ser na forma de sinais ou imagens simbólicas, como no caso do Reiki e de tantas outras práticas orientais, ou na forma de palavras, que também são símbolos.
Em qualquer um dos casos, para funcionar, é necessária a descodificação, ou seja, a interpretação da mensagem. É por isso que quem não conheça o símbolo e não saiba para que o mesmo funciona, não vai sentir nada, não vai enviar energia. Ele não tem ainda a chave para descodificar a mensagem. O seu cérebro e seu subconsciente não sabem descodificar o símbolo. Ao contrário, o “iniciado”, quando atingir determinados níveis, vai movimentar sua energia vital, a sua bio energia, porque associou ao símbolo, à imagem gráfica, uma função que passou a conhecer. Ou seja, ele sabe que ao desenhar um determinado símbolo ele deve dar um comando inconsciente para o seu duplo-etéreo liberar a energia. Ele está a substituir a palavra por um outro símbolo ou por uma imagem.
Pode acontecer também que a pessoa já tenha entrado em contacto com aquele símbolo noutra encarnação. Daí, apesar de não se lembrar, ele está gravado em seu perispírito. Assim, mesmo sem ter passado por um ritual iniciático, a energia será liberada quando desenhar o símbolo, pois sua mente inconsciente ou seu subconsciente aprendeu, no passado, como descodificar a mensagem. Agora, mesmo o iniciado no Reiki, que passou pelo “ritual iniciático”, que aprendeu os infinitos sistemas de Reiki, mas que desenha os símbolos sem se concentrar e sem vontade, não irá manipular nenhuma energia. Nada irá acontecer. A criação de símbolos é uma forma de codificação. E como o ser humano ainda não é capaz de viver sem símbolos para se comunicar, eles são muito úteis. Qualquer um pode criar um símbolo e, se for do tipo malandro, correrá para patentear e inventar uma história bem mistificadora para ganhar um bom dinheiro com o seu símbolo “sagrado”. Como já salientamos, no Oriente, esta sabedoria de como a comunicação funciona é milenar. E o homem ocidental descobriu isso, recentemente. Não se diz que uma imagem vale mais do que mil palavras? A descodificação de uma mensagem através de imagens costuma ser muito mais fácil e universal do que através de palavras.
Publicado por Viktor às 09:30
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

O QUE OFERECE UM TRATAMENTO DE REIKI

  • Realinhamento dos centros energéticos (chakras);
  • Maior clareza mental;
  • Redução do stress;
  • Assistência no equilíbrio das emoções;
  • Remoção das toxinas no sistema;
  • Eliminação de bloqueios;
  • Aceleração de todos os processos biológicos de cura (acção sobre a causa);
  • Remoção de ligações espirituais “indesejadas” (obsessão espiritual);
  • Cirurgia psíquica;
  • Cura de vidas passadas;
  • Cura à distância;
  • Expansão da consciência;
  • Para as mulheres maior controlo dos sintomas pré menstruais e menopausa;
  • Recomendado a grávidas.
Se pretende fazer um tratamento solicite aqui a informação necessária.
NAMASTÉ
Estado de Espiríto: Com muita energia positiva...
Publicado por Viktor às 10:15
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

EM TORNO DO SEXO

Pergunta - O Espírito que animou o corpo de um homem pode animar o de uma mulher, numa nova existência, e vice-versa?
Resposta - Sim, pois são os mesmos os Espíritos que animam os homens e as mulheres. Item nº 201 de "O livro dos espíritos". Ante os problemas do sexo, é forçoso lembrar que toda criatura traz os seus temas particulares, com referência ao assunto. Atendendo à soma das qualidades adquiridas, na fileira das próprias reencarnações, o Espírito se revela, no Plano Físico, pelas tendências que regista nos recessos do ser, tipificando-se na condição de homem ou de mulher, conforme as tarefas que lhe cabe realizar. Além disso a individualidade, muitas vezes, independentemente dos sinais morfológicos, encerra em si extensa problemática, em se tratando de vinculações e inclinações de carácter múltiplo. Cada pessoa se distingue por determinadas peculiaridades no mundo emotivo. O sexo se define, desse modo, por atributo não apenas respeitável mas profundamente santo da Natureza, exigindo educação e controle.
Através dele dimanam forças criativas, às quais devemos, na Terra, o instituto da reencarnação, o templo do lar, as bênçãos da família, as alegrias revitalizadoras do afecto e o tesouro inapreciável dos estímulos espirituais. Desarrazoado subtrair-lhe as manifestações aos seres humanos, a pretexto de elevação compulsória, de vez que as sugestões da erótica se entranham na estrutura da alma, ao mesmo tempo que seria absurdo deslocá-lo de sua posição venerável, a fim de arremessá-lo ao campo da aventura menos digna, com a desculpa de se lhe garantir a libertação. Sexo é espírito e vida, a serviço da felicidade e da harmonia do Universo. Conseguintemente, reclama responsabilidade e discernimento, onde e quando se expresse. Por isso mesmo, nossos irmãos e nossas irmãs precisam e devem saber o que fazem com as energias genésicas, observando como, com quem e para que se utilizam de semelhantes recursos, entendendo-se que todos os compromissos na vida sexual estão igualmente subordinados à Lei de Causa e Efeito; e, segundo esse exacto princípio, de tudo o que dermos a outrem, no mundo afectivo, outrem também nos dará.
Emmanuel
Publicado por Viktor às 08:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. A Visão Tibetana do Renas...

. Reflexão: Karuna e Reiki,...

. Evolução, Conceitos, Amor...

. TVP – Terapia de Vidas Pa...

. Ho'oponopono

. Encarnação

. O Reiki Trata...

. Tratamento de Traumas Tra...

. Vidas Passadas… E Futuras

. O que oferece o Reiki, a ...

. SÍMBOLOGIA DE REIKI

. O QUE OFERECE UM TRATAMEN...

. EM TORNO DO SEXO

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007