.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

Médium Curador

Caros Irmãos,

     Esta é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem enfermidades. Decorre de forma espontânea, podendo realizar curas, provocando reacções reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar, por um gesto ou até pela voz. Por vezes confundem mediúnidade de cura com magnetização, mas são coisas distintas. A magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao invés da cura realizada por um médium curador que ocorre espontaneamente e de forma instantânea.

     O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluidos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada.

     Os fluidos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos também tem influência.

Nos fenómenos de cura os fluidos são subis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.

     O médium curador capta os fluidos leves e benignos da natureza (através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está a vibrar em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que são derramadas sobre o doente que também está numa vibração de fé e desejo de cura.

     Nos médiuns curadores o centro do diafragma, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre as omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.

     Estes médiuns também possuem os chacras tatwas (nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluidos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos electrões. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.

     Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluidos penetram o corpo etéreo e físico do doente atingindo as células e os átomos, bombardeando-os com electrões. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais activas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reactivando as suas funções originais.

     Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.

     Porém, problemas de ordem Kármico só podem ser curados se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

     Para que a cura seja efectiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.

    O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.

     Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.

"A prática do bem, do auxílio aos doentes. O apóstolo Paulo já di­zia: Uns falam línguas estran­geiras, outros profetizam, outros impõe as mãos... A mediúnidade, sendo o campo, a porta pelos quais os Espíritos Superiores semeiam e agem, a faculdade cu­radora é o veículo da misericórdia para atender a quem pa­dece, despertando-o para as realidades da Vida Maior, a Vida Ver­dadeira. Após a recuperação da saúde, o paciente já não tem direito de manter dúvidas nem suposições negativas ante a realidade do que ex­perimentou.

O médium curador é o intermediário para o chamamento aos que sofrem, para que mudem a direcção do pensamento e do comportamento, inte­grando-se na esfera do bem."

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz e Repleto de Energia...
Música: M80
Publicado por Viktor às 10:55
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Fluência Energética

Caros leitores,

Ao que parece há imensas dúvidas acerca do percurso dos fluidos energéticos, energia cósmica ou fluidos vitais. Isso gera confusão na mente das pessoas porque ao verem uma sessão de Reiki dizem: Então é só isso? Eu também sou capaz!

Pois sim, és capaz de fazer aquela sequência de posições de imposição de mãos que se define como “Sessão de Reiki”, mas não canalizas a energia vital porque, para a poderes canalizar, tens de ser iniciado ou sintonizado por um Mestre. A sintonização é uma das partes integrantes de um curso de Reiki. É um momento sagrado onde o Mestre se conecta às energias e unindo-se ao formando, penetrando na aura do mesmo. Aí, efectua o ritual de abertura dos canais energéticos do formando, mais propriamente os chakras das mãos (local por onde flui grande parte da energia). Depois de completo esse processo o Mestre “liberta” o formando saindo para o exterior da sua aura, para seguir para a parte final da sintonização. Eis então que o formando passa a conseguir canalizar a energia cósmica, pois os seus canais energéticos foram abertos.

Eis que passado um mês Ele vai fazer uma sessão de Reiki à sua namorada, então Ele que ao iniciar ele faz uma Invocação que lhe vai estabelecer a ligação à fonte energética universal. Nesse momento começa a captá-la através do chakra coronário, preenche o seu Ser e começa a emanar essa energia pelos chakras das mãos que lhe foram abertos na sintonização, e ao fazer a imposição de mãos sobre a namorada, vai então enviar para ela através das mãos, essa energia vital que tem como objectivo a restauração do equilíbrio harmónico do Ser no seu todo e para o bem-estar supremo universal da humanidade.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:54
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

KARUNA, o que é?

É

 uma palavra sânscrita muito usada no Hinduísmo e Budismo. Significa Compaixão no sentido lato e de uma forma mais abrangente define-se como “acção compassiva”, tendo em linha de conta que todas as atitudes são realizadas no sentido de atenuar o sofrimento do nosso semelhante. Assim sendo concluí-se que consoante auxiliamos os outros facilitando o seu processo de cura e transformação, ajudamo-nos também a nós no caminho da unicidade de todos os seres.

Na literatura budista, o sentimento de “Karuna” é uma qualidade determinada que move os seres iluminados a atenuarem o sofrimento na Terra. Esses seres, na tentativa de auxiliarem o processo de reencarnação individual, enviam uma quantidade ilimitada de energia curativa aos seres encarnados de forma a ajudar os ciclos de vida e limitação kármica.

Sogyal Rinpoche, conhecido escritor tibetano, autor do "Livro Tibetano da Vida e da Morte", define o sentimento de compaixão da seguinte forma:

"Não é apenas um sentimento de simpatia ou de cuidados pela pessoa que sofre, não se trata apenas de um calor do coração para com uma pessoa que se vos depara, ou de um reconhecimento, nítido e claro, das suas necessidades e sofrimentos, mas também uma determinação, prática e sustida, de fazer tudo o que for possível e necessário para aliviar o sofrimento dos outros".

O despertar da Humanidade para o desenvolvimento espiritual, regressando à sua Essência, abre constantemente novas portas para que mais informação seja recebida, levando a que novos sistemas sejam desenvolvidos de forma a aumentar a vibração Amorosa e Compassiva do Planeta

O Karuna é um desses sistemas, uma continuação do trabalho com o Reiki. Permite ao praticante de Reiki aprofundar a sua ligação com a Fonte, através de uma cura mais profunda, e, consequentemente, uma expansão dos seus quocientes de Luz.

Enquanto o Reiki é a Energia Vital do Universo, o Karuna é a Compaixão com que o Amor Incondicional nutre todos os seres.

O Reiki, geralmente, tem uma actuação mais subtil e relaxante. Quando há bloqueios e medos muito enraizados, o Karuna tem efeitos mais profundos, descobrindo mais eficazmente a origem dos problemas, conduzindo à compreensão e consequente cura, percebendo assim que o Reiki tem uma actuação mais subtil e relaxante. Quando há bloqueios e medos muito profundos, é frequente intuir símbolos de Karuna e quando os activo, dá-se, quase de imediato, o aflorar da origem dos problemas, conduzindo à compreensão e consequente cura.

O Karuna acrescenta a Cirurgia Psíquica aos sistemas de cura energética. Esta terapia consiste na extracção localizada de energias dissonantes (ao nível físico, mental, emocional ou espiritual) e na eliminação de padrões ou memórias dissonantes do subconsciente. Considera-se que a energia desequilibrada cristaliza-se e cria bloqueios tanto no corpo físico como na aura. No Karuna, a Cirurgia Psíquica trabalha estas cristalizações, removendo as formas energéticas dissonantes, permitindo que a energia vital retome o seu fluxo saudável e a pessoa reconheça as causas do bloqueio.

O Sistema Energético KARUNA inclui:

-   uma forma de remoção de bloqueios energéticos condensados na aura;
-   sintonização com 15 símbolos (chaves energéticas);
-   tratamentos com as mãos e com entoações dos mantras dos símbolos;
-   cura através de imposição de mãos;

-   técnicas de análise do campo energético (locais e à distância);
-   diversas técnicas de respiração;
-   meditações diversas para fortalecer e expandir a energia;
-   "cirurgia" psíquica; etc...

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 02:54
Link | Comentar | favorito
Sábado, 13 de Dezembro de 2008

Vantagens de Receber Reiki

No Oriente, existe um conceito de energia e factores como o stress e a má alimentação, afectam tudo e todos. Essa energia, flui também dentro do nosso corpo através de canais, nutrindo e limpando os órgãos, tecidos, células e regulando, dessa forma as nossas funções vitais. Qualquer tipo de problema, seja na captação, transformação ou trânsito dessa energia, pode gerar distúrbios físicos, mentais, emocionais ou espirituais. E para que isso aconteça, não é difícil.

Casos como o stress, má nutrição, pouco sono, respiração inadequada, entre outros, são capazes de interferir no fluxo energético e, com isso, desencadear distúrbios físicos. O Reiki vem justamente restabelecer o equilíbrio que necessitamos, já que consegue promover a livre circulação energética pelo corpo e, dessa forma, garantir a saúde e o bem-estar das pessoas, em prol do bem supremo comum universal.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:37
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Agosto de 2008

A Ética Reikiana e as Leis do Universo

Toda a vida e todo o sistema de cura, deve pautar-se por questões éticas. No Reiki, a única regra conhecida é o respeito pelo livre-arbítrio. Isto é, nunca se deve forçar alguém a receber Reiki (presencial ou à distância), nem nunca se deve procurar modificar a vida, acções ou acontecimentos de outrem (eu diria até de nós próprios quando outros estão directamente envolvidos, a não ser em casos muito especiais). Um Reikiano não é Deus, nem comanda a energia vital unicamente porque consegue canalizá-la para um receptor. Deste modo, apenas recebe Reiki quem o desejar; apenas se deve marcar intenções positivas; etc.

Uma outra regra prende-se com a limpeza. Um Reikiano deve respeitar regras de higiene, e principalmente deve sempre lavar as mãos antes de qualquer sessão (em si, mas principalmente em alguém).

Por fim, uma sessão de Reiki provoca, em geral, uma limpeza corporal. Por conseguinte, deve-se beber, e oferecer-se bastante água (ou chá).

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:10
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

A Respiração

A respiração é a ponte entre o corpo e a consciência. Todas as tradições dão à respiração um significado especial.

Pela respiração, os seres humanos e os animais aspiram não somente uma mistura de vários gases, mas também alguma coisa misteriosa que no no meu meio chamo de Reiki. Na Índia, essa algo chama-se Prana, na China Chi, no Japão Ki, e Wilhelm Reich o chamou de energia orgânica.

Na Índia e no Egipto, durante milhares de anos adeptos se enterravam vivos por um certo período de tempo. Uma dessas pessoas sobreviveu a esse exercício durante 20 anos. Para sobreviver assim, sem oxigénio, aprenderá a absorver a energia vital para o seu sistema energético de outros modos que não por meio da respiração. Cada célula da pele é capaz de respirar e faz isso sem a concorrência da nossa mente consciente.

Há também pessoas que aprenderam com a prática a se alimentar de Prana e comem pouco, ou então não ingerem alimentos sólidos absolutamente nenhuns. Não pretendo sugerir que ninguém se enterre vivo ou que deixe de comer, apenas pretendendo despertar assim o vosso interesse para algo muito simples e discreto que é: aprender a usar a respiração como veículo.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 1 de Abril de 2008

REIKI

Há mais de 2500 anos a medicina tradicional Tibetana estuda e trabalha, com comprovada eficácia, com técnicas de cura que se utilizam da energia das plantas, minerais, o poder da mente humana e da Força Vital do Universo.

            Com profundo conhecimento dos sistemas de funcionamento do corpo humano, enquanto ser eléctrico, a medicina Tibetana permite e leva a compreensão da interligação entre os sistemas de pensar e a condição física, a relação do ser humano com outros seres e a sobrevivência do planeta.

            Reiki é uma das mais efectivas técnicas de cura física e equilíbrio espiritual da Medicina Tibetana, trabalhando com o homem total, holístico (Físico-Mente-Corpo), permitindo a retomada do estado natural e desejável de bem-estar e harmonia. O Reiki permite a liberação da energia e a restauração dos processos sadios no sistema de viver. Através de toques suaves, o corpo e a mente são estimulados a reagir às suas deficiências, desfazendo “NÓS” dos Canais Eléctricos do Corpo, rompendo padrões de stress, disfunções de Chakras e órgãos correlacionados, e deslocamentos dos corpos áuricos.

            O Reiki Trabalha exclusivamente com a Energia Vital do Universo, sem polaridades, por conseguinte sem qualquer efeito indesejável ou colateral, muitas vezes encontrados em outras modalidades de terapias energéticas (como a sub ou super estimulação de glândulas e Chakras). O Reiki tem demonstrado na sua prática de ser completamente acessível a todas as pessoas, em qualquer situação, não existindo impedimento quanto a idade e muito menos à condição física do terapeuta – existindo a auto-aplicação mesmo durante o atendimento à outra pessoa.

Publicado por Viktor às 09:42
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

REIKI

Há mais de 2500 anos a medicina tradicional Tibetana estuda e trabalha, com comprovada eficácia, com técnicas de cura que se utilizam da energia das plantas, minerais, o poder da mente humana e da Força Vital do Universo.
            Com profundo conhecimento dos sistemas de funcionamento do corpo humano, enquanto ser eléctrico, a medicina Tibetana permite e leva a compreensão da interligação entre os sistemas de pensar e a condição física, a relação do ser humano com outros seres e a sobrevivência do planeta.
            Reiki é uma das mais efectivas técnicas de cura física e equilíbrio espiritual da Medicina Tibetana, trabalhando com o homem total, holístico (Físico-Mente-Corpo), permitindo a retomada do estado natural e desejável de bem-estar e harmonia. O Reiki permite a liberação da energia e a restauração dos processos sadios no sistema de viver. Através de toques suaves, o corpo e a mente são estimulados a reagir às suas deficiências, desfazendo “NÓS” dos Canais Eléctricos do Corpo, rompendo padrões de stress, disfunções de Chakras e órgãos correlacionados, e deslocamentos dos corpos áuricos.
            O Reiki Trabalha exclusivamente com a Energia Vital do Universo, sem polaridades, por conseguinte sem qualquer efeito indesejável ou colateral, muitas vezes encontrados em outras modalidades de terapias energéticas (como a sub ou super estimulação de glândulas e Chakras). O Reiki tem demonstrado na sua prática de ser completamente acessível a todas as pessoas, em qualquer situação, não existindo impedimento quanto a idade e muito menos à condição física do terapeuta – existindo a auto-aplicação mesmo durante o atendimento à outra pessoa.
            Para a aplicação, o Reiki prescinde de mentalizações, preces, cuidados ou qualquer comportamento, externo e interno, para estar promovendo a cura. Sem religião ou filosofia, sem rituais, adequado ao sistema moderno de vida, o Reiki capta e direcciona a mais perfeita e completa energia e manutenção da vida.
Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Médium Curador

. Fluência Energética

. KARUNA, o que é?

. Vantagens de Receber Reik...

. A Ética Reikiana e as Lei...

. A Respiração

. REIKI

. REIKI

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007